Desgrávida: Unpregnant

Desgrávida: Unpregnant Jenni Hendriks
Ted Caplan




Resenhas - Desgrávida: Unpregnant


50 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Ana Lara 14/09/2021

Não curti
Lamentável é a minha opinião sobre este livro.

Não gostei do enredo, nem de Verônica adolescente de 17 anos que fica grávida, nem de Bailey, sua amiga e parceira na viagem para realizar o aborto e muito menos de Kevin, namorado de Verônica.

Tenho 47 anos, sou mãe de dois adolescentes e li o livro com meus olhos de mulher experiente e principalmente de mãe.

Achei que os autores tratam o fato de uma menina toda certinha descobrir que está grávida num dia, resolver ir para outro estado abortar no dia seguinte e fazer o procedimento todo em cinco dias, de uma forma muito natural, engraçada e simples.

Não estou julgando, fazendo apologia contra ou a favor do aborto.

Apenas acho que deve ser uma decisão bastante difícil e dolorosa para qualquer mulher, quanto mais para uma adolescente que está fazendo tudo escondido de sua família.

A parte em que logo após o aborto Veronica sai com Bailey e vão comer tacos me pareceu surreal e forçada.

Bailey é uma menina de 17 anos que usa drogas, bebe demais e ainda roubou o carro do namorado da mãe.

Kevin, o namorado é um tremendo mau caráter e pelo seu ato hediondo deveria ter sido punido severamente.

Não sou nada politicamente correta, muito pelo contrário mas achei lamentável os autores passarem para o público alvo do livro (adolescentes e jovens) que engravidar, não contar aos pais, viajar com sua amiga para fazer um aborto num carro furtado é algo muito, muito engraçado e simples.

Lamentável? Até porque milhares de meninas e mulheres morrem todos os anos por conta de abortos clandestinos e mal feitos.

Acho que esse não é um assunto para se fazer brincadeira.
comentários(0)comente



Malucas Por Romances 31/08/2021

Resenha no instagram @porromances
Olá, leitores!
Sabe aquele livro que você termina e se pergunta: porque não li esse livro antes? Foi assim com Desgrávida. O livro se tornou um dos meus queridinhos do ano e necessito espalhar a palavra dele por aqui.

O livro vai contar a história de Veronica, uma menina de 17 anos que tem sua vida perfeita sendo popular na escola, que tira boas notas e tem um namorado perfeito. Sua vida “perfeita” está prestes a ruir quando ela descobre que está grávida. A única saída que ela ver é fazer um aborto, mas Deus me livre suas amigas ou pais saberem. Até que ela pede ajuda a Bailey, uma menina “estranha” do colégio e que já foi sua amiga no passado.





Juntas elas vão para outra cidade fazer o procedimento, mas até chegar elas vão passar por diversas situações hilárias e de descobertas.

Como o livro aborda o tema o aborto você pode pensar que seria uma leitura mais densa e desconfortável, mas não foi nada disso. Os autores trazem um tema importante, mas também bastante humor para a história. Morria de rir com Verônica e Bailey.





Veronica apesar de se achar perfeita, ela não é. Ela só pensa em si mesma, muita vezes é egoísta e pouco a pouco na história ela vai percebendo isso. Amei o amadurecimento dessa personagem.

Bailey apesar de ser a amiga ela também vai ser a protagonista. Bailey debaixo da casca durona tem o senso de humor incrível e é uma amiga que com certeza gostaria de ter.




As partes cômicas foram hilárias e mesmo com toda situação me peguei diversas vezes rindo. Li há todo momento imaginando essa história nas telefonas, o livro já tem o filme e já estou louca para assistir.

Desgrávida foi uma leitura que me surpreendeu e que eu seu pudesse guardaria num potinho. Os autores souberam abordar temas importantes com leveza mas também com reflexões. Indico se você quer uma leitura divertida e rápida. Uma leitura que virou um dos meus queridinhos do ano ❤️.


site: http://malucaspor-romances.blogspot.com/2021/08/resenha-desgravida-jenni-hendriks-ted.html#axzz758HR53Gq
comentários(0)comente



eve 14/08/2021

cheiro de cheddar
o livro é super divertido! ótimo p ler em um ou dois dias, e me fez dar boas risadas :) recomendo pra quem quiser sair da ressaca literária
comentários(0)comente



Ali 21/07/2021

Um livro totalmente necessário
Não lembro bem como descobri esse livro, mas, lembro que minha reação imediata foi eu preciso ler esse livro, quando eu descobri que iria ser adaptado como um filme foi exatamente o que precisou para aumentar ainda mais a minha vontade de realizar a leitura do mesmo.

Eu ainda não havia tido nenhum contato com os autores do livro — sim, eu sei que eles criaram uma série de extremo sucesso que pasmem, nunca tive interesse em ver — e não poderia ter havido um primeiro contato melhor, o desenvolvimento da história e dos dos personagens é muito bom, com um texto bem fluido eu acabei me mergulhado na leitura.

Eu gostei da Veronica já no começo da leitura, ela se mostrou uma garota decidida, que sabia o que queria do seu futuro e que sem dúvidas estava no controle dele, mas, o que eu não esperava era passar a gostar ainda mais dela com o passar da história, forma como ela cresce e revê todas as suas escolhas e sacrifícios foi muito interessante de acompanhar.

Bailey sem dúvidas é uma adição muito boa para a história, ela que é a antítese de Veronica, nem um pouco recatada, nem um pouco submissa, não dá a mínima para o que os outros pensam ou falem, ela traz a tona um lado de Veronica nem ela mesma sabia que existia. Mas ela passa bem longe de ficar relegada ao papel de amiga da protagonista, ela também tem seu próprio arco na história além de um bom desenvolvimento.

Esse livro claramente traz um tema muito sensível, eu gosto desse tipo de leitura, tento sempre ser o mais mente aberta possível quando encontro uma leitura com tema tabu. Pessoalmente eu acredito que toda mulher deveria ter total controle sobre seu corpo, se ela acredita que é melhor para ela realizar um aborto, então, que ela possa realizar o procedimento da forma mais segura possível.

Mas esse livro vai muito além de um assunto tabu, ele fala muito sobre amizade, sobre como uma amizade pode ser reconstruída, sobre como acreditamos que as pessoas ao nosso redor são nossas amigas e às vezes elas não são. O livro também fala sobre autoconhecimento, crescimento pessoal e reflexão sobre o que realmente é importante para nós. Eu simplesmente amei essa leitura, ela foi melhor e muito mais interessante do que eu realmente esperava.
comentários(0)comente



Ju 11/06/2021

Mediano
Vi o trailer do filme, fiquei super curiosa para conhecer a história e resolvi pegar o livro. O livro em si não tem algo de errado, só não me pegou nem pelo enredo nem pelos personagens. Achei tudo meio legal, mas não empolgante. Também aconteceu que várias vezes tinham soluções simples para os problemas insolucionáveis das meninas, isso sem contar que metade desses mesmos problemas foram causados por elas mesmas e por serem incapazes de focarem e seguirem estrada. Entretanto, eu sei que a propostas era essa, de desenvolver a amizade de Veronica e Bailey através de uma aventura engraçadinha e leve enquanto tem o tema aborto como plano de fundo. Não posso dizer que não conseguiram cumprir o objetivo, mas devo falar que não é uma história tão memorável que vai ficar comigo por muito tempo ou pela qual terei carinho.
comentários(0)comente



Mariana Rudiniski 08/06/2021

Desgravida
Veronica, uma adolescente prestes a entrar na faculdade de seus sonhos se descobre grávida e decide que em seus planos não cabem filhos.
Uma viagem de muitos e muitos quilômetros a separam da clínica onde o aborto poderá ser feito e ela fará essa viagem com a improvável ex melhor amiga, Bailey.

Escrita pelos criadores de How I Met Your Mother, essa história toca em assuntos importantes de maneira leve e divertida (menos nas partes em que eu odiei c e r t o s personagens cas força.
comentários(0)comente



Juju 06/06/2021

Não consigo pensar num título de tão bom que é
Desde que li o nome e a sinopse desse livro fiquei muito curiosa, achei que seria muito bom e diferente de muitos que já li. Errada eu não tava. Esse livro me prendeu tanto que li ele em literalmente duas sentadas, só pausei pra ir no banheiro.

Acreditava que ia focar mais na situação da gravidez, mas fui pega de surpresa quando vi a escritora dando o palco principal para uma amizade que desde as primeiras páginas me cativou MUITO. Dava para perceber que a química entre Bailey e Veronica era surreal, muito diferente da que Veronica tinha com seu grupo de amigas populares -e talaricas.

Como eu disse, a gravidez não foi o foco principal, mas isso não me chateou de forma alguma, tinham momentos para falar sobre ela e eles foram muitíssimo bem executados. Com certeza ver os perrengues, alegrias e tristezas da dupla dinâmica foi uma experiência que eu não trocaria por nada.

Sobre Kevin, prefiro nem comentar muito que já me sobe uma raiva, mas as aparições dele ao longo da trama definitivamente deixaram a história mais engraçada, assim como a situação com Sapphire.

Enfim, obrigada Jenni Hendriks por essa história tão gostosa e divertida, superou minhas expectativas que já eram muito altas. Assim que fechei o livro já sabia que seria um 5 estrelas favoritado, não precisei nem pensar sobre.
comentários(0)comente



Elyene 22/05/2021

Leve e necessário
Uma história gostosa, leve, apesar das temáticas, em um cenário bem específico e com muitas situações inusitadas! A forma como a gravidez ocorre pode facilitar na abertura das pessoas, para que as decisões sejam ao menos consideradas. Mesmo que de forma irreverente, o livro traz pautas importantes e pode ser um ótimo iniciador de conversas. Gostei bastante, adorei a leitura e consigo imaginar um filme todinho nascendo a partir desse livro. Uma grata surpresa!
comentários(0)comente



Natasha Carvalho 22/05/2021

Desgrávida é um livro descontraído e gostoso de ler (ainda não tinha lido 100 páginas no mesmo dia esse ano). O tema (aborto) pode assustar, mas foi tratado da maneira mais delicada e coerente possível, apesar de o mesmo ficar em segundo plano, porque é um livro mais sobre amizade. Eu gostei da leitura, até gostaria de ler um segundo livro com uma nova viagem da Bailey e Veronica, porém queria um aprofundamento maior sobre o tema, porque mostra quão perturbador pode ser quando outro nos abstém de nossas escolhas.
comentários(0)comente



Carol 15/05/2021

Cheio de aventuras
Um livro gostoso, descontraído e mega descontruido a respeito do aborto. Vale muito a pena pra quem se interessa pelo assunto.
comentários(0)comente



Day 08/05/2021

Uma forma linda de falar sobre algo terrível. Foi super sensível com algo que é o pesadelo de muitas meninas pelo mundo. Pois uma escolha não pode definir toda uma vida e pois uma amizade verdadeira está ao seu lado nos momentos mais delicados.
comentários(0)comente



Nati 27/04/2021

Verônica é o tipo de garota modelo, excelente aluna, filha exemplar, quase oradora da turma e com uma vaga garantida para a universidade que ela sempre sonhou. Porém, um resultado de gravidez positivo, quando ela havia se prevenido, faz sua vida entrar em cheque.
Pior ainda, em sua posição, ela vê que não pode contar com ninguém. Não com os pais, que esperam que ela seja o que a irmã não foi, porque engravidou. Não com as amigas, que esperam ela dá um passo em falso. E pior ainda com o namorado, pai do bebê, depois que ela descobre o quão horrível ele pode ser.
E em meio ao seu desespero, só lhe resta recorrer a Baily, a garota problema, que na infância foi sua melhor amiga. Já que, por um acaso ela é a única capaz de ajudá-la.

? OPINIÃO ?

Quando eu li a sinopse desse livro, eu imaginei que ele seria totalmente diferente do que ele foi. Por ser o aborto um tema sensível e controvertido, ele é sempre abordado de uma forma que gera sempre desconforto, independente da opinião de quem está lendo.

Porém, apesar do título e da sinopse sugerir que o livro vai girar em torno desse tema simplesmente, não vai. O livro gira em torno do processo de autodesvendamento que tanto Veronica, quanto Baily vão sofrer ao longo dos mais de 3 mil quilômetros que elas vão atravessar ao longo da jornada.

De uma forma leve, com uma narrativa gostosa e viciante, em primeira pessoa, vamos acompanhar o drama de veronica, mas também Baily, que se viu abandonada de todas as maneiras por todas as pessoas que importavam para ela, vestiu uma capa dura e sombria, mas, no fundo, é um amorzinho de pessoa.

O livro faz sorrir e emociona, no maior estilo filme comédia romântica dramática, da sessão da tarde, em que celebra a amizade, sem ser leviano com os temas abordados.
comentários(0)comente



Flavs 05/04/2021

Road trip com uma amiga?
Verônica engravida do seu namorado babaca e parte para uma viagem de carro com uma amiga que fazia muuuuuuito tempo que ela não falava e elas se metem em aventuras e enrascadas até chegarem no destino.

O livro é mais do que um aborto ou uma viagem com aventuras, ele fala muito sobre amizade, escolhas e o que acabamos fazendo de nossa vida no automático. Não é fácil tomar atitudes e fazer escolhas que vão virar nossas vidas de cabeça pra baixo, mas tudo fica mais fácil se tivermos amigos certos que nos apóiem nas loucuras que iremos cometer.

Ronnie tem Bailey, que se mete nas enracadas (ou mete ela nas enrascadas) com ela e a apoia em todos os momentos.

Um livro gostoso para quem gosta de ver uma evolução de amizade, mas poderia ser menos corrido, mais trabalhado e poderia ter um final melhor do que entregaram.
comentários(0)comente



Vitorjosva 02/04/2021

Um Parto de Viagem com personagens de Life Is Strange
Uma leitura engraçadinha, fluiu bem até.
Um jeito estranhamente divertido de abordar um tema sério e polêmico.
Não recomendável para conservadores! ;)
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



50 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR