Zumbis

Zumbis Marcelo Amado...



Resenhas - Zumbis


7 encontrados | exibindo 1 a 7


Arca Literária 15/02/2014

Zumbis
O livro começa com "Unhas e Dentes", uma apresentação de Cesar Silva sobre o fato de os zumbis ainda não terem sido tão bem explorados na literatura e mostrando como todos nós somos ávidos pela criação de novos monstros!

Por fim, existe um ensaio sobre zumbis e mortos vivos feito pelo prof Ms Edgar Indalecio Smaniotto, em que expõe, de maneira muito clara, os elementos para a criação de um novo mito literário, usando como base as antigas culturas que praticavam, por exemplo, a mumificação, livros famosos, como Frankstein, e até argumentos médicos que indicam a possibilidade de ressurreição de corpos (eu, inclusive, lembrei de uma pesquisa no México que descobriu uma célula que continuava 'viva' mesmo depois de morta.

Mas o principal mesmo do livro são os 19 mini-contos que o compõe. Os contos, todos, mostram de forma criativa diversas histórias sobre o apocalipse zumbi. Algumas mostram como ele surgiu; outras como os humanos convivem com ele; e outras até criam novos modos de se tornar um zumbi – até mesmo as cinzas de um morto podem ser um morto-vivo!

Para ilustrar, vou contar um pouquinho sobre alguns dos contos que eu gostei bastante. Nenhum deles tinha mais que 10 páginas, mas mesmo assim, encontrei várias histórias interessantes!

• Balidos (Rubem Cabral): esse foi um dos contos mais interessantes da antologia, na minha opinião. Roberto, um homem arrogante e viciado, finalmente consegue vender o sítio da família. Como não vão servir ao novo proprietário, manda matar as 6 cabras e o bode que lá vivem. O que não imagina é que os animais podem procurar vingança. E, é claro, não vão o deixar em paz.

• Sobre as Águas do Amazonas (Felipe Alandt Simm): um vírus se alastrou do Uruguai e rapidamente fez seu caminho para o norte. Carlos encontrou num barco no Rio Amazonas sua salvação. Matheus procurava outro sobrevivente, e por pouco não foi comido pelos zumbis espalhados na floresta. Mas será que Carlos é mesmo sua salvação?
Esse foi o meu conto preferido, realmente adorei! Carlos é um personagem que luta pela sobrevivência, não hesita em colocar um novo sobrevivente em seu barco e faz de tudo para preservar a memória de sua família. Tudo mesmo.

• Inesperados (Francis Piera): após o apocalipse zumbi, Caio, Léia e sua filha, Carol, se refugiaram junto ao delegado, na delegacia. Mas será que aguentarão muito tempo lá?
Eu gostei do conto e adorei o modo como Léia agiu no final - muito inesperado. Só fiquei um pouco incomodada com alguns errinhos ortográficos/ de concordância que encontrei no conto. De resto, adorei a história! Quero saber como foi a vida de Carol depois do apocalipse!

• Caindo em Desgraça (Bruno R.R. Santos): William é um homem poderoso, sem qualquer escrúpulos. Depois de anos tentando encontrar, criou e espalhou o vírus que faria com que todos virassem zumbis. Mas será que foi necessário?
Eu gostei muito desse conto! Também está empatado entre os preferidos da antologia. William é um homem sem nenhuma ética e que só faz o que lhe interessa - mesmo que isso seja prejudicial para todo o resto do mundo. Mas, no fundo, ele sabe o que é amar.

Depois de ler todos esses contos, volto a afirmar que eu nunca sobreviveria a um apocalipse zumbi! Não estou em boa forma para sair correndo por aí, não tenho armas potentes para me defender e, o pior de tudo, vivo numa das maiores cidades do mundo, o que significa que estarei rodeada de zumbis! Brincadeiras a parte, o livro é recomendável aos fãs de zumbis - tenho certeza que vocês vão adorar!


site: http://deia-galvao.blogspot.com
comentários(0)comente



Rusbis 16/01/2011

O que dizer sobre o livro?
Gostei bastante de "Zumbis: Quem disse que eles estão Mortos?". Prova de que o talento brasileiro para a literatura fantástica está no alto, principalmente em se tratando de temas sobrenaturais.
Nunca havia lido nada sobre zumbis e fiquei surpreso com a grande variedade de visões sobre o assunto. Muito interessantes e bem divertidos.

Quais os destaques do livro?
Vários contos se destacaram durante todo o livro, mas, para mim os melhores foram:

* Meu Inferno Sou Eu de Mario Carneiro Jr.: Hilário este conto. Adorei a visão diferente que o autor deu ao tema.

* Balidos de Rubem Cabral: Aterrorizante e muito criativo. Fiquei encucado com a história durante dias. E o clima cirado por Rubem ficou incrível neste conto. Adorei o final perturbador.

* Cinema Amador de Mariana Albuquerque: Assustador e com um final surpreendente. Mostrou um lado bem diferente dos zumbis e que se encaixa muuuito bem no Brasil onde grandes casarões antigos existem aos montes. Excelente.

* Ivandro de M.D. Amado: Perfeito. Criativo. Sarcástico. Uma nova visão para o tema. O MELHOR conto do livro. Com certeza dou toda a força para que M.D. Amado desenvolva a idéia e a torne um livro completo. Seria incrível um livro com este personagem.

* Cinzas de Alvaro Moreira de Carvalho: Muito bom. Senti o clima dos filmes gore que misturam ação, explosões e zumbis dos filmes dos anos 80.

* Inesperados de Francis Peira: Um dos contos com o melhor e mais surpreende final. Adorei este novo lado dos zumbis e me encantei com os personagens. Ótimo.

* O Carregador de Malsã de Vinicius Carlos Vieira: Este é incrivelmente assutador. O clima de mistério e suspence criado pelo autor somado ao carisma do personagem principal deixou este conto simples um dos melhores do livro. Adorei a idéia diferente de zumbis.

* Samanta de Jocir Prandi e Márson Alquati: Muito aterrador. Adorei o modo como os autores desenvolveram o conto, nos deixando apreensivos com os fatos e chocados com o final assutador e perturbador.

Concluindo:
O livro é muito bom. Estes contos que citei acima são para mim os melhores, onde os autores mostraram grande criatividade com o tema e uma ótima escrita. Claro que há alguns contos onde se pode ver que a forma de narrativa, desenvolvimento e escrita dos contos ficou fraca e sem técnicas, deixando alguns contos ruins, mas, no total, estes contos acima para mim salvaram o livro, mostrando que o Brasil tem grandes talentos para a literatura. Meu sonho é ver esta galera dominando as listas de livros mais vendidos de nosso país.
comentários(0)comente



Carol 03/12/2010

Acho que esse foi o meu primeiro livro de contos, e por isso, eu não sabia muito bem o que esperar dele, mas eu me surpreendi. Como são poucas páginas e com contos curtos (de 3 a 5 páginas), a leitura é super rápida. Dá também para usá-los como descanso de uma leitura intensa, por exemplo, lendo um conto por vez. Mas duvido que você consiga segurar a curiosidade para ler o próximo.

Zumbis loucos por cérebros, presos em minas, em casas mal-assombradas, epidemia, vírus, humanizados, retornando dos mortos, tem zumbi para tudo que é gosto nesse livro! Uns contos são meio sem pé nem cabeça, mas eu gostei bastante de alguns e me supreendi com o destino final dos personagens.

Destaque para os contos: "A Escolha" (André Schuck Pain) que, para mim, foi o melhor do livro e também "Inconsciência Ecológica" (Frank Bacurau), "Caindo Em Desgraça" (Bruno R. R. Santos), "Cinema Amador" (Mariana Albuquerque), "Sobre as Águas do Amazonas" (Felipe Alandt Simm), "Inesperados" (Francis Piera) e "Filhos da Escuridão" (Mandy Porto).

Acho que alguns contos poderiam ser desenvolvidos para livros e dariam ótimas histórias de supense, ação e terror.

Essa e outras resenhas você encontra no Open Page (http://openbookpage.blogspot.com)
comentários(0)comente



naniedias 22/07/2010

Zumbis - Quem disse que eles estão mortos?
Vários contos onde o tema principal são os zumbis - mortos vivos que levantam de seus túmulos em busca de carne humana e cérebro.
Contos no livro:
Meu Inferno sou Eu, Mario Carneiro Jr.
A Mina, Pedro Moreno
Balidos, Rubem Cabral
Na Estação de Trem, Elenir Alves
Sobre as Águas do Amazonas, Felipe Alandt Simm
Rito Necromante: Criar Zumbi, Duda Falcão
Cinema Amador, Mariana Albuquerque
Ivandro, M. D. Amado
Cinzas, Alvaro Moreira de Carvalho
Filhos da Escuridão, Mandy Porto
Inesperados, Francis Piera
Dia dos Mortos, Alexandre Costa
Caindo em Desgraça, Bruno R.R. Santos
Inconsciência Ecológica, Frank Bacurau
O Carregador de Malsã, Vinicius Carlos Vieira
Quarentena, Alex Mir
A Escolha, André Schuck Paim
A Cidade dos Mortos-vivos, Carlos Eduardo de Lima dos Santos
Samantha, Jocir Prandi e Márson Alquoti
ENSAIO - Zumbis e Mortos-vivos: elementos para a gênese de um mito literário moderno, Prof. Ms. Edgar Indalecio Smaniotto

O que eu achei do livro:
Adorei esse livro! É claro que gostei mais de alguns contos do que de outros. O meu preferido, dentre todos, foi "Sobre as Águas do Amazonas", mas eu também gostei muito do "Filhos da Escuridão" e do "Ivandro" - junto com o 1º são os contos que formam o meu top 3! Mas eu também me apaixonei pelo "A Escolha", só não colocou porque senão deixariam de ser três e virariam quatro... mas também é perfeito!
Eu pensei em colocar uma pequena resenha para cada conto, mas depois mudei de ideia. Porque o livro tem realmente muitos contos e são todos bem curtinho - de duas a cinco páginas, ou seja, fica muito difícil fazer uma resenha individual sem contar spoiler. Então decidi apenas apontar os meus três favoritos e dizer o que achei da coletânea de maneira geral.
O livro é muito interessante e me despertou a vontade de comprar outras coletâneas de contos de autores nacionais. Eu já esperava que o livro fosse bom - eu sempre espero ótimas histórias dos autores nacionais que leio - mas ainda assim me surpreendi. Achei as histórias muito boas!
São vários estilos de narrativas diferentes, com zumbis diferentes e até mesmo mundos e realidade diferentes.
É um livro que vale a pena ler!!! A nota que eu escolhi, 10, de maneira nenhuma quer dizer que eu acho que todos os contos mereçam essa nota. Eu simplesmente estou dando uma nota para a coletânea como um todo.
PS: E o meu exemplar, para minha sorte e puro deleite, ainda por cima está autografado pela fofíssima Mandy Porto, autora de um dos contos na coletânea! Eu tinha que contar isso!

Nota: 10
Dificuldade de Leitura: 6
comentários(0)comente



Isadora 26/06/2010

Zumbis
Quando o livro chego para mim eu pensei: "Uau, que livro curtinho, deve ser meio estranho os contos."
Fico feliz de dizer que estava totalmente errada, a cada conto um autor abordava os zumbis de uma forma diferente e que me fazia querer mais e mais, acabei ele rapidinho, dá pra ler em um dia.
Amei os contos, e como eu comprei da Mandy Porto, eu vou falar especificamente do conto dela.

O conto conta a estória pela visão de uma garota (que eu esqueci o nome, sorry, ela e seus amigos estão fugindo de um bando de zumbis. (basicamente é isso). Quando acabou o conto eu pensei, podia virar livro, adorei, me deu uma vontade de quero mais, sem duvidas, a Mandy Porto é muito talentosa e tem um grande futuro.
comentários(0)comente



Yaya 24/06/2010

Gostei bastante.
comentários(0)comente



MÁRSON ALQUATI 29/04/2010

Uma antologia fantástica!
A reunião de tantos talentos literários em um único projeto só poderia resultar em um trabalho de altíssimo nível como o que vemos em Zumbis. Contos muito bem elaborados e gostosos de ler, sendo que no fim fica aquele gostinho de quero mais. Parabéns ao Pascale pela orgenização e oportunidade dada a todos esses novos autores para exporem um pouco do seu trabalho. RECOMENDADÍSSIMO!!
comentários(0)comente



7 encontrados | exibindo 1 a 7