O Rato Trapaceiro

O Rato Trapaceiro Lisandro Santos




PDF - O Rato Trapaceiro


O livro O rato trapaceiro se originou do curta-metragem animado A fábula da corrupção. O projeto da animação foi contemplado em um edital de 2009 pela Controladoria Geral da União (CGU) e pelo Escritório das Nações Unidas (UNODC), e assim pôde ser produzido para a internet em 2010. Inspirado nas fábulas de Esopo e outras mais de fundo moral que usam os animais para espelharem as ações humanas, a história, toda rimada, surgiu com num estalo para o autor, que precisou de poucos ajustes para chegar ao resultado final. A opção da estética da animação, junto ao formato da fábula e ao estilo rimado, contribuiu para que temas complexos pudessem ser apresentados de forma leve e cativante às crianças. A animação participou de muitos festivais e mostras e, inclusive, e ganhou mais de uma dezena de prêmios.

João, o dono do armazém

não fazia mal a ninguém.

Vivia com o Cão e o Gato,

E a cooperação era um trato.

Até que o Rato ali chegou,

E um plano sujo bolou.

Acabou com o dinheiro e a comida,

E do patrão arruinou a vida.

Mas o Jumento, arrependido,

não deixou aquilo passar despercebido.

Para o homem revelou a verdade,

E trouxe, enfim, a felicidade.





O Rato Trapaceiro

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para O Rato Trapaceiro (4)

ver mais
Meu gato participou ativamente da captura desse rato

Gato, Cão, Jumento e João viviam em total harmonia mesmo com alguns ratinhos em ação. Cada um tinha uma tarefa e a cumpria com perfeição. Até que um dia, um ratão chegou desdenhando dos ratinhos e dizendo que poderia ajudá-los a comer mais. Acordos foram feitos e promessas de mais e mais foram cumpridas e aos poucos o armazém de João foi ficando vazio, vazio. Sem produtos para os clientes e sem clientes para comprar, ele não conseguia mais manter sua vendinha, precisou f...
Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR