Como Salvar Um Herói

Como Salvar Um Herói Suzanne Enoch




Resenhas - Como Salvar Um Herói


51 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Renata.Parisi 11/04/2020

Eu já amava o Santo, mas o Robert...
Que o último livro da série Lições do Amor seria um tiro, já sabíamos, mas eu não esperava nada do que encontrei na história de Robert e Lucinda.
Robert Carroway é um espectro do homem que ele foi um dia. Ex combatente da guerra de Waterloo, ele tem que conviver com o pânico, e as memórias do que viveu na França. Ele vive na escuridão, e nem ele, nem sua família sabem o que fazer pra ajudá-lo.
Lucinda é uma moça prática, que quer apenas paz, tranquilidade e um casamento onde ela possa cuidar do pai. Ela não procura o amor, ela só quer praticidade. Quando ela e Robert fazem um acordo, ele de ajudá-la a ensinar suas lições para lorde Geoffrey, e ela de ajudá-lo a sair da escuridão, Lucinda não fazia a menor ideia que iria encontrar, no soturno soldado, o amor que ela nem sabia que queria.
Chegou a hora de Lucinda colocar em prática suas lições, já que as outras duas amigas já tinham conquistado seus príncipes dos sonhos. E pra nós é hora de sonhar e suspirar a cada passada de página.
É uma história de superação, de descoberta, aventura, amor e algumas risadas também, porque com Santo não dá pra não rir.
A série termina da melhor maneira, deixando um gosto de quero mais, e um coração aquecido, por ver que é possível se recuperar de um trauma de guerra, quando se encontra o amor verdadeiro.
Se eu já amava Santo, e os Carroway, Robert conquistou meu coração, e levou a medalha de príncipe literário. Mil estrelas!
comentários(0)comente



Iesmin 24/05/2020

Incrível
Que livro incrível! Simplesmente sem palavras! Deu muita vontade de entrar na história e dar uns tapas na pai da mocinha para acordar!
O mocinho passou por muita coisa, sua bagagem emocional não era nada bonito, mas conseguiu superar seu passado e sua dor com a mocinha mais curiosa e certeira!
Recomendo
comentários(0)comente



Cristina 01/07/2020

Indignadas com o modo como as mulheres são tratadas pelos homens na sociedade, três amigas criam uma lista de lições a serem ensinadas e resolvem escolher seus candidatos a aprendiz.
Só que, nem tudo sai como planejado...intrigas, paixão, sedução e muitas loucuras acontecem mas, o amor é a melhor lição.
comentários(0)comente



cris.leal.12 04/07/2020

Quase perfeito...
Amigas desde sempre, Lucinda, Georgiana e Evelyn concordaram que deveriam ensinar a homens mal comportados, algumas regras de como impressionar adequadamente uma dama. Passado um tempo, duas delas estavam casadas com o “alvo” dos seus ensinamentos. Lucinda, a única ainda solteira, escolheu para 'educar', e se possível levar ao altar, o arrogante e insensível Lorde Goffrey Newcombe, um herói de guerra muito bonito.

Lucinda queria um marido descomplicado que preservasse a sua vida tranquila e a ajudasse a cuidar do pai, um General do Exército. Lorde Goffrey, por sua vez, almejava uma esposa e uma promoção na carreira militar. Diante disso, o casamento seria vantajoso aos dois. Só havia um probleminha: Luce não conseguia deixar de pensar em Robert Carroway, irmão do marido de sua amiga Georgiana. Um homem caótico, de quem era melhor manter distância, mas que mexia com ela de uma forma que mais ninguém conseguia.

Aos 21 anos Robert se juntou ao Exército para lutar contra Napoleão Bonaparte, foi ferido e voltou para casa trazendo dores no corpo e na alma. Tornou-se um recluso, atormentado por sucessivas crises de pânico. Em três anos de isolamento voluntário, Luce era a primeira pessoa com quem ele conseguia interagir e conversar. Ela representava a serenidade que ele tanto buscava. A aproximação de Luce foi, aos poucos, tirando Robert da escuridão que tomara conta da vida dele. Ela representava a sua luz, a chance de se sentir novamente humano. Por outro lado, o fascínio e o desejo que Robert despertava nela, a fez ver que não seria feliz com nenhum outro homem que não fosse ele.

Gostei muito do livro! A química dos protagonistas, a simpatia dos personagens de apoio, o suspense a respeito da verdadeira experiência de Robert na guerra, e a investigação sobre o roubo que movimentou a trama, prenderam minha atenção do início ao fim. O livro só não é perfeito, devido ao final corrido e a falta de um epílogo.


site: https://www.newsdacris.com.br/2020/07/resenha-como-salvar-um-heroi-de-suzanne.html
comentários(0)comente



Entre Luzes e Livros 20/06/2020

Sem dúvidas o livro mais lindo da série, Suzanne Enoch não poderia ter finalizado a trilogia de forma mais bonita.

Lucinda é uma mulher incrível, ama e defende seus amigos com uma lealdade indiscutível, é prática mas no fundo sonha em ter um casamento por amor. Só que depois de um tempo, considera que o melhor a se fazer é casar-se por conveniência, com alguém bonito e que agrade ao seu pai, escolhe assim seu alvo: Lorde Geoffrey, um capitão que tem só a ganhar com esse casamento, considerado o Adônis Loiro da sociedade.

Robert Carroway sofreu muito na guerra, tem imensos traumas e está afundado na escuridão. Sua família entende e faz o melhor para que se sinta bem e feliz apesar de tudo, mas nada parece ajudar, até que ele faz um acordo com Lady Lucinda Barrett, Ele a ajudará a cumprir suas lições com Lorde Geoffrey e ela o ajudará a sair de seu casulo, eles só não contavam com a imensa atração que surgiria no meio desse acordo.


Pra mim Robert é um dos melhores mocinhos literários que já conheci, ele é tímido e sofre por conta do que já viveu mas nós percebemos que ele tem uma personalidade muito doce que simplesmente foi arrancada dele. Amei esse casal, a forma como esse livro foi desenvolvido deixou meu coração muito quentinho e de toda a trilogia esse foi o melhor. Muito emocionante e entrou para a lista dos favoritos.
comentários(0)comente



Minha Velha Estante 05/05/2020

Resenha de Mylena Suarez
" Ele não pode deixar de abrir um pouco as asas, embora ainda permanecesse nas sombras, com medo de que o sol o queimasse e transformasse em cinzas."

Lady Lucinda Barrett é uma jovem bonita, prática, leal, dedicada ao pai, amorosa, gentil e decidida. Depois de acompanhar suas amigas Georgiana e Evie ensinarem suas 'lições' a certos cavalheiros e casarem com eles, ela pensa ser melhor focar logo em um cavalheiro para casar. Ela escolhe Geoffrey, um perfeito Adonis arrogante necessitado de umas boas lições. Um de seus critérios também é que seu pai, um general, aprove e se dê bem com seu eventual marido. Geoffrey se encaixa perfeitamente bem nesses critérios por ser um herói de guerra e compartilhar histórias com ele.

"Ele sempre pensara que o cabelo dela era castanho, até o dia m que a vira caminhando sob o sol do fim de tarde que se derramava pelo chão. Madeixas ruivas reluziam em mio ao alvoroço de cachos. Um cacho havia escapulido e acariciara a maçã de seu rosto. Sua pele parecia lisa e macia como creme."

Porém, contudo, todavia ,entretanto... No meio do caminho, havia Robert...

Robert "Bit" Carroway, irmão de Tristan do livro 1, é um soldado ferido e transtornado que ainda sofre as consequências do que passou durante a guerra. Ele se tornou um jovem quieto e inseguro em relação a si mesmo, frequentemente se retirando para o quarto assim que começa a sentir seus ataques de pânico chegando.(Obs: bit em inglês significa pedaço por isso a alusão utilizada pela escritora faz todo sentido para caracterizar o personagem)

"Em noites como aquela, quando deixava a casa silenciosa e escura e ia para o parque silencioso e escuro, Robert conseguia esquecer. Podia ser apenas um cavaleiro veloz, com o vento no rosto e o mundo escancarado a seu redor."

Oh! Como quero esse cavaleiro sombrio e errante para mim!

Ele observou secretamente Lucinda durante anos e lentamente começou a se aproximar da jovem como quem não quer nada, mas querendo muito. Um encontro casual o levou a fazer um acordo com Lucinda e ela se vê envolvida em todo o mistério e doçura de Robert, por quem seu pai não tem muito apreço.

" Embora gostasse de estar perto dela, ele resistia, pois tinha plena consciência de que não era mais o velho Robert; era Bit, um pedaço do que um dia fora."


Robert é um recluso para todos, menos para Lucinda, com quem, aos poucos, se abre e se permite ir além de sua zona de conforto. Esta história é sobre como Robert supera seus problemas para conquistar seu amor e sobre como Lucinda enfrenta o conflito entre sua mente e seu coração para se entregar ao amor.

Todos os personagens dos livros anteriores são, de certa forma, destaque na trama, trazendo dinamismo e leveza para todo o drama que envolve Robert. Destaque mais que especial para Edward, o mais novo irmão Carroway e, a meu ver, o verdadeiro iniciador da revolução pela qual Robert passa.

O livro ainda traz, além do mistério sobre o que aconteceu com Robert para deixá-lo tão traumatizado, um outro mistério e uma tramoia que acaba envolvendo os outros personagens e eu adorei a forma como Suzanne Enoch encaixou a participação de cada um deles.

Como Salvar um Herói me conquistou desde a primeira página com sua história romântica e seus mistérios. Tudo bem que da metade do livro em diante eu já sabia quem era o culpado de uma das situações, mas a emoção de como e quando ele seria descoberto era igualmente intrigante e me prendeu às suas páginas até a resolução final. Só queria um reconhecimento de erro maior por parte de um dos personagens quando tudo se resolve, mas isso não tirou em nada o brilho da apoteose mega romântica.

site: https://www.minhavelhaestante.com.br/2020/05/como-salvar-um-heroi-suzanne-enoch.html
comentários(0)comente



Rita 26/05/2020

A little "Bit" of sensation
Excelente livro para fechar a trilogia. Não curtia muito essa autora e os livros de highlanders dela (talvez por n curtir mto medieval), mas essa série é maravilhosa. Só larguei o livro qdo acabei e agora me bateu uma ressaca literaria...
comentários(0)comente



Fernanda M B 11/04/2020

Autora favorita ??
Essa trilogia me surpreendeu e este último livro, sem dúvidas, foi meu preferido.
Que casal lindo!
Realmente a gente sente falta de um epílogo, mas o livro como um todo é tão bom que compensa.
Eu super recomendo!
comentários(0)comente



Jéssica Souza @perdidaemlivros_ 06/05/2020

#Resenhaperdidaemlivros . Como Salvar um Herói . @harlequinbooksbrasil . @suzanne.enoch . 5??

Chegou a vez de Lucinda Barrett por em pratica suas lições. Como as suas amigas acabaram se casando com os homens que deveriam ensinar ela decide escolher um cavalheiro que precise aprender algumas lições mas, que também sirva como pretendente. ? Porém, quando Robert Carroway um homem traumatizado pela guerra entra em seu caminho querendo ajudá-la, mesmo sabendo que não deve ela aceita já que ele não é um prétendente em potencial. Mas então porque é ele quem vive em seus pensamentos despertando sensações desconhecidas e não o seu futuro noivo?

Robert vê em Lucinda a oportunidade para retomar a sociedade após anos praticamente isolado, mas ele acaba se vendo encantado por ela desejado ser o alvo de suas lições e se esforçando para superar seus medos e ser alguém melhor.

- Heróis não ficam contando a própria história.

Nesse último volume da trilogia temos um plano de fundo mais histórico e misterioso já que Robert, é um ex soldado que carrega muitos traumas e marcas causados pela guerra porém, não sabemos o que de fato aconteceu com ele. E isso só me deixou ainda mais envolvida com a leitura!

Lucinda me cativou e surpreendeu desde de as primeiras paginas por sua praticidade e inteligência ela é o tipo de mocinha ao mesmo tempo doce e meiga mais também forte e coragosa, e eu amo mocinhas assim.

Já Robert,é um personagem que me deixou curiosa desde de a sua aparição no primeiro livro da trilogia e aqui,ele não me decepcionou em NADA! Passei o livro inteiro suspirando de amores e querendo guardar ele num potinho. O romance vai acontecendo aos poucos de forma leve e linda. Rever os personagens dos livros anteriores, e ver todos juntos foi incrivel! Eu amei mas,confesso que senti falta do epílogo.

 Com a mesma escrita fluida e envolvente,a autora nesse último volume da trilogia nós entrega um romance intenso e arrebatador de aquecer o coração e arrancar suspiros dos leitores.
comentários(0)comente



Viviane 22/05/2020

Herói cativante!
O livro te envolve de uma certa maneira que você sente uma conexão com o protagonista. Já tinha curiosidade de saber mais sobre Robert no livro ao qual seu irmão Tristan foi protagonista.
Robert é recluso, atormentado, praticamente não conversa, seu passado é um segredo mantido as sete chaves, e ele não confia em ninguém. Seu passado deixou traumas tantos físicos, quantos psicológicos, e a luz para sua salvação foi Lucinda.
Lucinda é uma moça corajosa, e prática como ela bem diz. Confesso que essa praticidade dela me irritou em algumas partes. Ela almeja um casamento bom, assim como das amigas, que não tenha digamos "dor de cabeça", e que possa lidar bem com o pai. Seu pai é um general, um tanto manipulador, tentando dissuadi-la a escolher alguém quem o próprio prefere. Ai entra Robert para que as coisas não sejam tão práticas.

O romance me agradou. Lucinda tenta ajudar Robert desde o começo. Ele precisa de ajuda, mas não dá o braço a torcer. O amor deles vai crescendo aos poucos, se descobrindo, se firmando. Ele aceita sua ajuda com condições, e também sabe que ela faz um bem enorme a ele, o retira daquele mundo de escuridão. É revigorante ver ele se reerguendo, sendo mais otimista, querendo viver por si, por ela, e pela família.

Sua família é o ponto alto do livro também. Todos tentar ajudá-lo. Tristan e Georgie. Sem contar com o Santo, Marquês de St. Aubyn, e Evie. Casais fofos.
A única coisa ao qual não me agradou foi o final rápido demais, sem muito detalhes, e informações. A falta de um epílogo pecou.
comentários(0)comente



Jaque - Achei o Livro 28/05/2020

Para fechar a trilogia Lessons in Love, vamos conhecer o irmão "mudo" dos Carroway, Robert - ou Bit para os íntimos - que depois de voltar da guerra contra Napoleão ficou mais de um ano sem falar.
Levemente manco, cheio de traumas e com sequelas emocionais, Robert vai começar a voltar à vida quando sua amizade com Lucinda começa a evoluir.
Amiga de Georgie (do primeiro livro), Lucinda é a última das três a colocar em práticas as lições do amor, que tem o intuito de 'melhorar' os homens nessas questões.
O alvo da Lucinda é o galã Geofrey que além de tudo é muito querido pelo pai dela, ao contrário de Robert. Ambos parecem detestar um ao outro e ninguém sabe o motivo.
Para ficar perto de Lucinda Robert se oferece para ajuda-la com suas lições e ela aceita pois percebe que essa interação entre os dois está fazendo bem à ele.
Lógico que ambos vão se afeiçoar um ao outro, mas Lucinda pretende casar com Geofrey pois vê nele a segurança e tranquilidade que ela procura.

Dos três livros esse foi o menos gostei. Apesar do começo ser bem desenvolvido e de leitura rápida, do meio pro final ficou cansativo pra mim.
A Lucinda demora pra perceber que Geofrey não é marido pra ela, mesmo apaixonada por Robert, o que acabou cansando.
Teve bastante ação envolvendo espionagem que deu um outro cenário para a trama, porém as cenas românticas foram poucas. E as lições mesmo, foram esquecidas...
Teve as participações dos personagens dos livros anteriores que foram excelentes e muito bem aproveitadas.
Mas como final da trilogia, fez muita falta um epílogo. Eu geralmente não me importo se tem ou não, mas nesse caso faria diferença.
O livro é bom, recomendo, mas o primeiro é sem dúvidas o melhor na minha opinião.

Nota: 3,5 ★

site: https://acheiolivroperdiosono.blogspot.com/2020/05/como-salvar-um-heroi-suzanne-enoch.html
comentários(0)comente



Mylena @gataleitora 01/05/2020

" Ele não pode deixar de abrir um pouco as asas, embora ainda permanecesse nas sombras, com medo de que o sol o queimasse e transformasse em cinzas."

Lady Lucinda Barrett é uma jovem bonita, prática, leal, dedicada ao pai, amorosa, gentil e decidida.

"Ele sempre pensara que o cabelo dela era castanho, até o dia m que a vira caminhando sob o sol do fim de tarde que se derramava pelo chão. Madeixas ruivas reluziam em mio ao alvoroço de cachos. Um cacho havia escapulido e acariciara a maçã de seu rosto. Sua pele parecia lisa e macia como creme."



Depois de ver e acompanhar suas amigas Georgiana e Evie ensinarem suas 'lições' a certos cavalheiros e se casarem com eles, ela pensa ser melhor focar logo em um cavalheiro para casar. Ela escolhe Geoffrey, um perfeito Adonis arrogante necessitado de umas boas lições. Um de seus critérios também é que seu pai, um general, aprove e se dê bem com seu eventual marido. Geoffrey se encaixa perfeitamente bem nesses critérios por ser um herói de guerra e compartilhar histórias com seu pai.



Porem ,contudo, todavia ,enteretanto...No meio do caminho, havia Robert...



Robert "Bit" Carroway, irmão de Tristan do livro 1, é um soldado ferido e transtornado que ainda sofre as consequências do que passou durante a guerra. Ele se tornou um jovem quieto e inseguro sobre si mesmo, frequentemente se retirando para o quarto assim que começa a sentir seus ataques de pânico chegando.



"Em noites como aquela, quando deixava a casa silenciosa e escura e ia para o parque silencioso e escuro, Robert conseguia esquecer. Podia ser apenas um cavaleiro veloz, com o vento no rosto e o mundo escancarado a seu redor."



Oh! Como quero esse cavaleiro sombrio e errante para mim!



Ele observou secretamente Lucinda durante anos e lentamente começou a se aproximar da jovem como quem não quer nada,mas querendo muito. Um encontro casual o levou a fazer um acordo com Lucinda e ela se vê envolvida em todo o mistério e doçura de Robert, também um veterano de guerra mas por quem seu pai não tem muito apreço.



" Embora gostasse de estar perto dela, ele resistia, pois tinha plena consciência de que não era mais o velho Robert; era Bit, um pedaço do que um dia fora."



( obs: bit em inglês significa pedaço por isso a alusão utilizada pela escritora faz todo sentido para caracterizar o personagem)



Robert é um recluso para todos, menos Lucinda, com quem aos poucos se abre e se permite ir além de sua zona de conforto. Esta história é sobre como Robert supera seus problemas para conquistar seu amor e sobre como Lucinda enfrenta o conflito entre sua mente e seu coração para se entregar ao amor.



Todos os personagens dos livros anteriores são de certa forma destaque na trama, trazendo dinamismo e leveza para todo o drama que envolve Robert. Destaque mais que especial para Edward, o mais novo irmão Carroway, e a meu ver o verdadeiro iniciador da revolução pela qual Robert passa.



O livro ainda traz alem do mistério sobre o que aconteceu com Robert para deixá-lo tão traumatizado, um outro mistério e uma tramóia que acaba envolvendo os outros personagens e eu adorei a forma como Suzanne Enoch encaixou a participação de cada um deles.



Como Salvar um Herói me conquistou desde a primeira página com sua história romântica e seus mistérios. Tudo bem que da metade do livro em diante, eu já sabia quem era o culpado de uma das situações, mas a emoção de como e quando ele seria descoberto era igualmente intrigante e me prendeu às suas páginas até a resolução final. Só queria um reconhecimento de erro maior por parte de um dos personagens quando tudo se resolve, mas isso não tirou em nada o brilho da apoteose mega romântica.



5/5 estrelas



site: http://www.minhavelhaestante.com.br
Lets 01/05/2020minha estante
Preciso ler outro livro para ler esse?


Mylena @gataleitora 01/05/2020minha estante
Lets, dá para ler ele como único


Lets 01/05/2020minha estante
Obrigado gata! Vai pra minha lista




Beatriz.Ribeiro 01/05/2020

Bit
Aí gente ,o melhor livro da trilogia! Mas bem que poderia ter mais um livro nos contando como está esses casais tão fofos. O casamento deles,o nascimento do BB do Tristan, o Santo desesperado com a esposa grávida....custa nada sonhar né?
comentários(0)comente



Fran 21/06/2020

Livro delícia!!! Cativante, história envolvente e surpreendente. Adoro histórias de época. A série eh tudo de bom!!!! ?????
comentários(0)comente



51 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4