O Livro de Líbero

O Livro de Líbero Alfredo Nugent Setubal




Resenhas - O livro de Líbero


160 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Gabi 03/03/2020

Chato!
Tô tentando entender qual a mensagem que esse livro tentou passar, mas ainda não consegui...
Alessandra 03/03/2020minha estante
Recebi o meu hj, mas nem sei quando terei tempo de ler. Tenho outros na frente dele e ele não me encheu os olhos para eu "furar a fila" e passar ele na frente...


Angel Yaly 03/03/2020minha estante
Esse foi de longe o pior livro que li na minha vida! Péssimo! Não entendi a dele...
E ainda disse que se inspirou em Cem anos de solidão, A sombra do vento e Reparação! Oi?


Gabi 04/03/2020minha estante
Alessandra, não passe mesmo. Deixe ele lá pro fim da fila...


Gabi 04/03/2020minha estante
Angel, decepcionante é pouco!!! Tbm não entendi e achei o tal do Líbero um homem de merda.


Angel Yaly 04/03/2020minha estante
Exatamente! Que cara chato! E nada faz sentido... aff. Perda de tempo!


Carla 04/03/2020minha estante
Cara, fiquei curiosa pra ler do tanto que vocês não gostaram ??


Gabi 04/03/2020minha estante
Carla kkkkk teve quem gostou, mas eu peguei ranço hahaha


Caah 05/03/2020minha estante
Vixi, agora fiquei ainda mais curiosa pra ler, pra ver se é tão ruim assim, kkkkk, achei a premissa tão interessante...


Juliano.Ramos 06/03/2020minha estante
O livro não é ruim, só não deveria estar no clube intrisecos, nao foi certo. Um livro desses não pode ser empurrado dessa forma para os assinantes. Achei petulante querer ser comparado ao Garcia Marques, parem, parem com isso.
O livro não tem um personagem com nome brasileiro, só nomes espanhóis, não tem como acreditar q tenha sido feito para o Brasil. Livro ruim, fraco, cancelei minha assinatura na intrisecos por causa desse perím, não da pra correr o risco de receber algodessa natureza em uma nova caixa. Nota 1,0.


Juliano.Ramos 06/03/2020minha estante
Livro fraco, não deveria estar no clube intrisecos, não foi certo, um livro desses não pode ser empurrado para os assinantes. Achei petulante querer ser comparado ao Garcia Marques, parem, parem com isso. O livro não tem um personagem com nomes brasileiros, só espanhói, não tem como acreditar que esse livro tenho se passado no Brasil. Livro ruim, fraco, cancelei minha assinatura por causa desse líbero. Não da para correr o risco de receber algo dessa natureza em uma nova caixa. Nota 1.0.


Angel Yaly 06/03/2020minha estante
Confesso que também fiquei com receio em relação às próximas caixas do Intrínsecos. E, é realmente muita pretensão comparar isso com Gabriel Garcia Márquez, Carlos Ruiz Zafón e Ian McEwan.


Gabi 06/03/2020minha estante
Juliano, eu infelizmente sou assinante anual. Se fosse mensal tbm cancelaria.


dia2deagosto 21/03/2020minha estante
Eu ia assinar o clube e esse ia ser o primeiro que eu receberia kkkk eu ia ficar muito frustrada porque não gostei nem da sinopse


Marcela.Gomes 23/03/2020minha estante
Nossa que coisa é o tal do ?gosto?, não é? Realmente o livro não é uma constante, não é uma história comum e nem fácil de ser compreendida mas a mensagem que o autor quis passar é de fato uma LIÇÃO DE VIDA. Grifei inúmeras frases reais e verdadeiras. Uma pena que nem todos tenham gostado ou conseguido sugar a essência da história.


Juliano.Ramos 23/03/2020minha estante
Um dos pontos chaves do livro é q deveria ser escrito de outra forma. Por exemplo, nos não temos um livro para saber o futuro, a vida segue, se vai dar certo ou errado isso não sabemos. Se soubéssemos
o que vai vir, aí sim as coisas poderia dar errado, pq ficaríamos esperando aquele futuro dar certo e claro, não iria acontecer. Essa parte da trama não me entra na cabeca.


Juliano.Ramos 23/03/2020minha estante
E haja licença poética para que todos os personagens tenham nomes espanhóis né, sendo que o livro se passa no Brasil.


Gabi 23/03/2020minha estante
Marcela, sim, concordo com a questão dos gostos, mas lição de vida com homem amargurado, que abandonou a mãe que tanto o amou, que volta depois de anos com toda a prepotência adquirida pelo fracasso. Eu realmente esperei uma lição de vida, de superação das consequências, mas fechei o livro com uma visão de Líbero sendo um homem medíocre e egoísta.


Marcela.Gomes 23/03/2020minha estante
A lição é exatamente para não sermos iguais. Não ficarmos presos ao passado, aos erros, procurar evoluir como ser humano e sempre se reinventar. Líbero representa a humanidade e todos os seus defeitos. O livro de líbero é uma grande metáfora onde o autor quis criticar a fixação do ser humano por coisas desnecessárias, o ?esquecer do principal e correr atrás do acessório?. Existem muitos Líberos por aí Gabi, pessoas perdidas espiritualmente vagando sem se encontrar. O livro de passa em uma época onde as pessoas são retrógradas e sem muito instrução, mas HOJE EM DIA podemos dar as mãos para os ?Líberos? perdidos por aí e os mostrar o caminho (ou tentar).


Marcela.Gomes 23/03/2020minha estante
Uma das lições que muito me marcou foi a fala do Rubio: ?não podemos proteger aqueles que não querem ser protegidos?, quando ele recapitula a sua história de vida e conta da sua mãe (uma história imensamente triste e sensível, por sinal)


Marcela.Gomes 23/03/2020minha estante
Mas é isso, acho que cada um tira de um livro aquilo que a própria experiência de vida permite e essa é a beleza da literatura. Jamais duas pessoas perceberam uma obra do mesmo jeito, impossível. Que pena que você não gostou :(


Andrielle Gomes 23/03/2020minha estante
Gabi, que pena que você não conseguiu captar a essência dessa história. É o tipo de leitura que exige certa maturidade literária, porque não é uma leitura fácil. O autor utiliza metáforas para passar sua mensagem nas entrelinhas da história, que nada mais é do que "aproveite o presente". Aplicando em nossa realidade poderia ser o desperdiçar tempo em coisas desimportantes ao invés daquelas pequenas coisas capazes de conectar nosso eu com o exterior. Não é para ser uma história simples com final feliz, é pra ser uma leitura reflexiva. Viver é uma dádiva, mas uma vida mal vivida pode ser um martírio :)


Dan Lazarini 24/03/2020minha estante
Gostei da escrita ... mas o livro me deixou triste... ele nos apresentou um menino tão vibrante e cheio de sonhos e depois nos mostrou como definhou a partir dos 11 anos por conta de achar que tomou uma decisão errada... foi triste


Altina 28/03/2020minha estante
Pensei q tinha sido só eu... Tbm não gostei!


Dan Lazarini 28/03/2020minha estante
Eu não achei o livro ruim. Gostei muito da escrita ... gostei muito das ambientações ... é um livro cheio de reflexões ... acho que tem que ser lido com calma parar e pensar na mensagem que o autor quis passar. Eu de primeiro momento fiquei muito triste pois Líbero ela muito novo qdo o fatídico evento aconteceu. Mas é um livro que não sai da minha cabeça e tem me feito refletir muito


Ingrid 29/03/2020minha estante
Eu li e achei muito confuso. Fiquei o tempo todo esperando uma reviravolta que não aconteceu


Benedito.Almeida 02/04/2020minha estante
Também me decepcionei! O fim do livro foi bem arrastado, não acreditava que o fim seria tão paia!


Bella 02/04/2020minha estante
Fiquei empolgada e curiosa no começo, porém cheguei ao ponto de me decepcionar por uma criança de onze anos ter que tomar uma decisão de ler ou não o livro de sua vida. E por não ter feito a escolha que achava certa foi ?perdendo? sua infância e adolescência se cobrando e culpando um pouco o pai e até desafazendo a linda amizade entre os dois. E esperei mais do final.


Gabi 03/04/2020minha estante
Eu tbm, esperava um final de superação! Mas nos deparamos com um homem amargo, egoísta e ignorante. Tô fora. Não simpatizo com personagens assim.


Juliano.Ramos 05/04/2020minha estante
Um dos pecados do autor foi a inversão no momento que o Líbero entra na tenda e tem contato com o livro, bem, a incerteza do futuro ele já tinha, nós temos, não sabemos o que vai acontecer amanhã, e o líbero quando saísse do local teria q seguir a vida, ele entrou e saiu da mesma forma sem saber nada do futuro, para mim, o fato de não sabermos o dia de amanhã é um benefício que nós faz progredir na vida. Bem, vamos fazer um esforço aqui e fazer o líbero pegar o tal livro. Acredito q aí sim ele teria motivos para definhar, pq se ele sabe cada passo do futuro, para que dar esses passos? O livro teria outros contornos, e não teríamos aquele rebelde sem causa que tivemos q aturar até o fim do livro. Até no final do livro o cara era um mala chato do caramba...


Dani 26/04/2020minha estante
É um livro que passa uma lição de vida, de que somos os únicos responsáveis pelas decisões que tomamos e de como decidimos viver. Saber de antemão o caminho certo não é tão importante quanto a caminhada.


Benedito.Almeida 27/04/2020minha estante
Kkkkkkk


Diego 28/04/2020minha estante
Poxa galera... Adiei pra ler esse livro, mas agora vou começar. Só espero que não seja tão ruim pra mim como foi ler UMA DOR TÃO DOCE!!!


Gabi 28/04/2020minha estante
Diego, esse livro divide opiniões Kkkk. Uma dor tão doce eu não li, mas esse do Líbero foi decepcionante demais.


Bella 29/04/2020minha estante
Nossa achei uma dor tão doce lindo. Rs até chorei.


Bárbara 30/05/2020minha estante
Também não gostei, abandonei faltando 75 páginas para o fim pq não aguentava mais. Concordo com o Juliano que disse q não é certo empurrarem esse livro para os assinantes




Marcela.Mizuguchi 03/03/2020

uma linda história
O Livro de Líbero é um livro cativante e emocionante: me apeguei aos personagens, pensei na vida e chorei de emoção. Para todos aqueles que amam livros, este ressoará como uma linda declaração de amor.
comentários(0)comente



Marina Mafra 09/03/2020

Rico em aprendizado
O autor possui uma escrita diferenciada, a leitura é gostosa e ainda que o ritmo seja lento, foi como caminhar enquanto as cenas brincavam na minha imaginação. Teria sido apenas uma leitura deliciosa, se a história não tivesse me abalado tanto. Algumas mudanças são necessários e saber ou não o que nos espera não deveria nos barrar de aproveitar o presente, de uma maneira que nos faça bem. Acredito que o enredo deixe espaço para uma série de interpretações. Foi um presente poder desfrutar de tantos ensinamentos.

Recomendo muito!

"...para começar de novo, verdadeiramente começar de novo, teria que deixar tudo para trás, até mesmo as coisas boas." (Pág. 250)
comentários(0)comente



Nay Botelho | @Umsonhodeleitura 17/03/2020

A história é muito, muito boa e tem um teor muito psicológico, voei pelas páginas querendo o final
comentários(0)comente



Luisa Jordana 16/06/2020

O Livro de Líbero
Líbero é um menino de onze anos que vive na pequena cidade interiorana de Pausado com sua família. Seu pai, Massimo, é o proprietário de um pequeno jornal da cidade e sua mãe, D. Norma, é uma senhora muito religiosa e que prefere manter os pés no chão. A vida do menino é pacata e feliz, mas tudo muda quando o circo Bosendorf chega à cidade e é oferecida à Líbero a chance de ler o livro da sua vida, que contém não apenas o seu passado, mas também o seu futuro.

A premissa me pareceu interessante, mas o livro acabou não me agradando. Apesar de ter uma escrita fluída, o enredo não conseguiu me prender e a leitura foi ficando mais penosa a cada página. Não consegui me afeiçoar aos personagens, especialmente a Líbero, que me deixou impaciente do começo ao fim. O livro traz bonitas lições de vida no que concerne à ser feliz com o que se tem e não se preocupar tanto com o dia de amanhã, dando valor ao presente e vivendo um dia de cada vez. Mas, em minha opinião, a forma como o autor optou por transmitir essas mensagens foi falha, pois não me cativei nem pelo enredo e nem pelos personagens.
comentários(0)comente



Gabs 25/03/2020

O Livro de Líbero
Cara que final, me emocionei demais. Várias passagens incríveis, com frases incríveis. Espero que Líbero (ou quem quer que ele seja hoje) esteja se dando bem em sua Debandada particular.
Marcela.Gomes 29/03/2020minha estante
Também me emocionei muuuuuito




Emy 26/06/2020

E esse livro??
Impossível explicar esse livro. Minha mente da um pane só de lembrar a história. Não dá pra dizer nada sem dar muito spoiler, mas posso dizer que me surpreendi e depois de um tempo pensando, percebi que estou feliz de ter lido essa história muito diferente.
comentários(0)comente



Paula Motta | @pareinapagina 20/03/2020

Leiam, por favor!!
Um dia livros mais sensíveis que já li, em meio a uma fantasia - se é que posso chamar assim -, vc se transporta e se transforma de muitas maneiras ..

Faz refletir se estamos vivendo o que há pra vivermos ou suprimindo sonhos e vontades por mero comodismo, ou porque nos dizem que é assim que tem que ser.

Maravilhoso!
Dan Lazarini 26/03/2020minha estante
Eu terminei o livro com um sentimento de tristeza... ele tinha tanta vida... me doeu como em tão tenra idade ele foi definhando




Lemiranda 15/03/2020

Um romance de formação que vai fazer você refletir sobre suas escolhas, ainda mais sobre aquelas que você deixou de fazer em sua vida. Livro fluido e instigante.
comentários(0)comente



Cleyson - @bookseestante 16/03/2020

Pausado, possivelmente a menor cidade do mundo, recebe em suas terras o Circo Bosendorf.
A fim de registrar tudo em 1ª mão para o Gazeta e conhecer as atrações que o circo oferece, Massimo Perim envia seu filho, Líbero Perim, de onze anos, autointitulado de redator-repórter-editor-chefe-júnior do jornal, e Rubio, o fiel escudeiro dos Perim.
Depois de conhecer um homem misterioso, Líbero percebe que há em suas mãos um livro de capa dura, vermelho e com seu nome nele: 'o livro de Líbero'. O livro permite que Líbero saiba seu futuro, além de reescrevê-lo quantas vezes quiser de diferentes modos.
Será que Líbero aceitará das mãos do estranho o roteiro de sua vida? Se sim, quais os impactos disso?

"- Calma lá, meu menino, é claro que o livro não vai impor o que você deve ou não fazer. Não existe um futuro ou o futuro, e é justamente essa a beleza, entende? É sempre incerto e no plural: os futuros."

A escrita poética do autor nos leva a uma cidade graciosa em que há personagens peculiares e cativantes.
A primeira parte do livro exibe a chegada do circo à cidade e a forma que Líbero lida com o fato, não só Líbero, mas outros personagens. O autor explora bem os personagens, me estendendo a conhecê-los profundamente.
Líbero é um personagem apaixonante e sonhador. Seu gosto pela leitura me fez conectar ainda mais com ele.
A segunda parte do livro tem um viés oposto à primeira parte. Fui surpreendido com a mudança que o Alfredo trouxe, mas de forma positiva.

Além de Líbero, outro personagem que merece destaque é o Rubio, um rapaz enigmático, que não nasceu em Pausado, mas que encontrou nela refúgio. Um personagem que sensibiliza o leitor pela sua história de vida e resiliência.
Nos momentos finais, houveram determinadas cenas caóticas, porém, acredito que foi preciso inseri-las para revelar o ápice de uma construção.
Gostaria que o autor tivesse explorado mais sobre o homem que entregou o livro a Líbero, porém isso não ocorreu.

Ao ler "O livro de Líbero", devemos ter atenção ao que o autor escreveu, pois, há inúmeras coisas para se refletir.
Se pudéssemos prever o futuro, o que faríamos? Pularíamos até chegarmos a ele ou daríamos um passo de cada vez? Será que, se sabermos o que vem, melhora nossos dias ou estamos deixando de viver outras coisas por anseio do que está mais na frente?
Falar sobre o futuro nunca foi fácil, há aqueles que vivem um dia de cada vez, há aqueles que anseiam pelo novo, pois, o presente não é tão atrativo.
É uma leitura sensível e cheia de ponderações, por isso, esteja atento às palavras.

Lidar com as escolhas que fazemos é sempre difícil, principalmente quando acreditamos que fizemos o certo. Não há problema nenhum em errar e aprender com os erros, "O livro de Líbero" indica que, para nos reencontrarmos temos que nos perder, tudo bem, contanto que ache o caminho de volta para si mesmo.

"Às vezes, fugir é a atitude mais difícil. E, portanto, corajosa."
comentários(0)comente



Vittoria.dare 31/03/2020

Um livro cativante
O que você faria se recebesse de um estranho a proposta de ganhar o livro com a história de sua vida inteira contida nele e também a possibilidade de altera-la quando o desenrolar dos fatos não forem de interesse? Bem, esse é o pano de fundo dessa estória, contada sob o ponto de vista de dois personagens distintos: Baltazar - o estranho que possui o livro com a história da sua vida e Rubio - um homem cujo passado é desconhecido e por conta das circunstâncias acaba se tornando seu único amigo.
comentários(0)comente



Allan 19/03/2020

O livro de líbero
Nessa história acompanhamos a o desenrolar da vida de Líbero Perim, suas decisões e como ele lida com as consequências. O livro é assima de tudo uma ode as histórias, que são, que foram e poderia ser.
Apesar de Líbero ser o personagem central , o livro e narrado quase sempre em 3° pessoa e dividido em 2 partes com narradores diferentes.
Gostei muito, é um livro sobre escolhas, sobre se encontrar no mundo e em si mesmo.
comentários(0)comente



Jessica 29/05/2020

VOCÊ LERIA O LIVRO DA SUA VIDA?
A provocaçao mote do "Livro de Líbero" nos leva a questionar o futuro incerto , e a coragem para responder, e manter sua decisão, a essa questão tão intrigante que é o amanhã.
O livro aborda de uma forma leve questões, que talvez passem despercebido pelo leitor como, a angústia, a anciêdade. Talvez por se tratar de um realismo mágico, a questão se motive por conta de um magnífico livro que revela o amanhã , porém, acredito que a questão na vida real, si apresente da mesma forma , na ânsia doentia de controlar o futuro.
No mais, o livro toca nossa alma de forma sutil , calma , despretensiosa. Uma leitura leve que também não deixa de ser profunda.
comentários(0)comente



Benedito.Almeida 24/03/2020

O livro de Líbero
Livro interessante, leitura muito fluida, o que facilita e prende o leitor.
Benedito.Almeida 26/04/2020minha estante
Retiro tudo o que coloquei! Detestei esse livro!




Ludimyla Lopes 20/03/2020

Bom, mas pelo menos pra mim deixou um amarguinho no final... Me apeguei a Líbero e queria mais pra ele!
comentários(0)comente



160 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |