O Melhor do Crime Nacional

O Melhor do Crime Nacional Debora Gimenes ou Debby Lenon...




Resenhas - O Melhor do Crime Nacional


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Aline 31/05/2020

Vamos combinar que a @luvaeditora arrasa nas antologias né, pessoas? Com organização de Tito Prates e Vitto Graziano e convidados de grande peso, a obra conseguiu abranger vários tipos de crimes comuns (ou não tanto) no nosso território nacional.

Esse livro foi um grande presente pra mim, fã de romance policial, pude através dele, conhecer outras categorias de crime (Jornalístico, noir, transtornos mentais, etc) brilhantemente abordados nessa antologia.

Comecei a leitura de forma despretensiosa e logo no início, meus planos de ler um conto por dia foram deliciosamente frustrados. Eu não consegui parar de ler. Terminava um e já queria saber o que a próxima história me reservaria. A curadoria deu um show! Os autores são muito talentosos, os 26 contos são extremamente bem escritos e bem desenvolvidos. Eu queria falar um pouco sobre cada um deles, mas vocês não estão preparados para essa conversa. Mentira. O post ficaria gigante. Então... dentre eles, eu destaco o Folkgore, do autor Fabiano Soares (@samambaiis) e Paranoia do autor Márcio Cardoso Pacheco (@autormarciopacheco), ambos com pepersonagens que mereciam um livro só deles.

É uma leitura indispensável para os fãs de Romance Policial e é também uma ótima dica pra quem ainda está querendo aventurar-se no gênero.
Você encontra o livro em forma física diretamente com a editora ou o e-book na Amazon (ele está disponível no kindle Unlimited)

Deliciem-se!

No Instagram @meulivrochegou
comentários(0)comente



Kéziah Raiol 06/05/2020

Muito interessante
O livro aborda cinco formas de crimes, o que acaba deixando a leitura mais u?nica, onde o foco na?o e? apenas assassinatos (como na maioria dos casos). Temos tambe?m sequestro, tra?fico, e etc, com aquele toque Brasileiro.

Os escritores conseguem criar contos (20 no total) com uma atmosfera incri?vel, sem serem prejudicados pelo seu tamanho, a estrutura e? extremamente bem desenvolvida, com tramas de tirar o fo?lego, voce? acaba um querendo engatar no outro.

A diagramac?a?o do livro e? outro show a parte, com detalhes que fazem toda diferenc?a e tornam a leitura ainda mais interessante. E nos mostra total cuidado da editora com relac?a?o a esse trabalho.

Para quem e? fa? do ge?nero, e adora antologias (principalmente pela sua praticidade e pela forma como fluem muito bem), essa e? uma o?tima pedida. Lembrando que voce?s podem tambe?m ler a antologia em ebook, disponi?vel no Kindle Unlimited.
comentários(0)comente



Leonardo.Heffer 16/02/2020

Curadoria é tudo!
Quem busca ler antologias - livros que são coletânias de contos - sejam eles temáticos ou não - sempre procura ter uma experiência única. Para tanto é importante que tais coletâneas tenham uma boa seleção de histórias a serem apresentadas para seus leitores. "O Melhor do Cime Nacional" apresenta esta curadoria de forma exemplar.

Na verdade, no pouco tempo em que tenho uma relação com a Editora Luva como leitor - mais ou menos cinco meses desde que conheci a editora e seu trabalho - tive acesso a quatro coletânias produzida por eles. "Hora Morta Edição Especial", "Paralysis Somni", "Gothic" e este último, o qual resenho. (ainda tenho "A Funerária do Sr Iku", mas ainda não lido!)

Ressalto aqui o excelente trabalho realizado pela editora na busca dessa curadoria - em outra palavras a seleção dos textos por parte de seus organizadores. Sempre preocupados em encontrar novas visões sobre textos, de forma a entreter e surpreender seus leitores, ao mesmo tempo que passa uma mensagem - foco da editora é sempre ter esse viés crítico no social.

O Melhor do Crime Nacional tem como organizadores, Tito Prates, embaixador oficial de Agatha Christie no Brasil (título concedido pela familia da rainha do crime) e Vitor Grazziano. Só de ter Prates como um dos organizadores já mostra a preocupação da editora em selecionar bons texto para o material.

O livro aborda em cinco categorias, as diferentes formas de crime - não só terminando ou começando com assassinato, mas outros tipos de crime, como por exemplo, sequestro, mistério, tráfico de drogas, enfim, uma variedade para quem quer curtir uma boa leitura com seus mistérios.

Mais uma vez, em 20 contos, a editora acerta ao dar o devido espaço necessário aos contos, sem querer limitar ou apressar resultados das escritas com limitação de caracteres - se houve, ela foi bem acertada pois pouquíssimas histórias foram afetadas nessa formatação (talvez duas, mas não chega a ser algo de outro mundo).

Para quem curte uma boa contação de histórias de suspense e policial, O Melhor do Crime Nacional é uma excelente pedida! O livro encontra-se disponível na lojda da editora

site: https://luvaeditora.com.br/produto/o-melhor-do-crime-nacional/
comentários(0)comente



@resenhandodark 16/01/2020

@resenhandodark
💀O Melhor do Crime Nacional é um projeto elaborado por Tito Prates e Vitto Graziano, com a presença, como convidados, da conceituada escritora de romances policiais Paula Bajer, e de Wellington Budim, autor do best-seller Teu Pecado. Apresentando material heterogêneo e completamente distinto as atuais obras que trabalham com a temática do crime no país, a curadoria apostou nos enredos mais ousados e criativos a fim de construir um livro único, reunindo os mais diversos crimes e peculiaridades do nosso vasto território nacional.
.
💀Está antologia apresenta diversas categorias do romances de crime, como, policial, jornalístico, noir e transtornos comportamentais. E foi uma leitura realmente muito agradável, eu adquiri essa antologia no lançamento e realmente foi uma surpresa para mim, além de conhecer alguns autores pessoalmente eu conheci várias escritas magníficas.
.
💀Como por exemplo da @juliadopassoramalho com seu conto “Mantenha-se atrás da faixa amarela”, que vivenciamos à protagonista com seus fetiches psicopatas. E o conto do @vittograziano “O Sol é pra Poucos” que além de mostrar o lado horrível do Rio de Janeiro para a comunidade negra, traz uma mensagem linda na leitura.
.
💀Outros autores presentes que eu já tive o prazer de conhecer e estão presente também é, @autormarciopacheco com seu conto “Paranoia”, que além de ser divertido em certos pontos, consegue trazer um final surpreendente. E também o conto do @wellingtonbudimautor “Colecionador de vidas”, que trás acontecimentos terríveis e sangrentos, com um final inimaginável.
.
💀Além dos contos, não podemos deixar de mencionar à beleza do livro, todo o trabalho de diagramação que está impecável, e à cada início de conto temos uma ilustração feita pela querida @artesdecarolinamancini. Então é isso, se eu pudesse poderia enaltecer esse livro o tempo inteiro rs, então quem tiver a oportunidade não pode deixar de ler.
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR