Love In The Afternoon

Love In The Afternoon Lisa Kleypas




Resenhas - Love In The Afternoon


5 encontrados | exibindo 1 a 5


Maitê 08/01/2017

+ ou -
Nunca gostei muito dessa personagem, sempre achei ela bem chatinha nos outros livros e não houve nada nesse que mudasse minha opinião. O que salva o livro para mim é o personagem masculino principal, que finalmente é alguém da sociedade, sem ter um passado negro que impede ele de fazer alguma coisa como nos outros livros. A série inteira é divertida, com seus altos e baixos mas esquecivel.
comentários(0)comente



Lili 20/02/2016

The end of Hathaway's series
I am sad, this is the end of Hathaway's series. But it is a very good end.

Beatrix's book is romantic and very unusual as she is. I think it is the most romantic book in this serie.

The love letters at the beggining of the book are very touching and inspiring. I felt in love with the two main characters as I read their words. I was a litle disapointed when Christopher didn't recognize Beatrix as the author of the letters straitaway, even with all the signals and the passion that he started to feel for her, and mainly, the passion that she shows toward him.

Alfred is amazing. I would love to have a dog as Alfred. So loyal. So caring.

Even Prudence wasn´t a bad girl or an evil one. She was just the very commun and beautiful girl of the time "the ordinary kind", without much iterestes besid of that related with cloths, balls, beauty or the general society easy talk.

Well, all the Hathaways were there and as Christopher thought at the end of the book:
" the Hathaways actually did know better. They just didn’t give a damn."

I need to say that, for me, Leo was a litle disapointment in this book, He is spoiled as a child. He seems a litle less mature than in his own book.
comentários(0)comente



Nadja 04/03/2014

Amor não correspondido
A autora caprichou! Amei a história de Beatrix que amava os animais e era uma jovem autêntica e de personalidade marcante. Adorei sua correspondência tão interessante e cheia de encantos com o capitão Christopher Phelan.
" O amor perdoa todas as coisas."Shakespeare
comentários(0)comente



Daniele 01/09/2013

Beatrix é uma mulher que possamos dizer peculiar kkkkkk, diferente da alta sociedade, ela prefere estar no meio do mato ou com seu animais do que um salão de festa tratando com gente.
Quando sua amiga lhe diz que responda a carta Capitão Christopher, que esta na guerra, assinando o nome da amiga no final,ele rejeita de primeira,pensa que seria uma mentira, mas como ela pode deixar um homem desesperado, sozinho então ela resolve responder mais apenas uma vez, acaba se tornando varias, cartas profunda e que contem seu coração mas como ela pode amar um homem que "ama outra"...
Christopher é um soldado forte e ousado que pretende casar coma mida de Beatriz, Prudence...Mas quando ele volta da guerra, esperando contra a mulher que ele se apaixono, ele já não é mais o mesmo, a guerra tomou um preço dele e talvez só a mulher que ele ama pode lhe ajudar...

Gente fazia tempos que não lia um livro tão bom, é lindo!!!!RECOMENDO TOTAL!!!!
comentários(0)comente



Lizzy 09/03/2011

Série Hathaways, livro 05
Love in The Afternnon é o livro nº05 da série da família Hathaways. Não sei explicar porque começei a ler pelo último. Essa é uma pequena mania, ler as séries totalmente fora da ordem, não posso controlar rsrs.
O livro é indicado para quem adora romances no período regencial, e mais uma vez Lisa Kleypas cria uma história de amor envolvente, suave, sensual.
Cristopher é um soldado britânico que mudou drasticamente ao prestar serviços militares. A guerra lhe causou traumas profundos, e em meio a mortes e perdas irreparáveis, sua alma era consolada pelo companheirismo de Albert, um valente cão Terrier, e pelas cartas de Prudence, que em suas linhas afirmou que "ele a ensinou que a palavra era a coisa mais importante no mundo”.
Acontece que Prudence não era “Prudence” e sim, Beatrix, uma jovem excêntrica com hábitos incomuns para sua época, usava calças, subia em árvores e possuía os bichos de estimação mais inusitados: um gato com três pernas, uma mula com deformidades e um ouriço (um mamífero parecido com um porquinho-da-índia com espinhos), além de outros. Seu passatempo era cuidar dos bichos feridos e preferia a sua companhia do que das pessoas.
Tudo começa quando Beatrix passou a escrever para Cristopher incentivada por sua amiga Prudence, mas ele ignorava a sua verdadeira identidade. Ela nutria antipatia por ele, principalmente depois de escutar um comentário rude entre amigos quando ele afirmou que “ela se adaptava mais aos estábulos que à sala”, mas a troca de confidências evoluiu para um amor recíproco.
O retorno de Cristopher à Inglaterra como herói de guerra e metaforicamente como um "animal ferido" é um dos pontos altos da história, quando todos os pormenores deverão ser esclarecidos, os segredos revelados e os traumas vencidos. Uma linda e romântica história de amor. Adorei.
Gisele Melo 10/03/2011minha estante
Gostei da sua resenha. Sempre gostei de estórias de mocinhos com traumas, é mais emocionante... lá vai mais uma série pra entrar na minha lista. Ainda não tinha lido nada das Hathaways, pq tinha lido umas resenhas que diziam que a série era + ou -. Mas é sempre bom reconsiderar, afinal a Lisa é sempre boa até nos seus livros + ou - :D


Lizzy 10/03/2011minha estante
Gisele, olha, é bom seguir dicas, mas com relação a essa série, parece ser muito boa. Esse livro particularmente se enquadra bastante no meu gosto. Está super recomendado!




5 encontrados | exibindo 1 a 5