Paraísos Artificiais

Paraísos Artificiais Charles Baudelaire




PDF - Paraísos Artificiais


Paraísos Artificiais reúne dois ensaios realizados pelo poeta seguindo o seu interesse pelos chamados estados de exaltação atingidos pelo uso de drogas, especialmente as da época: ópio e o haxixe.

Em Um Comedor de Ópio, Baudelaire comenta e analisa o livro de Thomas de Quincey, Confissões de um Comedor de Ópio, de quem foi tradutor e grande admirador.

No Poema do Haxixe, o poeta fala sobre os efeitos da droga baseado em suas experiências e na convivência com poetas, pintores e jovens intelectuais franceses, que se reuniam no Club des Hachichins, no Hotel Pimodan, onde residia Baudelaire.





Paraísos Artificiais

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para Paraísos Artificiais (4)

ver mais


Adquiri esse livro para conhecer o autor Charles Baudelaire, que eu já tinha lido sobre sua carreira algumas vezes. PARAÍSOS ARTIFICIAIS trata da descrição dos efeitos do ópio, do haxixe e do vinho no organismo humano. O texto tem um acento filosófico e, por que não dizer, poético. É uma leitura totalmente diferente, pois foge do padrão de romances, aventuras e outros tantos gêneros que circulam por aí. Pra quem curte histórias agitadas vai achar esse livro muito monótono, pois não há...