Estrada para lugar nenhum

Estrada para lugar nenhum M. Robinson




Resenhas - Estrada para lugar nenhum


21 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Dennis.Romoaldo 13/02/2020

Um livro cheio de emoções
Creed vive no mundo dos motoqueiros, com seu clube, tudo é ordenado é obedecido, mas nem sempre foi assim, no passado Creed nunca quis fazer parte disso, ele apenas se importava com Luke, Noah e sua mãe. Mas depois de uma fatídica noite, ele acidentalmente dá um tiro que mata seu irmão Luke e tudo dentro dele muda, o sentimento de culpa o consome por anos. ⁣

A única coisa boa na vida dele agora, era Noah, sua mãe, Autumn e recentemente a pequena Mia. ⁣

Do outro lado temos Mia, uma criança que conhece Creed e toda sua arrogância, mas ali tem seu primeiro crush, Mia deseja ficar perto dele sempre que o vê e não entende o porquê disso, mas ao passar dos anos vai entender que a ligação que eles criaram na praia mudará todo seu futuro. ⁣

Ao decorrer vemos nosso mocinho lutar contra suas dores, lidando com ela de uma maneira bem diferente do comum, e também com outra perda que fará ele ficar ainda mais fechado. Depois do ocorrido, ele se alista para o exército e arrisca sua vida em casos extremos, além de perder mais companheiros. ⁣

Também temos Mia lidando com seus sentimentos sobre Creed, mas em uma noite ela fica com o rebelde que mal sabe que na verdade é Noah, irmão do nosso mocinho. E nisso na reta final, o livro dá uma reviravolta impressionante que nos deixa sem folego. ⁣

Um livro cheio de emoções, luta, traições e também um desejo insaciável, com bastante cenas quentes incríveis. ⁣

Quer saber se Mia ficará com Creed ou Noah? Descubra lendo Estrada para lugar nenhum.
comentários(0)comente



Malucas Por Romances 20/03/2020

RESENHA COMPLETA NO BLOG
Olá, leitores!

Sabe aquela história que é impossível em algum momento você não soltar gritinhos? Então, com Estrada Para Lugar Nenhum foi exatamente assim. Queria ter alguém para desabafar durante a leitura sobre ele, então super indico uma leitura coletiva ou você ler junto com sua amiga.

O livro conta a história de Creed e começa quando ele tem 18 anos e está a caminho para ser braço direito do seu pai no clube de motoqueiros (MC). Só que nada vai ser assim tão fácil para Creed e sofrimento pouco é bobagem. Creed depois de mais um dia do cão conhece a pequena Mia que é irmã do seu melhor amigo. Mia tem apenas 9 anos, mas ela dá a paz que ele precisa por ela ser engraçada e esperta. Daí nasce amizade e com passar dos anos esse sentimento vai se tornando algo mais.




Confesso que a primeiro momento você pode querer largar a leitura por Creed ser no começo um babaca e por causa da mocinha ser muito nova, mas não larguem a leitura! Creed vai crescendo e se transformando na história e também passando pelo pão que o diabo amassou.

Creed vai sofrer bastante, se preparem para fortes emoções. Creed é aquele tipo de mocinho que não é exemplo para ninguém , ele mata pelo seu clube, pode ser explosivo, mas nem por isso não consegui me apaixonar por esse mocinho sofrido. Ela vai fazer de tudo para proteger quem ama.

A história tem bastante reviravoltas e não fica presa em um só acontecimento, se está tudo bem então se prepare que tem algo para vir quando você menos esperar. O famoso tiro, porrada e bomba, literalmente falando!

As cenas eróticas desse livro são de tirar o fôlego. A autora sabe nos deixar ansiosas para essas cenas pra lá de quentes e nem um pouco enfadonhas. Meninas preparem o ar condicionado!




Essa história é o primeiro livro de um dueto e a boa noticia é que o segundo livro já foi lançado. Terminando essa resenha eu vou correndo ler, já que esse termina num momento tenso da história.

site: https://malucaspor-romances.blogspot.com/2020/03/resenha-estrada-para-lugar-nenhum-dueto.html
comentários(0)comente



Ray @umaviajanteliteraria 25/03/2020

❤️ "Eu tinha a sensação de que havia um grande alvo vermelho pintado bem em cima do meu coração. Mas eu sempre soube que meu velho empunharia a arma carregada." ㅤ

A princípio conheceremos Creed, filho do presidente do Devil's Rejects Moto clube. Treinado para receber ordens e matar, o moto clube ocupa o primeiro lugar em sua vida, sempre. Lutar para proteger sua mãe e irmãos dessa vida era sua tarefa principal, até que em uma noite, cego pela raiva, ele acaba matando seu irmão por acidente e isso acaba definitivamente com a mente de Creed. Até que ele conhece a pequena Mia, uma garota espirituosa, que bota qualquer marmanjo no chinelo e o que o fazia rir como ninguém. ㅤ

❤️ "Ela era como um sopro de ar refresco nessa terra infestada de morte." ㅤ

Creed é um personagem que me deixou em sentimentos conflituosos, ora eu queria lhe proteger desse mundo cruel - pois ele só era mais um fantoche das circunstâncias - , ora eu queria descer o cacete por ele ser um ogro de mão cheia. ㅤ

"Estrada para lugar nenhum" é um livro complexo, ou você ama ou você odeia, e eu definitivamente sou do time que ama! Devorei página por página e apesar de ter amado toda a marra do Creed, meu coração foi fisgado pelo seu irmão mais novo Noah. ㅤ

Se você como eu, ama um: badboy tatuado, moto clube, muuuito tiro, confusão entre famílias, amor impossível e sexo quente, esse livro foi feito pra você!
comentários(0)comente



Daniela Teixeira 24/01/2020

Adorei! Creed é um bad boy cruel e ao mesmo tempo um ser humano que ama a família e protege os amigos. Mia é divertidíssima, muito adulta para a idade e, apesar da história começar na sua infância, não existe desrespeito nem sugestão de romance nesse período. O enredo não tem monotonia e surpreende do início ao fim. A história é viciante e desperta todo tipo de sentimento. Ultrapassa limites, quebra corações, leva pessoas queridas e te deixa ansiosa pela sequência.
Recomendo demais!
Nanda 25/01/2020minha estante
Começando já!!!


Daniela Teixeira 25/01/2020minha estante
??




Lud 16/05/2020

Que livro ruim...
Depois de ler 9minutes e outros do gênero, esse deve ser de longe o pior que já li...
Não tem cabimento. São páginas e páginas de um ensaio de um romance, em que você não entende porque iniciou, sabe que em algum momento vai rolar e é enrolado o livro inteiro como se tivesse um neurônio solitário pra não saber onde diabos essa budega de estrada vai acabar. É meio óbvio, apesar de que o plot antes do final embora inesperado, já que ela mira no centro e acerta no do meio (quem leu, entenderá), só serve pra você se irritar ainda mais. Que porra essa Autora fumou quando escreveu esse troço?
Senhor, quero nunca mais ver uma linha dessa tal de M. Robinson...
comentários(0)comente



Paula Faria @blogliteralmenterosa 08/03/2020

Creed Jameson, nascido e criado no meio da violência, sexo, drogas e morte, membro de um grupo de motoqueiros, os MCs Devil?s Rejects, ele foi treinado pra matar sem perguntar porquê, sempre acatando ordens, até que um mal entendido, uma fatalidade o coloca em uma situação desastrosa onde a maior tragédia da sua vida acontece, amortecendo de vez seus sentimentos,Carregando tamanha dor em seu peito, Creed apenas sobrevive, cumpre ordens, enfrenta a morte e segue adiante sem saber que no seu caminho, o destino colocará, a sua razão de viver, ou de morrer, se necessário for.
Mia Ryder , uma garota espirituosa, de língua afiada e personalidade forte, atravessa o caminho de Creed e dali surge uma amizade que vai definir o futuro desses dois a partir de agora, uma paixonite que cresce a cada ano em que Mia amadurece e que Creed nem faz idéia desses sentimentos alimentados no coração dessa doce e pura garotinha. Sofrimento, sentimentos conflitantes, perigos, amor, vida e morte, andando lado a lado selando o destino de todos nessa estrada perigosa que o destino os colocou.
Essa leitura foi muito intensa e viciante pra mim, com um enredo forte e dramas dolorosos eu senti um misto de emoções, uma carga de drama densa que me pegou totalmente de jeito. Creed me prendeu desde o primeiro momento, apesar de ser um bad boy ele me conquistou com sua história, com suas dores, com seus medos e com sua vibração perigosa e plena consciência de seus atos e erros. Mia por outro lado é uma personagem que da uma certa leveza, equilíbrio a história, com seu jeito determinado ela vai derrubado muralhas e causando alguns estragos mas por bons motivos. A relação dela com Creed vai crescendo gradativamente até o ponto em que a amizade se torna algo mais e é nesse ponto que tudo desmorona, pois Creed carrega uma bagagem de tragédias, perdas, sangue e sofrimento grande e por medo de perde, ele simplesmente perde tudo, estraga tudo, se abstém de tudo, de se permitir sentir, de se abrir e de viver ao invés de sobreviver.
Uma história cheia de emoções, forte e intensa, dolorosa, bem escrita, fluída, envolvente e que ao acabar o livro nos deixa querendo mais com esse final de arrancar o coração do peito, a carga emocional é de tirar o fôlego, recomendo muito.
comentários(0)comente



Nayara.Rafaelle 12/03/2020

O livro é bom, Porém é mais sobre a vida de Creed, Não senti nenhum tipo de romance, espero que o segundo seja melhor
comentários(0)comente



Patrícia | @lendocomapaaty 13/04/2020

Creed, eu te amo!
Falar sobre o Creed é difícil! Ele é aquele personagem que sofre o livro todo, que faz o leitor se emocionar e no final, querer guardar ele em um potinho!

Creed é o filho mais velho do presidente do clube de motoqueiros Devil’s Rejects na Carolina do Norte. Ele foi criado de acordo com as regras do pai, sempre imerso no mundo do clube, para que, futuramente seja seu sucessor.

A vida de Creed nunca foi fácil, mas, segue piorando conforme escolhas erradas vão lhe tirando pessoas que ele ama. Paralelo a estória de Creed, conhecemos a Mia, irmã mais nova de um amigo de Creed, que, apaixonou-se ainda quando era criança pelo bad boy e por ironia do destino, terá sua vida ligada a dele, para sempre.

Esse foi meu primeiro contato com a autora e não sabia muito o que esperar. Quando a editora iniciou a divulgação do livro, amei a premissa e precisei ler o quanto antes. Tenho um grande defeito, que é, não conseguir expressar direito quando gosto muito de um livro, o que ocorre agora.


A estória de Creed prendeu-me do início ao fim. A dor do personagem transborda nas páginas e em muitos momentos não consegui conter as lágrimas. Não se espera que um livro de motoqueiros bad boys faça você chorar, não é mesmo?

A forma como a autora desenvolveu a estória me agradou muito. Capítulos narrados por Creed e Mia, intercalados, e os anos passando rápido, faz com que o leitor, não saiba, a cada término de capítulo o que vem a seguir.

Gostou dessa resenha? Tem mais no meu perfil @lendocomapaaty

site: https://www.instagram.com/p/B88qDQyjjmC/
comentários(0)comente



Alda - Dondoca Literária 25/03/2020

Estrada Para Lugar Nenhum
#DondocaResenha.
.
Hoje vou falar de uma leitura que foi muito comentada (eufemismo tá gente, porque o alvoroço foi terrível) na pagina do Facebook da malucas por Romance.
.
“Estrada Para Lugar Nenhum” e o primeiro livro do DUETO ROAD TO NOWHERE da autora M.Robinson e foi publicado pela Allbook em Fevereiro deste ano!
.
Neste livro conhecer Creed e sua sofrida jornada, nascido e criado no mundo do crime, ele foi moldado à perfeição para seguir os passos do seu pai que é o presidente de um moto clube, o Devil’s Rejects na Carolina do Norte.
.
A vida de Creed nunca foi fácil, ele sempre dividiu seu tempo em torno de suas obrigações com o moto clube e sua mãe e irmãos, quê, segundo ele é o seu bem mais precioso. Porém, essa rotina esta perto do fim, uma tragédia cai sobre sua vida e por conta disso ele perde uma das pessoas que mais ama;
Diante sua vida sofrida, e toda a dor causada por atitudes que vão muito alem de justificativas infundadas Creed vai contar com sua única amiga, Autumn para superar sua dor.
.
Mas não se engane as coisas não vai melhorar para Creed, muito pelo contrario sua luta esta apenas começando, ele ainda vai sofrer muito, e nem de longe ele está perto de um final feliz.
.
Minha Opinião:
.
Sabe aquela leitura intensa que te deixa com o couro cabeludo arrepiado, então, é essa aqui!
.
Não me recordo de ter lido nada parecido, Creed é um bad boy legítimo, um vida loca como se diz por aí, ele vai sofrer muito ao longo do livro, vai lutar suas próprias batalhas, sem o apoio da familiar, mas mesmo assim, com sua vida conturbada, ele vai tentar ser um homem justo.
.
A narrativa da autora vai contar com fatos importantes ocorridos da vida real, e isso vai fazer parte da formação do caráter do protagonista, ele não vai se redimir de seus pecados, contudo, a duras penas, ele vai passar a olhar a vida com outros olhos.
.
O livro em si, no meu ponto de vista não é hot, conta com poucas cenas sexo, mas são senas muito bem construídas, com uma pegada forte e a boca suja de Creed não deixou nada a desejar, simplesmente perfeito (pronto falei, já pode começar o mimimi).
.
Esse primeiro livro se encerra de forma angustiante, e sinceramente não sei se vou sobreviver sem ler a continuação e souber se as coisas vão melhorar para o Creed, chega de sofrência pra esse homem gente.
Se você é fã de enredo com motoqueiro marrento e sofredor esse é uma ótima dica, pois você não vai parar de ler!
comentários(0)comente



Barbs 13/04/2020

Um história de tirar o folego
O livro vai contar a história de Creed e de como ele foi criado e preparado para fazer parte do M.C Devil's Rejects e futuramente substituit o seu pai, o Prez. Criado de uma forma dura, o jovem é muito protetor com os irmãos mais novos e com a mãe que sofre com os abusos e desrespeito do pai. Tal criação fez com que o jovem usasse a força para conseguir o que quer e a lábia para ter todas as mulheres que quisesse.
.
Paralelamente a isso vamos conhecer a pequena Mia, uma criança meiga, cheia de vida, atitudes e com uma personalidade que com a mesma capacidade que cativa o leitor acaba metendo a jovem em algumas confusões, para desespero de seu pai que tenta a todo custo manter a “bebezinha” dele em uma redoma de vidro.
.
Até então parecem dois mundos completamente diferente, até que a pequena Mia cruza o caminho de Creed e junto com seus patches acaba criando um vínculo com o bad boy do M.C Devil's Rejects.
.
Os capítulos intercalam as narrativas, transformando a leitura mais dinâmica. A cada capítulo vamos vendo a evolução dos dois personagens, acompanhando o crescimento de ambos e percebendo que apesar de seus mundos serem tão diferentes os dois possuem uma conexão forte.
.
O livro é incrível, a leitura é bem fluída e determinados acontecimentos, revelações e situações deixam o leitor sem folego, Creed é um personagem que apanha muito da vida, a autora não poupou o personagem. Comecei o livro querendo dar uns tapas nele, mas no final eu queria dar colo para ele. O final desse livro me deixou de boca aberta e precisando de uma continuação para ontem na minha mesa. Alô Allbook vamos providenciar isso minha pressão cardíaca agradece rs. Estrada para lugar nenhum é o primeiro livro da duologia Road to Nowhere e é escrita por M. Robinson

site: https://www.instagram.com/p/B8M5VniBPZO/
comentários(0)comente



Feh @mil_e_uma_historias 27/01/2020

Quero mais
Adorei os personagens, Creed foi moldado para ser cruel e sem escrúpulos, mais ao decorrer da história percebemos um ser humano incrível, que faz o impossível para proteger os que ama.
Mia me arrancou tantas risadas, ela é toda metida a adulta, inteligente e com uma boca sem filtros, é super protegida pela família.
Eu estou muito ansiosa pela continuação da história, tudo aqui está na medida perfeita, só acho que a autora judiou mto de Creed.
comentários(0)comente



Ana Carolina 08/03/2020

Bom demais!!
Leitura Concluída #14

Que tiro foi esse meu povo!! Estava sentindo falta de ler algo que me faça querer forçar a vcs lerem e de ficar quicando no sofá lendo.

Esse livro não é nenhum conto de fadas, tem mortes, tu vai passar raiva, vai gritar para os personagens. Mas Creed, senhoras e senhores, que boy maravilhoso.

Tiro o meu chapéu para as cenas eróticas. Creed é do babado. Pipinha passa muito bem, obrigado.

Sim vc não leu errado, o apelido da mocinha é pipinha e conhecemos ela com seus 9 anos já sendo amiga de Creed, ela vai crescendo e tendo crush no Creed. Então rola uma diferença grande aí de idade.

Creed é um mocinho azarado. Ele sofre viu, espero que nesse segundo livro a autora poupe meu coração.

O que me fez amar essa história é que é cheia de reviravolta, Creed não vai ter sossego. Então se preparem para fortes emoções.

Gostei muito do livro e já baixei o segundo que foi lançando ontem. Indico se você gosta de livros com MC, reviravoltas, drama e um romance erótico que é capaz de queimar a Amazônia ?.
comentários(0)comente



Entre Livros & Unicórnios 18/04/2020

Melhor do que eu esperava

"As lembranças estavam sempre ali. As ruins e brutais superavam as boas. As boas lembranças nunca duravam. Minha mente era programada para trazer à tona só as recordações ruins."

Creed é herdeiro de um dos maiores Moto Clubes da região e fora criado para ser frio, calculista e sem emoções, afinal de contas essa vida não é moleza e desde cedo foi inserido nesse meio. Forjado em meio a dores, decepções perdas, e desilusões ele é duro e arrogante, mas sua vida muda drasticamente quando percebe que não poderá viver o sentimento bom que demorou muito tempo para notar a existência.

Ao explorar novos horizantes, Creed percebe-se encantado por uma sensação inquietante em seu coração ao conhecer uma garota. Ela poderá ser sua tão aguardada redenção, mas essa é uma relação proibida e impossível, será que mais uma vez ele trancará todos os sentimentos ou finalmente se permitirá sentir?

Eu adoro histórias de MC, pois me transportam para uma realidade muito distante do que vivo, apresentando uma nova perspectiva a cerca da vida e do comportamento em sociedade. Fico feliz em dizer que a Robinson explorou muito bem a temática central, mesmo que dramatizando alguns pontos demais eu curti o modo como o enredo foi conduzindo.

A história fluiu bem para mim, o início foi mais arrastado e me irritei mais de uma vez com o Cred, ele provoca um misto de sentimentos em nós. Mia é uma personagem intrigante, achei uma sacada muito boa a autora nos permitir acompanhar o desenvolvimento dela desde criança, porém ela mostrou uma falta de amadurecimento muito grande nos capítulos finais, principalmente por sempre ter sido muito madura e "à frente" de sua idade.

Uma história que mostra como deixar as coisas para depois pode ser tarde demais. Se temos algum sentimento por alguém, temos que demonstrar enquanto as oportunidades surgem, caso contrário só nos restará ressentimento e o grande "e se". Com um final frenético e surpreendente, essa narrativa é uma montanha russa de emoções que prende o leitor em uma teia de dramas e conflitos internos na busca da felicidade e do amor.
comentários(0)comente



Jayy.Cardoso 23/03/2020

Nossa... Uma surpresa...
Nem tudo é o que parece.
Quando eu vi esse livro como indicação e olhei a capa, pensei que seria mais uma história com bad boys escrotos e mocinhas bobonas e lesadas. Mas me enganei tremendamente! Prometo (mais uma vez) não julgar um livro pela capa.
Cara, estou passada com essa história. Diferente do que estou acostumada a ler nos romances.
Tem todos os elementos que eu gosto: romance, hot, um dramazinho de leve, e mais. E os que eu não gosto não me incomodaram, como comportamento de macho escroto. E quando digo que não me incomodou é porque a mocinha, na minha opinião, é chapa quente, na passa pano e se intimida.
É tanta sensação diferente, no bom sentido, que quando me dei conta, acabou.
Esse livro é muito bom!!!
Super recomendo ! Ansiosa para ler o próximo!
comentários(0)comente



Malévola.Sincera 24/03/2020

É Bom, recomendo.
Preciso começar dizendo que sempre que vejo livros sobre MC (Moto Clube) minhas expectativas ficam elevadíssimas, principalmente se no desenrolar menciona-se aquele 1% ahhhh os bad boys? Eles sempre me causam um frisson delicioso? ?????


Não conhecia a escrita da autora, é boa vale a pena, mas a história de Creed demora a te fisgar, aconselho você a persistir principalmente se você assim como eu é do tipo que adora que a leitura te surpreenda. Acredite, esse livro tem uma cota infindável de quedas do cavalo. ?????

Pobre Creed, dá pena dele de tanto que esse bixim sofre na vida, desde criança vive mergulhado num mar de tragédias e tristeza tendo poucos ou quase nenhum motivo para sorrir, mas ao mesmo tempo tive certo ranço não concordei com algumas atitudes, embora tenha achado interessante todos os acontecimentos muito bem abordados pela autora. Vamos ver se essa impressão que fiquei de vingança sem desfecho vai se desfazer no segundo livro.

Não vou falar muito da mocinha porque acredito que minha verdadeira opinião sobre ela virá no segundo livro, mas posso contar que pra quem gosta de casais com diferença de idade aqui há um livro que deve ser lido?

A história é bem construída, boa tradução e narrativa com pouquíssimos erros de português que inclusive percebe-se que foram de digitação e para as amantes das cenas quentes possuí hot na história sim, não me deixaram subindo as paredes, porém foram gostosas de se ler. 
comentários(0)comente



21 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2