Território Lovecraft

Território Lovecraft Matt Ruff




Resenhas - Território Lovecraft


196 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


nametongood 28/10/2020

No fim, foi uma boa experiência. Apesar de altos e baixos, um início arrastado e uma trama sóbria em demasia, os personagens são ótimos e carregam os acontecimentos sem te fazer desistir de terminar e maratonar a obra.
comentários(0)comente



Zezo 28/10/2020

Território Lovecraft
Esperava muito mais, começou instigante,mas depois a leitura se arrasta! Achei alguns pontos problemáticos, e por isso dou nota 3/5
comentários(0)comente



Giuliane.Souza 27/10/2020

Um pouco lento
Gostei principalmente do primeiro conto. Depois ficou tudo meio arrastado e os outros personagens não prenderam tanto.
comentários(0)comente



nametongood 25/10/2020

Tem altos e baixos, mas mantém de maneira interessante o ritmo através de personagens interessantíssimos e uma carga mais sóbria da fantasia e terror que referencia autores muito bem, principalmente aquele que faz parte do título, o Lovecraft.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



julia 24/10/2020

Resenha: Território Lovecraft
Já adianto que eu amei esse livro porque eu vi o seriado primeiro e também amei ele de paixão. Foi tão legal me voltar para o livro depois de assistir a adaptação e ver todas as mudanças do e liberdades que tomaram com o texto. Se você curtiu o seriado, pfvr leia Território Lovecraft!

Eu adoreeei a narrativa e a vibe de que cada capítulo era um conto diferente. O foco movia de personagem para personagem e a maneira como esse recurso foi usado para desenvolver os personagens foi maravilhosa. O Montrose desse livro se tornou o meu favorito e, por mais triste que foi, eu amei o capítulo focado nele.

Alguns pontos do enredo foram bem??? estranhos??? mas funcionaram no contexto do livro. E eu acho que gostei deles mais por ter assistido o seriado antes também. E não vou dar spoilers, mas dois pontos que foram super relevantes no seriado não existiam aqui no livro e eu super adorei essas diferenças. E o final do livro também é melhor, falei :P
comentários(0)comente



miriboshi 24/10/2020

Sobre o livro
O começo foi um pouco difícil me prender pois eu já havia começado o seriado.
Quando o livro me prendeu, não consegui mais parar de ler.
Achei meio mal estruturado, contudo. Aconteciam vários eventos e outro novo personagem era inserido no meio, parecia meio aleatório e quebrava um pouco a fluidez.
comentários(0)comente



Mari 23/10/2020

Protagonismo Negro
Vale a pena a leitura de Território Lovecraft. O livro tem protagonistas negros onde mostra o racismo no cotidiano do negro norteamericano. Além do perigo na aventura ao longo da história, os personagens sempre esbarram em personagens racistas que se mostram mais perigosos.
O livro é dividido por contos envolvendo um mesmo universo de personagens. Por ser em contos, o ritmo da leitura fica um pouco lento, mas vale a pena ler até o final.
comentários(0)comente



Thiago.Amorim 22/10/2020

Nossa gostei muito do livro do começo ao fim, já nas primeiras páginas te prende e não consegue parar de ler !
comentários(0)comente



João 22/10/2020

.
O livro se passa em 1950 nos Estados Unidos, onde o protagonista da história Atticus volta da guerra com uma carta do seu pai dizendo para eles se encontrarem. Logo no inicio já temos um plano de fundo incrível e tocante onde Atticus sai do sul dos E.U.A e vai até o norte para encontrar seu pai, porém como estamos falando da década de 50 o país norte-americano tem a conduta super racista e segregadora, ainda mais na região sulista que se encontra em vigor as leis de Jim Crow que foram grande propulsoras da segregação racial e do racismo em todo o país.

A trama se desenvolve em partes bem semelhantes a contos, onde cada parte retrata uma aventura/acontecimento com um personagem em destaque, e no fim tudo se encaixa em um embate.

O decorrer da história se mescla entre o recorte histórico do racismo e o segragracionomismo da época com varias referências do universo da ficção científica, citando Lovecraft, Ray Bradbury, entre outras.

Amei a criatividade do autor ao desenvolver a história utilizar desses dois focos, sendo o racismo e a ficção cientifica, com muito mistério, surpresas, momentos de tensão. A edição da Intrínseca está um show a parte, um lindo trabalho de capa rico em detalhes.
comentários(0)comente



Joao.Hippert 17/10/2020

É sempre difícil comparar o material original com uma obra adaptada, mas nesse caso é praticamente impossível não fazê-lo. Comecei a ler o livro em decorrência da aclamada série da HBO e me surpreendi ao entender o material audiovisual bem superior ao escrito.

O livro, de todo modo, abraça sua essência pulp e se apresenta como uma jornada divertida, assustadora e que entretém. O que me surpreende, porém, é a falta de desenvolvimento dos personagens e das relações que cultivam entre eles. O próprio protagonista Atticus no livro parece um herói unidimensional, sem carisma e sem uma jornada muito bem definida. Além disso, os conflitos raciais não são tão marcantes quanto àqueles apresentados na série o que, a meu ver, se dá pelo fato do autor ser branco, enquanto a showrunner da série é negra.

É engraçado perceber como as coisas são completamente diferentes no livro. E não falo só das mudanças de personagens (Christina é Caleb, Dee é Horace), mas Atticus não tem seu passado tão destrinchado, assim como não apresenta um caráter dúbio quanto a sua natureza violenta. Letitia se restringe a uma personagem coadjuvante sem brilho e sua relação com Atticus não é desenvolvida. Montrose não apresenta a complexidade mostrada na série, com as questões de sua sexualidade, por exemplo.

Enfim, não posso negar a decepção com o livro, mas acredito que isso se dá, principalmente, pelo fato da série ser muito superior. Mesmo assim, é uma leitura agradável e que tem seus momentos. Mas, se fosse para recomendar algum dos materiais, definitivamente eu recomendaria a série da HBO.
comentários(0)comente



Bookð 16/10/2020

Um dos raros casos que a série derivada é bem melhor que o livro original.

Não conseguiu me prender a atenção. Na minha opinião, vários personagens não são bem desenvolvidos. É praticamente um livro de contos com personagens que se repetem. Apesar de alguns destes “contos” serem bons, a maioria não me atingiu. Enfim, achei tudo meio raso demais.
comentários(0)comente



GustaFX33 14/10/2020

Território Lovecraft
Sociedade secretas e preconceito escancarado. Uma família negra enfrenta uma série de ameaças sobrenaturais e o preconceito da década de 50 no EUA, por vezes é difícil identificar qual é a pior ameaça. A história é muito boa e prende sua atenção até o final.
comentários(0)comente



Ju 12/10/2020

Taí um livro que achei que não fosse chegar até o final e me surpreendeu. São contos, mas que se interligam no final. Gostei! Verei a série e já colocarei aqui entre aqueles livros que merece uma segunda leitura mais pra frente!
comentários(0)comente



Robim 12/10/2020

Território Lovecraft
Sendo a primeira vez que leio uma obra do Matt Ruff, foi bastante satisfatória, gostei da mescla de terror, sobrenatural e como foi retratado o preconceito na época. Que nos faz refletir, sobre a dificuldade do preto antigamente, os grandes resquícios dessa realidade que ainda insistem em permanecer atualmente.
comentários(0)comente



196 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |