Walden ou A Vida Nos Bosques

Walden ou A Vida Nos Bosques Henry Thoreau




PDF - Walden ou A Vida Nos Bosques


Desde a sua publicação, em 1854, Walden ou A vida nos bosques se converteu numa bíblia secreta, lida e amada no mundo inteiro. Sem este livro planetário que une poesia, ciência e profecia, não teria havido Gandhi, o movimento ecológico e a rebelião mundial da juventude. Pelo seu dom de fazer florir e frutificar o coração do homem, esta obra é uma semente. Ele tem inspirado as sucessivas elites intelectuais a se insurgirem contra o convencional american way of life , como é o caso de Henry Miller. A vida das grandes cidades depende da vida nos bosques - assim, Walden levou a geração dos hippies a redescobrir a terra e a natureza, as árvores e os rios, os bichos e as estrelas. Estimulou e justificou a desobediência civil contra o estado guerreiro e tributário. Ensinou o homem a ser solidário mesmo na solidão, identificando o seu semelhante - o outro ao mesmo tempo igual e diferente - e a comungar com o universo. A salvação do mundo e dos povos passa pela salvação do indivíduo, pelo respeito à liberdade individual e aos direitos à diferença e à diversidade - eis a lição suprema deste livro que, dotado de uma juventude perpétua, nos ensina a amar a vida. Pelo seu dom de fazer florir e frutificar o coração do homem, Walden ou A vida nos bosques é uma semente.





Walden ou A Vida Nos Bosques

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para Walden ou A Vida Nos Bosques (2)

ver mais


Faz muito tempo que li, ainda era uma jovem inocente no começo da graduação (!), mas certamente preciso lê-lo novamente. Tenho a impressão que é desses livros que a cada vez que se lê, em fases diferentes da vida, torna-se um novo livro. Para alguns pode parecer meio enfadonho acompanhar as "aventuras" do autor numa casa à beira de um lago, tentando simplesmente sobreviver, à margem da sociedade (que na época nem era tão de consumo assim). E sem esquecer que Thoreau foi um dos 'musos i...