Ricos Indecentes

Ricos Indecentes Laurelin Paige




Resenhas - Ricos Indecentes


54 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


@leiturasdabah 08/08/2021

Gatilhos no livro e na resenha
Sabrina é estudante bolsista em Harvard, tem baixa auto estima e está interessada em Weston King, um dos garotos ricos da sua sala.

Em uma das festas na casa de Weston, quando ele sobe para o quarto com outra garota, Sabrina o segue e fica de voyeur. Quem a flagra observando é Donovan Kincaid, amigo de Weston e professor assistente de Sabrina.

Donovan diz que Weston não gosta de virgens e que caso ela precisasse, ele poderia a ajudar com isto 🤮

Eles têm um diálogo insuportável e ela vai embora abalada. Enquanto espera o uber do lado de fora, Sabrina sofre uma tentativa de abuso de um colega de turma.

Quem a salva é Donovan, mas por ser bolsista e seu abusador ser rico, ela tem medo e decide não denunciar. Mas no decorrer dos dias, Sabrina começa a fantasiar sexualmente com abuso, mas não com o seu abusador, com Donovan, que a salvou.
Depois disso, a história só piora.

Sabrina acaba tendo que deixar Harvard, pois o pai falece e ela precisa voltar para a cidade natal para criar a irmã. Passa-se dez anos (muito rapidamente), ela se tornou publicitária, reencontra com Weston e Donovan na mesma área de atuação e acaba indo trabalhar para eles.

Me faltam palavras para descrever com esse livro é perturbador, irresponsável e mal escrito.

Leio livros darks, com temáticas tabus, não sou de problemizar tudo que leio, mas essa história é impossível de não ser criticada, e duramente.

Procurei uma escritora, também psicóloga, para me ajudar a compreender se é possível uma vítima de abuso fantasiar com o mesmo. Ela me explicou que é possível, pois a vítima pode usar isto como forma de proteção.

Mas em "Ricos Indecentes" (18+) Sabrina fantasiar com diversas formas de abuso é vendido como um fetiche, e em poucos momentos como trauma.

Para escrever sobre um assunto tão delicado, é necessário estudo, pesquisa e responsabilidade, coisa que o livro NÃO tem.

Além de ser mal desenvolvido, ter uma estrutura de texto péssima, personagens extremamente problemáticos, que não cativam e normalizam dependência emocional.

Os protagonistas são doentes e perturbados, o romance é fraco, repugnante e vazio.

Não recomendo.

site: https://www.instagram.com/p/CSIGFWrLWSs/
comentários(0)comente



Sabrina (@surtoliterario) 21/12/2019

Viciante
Sabrina Lind era bolsista na Universidade de Harvard e tudo o que ela mais queria era ser notada por Weston King, mas ela tem absoluta certeza que ele nunca irá olha-lá. Em uma festa na casa de Weston, Sabrina acaba conhecendo Donovan Kincaid, o assistente de seu professor de ética. Ela fica hipnotizada pela aura misteriosa do rapaz e após um acontecimento traumático é ele que a resgata. A partir dai uma atração avassaladora nasce entre os dois. Mas alguns acontecimentos fazem com que Sabrina perca a bolsa e nunca mais veja Weston ou Donovan. Dez anos depois, Sabrina reencontra Weston e ele lhe faz uma proposta irrecusável, mas será que Sabrina vai ser capaz de lidar com seus dois amores do passado?

Esse foi meu primeiro contato com a autora e eu gostei bastante da escrita dela, é bem fluída e fácil de ler. A história é dividida entre o passado e o futuro e é narrada pela Sabrina. Achei a relação dos personagens um pouco parecida com Christian Grey e Anastasia mas um pouco mais suave, não é uma coisa que sou muito fã, mas aqui até que gostei.

Os personagens são um pouco rasos em alguns momentos, porém são capazes de nos despertar um turbilhão de sentimentos. O Donovan é muito misterioso, um tanto quanto arrogante e eu quis bater nele em diversos momentos, mas no final achei ele fofinho. Já a Sabrina achei bem irritante, as vezes ela era muito boba e submissa, porém gostei de como ela se impunha quando o assunto era sua profissão. Vou falar pra vocês que estou muito curiosa pra ler a continuação e descobrir o que vai acontecer com esse casal!

Se você procura um romance hot com CEO?s dominantes, esse é o seu momento de ler Ricos Indecentes!

Leia mais resenhas no Instagram: @surtoliterario
Carol 03/04/2020minha estante
Doida pra ler a continuação


Sr.Shelby 05/05/2020minha estante
hohohoooo toopp




Louise @cavernadolivreiro 30/04/2020

Errado em muitas maneiras
Gente, não dá. Não tem como engolir esse livro.

Sabrina é completamente obcecada pelo Donovan, ela não pensa em outra coisa, a vida dela é dividida entre trabalhar e pensar no homem. Ele a trata mal o tempo todo, não perde uma oportunidade para fazer com que ela se sinta humilhada, é super grosso e cruel com ela, uma pessoa completamente detestável e nojenta. E o que ela faz? Continua correndo atrás dele. Parece que a criatura não tem vontade própria quando ele está envolvido.

Os dois têm uma relação doentia com um fetiche intenso por estupro e ele a trata com desprezo após o sexo. Olha, não dá.

Outra coisa ruim é a personalidade da Sabrina, ela fica brava com o comportamento do Donovan, fala que vai ignorá-lo, que não vai mais aceitar o jeito que ele a trata, mas é só ele aparecer que ela se rende, a mulher parece que não tem personalidade e fica fazendo uns charminhos que a gente sabe que não vão dar em nada, é totalmente previsível e cansativo. Foi tanta revirada de olho que eu dei que eu pude jurar que em algum momento meus olhos não voltariam ao normal.

Finalizo dizendo que se tiver próximo livro, a história deveria ser com os dois indo ao psiquiatra, precisam de tratamento urgente.
comentários(0)comente



dayukie 04/06/2020

Resenha completa no blog
"Ricos Indecentes foi um livro que me deixou irritada, um pouco apaixonada e com um pouco de calor!
[...]
Esse é livro difícil de falar para mim. A história em si não é ruim, mas as atitudes dos mocinhos me deixaram muito irritada na maior parte do livro.
Sabrina tinha tudo para ser uma mocinha que eu iria admirar. Apesar de inicialmente ela ser bem inocente, ela enfrentou algo traumático e saiu de cabeça erguida, um enorme ponto a favor. Porém, a Sabrina adulta é movida totalmente por seus desejos por Donovan e sinceramente, senti que faltou amor próprio em muitos momentos.
Ele ser um babaca, humilha-la e maltrata-la, mesmo assim ela ir para cama com ele foi algo bem irritante e revoltante. Na minha mente só passava: Amiga, se valoriza mais e se trata, pelo amor de deus!
É, ela me irritou e apesar de ser perceptível que ela era uma mulher inteligente, essa “obsessão” dela por Donovan a transformou em um tipo de mulher que não desejo ser.
Donovan é o tipo de personagem que precisa de tratamento e uns bons tapas na cara. Um homem arrogante, controlador, obsessivo e idiota, Donovan não conseguiu me cativar e sim me transmitir muita raiva. Apesar de ter seus momentos “fofos”, foram tão raros que eu ainda não consigo gostar dele.
Talvez, se tivesse pontos de vista do Donovan, eu conseguisse me afeiçoar mais a ele, mas a forma como Sabrina o via e o retratava, além da forma como ele se comportava com ela, para o meu lado feminista, foi bem revoltante.
Outra coisa que não gostei foi a forma como a autora tratou a questão do abuso sexual. Sabrina quase sofreu um e agora adulta, ela tem um enorme fetiche nisso. Compreendo que existem sim pessoas que acabam tendo esse fetiche, mas abordar o assunto de forma mais delicada e buscar uma maneira de “ajudar” a personagem faria toda a diferença para a história, não usar o tema da forma que foi usada.
Como eu disse, a história não é ruim, apenas precisavam melhorar em alguns pontos, algo que espero encontrar no segundo livro.
O livro é contado em primeira pessoa e a escrita da autora é muito boa. Se eu não estiver enganada, esse é o primeiro livro que leio da autora e foi bom conhecer a escrita dela, apesar de melhorar este livro.
A capa do livro com certeza me chamou a atenção, eu adorei muito. No quesito diagramação e revisão também está muito bom, o que tornou a leitura bem fluída.
O livro não é péssimo, apenas precisava melhorar alguns pontos e espero o próximo livro para conferir o desfecho do casal. Minha recomendação é para quem está em busca de uma história muito hot, esse casal neste quesito com certeza é bem explosivo."

Resenha completa no blog

site: https://bit.ly/RicosIndecentes
comentários(0)comente



Perdição Literária 20/11/2019

Passei raiva
Protagonista doente da cabeça, grosseiro e sem carisma. Mocinha condescendente. Romance decepcionante. Enfim, um livro pra pra gente passar raiva.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Thais Saraiva 06/12/2019minha estante
Eu li e pensei a mesma coisa. Dois malucos




Bellaaaa 18/05/2020

Nossa. Terminei esse livro a base do ódio. Esse casal precisa urgentemente de terapia. A mulher, tem problemas psicológicos claros, e o Donavan precisa urgente tratar aquela cabeça doentia.
comentários(0)comente



whoscarol 12/02/2021

Não leiam!
Não sei nem por onde começar avaliando essa bomba radioativa. Vou começar com o básico: NÃO LEIAM. Lembrando aqui que essa radiação ambulante tem gatilho para toda e qualquer coisa que vocês possam imaginar, mas principalmente de estupro. Esse livro conseguiu romantizar tudo aquilo que não deve ser romantizado, mas já chegamos lá, primeiros vamos conversar sobre as personagens. Todas as personagens são rasas, completamente entediantes, a única personagem minimamente carismática é o Weston e olhe lá, todos ali precisam de uma terapia urgentemente, principalmente a Sabrina que passou por aquele trauma que claramente não foi bem digerido pela mente dela.
Tendo isso dito, vamos nos aprofundar mais na história, a relação doentia, nojenta e abusiva entre Donovan e Sabrina já começa lá no início do livro, com esse doente dando uma nota F para ela, sabendo que Brie era bolsista em Harvard, apenas para poder tirar a virgindade dela, logo nos momentos iniciais já temos duas problemáticas, o abuso de poder, já que ele detinha poder sobre suas notas e, com isso, sobre sua bolsa, e a romantização da relação aluna-professor, muito problemática por si só.
Vale lembrar que um detalhe importante é o abuso sofrido, e completamente desnecessário, nas primeiras páginas, isso muda toda a percepção da Sabrina sobre sexo e até a faz criar fantasias sexuais, claramente consequentes de um trauma não tratado.
Agora vamos para a segunda parte do livro, sem muito a acrescentar a essa primeira parte além do que foi dito. Donovan é extremamente misógino e trata Sabrina como, perdão pelo termo, depósito de porr@ o livro inteiro, mas a tonta não se importa já que ela fica sabendo que foi a primeira mulher com quem ele tem relações fora da cama que ele transou desde o falecimento da noiva, já já falamos mais dessa mulher. Além de ser um irresponsável que insiste em transar sem camisinha, mas isso é papo para outra hora.
Donovan brinca com a mente dela de um forma completamente não sadia, em uma das cenas do livro, esse infeliz liga para Sabrina apenas para narrar como transou com outra mulher no banco traseiro do carro, já tendo consciência dos sentimentos dela. Além disso, Donovan constantemente insistia que o caso entre eles acabaria assim que o noivado falso de Weston terminasse, sempre dizendo que ela o trocaria por Weston, como se ele, de alguma forma, fosse a vítima dessa relação bizarra.
Não posso esquecer das fantasias sexuais de Sabrina, em um dos capítulos, ela revela ter fantasias com Donovan a estuprando, justamente da forma que foi estuprada por Theo no início. Queria dar um presente pra ela, mas não sei como embrulhar sessões de terapia vitalícias.
Como prometido, chegou o momento de falarmos de Amanda, a noiva falecida de Donovan, e senta que lá vem história. Mostrando mais uma vez um caráter duvidoso e se revelando um completo maluco abusivo, para aqueles que assistem You nem será grande surpresa, Donovan é como o Joe, contratou um detetive para ficar na cola de Amanda 24 horas por dia, sete dias por semana, para que ele não perdesse ela de vista nem por um segundo. De alguma forma, Amanda descobre sobre o tal detetive e ela e Donovan brigam feio, ela sai de casa e cancela o noivado, ele ficou irado e paga o detetive para segui-la na estrada, mas de forma mais violenta, o que acaba causando seu acidente e então seu falecimento. Onde Sabrina entra nessa história? Assim como na série You, Donovan transfere essa sua obsessão para a próxima vítima, Sabrina. Um detalhe que deve ser mencionado, Donovan conta para Sabrina que foi responsável pela morte de Amanda.
Agora se preparem para algo ainda mais inacreditável, depois de tudo isso, Sabrina descobre sobre a fixação de Donovan sobre ela e, PASMEM, ela fica encantada com isso, pois é a prova de que ele é apaixonado por ela.
NÃO LEIAM ESSE LIVRO, NÃO APOIEM A ROMANTIZAÇÃO DE ASSUNTOS TÃO SÉRIOS, NÃO LEIAM.
Lenny 29/05/2021minha estante
Nunca mais verdade sobre esse livro a romantização chega a ser ridícula




Bruna Torres 06/07/2020

Que livro, e não digo isso no bom sentido. Li por curiosidade e confesso que seria melhor nem ter lido.
comentários(0)comente



Eu_Romanceando 16/09/2020

Esse é aquele tipo de livro que você lê e passa dias tentando entender como se sentiu, pelo menos comigo foi assim. Não é a primeira vez com a autora e foi o mesmo sentimento.

Os personagens são complexos ou posso chamá-los de perturbados mentalmente, pelo menos a Sabrina e Donovan.

Sabrina Lind é bolsista em Harvard e sonha em ser notada por Weston King. Ele é rico, lindo, popular e dá as melhores festa de toda faculdade. Em uma dessas festas Sabrina é quase estuprada e é salva pelo melhor amigo de Weston, Donovan Kincaid.

Depois desse acontecimento os dois passam a percebê-la, porém é Donovan quem a seduz.

Após perder seu pai, Sabrina precisa sair da faculdade e se passa 10 anos até reencontra-los. E consequentemente se envolve com os dois.

Donovan é um personagem que me deixou com muitas dúvidas e suas atitudes são complexas, mas dizer assim. Sobre Sabrina, ela é inteligente e profissionalmente resolvida, mas como mulher, me senti um pouco desconfortável com seu comportamento. Enfim estou aguardando muito ansiosamente pela continuação.

É uma leitura que não agrada a todos, porém estamos falando de Laurelin, então acredito que é o normal.
comentários(0)comente



Babih | @babihpb 27/04/2020

Esperava mais...
“Esse livro contém cenas de abuso sexual, distúrbio sexual e emocional”

Ricos Indecentes é o primeiro livro do dueto Indecentes. Que vai contar o começo da história de Donavan e Sabrina.
Sabrina e Donavan se conheceram há dez anos quando ele a salvou de estupro depois de uma festa da faculdade. Por contas de alguns acontecimentos, Sabrina acaba deixando o curso para cuidar da irmã depois que o pai falece. Dez anos depois ela e Donavan se reencontram e algumas coisas daquele passado mal resolvidos vem à tona. E eles terão que lidar com isso.

Esse livro não foi o que eu esperava. Vou alencar alguns motivos que fizeram desse livro uma experiência não tão boa para mim. A primeira coisa que me incomodou foi a submissão da Sabrina. Por diversas vezes ela não tinha voz dentro da relação. Basicamente Donavan mandava a ela obedecia.

E ainda quando conseguia pensar em uma resposta para dar a ele, ela simplesmente se distraia com a forma como ele pisca, pois ela acha sexy demais. Levando seus pensamentos para quanto ela queria transar com ele.

Segunda coisa a falta de amor próprio de Sabrina por ela mesma. Sua carência de afeto leva ela a aceitar qualquer migalha de qualquer pessoa que viesse a demonstrar o mínimo de sentimento por ela. Levando a mesma a viver uma relação tóxica com Donavan.

Chegamos ao principal tópico. A forma absurda que a Laurelin tratou as consequências de um estupro. Transformando um assunto extremamente delicado num “fetiche” sexual onde Sabrina gosta de reviver o que lhe aconteceu mudando o abusador. Colocando Dovanan que foi a quem lhe salvou nesse papel. Usando-o para transformar seu medo em desejo sexual vindo a simular seu estupro de diferentes maneiras.

A situação passada pela autora acontece, apesar da baixa frequência entre as vítimas. Laurelin não soube passar isso corretamente passando assim uma mensagem errada para o leitor. De que é “normal” e que não passa de “fetiche” da Sabrina. Sendo que não é 10% disso. Essa busca dela por reviver essa situação poderia levar ela na vida real a vir sofrer um novo abuso tentando superar esse trauma.

Sabrina precisa de um psicólogo. Precisa de suporte para superar de maneira correta essa vivencia e sua dependência emocional também. E não tivemos nada disso no livro. Ela segue a vida como se nada tivesse acontecido e sonhando com acontecimento todas as noites.

Donavan é o típico macho controlador que gosta de mandar em cada questão da vida de sua amada. O que no passado levou ele a fazer coisas que só jesus na causa. Ele também precisa de um tratamento e não somente de amor, viu Laurelin.

Única coisa boa que me fez terminar de ler foi a escrita da autora. Que prende o leitor mesmo quando tudo que você quer é fechar o livro de tanta raiva que passamos com casal. Espero que a continuação me entregue um final digno e trabalhe esses pontos. E lembrando: é o meu ponto de vista. Leia e tire suas próprias conclusões.
comentários(0)comente



Tabata Luiza 16/07/2020

Confusa..
... Confusa é como me sinto ao ler esse livro, realmente não sei o que a autora queria transmitir: mentes perturbadas que com terapia poderia ser resolvido, gosto por sexo sujo que com uma dose de sadismo e masoquismo conseguiria passar, autoritarismo, controle por poder, misoginismo. Realmente estou super confusa porque eu ainda não consigo acreditar que uma pessoa pode ser conivente com tudo o que aconteceu nesta historia. Estou mexida e ate um pouco em choque com o final feliz. Não sei nem identificar o tipo de romance. E não sei como a editora (que gosto muito), resolveu publicar.
comentários(0)comente



Mari @enquadrandolivros 24/04/2020

Ricos Indecentes da Laurelin Paige, é o primeiro livro do dueto Indecentes, recentemente lançado pela AllBook Editora.

Sabrina é uma jovem muito inteligente e que tem um futuro profissional promissor, já que conseguiu uma bolsa em Harvard. Weston é o típico cara rico, popular e mulherengo. Assim que Sabrina viu ele na sua turma, o interesse surgiu, mas ele nem sequer sabe da existência dela. Por isso, ela passa a frequentar todas as festas que Weston organiza, e em uma dessas festas, Donovan acaba percebendo que Sabrina está afim de Weston.

Donovan é o melhor amigo de Weston, um homem mais velho que está cursando seu MBA e é assistente de um professor da Sabrina. Ele faz uma proposta bem indecente para ela e no mesmo dia a salva de algo terrível. Justo quando Weston passa a notar Sabrina, Donovan começa a ter um tipo de fixação por ela, o que resulta em um caso rápido. A vida da Sabrina muda completamente quando um triste acontecimento faz com que ela perca a bolsa e nunca mais encontre Donovan e Weston.

Dez anos depois, Sabrina finalmente reencontra Weston, e além de um final de semana casual que ela sempre sonhou, Weston a oferece um emprego. Tudo estava indo bem, até que Donovan, agora sócio do Weston, também reaparece na sua vida.

Que livro incrível. Comecei a ler pensando que era mais uma história sobre a bolsista que se apaixona pelo popular da turma, mas me surpreendi muito. Citando o três personagens, parece que se trata de um triângulo amoroso, mas cada personagem tem suas camadas bem resolvidas sobre isso. Donovan em alguns momentos é bem confuso mas no final é revelado alguns segredos sobre o seu passado que justificam seu comportamento. Além de uma trama envolvente e intensa, a narrativa da autora é viciante e bem sensual. Achei que a autora abordou muito bem o conceito de relacionamento, mostrando como alguns sentimentos podem ser conflitantes, sufocantes e às vezes, inconstante.

Eu super indico a obra para os leitores que curtem esse gênero com muita emoção e reviravoltas.

site: https://www.instagram.com/enquadrandolivros/
comentários(0)comente



Desireé (@UpLiterario) 20/04/2020

Dinheiro, sedução e amor. (@Upliterario)
Sabrina estava no primeiro ano de Administração em Harvard quando sua obsessão por Weston King começou. Ela o acompanhava de perto, mas nunca tinha conversado com ele. Até que uma noite, em uma das muitas festas na casa de Weston, ela encontra o misterioso Donovan Kincaid e ele a salva de ser abusada por um dos alunos. Aturdida com o ocorrido, Sabrina não consegue lidar com a paixonite que sente por Weston, a atração irresistível por Donovan e os temores do abuso sofrido.
.
”Se eu gostava de Donovan? Era uma pergunta complicada. Meus sentimentos em relação a Donovan eram como clipes de papel - não conseguia pegar um sem que outros viessem junto.”
.
Até que dez anos depois ela reencontra Weston em um evento de marketing e ele lhe oferece um emprego na agência de sucesso que criou com Donovan, e vários sentimentos são trazidos à tona, em um triângulo amoroso cheio de altos e baixos.
.
”Ele não sabia se eu era a mulher que ele queria. Era um homem se arriscando. [...] Eu não queria ser um risco. Queria um homem que soubesse.”
.
A escrita da autora realmente me surpreendeu. Ela te prende do início ao fim e deixa um final em suspenso te fazendo desejar o segundo livro dessa duologia para ontem. Contudo, fiquei um pouco chateada com a protagonista.
.
Sabrina passou por um abuso físico, quase foi estuprada e Donovan a faz reviver isso, como se tivesse sido uma boa experiência. Além disso, ela passa o livro todo sendo jogada de lado por ele e sempre ansiando por mais. Amiga, você merecia um cara melhor...
.
Porém, para quem curte um romance cheio de reviravoltas e cenas quentes, Ricos Indecentes é um prato cheio e muito bem escrito. Boa leitura!

site: www.instagram.com/upliterario
comentários(0)comente



Amanda 19/11/2020

? Aviso de gatilho para estupro / violência sexual


Sabrina Lind é uma estudante de Administração da Universidade de Harvard que tinha uma obsessão por Weston King. Em uma festa da Fortaleza (a casa dos garotos ricos e descolados do campus), Sabrina entra por engano no quarto de Donovan Kincaid, assistente do seu professor de Ética. Sabrina fica hipnotizada pela aura envolvente e misteriosa de Donovan, porém ao mesmo tempo começa a ter contato social com Weston onde antes ela não tinha. Ele gosta dela e a convida para ir com ele para mais uma festa da Fortaleza.

Infelizmente acontecimentos pessoais na vida de Sabrina a fizeram sair da faculdade, perder a bolsa e não ter mais contato com os dois garotos que ela tanto se sentia atraída.

Dez anos depois Sabrina reencontra Donovan e Weston. Seu desejo pelos dois continua e Sabrina passa a noite com Weston. Ele a chama para trabalhar na empresa dele passando a ideia de que eles podem ter um relacionamento, depois de tanto pensar, Sabrina aceita.

Donovan conta a Sabrina que Weston está noivo, porém não é o que parece. Com a proximidade de Donovan na empresa, Sabrina começa a lembrar das sensações que sentia quando estava na presença dele. Numa noite, Donovan vai ao seu apartamento e então eles têm uma noite de prazer. A relação apenas sexual (como Donovan gosta de lembrar a Sabrina) continuou, porém Donovan sempre tem uma reação fria depois que consegue o que quer e Sabrina se sente mal depois.

De tanto não aguentar mais a reação de Donovan em relação ao que está acontecendo entre os dois, já que ela quer mais e ele não. Confrontado, ele lhe conta do porque não pode se relacionar sério com ela e Sabrina tenta ajudá-lo a superar e ele não aceita. Donovan a deixa e Weston diz a Sabrina que ele viajou a negócios. Para tentar descobrir mais sobre o que aflige seu verdadeiro amor. Sabrina vai a sala dele e começa bisbilhotar nos seus armários.

Então Sabrina descobre o que tanto ela queria e não imaginava.


# Opinião como leitora:

Esse livro me despertou uma sensação de excitação junto com Sabrina quando ela via Donovan (que homem!). Eu sentia o seu desejo e luxúria. Porém as vezes queria dar uns tapas em Sabrina para ela acordar um pouco. Donovan a humilhava com palavras que a feriam e Sabrina quando estava longe dele queria terminar o que tinham, mas quando ele aparecia, ela esquecia a raiva e se entregava a ele. Eu queria que ela fosse mais forte, resistisse às tentações e deixasse Donovan sofrer um pouco. Fora isso o livro é ótimo e a escrita da autora é impecável, que já conhecia de outros livros (a série Fixed).

Para você (que como eu) gosta de personagens sedutores, um enredo envolvente, cheio de desejo e luxúria, recomendo esse livro que vai lhe envolver como um manto e não vai fazer você parar de lê-lo.

Descobri durante a leitura que Ricos Indecentes faz parte de uma duologia, e com aquele final que me deixou com gostinho de quero mais, preciso urgentemente ler o livro dois.

Então partiu!

Parabéns a autora por mais uma obra maravilhosa!
comentários(0)comente



54 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR