O Aprendiz

O Aprendiz Joseph Delaney




Resenhas - O Aprendiz


110 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Biblioteca Álvaro Guerra 11/05/2018

O treinamento de um jovem bruxo tem muitos desafios e as vezes um erro pode desencadear uma guerra.

Empreste esse livro na biblioteca pública

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. Basta reservar! De graça!

site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/9788528613155
comentários(0)comente



Rodrigo 09/03/2018

BOM LIVRO BOA SAGA BOA COMPANIA
São uma sequência de livros, que hoje descobri que está no 14 já, mas, pelo menos, é somente um spin of. Os 13 livros narra a história de Tom Ward, um garoto nos seus 13 ou 14 anos não me lembro ao certo. Estou no quinto livro, lendo de maneira meio por temporadas. Leio um agora e leio o próximo após uns 3 a 5 meses. Escrito por Joseph Delaney, a obra é de fantasia mais diferente do que a capa do livro meio que chama atenção, o livro não tem embates incríveis ou magias chamativas, não dá para comparar com The Witcher ou Harry Potter, apesar de ter um pouco dessas obras, os livros são de fantasia porém mostram um pouco do que seria o real embate contra criaturas das trevas.
O Garoto Tom Ward por ser filho de um sétimo filho e ele mesmo ser um sétimo filho, não a ofício melhor para ele do que de caça feitiço, como o próprio nome diz, caça feitiço nada mais é que um caçador de criaturas mágicas ou demoníacas, e meio que um policial de um universo de fantasia. Não usa magia, apenas conhecimento adquirido por pesquisa e estudo.
Seu mestre John Gregory, um caça feitiço em a muito nessa função, o pega como aprendiz para que um dia lhe substitua. O livro introduz muito bem esses personagens, inclusive a mãe de Tom, e também Alice que é primordial na primeira história poder circular. O livro não é denso, mas também não é raso, Joseph deixa algumas coisas de lado conforme vai escrevendo, seus livros são curtos então não tem muita coisa desnecessária mas também as vezes me fazia falta algum tipo de informação que ficava de fora.
Uma outra reclamação que eu teria de Joseph é que seu livro muitas vezes não somente o primeiro como os demais, dificilmente consigo classificar se é para criança ou para adulto, as vezes acho que ele esta dando algumas informações muito para o publico infanto juvenil, porem muitas vezes o livro é pesado fala de coisas complicadas para um idade mais abaixo da maior idade dos 18.
Porem mesmo assim acho livros muito gostosos de ler, sempre que tenho vontade de ler algo descompromissado leio os livros dele, porque são muitos e são gostosos de ler, diferente de a Ordem do Arqueiro que li o primeiro achei muito bom, mas não me deu nenhuma vontade de continuar a ler, essa sequência de livros é excelente e dá muita vontade de continuar vendo a história de Tom Ward, e também passa muitas lições parecidas com a da Ordem dos Arqueiros. Não recomendaria para menores de 12 anos, para quem não gosta de livros de ficção ou fantasia mas recomendaria para quem gosta de histórias meio medievais e gostam de histórias curtinhas porque a maioria é.
comentários(0)comente



Mathias.Weirich 27/11/2017

A Saga do Sétimo filho de um Sétimo filho
Tomas é o sétimo filho de um sétimo filho, o único que pode se tornar um caça feitiços, um homem que luta contra as forças das trevas.

Com doze anos de idade Tom é levado para ser treinado por um antigo e famoso caça feitiços. Com ele irá iniciar seus treinamentos para ser na arte de caçar bruxas, papões e outros seres das trevas

Neste primeiro livro ele irá se deparar com as dificuldades de seu aprendizado e com o desafio de enfrentar uma poderosa bruxa.

Com a escrita precisa e fluida o autor parece incansável ao dar a vida a Tom Ward, adorei o modo que ele escreve de modo envolvente e apaixonante.
comentários(0)comente



Kath 26/07/2017

Uma ótima aposta!
Cuidado: não deve ser lido à noite!
Essa é a advertência encontrada atrás da edição do primeiro livro da série de 13 livros escrita por Joseph Delaney. Recebi uma recomendação parecida de um conhecido quando ia começar a ler Drácula, mas confesso que apesar de ter gostado muito do livro ele não me assustou em momento algum. Ou eu estou ficando muito insensível ou estou desaprendendo a ler! (Risos).
A trama é narrada por Tom Ward, o sétimo filho de um sétimo filho cuja mãe faz um "arrumado" para que seja aprendiz de um mago. O livro inicia com as negociações para que o mago o aceite como seu aprendiz, ele faz um acordo com o pai de Tom de testá-lo por um mês, caso ele falhe o garoto será devolvido e o mago receberá uma quantia pela perda de tempo. Assim começa a jornada do jovem como o aprendiz de caça feitiço, contudo, esse termo meio que engana, não é exatamente algo envolvendo mágica, na verdade eles são mais do tipo caçadores, pessoas com habilidades físicas comuns, mas treinadas para deter e aprisionar demônios e bruxas. Mais ou menos como San e Dean de Supernatural.
Na casa do mago, Tom começa a aprender sobre o ofício de mago e o que ele enfrentará se for realmente aceito como aprendiz, não apenas em relação ao perigo que a profissão tem, mas principalmente em relação à rejeição das pessoas. Uma vida solitária que, inicialmente, ele não não quer abraçar. Percebendo isso o mago dá a ele alguns dias em casa para repensar sua decisão, contudo, a mãe de Tom o repreende e diz que ele nasceu para tornar-se um mago, foi concebido com esse intuito. Durante o livro não existe confirmação de que a mãe dele é uma bruxa, pelo menos não às claras, mas o autor dá pistas sutis disso de modo que a gente acaba descobrindo se prestar atenção.
É quando volta ao seu posto de aprendiz que Tom começa de verdade seu trabalho, primeiro aprendendo sobre demônios e, muito levemente, sobre bruxas. No jardim do mago ele descobre haver alguns "túmulos" onde bruxas mortas e vivas estão seladas entre elas mãe malkin, a mais perigosa e poderosa de todas. Ele é advertido a nunca chegar perto do poço onde ela está selada. O trabalho de Tom consistia, basicamente, em estudar e tomar notas sobre o ofício, cavar poços para entender a importância do trabalho milimétrico que implica selar uma criatura e fazer as compras da semana para a casa do mago. É neste último encargo que ele conhece Alice, na volta para casa ao ser abordado por garotos aldeões atrás de furtar alguns bolos e frutas do mago, Tom é ajudado por esta garota que diz ser sobrinha de uma bruxa nomeada Lizzie dos Ossos, ele desconhece qualquer coisa a respeito desse nome e, por um instante, julga ser mentira, mesmo vendo o olhar apavorado dos garotos que fogem deixando-os a sós.
Sem ter a permissão do mago para dar a ela qualquer coisa do saco, Tom acaba fazendo uma promessa, caso ela precise de ajuda ele a irá socorrer como puder. Aquele fora seu primeiro erro. Dias depois ela o procura novamente em um dia que o mago não está em casa e pede-lhe que leve três bolos ao poço onde mãe malkin está selada, inicialmente o rapaz se recusa, mas como prometera - e não vendo no pedido nada sério - aceita fazê-lo escondido do mago. A partir desse segundo erro uma série de problemas surgirão, quando a poderosa bruxa é libertada não apenas as pessoas do vilarejo, mas a família de Tom torna-se alvo da sua vingança, incia-se uma luta pela sobrevivência daqueles que ele ama e de si mesmo.
Achei a história muito simpática, apesar de não ter me assustado em nenhum momento, ela tem um ritmo muito gostoso que te prende e é escrita de uma maneira muito leve. As personagens são enigmáticas e aprofundadas superficialmente, até porque esse é apenas o primeiro contato, mais a parte introdutória da saga, acredito que do segundo volume em diante as coisas vão ser mais sérias. Achei o primeiro livro bem levinho. Gostei bastante da construção e da narrativa, para quem curte fantasia e mesmo para quem quer testar o gênero esse é um dos que indico. Vale muito a pena.
comentários(0)comente



Leituras de Uma Sonhadora 05/04/2017

Muito Bom
CAPA 🌟
Simples e linda, dourado e preto contrastam maravilhosamente. (No livro físico a capa tem textura 💕)

HISTÓRIA 🌟
Ser o sétimo filho de um sétimo filho já significa ser alguém especial (principalmente para os celtas) e ter de se tornar aprendiz do Caça-Feitiço também (para o bem e para o mal).

Neste ofício Thomas aprende a exorcizar fantasmas, combater ogros e deter feiticeiras, mas não lida direito com a solidão, afinal o trabalho não é bem visto aos outros olhos.

E se ele já julgava sua vida estranha, tudo apenas aumenta com a amizade com Alice (cuidado com os sapatos de bico fino), a sobrinha de Lizzie Ossuda, uma bruxa.

Uma promessa que não deveria ter sido feita leva Tom a ser enganado e usado para trazer Mãe Malkin (uma bruxa poderosa presa no seu quintal).

Recheado de mistério, confusão, horror e aventura, é um livro leve, pequeno e indicado a todas as idades. Vale muito a pena entrar no mundo dos caça-feitiços

site: www.manacornias.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Will 18/01/2017

Com Potencial
Creio que um livro deva ser avaliado individualmente, independente de sua importância para a trama ou como ela se apresenta, sinto muito isso com sagas grandes como "A Torre Negra" e "Wild Cards" e não pode ser diferente aqui. O primeiro livro da saga dos Caça Feitiços não é um livro ruim, pelo ao contrário, três estrelas é acima da média convencional, mas ele talvez peque em alguns pequenos pontos que me desagradam. O primeiro é um pouco a falta de foco, as breves passagens de Tom com o Mago e a rápida transição que tem entre os encontros e os problemas acaba deixando um pouco vago. Apesar de tudo isso, a saga tem um excelente potencial levantado, é uma leitura rápida e IDEAL para jovens e crianças, não é uma leitura pesada, não é repleto de detalhes e palavras difíceis, por isso é muito indicado para instigar o hábito da leitura. Como o livre é uma série grande, este tem a difícil missão de introduzir o universo, e isso nem sempre acaba sendo feito de uma forma muito boa. No geral acho que o autor até conseguiu se sair bem, mas creio que nos próximos livros ele precise colocar um pouco mais do que quer passar para o leitor.
comentários(0)comente



Carol 09/12/2016

gostei
Gostei mas acho que precisava ter mais assunto, e não deixar para o 15, pro trouxa do leitor ter que ir comprando livros em série. Achei a família dele insuportável de chata. e o protagonista não tem o carisma de um harry potter.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Pote De Doçura 01/09/2016

Apenas digo: melhor saga <3
Comecei a ler os livros da saga quando tinha 12 anos, e ok, não é legal a demora da editora com as tradução, mas eu garanto: sua espera vale a pena! Hoje, com 18 anos, ainda tenho absoluto amor pelo universo de Delaney, para dizer a verdade, tenho fascínio.
Não é uma saga infanto-juvenil qualquer (aliás, é minha saga predileta
comentários(0)comente



Teka 29/08/2016

~Cuidado, não deve ser lido à noite!
O primeiro livro da saga do aprendiz de caça feitiços nos apresenta a Tom Ward, um sétimo filho de um sétimo filho e que por isso possui habilidades sobrenaturais para ver e sentir a presença de criaturas das trevas como ogros, fantasmas e feiticeiras. Ele será treinado por John Gregory, para se tornar um caça feitiços e combater o mal no condado e no mundo, mas uma amizade inesperada com Alice, uma jovem treinada contra sua vontade para se tornar uma feiticeira e com parentesco com os clãs mais cruéis da região pode colocar seu destino de se tornar o maior caça feitiços que já existiu em perigo?
Livro mais que recomendado. E o que dizer dessa edição maravilhosa que imita capa de couro velha? Leiam!
comentários(0)comente



Maicon.Cassio 29/08/2016

Simples mais muito bom..
É um livro que faz o papel de introduzir o mundo e magia deste universo. ele bem pequeno e simples de ler.. é uma ótima escolha...
comentários(0)comente



Amanda 28/08/2016

Esplêndido!
Uma leitura parecida com Harry Potter, porém mais braçal. Tem tudo que uma literatura fantástica deve ter.
comentários(0)comente



Alisson 26/08/2016

O Aprendiz é uma introdução a saga As Aventuras do Caça-Feitiço e, realmente, deve ser lido como se fosse uma introdução. Thomas Ward é um garoto de 12 anos que desde seu nascimento já estava predestinado a se tornar um Caça-Feitiço por ser o sétimo filho de um sétimo filho. Os nascidos nessa natureza possui habilidades especiais e possuem a missão de proteger os povoados dos ogros, das feiticeiras e outras criaturas horripilantes.
A história passa a ser contada a partir do momento em que Tom passará a ser treinado por Gregory, o Caça-Feitiço - uma pessoa com palavras duras, mas com lições extraordinárias.
Por falar em lições, são o que o livro tem de melhor. O Aprendiz nos apresenta um mundo difícil, mas vencido pela união familiar. Fala também da solidão, já que o Ofício de Caça-feitiço acaba afastando as pessoas. Mostra a importância dos mentores e a confiança que deve ser depositada, mesmo com a frustração sendo óbvia. Faz com que aprendamos que os erros fazem parte da vida e superá-las faz parte do processo.

“Muito bem, rapaz. Você está aprendendo. Somos os sétimos filhos de sétimos filhos, e temos o dom de ver coisas que os outros não podem ver. Mas esse dom, de vez em quando, pode se tornar uma maldição. Se tivermos medo, às vezes poderão aparecer coisas que se alimentam desse medo. O medo piora tudo para nós. O truque é nos concentrarmos no que vemos e pararmos de pensar em nós mesmos. Sempre resolve.”

O livro é escrito em primeira pessoa pelo Tom. Como ele tem 12 anos, há verossimilhança nos sentimentos do garoto. Fraqueza, ansiedade e insegurança. Algumas partes no livro ficamos apreensivo. Na parte de trás do livro está escrito "não deve ser lido a noite!". Claro que quem está acostumado a ler Stephen King e Willian Platty vai achar fichinha, mas é sempre bom lembrar que essa é uma saga infanto-juvenil, que pode ser lida pelos fãs de Harry Potter.
comentários(0)comente



. 26/04/2016

chato
abandonei, história que nao me prendeu
comentários(0)comente



Lucas 11/03/2016

Um livro de introdução (Pequenininha, mas é o que tem pra hoje)
"O Aprendiz" é o primeiro livro da série 'As Aventuras do Caça-feitiço" do Joseph Delaney.

Esse livro é apenas uma pequena introdução ao universo do livro, então nem espere que vai acontecer uma hipermega plot twist que vai te fazer ficar refletindo por horas.

Não.

Thomas é um sétimo filho de um sétimo filho (bug kkkk). Isso mesmo. Um sétimo de um sétimo. E vive com sua familia na fazenda. E tipo, cada um tem que ter ofício, por pequeno que seja cada um tem que fazer o seu ne non

Como Tom é sétimo, já não tem tanta coisa pra ele. E o que acontece? Hahay

Ele é oferecido pra ser um aprendiz de um mago. Sr. Gregory.

E ele vai.

E vai começar a treinar com o velho Gregory pra no fim (?) quem sabe se tornar um mago.


Só isso. Tem uns detalhes adicionais, mas como esse livro é uma pequena introducaozinha vai perder a graça se eu falar.

O Tom pra mim nem fedeu nem cheirou. Achei ele mocinho demais ;-;.
Minhas expectativas com ele foram de ladeira abaixo. Não que eu não gostei dele, só o que eu achava que ele seria foi de ladeira a baixo.

Vou continuar com a série sim (não sei até que ponto) e recomendo isso. O livro é pequeno (li em 5 dias pq tava numa preguiça, vergonha pra mim) e não morde ninguém.

(Vai saber, pode existir um demônio ou uma bruxa mordedor(a) hahaha)
Joyce.Karine 08/04/2016minha estante
"O Tom pra mim nem fedeu, nem cheirou" kkkkkk




110 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |