Ele é todo meu

Ele é todo meu Nana Simons




Resenhas - Ele e todo neu


46 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Luana.Bona 31/05/2021

1° Livro da Série Império - Sinopse
A vida do implacável Marcus Ferraz de Fontana é um simples “o mestre mandou”, onde ele é o senhor de tudo e todos, e as pessoas ao seu redor são apenas peças do tabuleiro.

Ele tem tudo; dinheiro, mulheres e poder. Pelo menos, tudo o que importa.

Nos negócios, onde é rei e soberano, o Imperador – como é chamado – domina e controla o maior império do ouro do país, herança que sua família de origem italiana construiu a décadas no Brasil. A única coisa que toca seu coração são suas filhas: as gêmeas de quatro anos, Elora e Charlote.

Mas suas emoções controladas não o prepararam para saber que o casamento de seus pais está ameaçado pela jovem secretária de seu pai. Marcus conhece bem aquele tipo de mulher, lida com elas todos os dias. Ele podia ser chamado de insensível por todos, mas nunca deixaria que uma menina destruísse sua família.

Marina de Castro fugiu de Goiânia sem olhar para trás, encontrando no Rio de Janeiro um emprego dos sonhos e amigos fiéis. Amava seu trabalho mesmo com as poucas horas de sono e o telefone que tocava vinte e quatro horas por dia. Afinal, seu chefe, Humberto Ferraz de Fontana, era um dos empresários mais importantes do país e exigia perfeição, e ela estava disposta a cumprir o trabalho. Mas essa tranquilidade é ameaçada quando o filho mais velho de seu chefe aparece e começa a revirar tudo o que ela levou anos para deixar perfeitamente em ordem. Marina só não entendia porque depois de ver como Marcus era tão cortês com todos, a tratava como se ela fosse uma praga.

Ele estava decidido a destruí-la.
Ela estava destinada à sua ira.

Um equívoco. Um homem obcecado e vingativo. A redenção nunca foi tão perigosa."

comentários(0)comente



Lissa 16/01/2021

Não perca seu tempo.
Eu não sei nem o que falar desse livro....

Obviamente, esse livro era pra ser um romance, mas nada de romântico acontece. É uma história de terror. De verdade.

Esse livro é um problema por vários motivos, e vou expor alguns aqui:

1. O principal problema aqui é "ANTI-HERÓI". O cara é muito mais um vilão. Ele comete vários atos ilícitos aqui contra a mocinha, dentre eles:

a) Assédio Moral dentro e fora do Ambiente de Trabalho;
b) Assédio Sexual (lembrando que depois do não tudo é assédio;
c) Agressão (sim agarrar as pessoas pelo pulso é agressão);
d) Logo no prólogo o cara apenas QUEBRA A PORTA do apartamento da mocinha porque ela não quer abrir pra ele. (GENTE??!!);
e) É conivente com trabalho análogo à escravidão. É como se não existisse legislação trabalhista no brasil. Tem uma cena que ele diz que trabalhadores foram "apreendidos" porque estavam em situação irregular. COISAS são apreendidas. Trabalhadores são resgatados, e depois ele diz algo tipo ser um absurdo "porque pagamos bilhões de reais" a eles;
f) Ele é descrito como O CHEFÃO, mas é burro feito uma porta. Em uma parte do livro ele literalmente se pergunta porque a mocinha tem que saber da agenda do pai dele e que isso É MUITO SUSPEITO, só que ELA É A SECRETÁRIA do cara;
g) Aparamente, ele não sentimento nenhum, o que torna IMPOSSÍVEL de se ter empatia por ele; ZERO EMPATIA. Impossível um ser humano se identificar com esse lixo. Ele é só um escroto. Com a mãe, o pai, a irmã, o irmão, as filhas, os empregados;
h) Ele diz que AMA mulher, seus corpos e etc, mas na verdade ele não ama, ele é um grandíssimo machista misógino. Ele tem respeito por nenhuma mulher NENHUMA na vida dele. Nem pelas mulheres da família dele e muito menos com as quais ele transa.
i) ELE LEVANTA A MÃO PRA BATER NELA!!!!!!!!!

O que me deixou transtornada é isso ser apresentado aqui com certa normalidade, sendo que qualquer mulher nesse situação ficaria extremamente assustada.

2. A mocinha.

a. Ela é doente. É única explicação possível. Depois de uma acusação de espionagem industrial, ser humilhada na frente dos colegas, assediada, agredida, depois dele subornar o porteiro pra entrar na casa dela... ela tá apaixonada por ele.

3. O resto do livro

Todo mundo nesse livro é idiota.

4. Detesto só ter coisa negativa pra falar, mas infelizmente é tudo que eu posso fazer.

Fiquem a vontade pra ler e tirarem suas próprias conclusões. Tirando tudo isso, a escrita da autora é fluida, só acho que suas histórias precisam amadurecer mais. Com certeza tem potencial pra escrever um grande livro!
Sarinha 16/01/2021minha estante
Vish, Maria! Que horrível... ??


Lissa 16/01/2021minha estante
É horrível, pior que o pessoal gosta.




Carol 27/05/2020

Vai que rola
Iniciei porque sempre me aparecia esse livro como indicação no Kindle, aí decidi dar uma chance.
Uma estória que começa envolvendo em uma trama de encontros e desencontros de informações, o que nos instiga a torcer para tudo se esclarecer.
Senti falta de mais conexão entre o casal. Senti tudo muito superficial.
E o final me fez ficar curiosa.
Não sei mais para mim não me surpreendeu, não me enlouqueceu. Achei morno.

.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Hevelin R. 16/02/2020

O livro é de fácil leitura, a linguagem é bem acessível.
Me incomoda um pouco a maneira como o cara hétero julga e trata a menina.
comentários(0)comente



dayukie 07/03/2020

Resenha completa no blog
"[...]
Eu amo a escrita da autora, mas apesar de ser um enredo que tinha tudo para dar certo, o lado “nojento” do Marcus e toda a submissão da Marina me deixou extremamente irritada, principalmente por toda as coisas “horríveis” que ela via em Marcus, mas aceitava.
Não sei se é a “época” em que li esse livro, mas ver todas as atitudes de Marcus, apesar de “sua consciência dizer para parar”, tornou a leitura um pouco…. Cansativa para mim.
Outra coisa que me irritou muito foi a família de Marcus. A vontade de sair dando uns tapas para ver se entra juízo na cabeça deles, foi grande. E claro, quis muito bater em Marcus e até mesmo em Marina, só para ela aprender e se valorizar um pouco mais.
Apesar de saber que há uma segunda parte, senti que a história ficou meio arrastada também e isso me incomodou. Alguns pontos eram necessários e ficou vazio e outros extremamente desnecessários estão lá. Talvez esses “vazios” sejam explicados no próximo livro, mas alguns personagens ali surgiram e eu ainda não compreendi o porquê.
Como eu disse, talvez foi o momento em que li a história que não era o ideal, mas não desceu aqui para mim.
A capa do livro é bonita. Sem precisar de muitos exageros, a diagramação para um e-book também está boa, porém, precisa de uma revisão final.
No geral, a história tinha muito a melhorar. Alguns momentos ficaram corridos, outros arrastados e no fim ficou em aberto, e mesmo que eu saiba que terá outro livro, começar a explicar algumas coisas não faria mal nenhum."

Resenha completa no blog

site: http://bit.ly/EleETodoMeu
Mayra 25/05/2020minha estante
Alguem tem esse livro?.
Por favor me manda.

mayrapeixoto.mediotec@gmail.com




Merelayne 01/03/2020

Gostei do livro, mas fiquei incomodada porque não mostra o desfecho da história que é mostrada logo no começo do livro.
comentários(0)comente



Lidiane- @amorporlivros_1991 31/07/2020

Maravilhoso
Ele é todo meu?
Esperei muito para ter essa história de volta na amazon. 
Uma história que me deixou sem dormir, eu já imaginava isso, uma história que ainda não terminou, e confesso que estou com medo da continuação. 
Quando dizem que o amor e ódio andam juntos, às vezes eu não acreditava,mas fui surpreendida com esses sentimentos nesse livro. 
Marcus, o que digo? Eu te odeio, sim, com certeza, claro. Marcus, eu te amo? sim, com certeza, claro. Marcus, é esse personagem, que queremos socar, muito de vez em quando abraçar, os momentos de abraços foi somente quando as meninas apareciam, por falar em meninas, elas tornam a história mais leve, o humor fofinho da Elora, o humor já ácido de Charlote, elas foram um ponto alto na história, me deixaram apaixonada. 
?Parece uma criatura mística e eu sabia disso desde que a vi a primeira vez. Meu desejo não fala alto, ele grita, berra e esperneia. Pela primeira vez, sinto-me perdendo o controle, vejo-me fantasiando com uma menina que seduz e fascina.?
Marina, ela sofre, ela vai sofrer, mas gente ela é uma personagem maravilhosa, batalhadora, forte, não teve uma infância legal, praticamente sem família, conta com suas lindas amigas (adorei rever a Dani). Marina não contava com a relação que se desenvolveu entre ela e a pessoa que ela mais detestava. 
?Eu me aceito, me admiro, me respeito e me amo.?
Marcus, é desconfiado, mentiroso, cínico. Quero ver como ele sairá dessa enrascada em que se meteu. Os irmãos do Marcus, gente que chatice essa Nina, Chris já é um pouco mais maleável, todo cafajeste. 
Uma história envolvente, quente, com altos e baixos, que deixam o leitor agarrado na história do início ao fim. Eu amei cada página, sofri já um pouco, então estou preparando o coração para o próximo. 
comentários(0)comente



Elaeseusromances 26/04/2021

Pelo amor, crianças não leiam
Eu gostei, ai vcs vão me pergunta pq do título, simples pq mesmo estando escrito na descrição - proibido para menor- tem criança que vai ter acesso e vai romantizar.
Voltando a resenha.
Eu amei, acho que foi meu primeiro VILÃO que eu amei e torci para ele fica com a pp.
Quando eu pensava que o marcus esta apaixonado, ele me dava um tapa na cara kkk. Precisamos falar das gêmeas, que meninas fofas, a Charlotte falando maicus com a mão na cintura?.
comentários(0)comente



Bvm 06/05/2021

Aí aí aí aí...
... essa capacidade da nana de pegar os homens mais abomináveis da face da terra e nos fazer torcer por eles em algum momento é fogo! Me sinto eternamente com a "síndrome da bela e a fera"...
Nesse primeiro momento da duologia, vemos o casal se conhecendo e a atração se formando. Por enquanto só temos a construção da trama e que já me deixou louca pelo próximo. A única coisa que me incomodou um pouco foram as questões do império e o relacionamento do Marcos com os pais, que ao meu ver, ficaram muito soltas. Não consegui captar muito a mensagem do que é/ como é feito e em que pé está. Mas enfim, bora pro segundo livro ontem, pq a curiosidade tá difícil!
comentários(0)comente



Andressa.Mata 03/03/2020

Marcos Ferraz é um homem arrogante, machista e prepotente, julga e condena sem investigar realmente os fatos, se acha no direito de fazer tdo o que deseja e que todos têm que obedecer. Já Mariana se mostra uma mulher forte e decidida, mas no fundo é sensível. Livro de leitura rápida e as vezes confuso.
comentários(0)comente



Neyme 02/03/2020

O Imperador é insensível e impulsivo... Muitas coisas vão rolar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Bia 19/02/2020

Esperando a parte 2
Primeiro livro da Nana Simons que leio e tenho que parabeniza-la: a escrita dela é muito boa. Tão boa que li vorazmente Ele É Todo Meu, apesar de ter uma trama que, normalmente, critico.
Marcus é o típico CEO que estamos acostumadas, arrogante, egocêntrico, acha que o mundo inicia e termina nele. Não quer relacionamento sério, mas curte muito sexo casual. Marina, apesar de não ser uma idiotinha, é o tipo de personagem que se deixa levar pelo tesão, mesmo que sua consciência grite NÃO de forma eloquente.
A gente fica sem entender como é que mocinha está aceitando ficar com o macho escroto? Fica. Marcus é bem filho da put*. Mas me vi envolvida na história, apesar dos pesares.
É um clichêzão, mas um clichêzão bem escrito. Terminou num suspense. Quero muito ler a continuação. Pelo o andar da carruagem, ainda vai rolar muita merda. Por fim, quero expressar meu deleite em relação às filhas de Marcus: elas são as únicas coisas que prestam ligadas ao pai.
Bety.Sabino 19/02/2020minha estante
Fiquei curiosa. Já tem o 2?


Bia 19/02/2020minha estante
Ainda não.




Paty 21/11/2020

Muitas pontas soltas
E livro começa de forma bem dramática e o desenrolar é um flashback, só que o livro acaba sem nem ao menos voltar ao início.
Marina tem seus pontos positivos é batalhadora, destemida profissionalmente falando, mas não diz a que veio quando o assunto é o coração e Marcus é um personagem antagônico, lindo e feio ao mesmo tempo, pois seu caráter é extremamente duvidoso, não é bom filho, nem pai, não tem um amigo que seja.
Sua vingança parece mais vaidade do que amor a família, quer tanto ser chamado de pai, mas chama sua mãe pelo nome também. Inúmeras pontas ficaram soltas e acho bem difícil amarrar todas de forma a contentar os leitores, mas como seu brasileira, vou dar um voto de confiança e partir para a segunda parte dessa estória, torcendo sinceramente que esse casal seja mais empático, de forma que me faça torcer por eles juntos, pois até aqui achei tudo frágil demais.
comentários(0)comente



46 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR