O Lado Bom da Vida

O Lado Bom da Vida Matthew Quick




PDF - O Lado Bom da Vida


Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele 'lugar ruim', Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um 'tempo separados'. Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.





O Lado Bom da Vida

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos O Lado Bom da Vida (16)

ver mais
BOOK SHUFFLE TAG | Admirável Leitor

BOOK SHUFFLE TAG | Admirável Leitor

TAG OPINIÕES IMPOPULARES | Admirável Leitor

TAG OPINIÕES IMPOPULARES | Admirável Leitor

TAG: A DIFERENTONA | por Carol Sant ft. Bea Oliveira (Canal Bibliotecar)

TAG: A DIFERENTONA | por Carol Sant ft. Bea Olivei

SORTEIO 2K | por Carol Sant

SORTEIO 2K | por Carol Sant


Resenhas para O Lado Bom da Vida (1.172)

ver mais
Ele é maluco, mas quem não é?


Então, hoje vou contar como me apaixonei por um cara 14 anos mais velho que eu, que divide uma ordem de restrição com a esposa, berra ahhhhhhhhhhhhhh de maneira aleatória e faz cooper usando um sanito. É sério. Acontece que Pat tem um fator aderente que poucos caras tem hoje em dia: delicadeza. Não que ele seja uma flor de formosura, ele nem é lá muito sutil, mas munido do pensamento é melhor ser gentil do que ter razão Pat é tão inocente quanto uma criança, meio bobo feito um adole...