Estrada para lugar nenhum

Estrada para lugar nenhum M. Robinson




Resenhas - Estrada para lugar nenhum


22 encontrados | exibindo 16 a 22
1 | 2


Angela Terencio 11/03/2020

Estrada para lugar nenhum
PQP.....
Que livro....estou passada....
Bom vamos lá, a história é contada por Creed, um jovem, filho do presidente do clube de motociclistas e que devido a um terrível acontecimento torna-se amargo. Depois de um tempo ele conhece Mia a irmanzinha de um dos seus amigos, e mesmo tendo uma diferença de quase 10 anos de idade eles se sentem conectados um com o outro e cada um a sua maneira.
O tempo passa e depois outro grande acontecimento Creed resolve se afastar de tudo e se alista no exército americano, onde fica por 4anos entre os das e vindas ao Afeganistão. Quando é dispensado do serviço militar, Creed retorna a sua cidade e descobre uma surpresa que irá mudar a sua vida e a de Mia.
Sim, é um livro intenso cheio de surpresas, muita tristeza, possibilidades reais, mais acima de tudo prevalece o amor, em todo e qualquer sentido.
Mais uma história que vale a pena!
comentários(0)comente



Paula Faria @blogliteralmenterosa 08/03/2020

Creed Jameson, nascido e criado no meio da violência, sexo, drogas e morte, membro de um grupo de motoqueiros, os MCs Devil?s Rejects, ele foi treinado pra matar sem perguntar porquê, sempre acatando ordens, até que um mal entendido, uma fatalidade o coloca em uma situação desastrosa onde a maior tragédia da sua vida acontece, amortecendo de vez seus sentimentos,Carregando tamanha dor em seu peito, Creed apenas sobrevive, cumpre ordens, enfrenta a morte e segue adiante sem saber que no seu caminho, o destino colocará, a sua razão de viver, ou de morrer, se necessário for.
Mia Ryder , uma garota espirituosa, de língua afiada e personalidade forte, atravessa o caminho de Creed e dali surge uma amizade que vai definir o futuro desses dois a partir de agora, uma paixonite que cresce a cada ano em que Mia amadurece e que Creed nem faz idéia desses sentimentos alimentados no coração dessa doce e pura garotinha. Sofrimento, sentimentos conflitantes, perigos, amor, vida e morte, andando lado a lado selando o destino de todos nessa estrada perigosa que o destino os colocou.
Essa leitura foi muito intensa e viciante pra mim, com um enredo forte e dramas dolorosos eu senti um misto de emoções, uma carga de drama densa que me pegou totalmente de jeito. Creed me prendeu desde o primeiro momento, apesar de ser um bad boy ele me conquistou com sua história, com suas dores, com seus medos e com sua vibração perigosa e plena consciência de seus atos e erros. Mia por outro lado é uma personagem que da uma certa leveza, equilíbrio a história, com seu jeito determinado ela vai derrubado muralhas e causando alguns estragos mas por bons motivos. A relação dela com Creed vai crescendo gradativamente até o ponto em que a amizade se torna algo mais e é nesse ponto que tudo desmorona, pois Creed carrega uma bagagem de tragédias, perdas, sangue e sofrimento grande e por medo de perde, ele simplesmente perde tudo, estraga tudo, se abstém de tudo, de se permitir sentir, de se abrir e de viver ao invés de sobreviver.
Uma história cheia de emoções, forte e intensa, dolorosa, bem escrita, fluída, envolvente e que ao acabar o livro nos deixa querendo mais com esse final de arrancar o coração do peito, a carga emocional é de tirar o fôlego, recomendo muito.
comentários(0)comente



Ana Carolina 08/03/2020

Bom demais!!
Leitura Concluída #14

Que tiro foi esse meu povo!! Estava sentindo falta de ler algo que me faça querer forçar a vcs lerem e de ficar quicando no sofá lendo.

Esse livro não é nenhum conto de fadas, tem mortes, tu vai passar raiva, vai gritar para os personagens. Mas Creed, senhoras e senhores, que boy maravilhoso.

Tiro o meu chapéu para as cenas eróticas. Creed é do babado. Pipinha passa muito bem, obrigado.

Sim vc não leu errado, o apelido da mocinha é pipinha e conhecemos ela com seus 9 anos já sendo amiga de Creed, ela vai crescendo e tendo crush no Creed. Então rola uma diferença grande aí de idade.

Creed é um mocinho azarado. Ele sofre viu, espero que nesse segundo livro a autora poupe meu coração.

O que me fez amar essa história é que é cheia de reviravolta, Creed não vai ter sossego. Então se preparem para fortes emoções.

Gostei muito do livro e já baixei o segundo que foi lançando ontem. Indico se você gosta de livros com MC, reviravoltas, drama e um romance erótico que é capaz de queimar a Amazônia ?.
comentários(0)comente



Dennis.Romoaldo 13/02/2020

Um livro cheio de emoções
Creed vive no mundo dos motoqueiros, com seu clube, tudo é ordenado é obedecido, mas nem sempre foi assim, no passado Creed nunca quis fazer parte disso, ele apenas se importava com Luke, Noah e sua mãe. Mas depois de uma fatídica noite, ele acidentalmente dá um tiro que mata seu irmão Luke e tudo dentro dele muda, o sentimento de culpa o consome por anos. ⁣

A única coisa boa na vida dele agora, era Noah, sua mãe, Autumn e recentemente a pequena Mia. ⁣

Do outro lado temos Mia, uma criança que conhece Creed e toda sua arrogância, mas ali tem seu primeiro crush, Mia deseja ficar perto dele sempre que o vê e não entende o porquê disso, mas ao passar dos anos vai entender que a ligação que eles criaram na praia mudará todo seu futuro. ⁣

Ao decorrer vemos nosso mocinho lutar contra suas dores, lidando com ela de uma maneira bem diferente do comum, e também com outra perda que fará ele ficar ainda mais fechado. Depois do ocorrido, ele se alista para o exército e arrisca sua vida em casos extremos, além de perder mais companheiros. ⁣

Também temos Mia lidando com seus sentimentos sobre Creed, mas em uma noite ela fica com o rebelde que mal sabe que na verdade é Noah, irmão do nosso mocinho. E nisso na reta final, o livro dá uma reviravolta impressionante que nos deixa sem folego. ⁣

Um livro cheio de emoções, luta, traições e também um desejo insaciável, com bastante cenas quentes incríveis. ⁣

Quer saber se Mia ficará com Creed ou Noah? Descubra lendo Estrada para lugar nenhum.
comentários(0)comente



Elaise G. Lima 11/02/2020

Blog Apreciando a Leitura
Creed era um rapaz de 17 anos que foi criado por um pai que era presidente de um moto clube envolvido com o mundo do crime. O rapaz foi criado por um homem sem sentimentos, que matava sem hesitar e ensinava os filhos a seguir o mesmo caminho. A sede do moto clube era um ambiente depravador. Cheio de crime, drogas e mulheres.

Bem antes dos 17 anos, Creed já havia se envolvido com tudo que existia de errado no mundo, mas, ainda assim, ele não era igual ao pai. Ainda restava um pouquinho de sentimentos nele, principalmente pela família que ele amava.

Certa noite, quando Creed confrontava um homem do qual ele não gostava, um terrível acidente aconteceu. Creed passou pelo pior momento de sua vida e o que restava da sua família começou a desmoronar.

Foi nessa época que ele conheceu Mia Ryder. Ela era apenas uma garotinha de 9 anos e Creed a achou muito esperta para a sua idade. Nasceu entre eles um sentimento genuíno.

Com o passar do tempo, Creed serviu ao exército. O livro aborda um pouco sobre o 11 de Setembro, e depois disso, Creed decidiu se alistar, assim como o irmão de Mia, Mason, que era amigo de Creed.

Anualmente, Creed e Mia se encontravam. E cada vez mais a garota deixava se ser uma menina. Creed observava o desenvolvimento dela, mas ainda assim mantinha distância física, pois sabia que era um homem problemático e não queria Mia envolvida na confusão que era a vida dele.

No final do livro, Mia toma uma decisão muito imprudente, o que traz consequências. Fica uma confusão na vida desses personagens e nada é resolvido nesse livro, pois o mesmo tem continuação.

site: https://www.apreciandoaleitura.com/2020/02/resenha-sobre-o-livro-estrada-para.html
comentários(0)comente



Feh @mil_e_uma_historias 27/01/2020

Quero mais
Adorei os personagens, Creed foi moldado para ser cruel e sem escrúpulos, mais ao decorrer da história percebemos um ser humano incrível, que faz o impossível para proteger os que ama.
Mia me arrancou tantas risadas, ela é toda metida a adulta, inteligente e com uma boca sem filtros, é super protegida pela família.
Eu estou muito ansiosa pela continuação da história, tudo aqui está na medida perfeita, só acho que a autora judiou mto de Creed.
comentários(0)comente



Daniela Teixeira 24/01/2020

Adorei! Creed é um bad boy cruel e ao mesmo tempo um ser humano que ama a família e protege os amigos. Mia é divertidíssima, muito adulta para a idade e, apesar da história começar na sua infância, não existe desrespeito nem sugestão de romance nesse período. O enredo não tem monotonia e surpreende do início ao fim. A história é viciante e desperta todo tipo de sentimento. Ultrapassa limites, quebra corações, leva pessoas queridas e te deixa ansiosa pela sequência.
Recomendo demais!
Nanda 25/01/2020minha estante
Começando já!!!


Daniela Teixeira 25/01/2020minha estante
??




22 encontrados | exibindo 16 a 22
1 | 2