Condições nervosas

Condições nervosas Tsitsi Dangarembga




Resenhas - Condições nervosas


11 encontrados | exibindo 1 a 11


Helena Guerra Vicente 25/06/2020

O título do livro de Dangarembga remete a um termo criado pelo psiquiatra martinicano Frantz Fanon (1925-1961) para explicar a condição do colonizado: A condição de nativo é uma condição nervosa. A história gira em torno de uma menina que só pode realizar o sonho de ir à escola porque seu irmão mais velho morreu. Antes, todo o dinheiro da família era destinado ao pagamento das taxas escolares do irmão e, além disso, por que uma menina deveria estudar? Você pode cozinhar livros e dar para seu marido comer?, indagava o pai.
Trata-se do primeiro livro escrito em inglês, por uma mulher, no Zimbábue. Foi publicado pela primeira vez em 1988, e só ganhou uma versão brasileira em 2019.
comentários(0)comente



Fabiana 18/04/2021

Impactante. Estranho falar sobre esse livro sem levar em conta o patriarcado e a tradição de algumas culturas de "carregar toda a família nas costas". Como é ser mulher mantendo um embate com o outro, com a sociedade, porque se deseja ser além do que querem que seja? O psicológico pode ser completamente destruído... Como resgatá-lo? Como voltar a ter a mente sã?...
comentários(0)comente



Sandra de Oliveira 17/07/2021

????????
Literatura Africana recomendada. História forte e que explora bem as questões culturais e tradicionais sem ser mais do mesmo.
comentários(0)comente



jessyhehe 01/03/2020

:)
O livro é simplesmente triste e impactante. Sob o olhar de uma menina, ela narra sua história em um contexto patriarcal e da dualidade que vivência entre a sua cultura e a colonização. Percebo que é um livro polêmico e nos fazem refletir a questão cultural.
O livro é o primeiro da trilogia e sua escrita é profunda e simples. Leitura rápida e chocante.
Enfim, recomendo muito esse livro!
comentários(0)comente



Janaina 11/03/2021

Nyasha e Tambu já deixaram saudade
Condições Nervosas me conquistou de uma maneira que eu desejava, mas não esperava.
Uma obra sobre mulheres e meninas fortes, buscando sobreviver entre as brechas de um espaço dominado pelo patriarcado, e pela colonização.
Aplausos para a autora.
comentários(0)comente



Karoline 30/06/2021

Sem palavras!
Realmente não sei o que dizer sobre Condições Nervosas. No início, o livro demorou muito para me prender, mas depois a levada foi incrível. É um brainstorm de choques culturais, que faz pensar sobre a condição da mulher (principalmente da mulher africana), da influência cristã nesse local (Rodésia) e sobre o amor pelo conhecimento. É um choque que vale a pena levar!
comentários(0)comente



Heloísa 25/02/2020

Espetacular
A história é narrada por uma menina e sua luta para estudar em uma cidadezinha do interior do Zimbábue. E o interessante é ver os costumes, desconhecidos para nós, como o de ter hierarquia para cumprimentar os parentes nas reuniões familiares, e também os conflitos internos inerentes à mistura de hábitos locais e ingleses. Apenas não se deve esperar discussões políticas ou aprofundamento em temas como tensão racial, porque o livro é narrado por uma adulta se lembrando da adolescência. O que, aliás, torna o livro ainda mais instigante.
comentários(0)comente



33Aninha33 04/04/2021

Obra-prima
Sabe aqueles livros que te fazem pensar com uma escrita envolvente que penetra em seu ser? Assim é esse livro.
Tambu nos leva para conhecer a sua vida, a sua família, mulheres que fazem parte dela mesma e com histórias tão peculiares.
Colonialismo, misoginia, aceitação, transtornos psicológicos são narrados sem julgamento por parte de Tambu mas que nos leva a refletir e a julgarmos por nós mesmos.
Que livro!...
comentários(0)comente



Flaviaunneberg 02/03/2020

Boa obra. Um clássico moderno. Inicio de uma trilogia promissora
comentários(0)comente



Neila 10/04/2020

O Zimbábue.
Embora seja uma boa história, que conta sobre o machismo na cultura africana, por vezes a leitura se torna enfadonha. Mesmo assim, é interessante, pois não é, necessariamente, um livro feminista,uma história sobre machismo, mas sobre a cultura e o estudo no Zimbábue, o país onde ocorre a história.
comentários(0)comente



isa.dantas 27/11/2021

Não sabia que era uma trilogia e que começo interessantíssimo! Essa primeira parte acontece na década de 1970, mas traz debates atuais sobre patriarcado e feminismo. Estou muito curiosa para saber como termina.
comentários(0)comente



11 encontrados | exibindo 1 a 11


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR