Guerra Mundial Z

Guerra Mundial Z Max Brooks




Resenhas - Guerra Mundial Z


90 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Grace K 06/01/2011

Guerra Mundial Z : Não há para onde fugir!
Como boa fã de George A. Romero, há tempos estava querendo ler esse livro. Guerra Mundial Z, é ótimo, muito bem escrito. Confesso que mesmo
ansiosa para ler, tive um pouco de receio ao ver que a história é contada através de relatos dos "sobreviventes" e não de forma linear. Foi mais uma grata surpresa!
Focando em relatos individuais dos sobreviventes, o livro traz reflexões políticas, psicológicas, religiosas e ideológicas, tudo através de relatos incrivelmente humanos e realistas, não devendo nada a relatos de sobreviventes de qualquer guerra do mundo, com a exceção de que o inimigo neste caso já estava morto, o que não chega a ser nenhuma vantagem.
Os relatos, aos poucos vão dando um panorama de como uma infecção misteriosa reanima os mortos e os transforma em insaciáveis comedores de carne que quase extinguiram toda a vida na terra, trazendo o vislumbre de um verdadeiro apocalipse zumbi. Desde os primeiros infectados, as primeiras infestações, o pânico e desespero que se seguiram, as migrações em massa para àreas "livres", até o momento em que a humanidade como um todo conseguiu organizar uma ofensiva e retomar o planeta, tudo é relatado de uma forma crível, sem nenhum momento cair no gore ou no trash.
Uma ótima leitura que pode ser tomada como ficção científica, mas que ao final nos faz pensar no quanto dessa ficção pode um dia se tornar real. O pior predador do mundo é a homem.
nerito 16/12/2011minha estante
Concordo! Ótima resenha. O livro é muito bom. Também sou fã de Romero e de filmes do gênero. A literatura ainda precisa melhorar e com certeza Max Brooks faz um trabalho excelente em Guerra Mundial Z. O único problema, para mim, foi o relato do brasileiro, que ficou estranho em alguns momentos, mas isso não afeta a qualidade do livro.




Paulinha 23/06/2020

Empolgante
Leitura fácil e empolgante para que gosta da temática zumbi . Muito recomendado.
Leitura e . 23/06/2020minha estante
Oii... Bom diaa...Tudo bem?... Desculpa por interromper sua leitura, mas gostaria de te convidar a me seguir no Instagram para acompanhar minhas leituras... te espero lá...?
Obrigado.
@leituraeponto


Paulinha 23/06/2020minha estante
Ok!




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Sidnei 23/08/2020

Em tempos de Pandemia...
Narrativa interessante, parece algumas entrevistas/bate-papos, no campo de batalha, sobre como foi a guerra contra um inimigo, pouco comum. Algo que estamos vivendo agora!!!
comentários(0)comente



@obibliomaniaco 11/04/2021

Incrível
E quando eu descobri que tinha livro, eu fiquei louco pra ler, e quando comecei a ler, me perguntei onde estava o filme que assisti. ?

Não me decepcionou, ainda bem, o livro é diferente, até como diz na capa, uma história oral, em forma de entrevistas vamos ver o andamento da guerra, detalhes incríveis, assustadores e tristes.

Sabe aquelas histórias da Segunda Guerra mundial que lemos? Essa Guerra Z não é tão diferente, pode ser ficção, mas é tão bem escrita que é verossímil demais, que por microssegundos faz a gente duvidar se realmente não aconteceu. ? E se um livro faz isso, é por que é bom mesmo.

Tem umas partes técnicas que são chatas mesmo, mas nada que atrapalhe.

Sou fã de histórias de Zumbi, mas não li nada tão maravilhoso como esse livro, que retrata tão bem, pelos olhos dos sobreviventea, como seria um mundo dominando pelos zumbis.

Não só é aquela coisa de alguém morder outro alguém e assim se espalhar, tem muito mais detalhes bem mais interessantes. Traz reflexões políticas, psicológicas, ideológicas. É bem humanizada.

Incrível e mega indicado, principalmente para os amantes do gênero e de zumbis.
comentários(0)comente



davidplmatias 28/04/2020

Esplêndido
Formato inovador, um repórter fazendo entrevistas aos sobreviventes do Apocalipse. É incrível, eu não queria que tivesse terminado.
comentários(0)comente



sarah 15/07/2020

Muito bom!
O livro é narrado em forma de entrevista o que no inicio pensei que não iria gostar, mas me enganei e acabei gostando bastante.
Todos os relatos são muito bem escritos e tinha momentos que parecia que eu estava lendo algo que realmente aconteceu.
Tudo é bem descritivo em relação aos zumbis e todo o combate, o que nos faz ter uma visão bastante detalhada de como tudo estava acontecendo é isso fez parecer que eu estava lá na Querra.
Só não dei 5 estrela pelo fato de ter muitos detalhes técnicos sobre armas, navios, coisas que me deixavam um pouco perdida.
Mas tirando isso a leitura foi maravilhosa
comentários(0)comente



Alessandro.Aguilera 28/02/2020

Uma guerra pela sobrevivência
Como posso falar de Guerra Mundia Z, primeiro vi o filme e foi sensacional, um ritmo alucinante. Depois li o livro, que no caso é muito diferente do filme e por isso não é ruim, e sim muito bom. No livro, toda essa guerra é contada através de relatos de pessoas que sobreviveram depois da guerra, anos depois. Os relatos não obedecem uma linha linear do tempo. Aqui vemos relatos de pessoas do mundo inteiro, onde estavam quando o surto começou e ainda presenciamos os relatos que podem ter sido do paciente zero. São relatos tensos e angustiantes. O livro é muito bom e recomendo ler e assistir ao filme, não importando em qual ordem.
comentários(0)comente



Mylla 29/06/2020

É um maravilhoso livro documentário!
O livro todo é o registro de várias entrevistas com pessoas variadas contando suas histórias sobre o que viveram durante a Guerra Mundial Contra os Zumbis.

O entrevistador conversa com várias pessoas desde um simples civil, médico, governador, militar e entre outros, trazendo um compilado de entrevistas com as mais diferentes pessoas das mais diferentes personalidades e cargos para explicar e entender a origem do vírus, a pandemia, a luta pela sobrevivência, a crise física e mental, a erradicação do vírus. É um relato histórico dos anos que era estar em um mundo cheio de zumbis.

A leitura é muito fluída e te insere perfeitamente no universo do livro, é como assistir um documentário de história. Você consegue sentir a raiva, o medo, o estresse que é estar em um mundo em crise. É de um enredo e análise técnica muito bem feitas e pensadas para as mais diversas situações que você imaginar e que jamais imaginaria sem esse livro.
comentários(0)comente



Rosiane 01/11/2020

Bate - Papo com sobreviventes da Guerra Mundial Z
O livro é escrito no modelo de entrevistas que ocorrem após a Guerra Z "ter acabado". Com histórias e personagens novos a cada capítulo, cada um contando sua história de sobrevivência e do quão terrível foi a guerra. Eu gostei bastante, cada relato é único, detalhado como se o personagem estivesse na nossa frente, falando conosco. O filme ( ótimo filme por sinal) é totalmente diferente e se houver alguma referência é mínima, ambos muito bons cada qual com suas devidas peculiaridades.
comentários(0)comente



Jey Canavezes 09/04/2021

Um pouco enfadonho
O começo do livro foi bem interessante, mas por ser dividido em várias narrativas algumas foram muito voltadas a situações bem parecidas. Mesmo sendo em países diferente. Não que numa guerra como essa fosse algo muito diferente. Todos foram pegos de surpresa por algo inesperado, mas faltou um pouco de profundidade em outras culturas para saber como eles lidariam com essa situação. Alguns países foram reduzidos a simples transmissores.
Ficou devendo, mas ok.
comentários(0)comente



Escritor Lindomar César 29/12/2020

Uma aula de geopolítica
Me interesso bastante por relações internacionais e política e, esse livro apesar de uma ficção distópica zumbi, mostra com perfeição a dinâmica de países e como cada um lida com uma pandemia. Quando coloca esse livro no cenário de Covid, vemos uma precisão surreal quando em comparação, tanto com as negações, tanto com a indústria farmacêutica ou às estruturas sócios-econômicas de cada país.
comentários(0)comente



Nicolas.Rodrigues 03/04/2020

Um livro, estilo documentário, pouco cativante e bem cansativo. Se você procura por algo parecido com o filme nesse livro, sinto informar que você perderá seu tempo lendo-o. Resumindo, é um livro decepcionante, visto a inevitável comparação com a sua versão cinematográfica. 
comentários(0)comente



Descontrolados 22/09/2013

E SE A HUMANIDADE ENTRASSE EM GUERRA CONTRA A PRÓPRIA HUMANIDADE, DOMINADA POR UM VÍRUS DEVASTADOR E MORTAL?
No universo zumbi, assim como George Romero pode ser considerado o mestre do tema no cinema, Max Brooks é igualmente coroado, no âmbito literário, título que começou a conquistar já em seu primeiro livro, Guia de Sobrevivência à Zumbis, lançado no Brasil em 2006 pela Editora Rocco. Sua coração ao sucesso absoluto no gênero veio em 2006, com o lançamento de Guerra Mundial Z, lançado por aqui em 2010 pela Rocco e que acaba de ganhar uma reedição com nova capa, graças à adaptação cinematográfica de mesmo nome.

Em Guerra Mundial Z, Brooks nos introduz à um narrador desconhecido, um repórter contratado para viajar e construir um relatório para a Comissão Pós Guerra das Nações Unidas sobre a Guerra Mundial Z, como ficou conhecida a batalha contra a extinção, travada contra humanos portadores de um vírus que os transformou em zumbis. O relatório, após encerrado, sofreu uma reedição, pois ele era “íntimo demais”, fugindo de seu objetivo, que seria proporcionar no futuro o estudo dos acontecimentos da década apocalíptica, uma coletânea de dados frios.

Crendo ser necessário mostrar o fator humano da década apocalíptica, por esse ser apenas o único diferencial entre nós e o inimigo denominado morto-vivo, decide então lançar um livro, com o aval de sua chefe, mostrando a íntegra das entrevistas que realizou, com envolvidos desde o caso com o paciente zero até o fim da guerra.

O interessante deste livro é que ele basicamente é um relato jornalístico realizado através das fictícias entrevistas feitas pelo narrador. Com muita genialidade, Brooks apresentou duras críticas aos governos de todo o mundo, questionando decisões militares e como muitos beneficiaram da guerra, enquanto a população ruía em meio ao caos instaurado.

Não se engane achando que este é um livro sobre zumbis. Eles são apenas parte da história, onde o personagem principal é a Guerra e o relato de todo o horror provocado por ela serve como pano de fundo, ligando todo o livro, através dos relatos organizados de forma cronológica, mostrados sob a ótica pessoas comuns, militares, médicos, contrabandistas, aproveitadores e membros do governo. É a mescla dessas opiniões que leva o leitor a uma verdadeira viagem à uma Guerra Mundial que nunca aconteceu, mas que nas palavras de Brooks, parece tão tangível e cruel como as verdadeiras Guerras Mundiais.

Há ainda que se ressaltar que apesar da trama ter sido banalizada na produção hollywoodiana de mesmo nome, estrela por Brad Pitt, em nada tem a ver realmente com o que você encontrará nas páginas desse livro.

Não que a superprodução da Paramount seja ruim, pelo contrário, foi certamente uma das melhores filmes do gênero dos últimos anos, repleto de cenas eletrizantes e agonizantes. Entretanto, toda a magnitude da produção cinematográfica sequer se compara ao relato chocante presente no livro de Max Brooks. Como complemento da obra literária, o filme é uma excelente pedida!

Por Diego Cardoso


Ficha Técnica

Título original: World War Z: An oral history of the Zombie War
Relançamento: 2013
Páginas: 365
Tradução: Ryta Vinagre
Editora: Rocco

site: http://programadescontrolados.com/resenha-guerra-mundial-z/
comentários(0)comente



Drugue 15/07/2020

Mais real do que gostaríamos
Uma pandemia global que começou pequena, foi negada e acabou por levar muitas vidas, parece um retrato do COVID19, né? Mas não, estamos falando da Raiva que contamina as pessoas em Guerra Mundial Z. Esse não é um livro sobre Zumbis, é um livro sobre sobrevivência, pessoas e acima de tudo sobre o que já aconteceu e como isso se refletiu na humanidade. A cada novo capitulo uma nova entrevista, mostrando diversos frontes, diversos lados e a cada um desses novos elementos vão sendo incluídos, novos fatos vão sendo revelados e você vai entendendo o quão humana é essa obra. Sinceramente, depois do filme eu não esperava nada desse livro, mas o filme não tem nada dessa obra. O que temos é realmente um relato sobre uma epidemia, onde podemos traçar muitos paralelos com a nossa situação atual. Enfim, é até dificil falar sobre Guerra Mundial Z, só posso dizer, leia, de preferência agora!
comentários(0)comente



90 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6