Harry Potter e a Pedra Filosofal

Harry Potter e a Pedra Filosofal J.K. Rowling




Resenhas - Harry Potter e a Pedra Filosofal


1462 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Maria 22/11/2017

Clássico infanto-juvenil?
Maravilhoso! Reli o primeiro livro hoje com mais idade e mesmo assim me vejo encantada com o universo criado por J. K. Rowling. Espero, com todo o carinho, que seja usufruído pelas próximas gerações e não vire apenas estatística! Recomendo com toda a certeza! Não só o primeiro livro, mas toda a saga! :)
comentários(0)comente



May 21/11/2017

Ameii
Eu já estou com 26 anos e foi incrível, fico pensando se eu fosse criança ainda seria incrível muito bom, realmente harry potter é um livro para todas as idades. pura nostalgia voltei a infância
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Felipe 19/11/2017

Embora o livro tenha 20 anos de publicação e o filme, 16 anos, apenas agora estou me enveredando por este mundo tão mágico e único que é o da saga Harry Potter. A maioria das pessoas da minha geração sabem de cor e salteado o que acontece na história.
A saga se passa tem como espaço principal a cidade de Londres, na Inglaterrra, a qual possui dois espaços em que a história se desenrola: a casa dos Dursley, na chamada Rua dos Alfeneiros nº 4 e a escola de Hogwarts, o qual Harry passará a ingressar aos seus 11 anos.
A história se inicia com mais de um dia de trabalho normal a ser realizado pelo tio de Harry, Válter Dursley, porém, o que ele não contaria é que se depararia com várias criaturas estranhas em seu caminho, deixando-o perturbado. Enquanto isso, Harry Potter vive uma vida de gato e rato com seu primo Duda Dursley e sua tia, Petúnia Dursley, por eles não aceitarem que os seus pais tivessem sido bruxos, e a raiva recai sobre o garoto. Duda é um menino muito mimado, o qual consegue tudo o que quer, graças a suas birras, enquanto Harry é negligenciado. Nos seus primeiros dez anos, Harry sofreu muito com o destrato de seus tios e seu primo, porém, às vésperas de seus 11 anos, Harry começa a receber correspondências do "pessoal' de Lilian e Tiago, seus pais, e Válter tenta a todo custo impedir que Harry as lesse, tentando esconder do garoto sua verdadeira história. Cansados da insistência, os Dursley resolvem se mudar para uma cidade do interior da Inglaterra, todavia, isso não impediu que o garoto continuasse a receber essas misteriosas cartas. Não satisfeitos, eles mudam-se para o outro lado da cidade, de barco, e se abrigam numa cabana. Um sujeito bate à porta e, percebendo que não iria ser atendido, a arromba. Trata-se de Hagrid, o sujeito que, no início da história, trouxe Harry ainda bebê e o deixou à porta dos Dursley, juntamente com a prof. Minerva McGonagall e o prof. Alvo Dumbledore. Hagrid conta toda a verdade a Harry, que num primeiro momento fica confuso. Ele é convidado a ingressar na escola de Hogwarts e aceita, embora seu tio Válter estivesse com muita reserva em relação a tolerar isso, porém, não podia fazer nada, dado a altura de Hagrid e sua corpulência.
Harry, juntamente com Hagrid, vão ao centro de Londres adquirir todo o material necessário a fim de que o menino pudesse assistir às aulas. Eles, a partir de uma passagem, vão ao Beco Diagonal e Harry é reconhecido por todos, que ficam impressionados. Depois disso, Harry embarca para Hogwarts, na plataforma nove e meia (no filme, plataforma nove três quartos) e lá conhece Ronald (Rony) Weasley, que veio a tornar-se seu amigo.
Na escola de Hogwarts, existe uma dinâmica de identificar os alunos por casas, que são quatro: Grifinória, Sonserina, Corvinal e Lufa-Lufa. Harry pertencerá a primeira, graças ao chamado Chapéu Seletor, indo para lá também seu companheiro Rony e também Hermione Granger, que viria a ser sua companheira.
A história transcorre de forma descritiva até a página 130, aproximadamente, quando ainda estão sendo apresentados os personagens principais da saga, bem como a dinâmica e as regras da escola, bem como o processo de amadurecimento de Harry, o que deixa a narrativa, em alguns momentos, cansativa. A história começa a ter ares de aventura a partir de quando Harry e Rony salvam Hermione de ser salva de ser atacada mortalmente por um trasgo, embora Hermione fosse antipática a eles, dado que ela era muito rígida quanto ao regulamento da instituição. Graças a sua inteligência, os três começarão a resolver enigmas, se metendo em situações que poderão comprometer o rendimento de Grifinória no campeonato das casas.
comentários(0)comente



Vivi 18/11/2017

Como me senti ao ler Harry Potter?
Cada página me perdi dentro do livro, realmente me sinto parte daquele mundo encantado. Páginas e mais páginas de puro encantamento.
Sei lá não a como descrever o que sinto, só sei que me perco entre linhas, palavras e novas aventuras.
Não importa quantas vezes eu ler, sempre me apaixono novamente.
comentários(0)comente



Duda 16/11/2017

Maravilhoso!!!!!
É o começo de uma história cheia de aventuras maravilhosas e que fazem você devorar o livro.Recomendo muito esse livro!!!!
comentários(0)comente



LauraaMachado 12/11/2017

Quase perfeito
Eu praticamente cresci com o Harry Potter. Li o primeiro livro quando tinha ainda onze anos (o primeiro, o segundo e o terceiro, aliás). Fui daquelas que assistiu o filme no cinema reclamando de tudo que era diferente do livro (mesmo o filme sendo bastante fiel) e comprei assim que saiu (em VHS, reflita, que veio junto com uma moeda Galeão que tenho até hoje). Ou seja, me tornei fã de Harry Potter ainda muito nova. Li todos os livros a partir do quarto assim que saíram. Mas, mesmo lendo bastante, só li cada livro uma única vez.

Essa era uma das razões para eu querer reler a série inteira agora. Já fazia quinze anos desde que li esse primeiro livro (sim, eu sou velha). Claro que eu lembrava de detalhes da história, mas não de como tinha sido contada. Para ser bem honesta, minha memória é péssima e eu mal lembro de coisas do último livro (e provavelmente só lembro por causa do jogo da LEGO no xbox). Mas isso era uma coisa boa. Eu queria deixar toda essa minha admiração pela série de lado e julgar o livro do jeito mais objetivo possível.

Não foi muito fácil ser objetiva no começo. Primeiro, porque fiz questão de comprar uma edição linda e que eu queria faz tempo. Tudo era lindo. As páginas, as palavras, as primeiras aparições dos personagens. Me peguei pensando em como as pessoas que não têm ideia do que a história fala têm sorte, porque poderão descobrir as cenas devagar, as questionando e ficando intrigadas por revelações que, infelizmente, eu me lembrava bem demais quando estavam para aparecer. Acho que, até o momento em que o Harry conhece o Hagrid, tudo foi perfeito.

Mas eu consegui ser objetiva daí para a frente e consegui ler o livro sem me deixar cegar por duas coisas (primeiro, meu amor já pela série; e segundo, pelo que eu sei que acontece dali para a frente). Quer dizer, a ideia de toda a série é mais do que brilhante, principalmente se você pensar em todos os detalhes dos próximos livros que se conectam com esse. Além do mais, o enredo desse primeiro livro é impecável, com pistas bem escondidas desde o começo, detalhes instigantes, aprendizagens que são retomadas e, principalmente, com uma evolução dos acontecimentos que só melhora. Não tenho nenhuma crítica para isso.

Mas tenho para outras coisas. Primeiro, para algo que eu nunca pensei que iria me incomodar: o próprio Harry. De novo, foi difícil no começo ser objetiva, já que eu já conheço mais da história dele (do passado e do futuro) do que ele conhecia nesse livro. Mas, quando consegui dar uma afastada, um passo atrás para longe de todo esse amor e conhecimento, foi impossível não perceber o quanto a personalidade dele é quase inexistente na maior parte do livro. Senti falta de reações ou impressões ou até pensamentos dele em muitas, muitas cenas mesmo. E o diálogo da parte dele é o mais genérico, mesmo que da parte dos outros personagens já ajude a entender a personalidade deles.

A única outra coisa que me incomodou foi que eu achei o livro muito pequeno. Achei os acontecimentos corridos demais! Toda a parte do dragão, por exemplo, acontece em um capítulo, vinte páginas. Cada parte do problema final (sim, estou me esforçando para não dar spoiler nem em um dos livros mais lidos do mundo) é solucionada rapidamente, fácil demais. Com um pouco mais de detalhe e atenção a cada momento, talvez eles tivessem deixado uma marca maior.

Entendo que esse livro é teoricamente para crianças, então cada um da série vai se desenvolvendo mais e ficando mais profundo (e também que sempre é mais fácil convencer editores a publicarem livros menores primeiro), mas não consigo evitar ficar incomodada por isso, principalmente porque, na minha opinião, ela não precisava ter gastado mais vinte páginas com cada coisa, só mais alguns parágrafos (e, de preferência, com pensamentos, sentimentos ou qualquer interação do Harry). De qualquer jeito, eu estou avaliando como uma pessoa de 26 anos de idade e que já leu muitos livros na vida. Quando li com onze anos, a idade do Harry e provavelmente a que a autora queria que seus leitores tivessem, me apaixonei completamente por tudo do livro. Isso faz diferença!

Essas críticas são basicamente tudo que tenho a dizer! Espero que ninguém me odeie por não ter achado que o livro é perfeito depois de tanto tempo, mas não duvidem de meu amor por toda essa história! Quero deixar aqui também uma declaração da minha admiração por personagens incríveis como o Dumbledore, o Hagrid, os gêmeos Weasley e até o Jordan. A melhor parte foi matar a saudades deles!
Andréa Araújo 12/11/2017minha estante
É sempre diferente ler um livro pela primeira vez quando se é criança/adolescente e quando ja é uma adulta com uma caraga bem maior de experiências literárias não é. Me deu vontade de reler e perceber outros detalhes agora. Mas sei que não vai deixar de ser perfeito!


LauraaMachado 12/11/2017minha estante
O amor nunca acaba! Mas foi ótimo ler de um jeito mais objetivo, saber exatamente o que não foi tão bom, sabe?




Camila.Brito 11/11/2017

Como não tinha lido ele antes??? Amei!! Já quero ter tempo pra ler os próximos ?
comentários(0)comente



PeeRms 05/11/2017

Ammmooo
De coração !!???
comentários(0)comente



Jessica 04/11/2017

Harry Potter
Livro simplesmente maravilhoso,cada detalhe da historia te surpreende.
Harry Potter,um menino vive com seus tios e um primo rabugento,ele dorme embaixo da escada ,aos 11 anos de idade descobre que é bruxo,e que desde do seu nascimento tem uma vaga na escola de magia e bruxaria de Hogwarts,onde conhece Ron Wesley e Hermione Granger que se tornaram seus melhores amigos.E também o diretor da escola o Alvo Dumbledore considerado o mais poderoso mago do mundo dos bruxos e seus conflitos com o lorde das trevas Lord voldemort,que pretende se tornar imortal e conquistar o mundo dos bruxos subjugar as pessoas não-mágicas e destruir todos aqueles que estão em seu caminho, especialmente Harry Potter, a quem ele considera seu maior rival.
comentários(0)comente



Kelly.Dias 31/10/2017

Harry Potter e a Pedra Filosofal

Sim! Vamos falar sobre a melhor série ever! Pode ser clichê, todo mundo diz amar, muitas vezes é a única série que a pessoa já leu na vida. Mas se é bom, fazer o que? Hahaha
Esse livro (a série toda, mas esse em especial) foi um marco na literatura infanto-juvenil. Ainda hoje, 20 anos depois, encanta crianças e adultos, o que por si só não é tarefa fácil.
Uma professora de literatura da faculdade comentou, em uma aula, sobre a importância dele e como ele revolucionou o mundo literário (e editorial) infantil. Até ele ser lançado, esse mundo era baseado numa série de pressupostos, alguns deles eram: livros para crianças têm que ter figuras; livros para crianças não podem ser muito grossos; livros para crianças não podem tratar de coisas tristes/traumáticas (coisas como assassinato dos pais, ser criado por tios maldosos, ter um cara que tentou te matar e tem como único objetivo voltar e terminar o serviço, essas coisinhas). Harry Potter veio e quebrou esses paradigmas! Até por isso a autora demorou a encontrar uma editora que aceitasse o livro. Muitos não queriam arriscar. Mas ela mostrou a que veio e hoje está aí, talvez uma das autoras mais bem sucedidas da atualidade.
Só pela coragem e autenticidade ele já merece seu voto de confiança (se você ainda não leu). Mas vou além. Não sei se foi a época em que eu li, mas essa coleção me marcou demais. A forma da escrita me encanta até hoje e não passam 2 anos sem que eu releia tudo, às vezes até menos. Sabe aquele livro que tem gosto de infância? Pois é. Pra mim Harry Potter é quase que o biscoito de polvilho da vó.
Agora falando um pouco mais sobre o primeiro livro em si. Harry é um menino que está prestes a completar 11 anos. Criado pelos tios, nunca conheceu os pais (eles morreram quando ele era bebê). Esses tios, Valter e Petunia, tinham um só filho, Duda. Os 3, aparentemente sem motivo e por pura maldade, maltratavam Harry e não lhe davam nenhuma mostra de afeto. Pois bem, um belo dia uma carta chega, endereçada a Harry. O tio não permite que ele veja o conteúdo, por mais que Harry quisesse. Outras cartas chegam. Finalmente, uma pessoa vem entregar pessoalmente a carta, Hagrid. Nessa carta descobrimos a informação que irá mudar a vida de Harry pra sempre: ele é um bruxo! E não só isso. A partir daquele ano iria estudar numa escola própria para bruxos, Hogwarts.
Após uma série de eventos, que incluem a compra do material mágico e Edwiges, uma coruja branca linda que Hagrid lhe dá, Harry embarca no Expresso Hogwarts, plataforma 9 3/4. Logo ele conhece Rony Weasley, que passa a ser seu primeiro e melhor amigo. Hermione Granger também aparece, a menina sabe-tudo da sala.
Há varias passagens deliciosas descrevendo a escola, as aulas e os professores, assim como o quadribol ? esporte mais popular entre os bruxos. Harry é selecionado para a casa Grifinória. Temos Snape, um professor que antipatiza imediatamente com Harry. Temos Quirrell, um professor gago meio tosco. Também é muito digno de nota a presença de Draco Malfoy, um menino da de idade de Harry que se torna o seu rival na escola. Enfim, não faltam personagens ricas e bem descritas.
As crianças descobrem a existência de um objeto mítico: a pedra filosofal. Descobrem também que ela está na escola e que alguém quer roubá-la (Voldemort, o grande vilão da saga). Apesar de ter certeza que quase todos sabem o final, não vou estragar. Só adianto, é muito legal!
Em Harry Potter o começo, meio e fim são viciantes. Recomendo toda vida! ^^
comentários(0)comente



Aillúj 29/10/2017

Harry Potter e a Pedra Filosofal
Início da melhor saga de todas o livro Harry Potter e a Pedra Filosofal é um livro que envolve poder e magia, o que faz desse livro um dos melhores da saga. O livro nos envolve tanto que o leitor não consegue parar. Parabéns J.K Rowling por escrever esse livro e ao mesmo tempo muito obrigado.
comentários(0)comente



Aillúj 29/10/2017

Harry Potter e a Pedra Filosofal
Início da melhor saga de todas o livro Harry Potter e a Pedra Filosofal é um livro que envolve poder e magia, o que faz desse livro um dos melhores da saga. O livro nos envolve tanto que o leitor não consegue parar. Parabéns J.K Rowling por escrever esse livro e ao mesmo tempo muito obrigado.
comentários(0)comente



vivi 28/10/2017

Harry potter e a pedra filosofal
Desde o começo um livro maravilhoso, não é atoa que JK é a rainha de tudo né, muito bom pra quem quer iniciar no mundo da leitura, por ser um livro pequeno com palavras fáceis e história TOTALMENTE cativante. JK nos faz ficar ansiosos pra virar logo a próxima página e descobrir o que se tem pela frente, queremos ver logo mais um pedacinho desse universo incrível que ela criou.
indico a todos, criança, adolescente, adulto, não tem restrições, a única coisa necessária é uma imaginação aberta e fértil pra viver esse mundo maravilhoso que se tem em Harry potter.
comentários(0)comente



ThataPotter 26/10/2017

Hp e a pedra filosofal S2
Pra quem quer ler este livro recomendo para os leitores de todas as idades porque é um livro simplesmente incrível! Não é nada enjoativo e a história não é parada e nem fica na "mesmice", eles se envolvem em grandes aventuras, é um mundo mágico feito pela querida J.K! Além de conhecer uma amizade muito bonita...
Para quem não leu, leiam! É ótimo e vocês não vão se arrepender
comentários(0)comente



1462 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |