Os Sofrimentos do Jovem Werther

Os Sofrimentos do Jovem Werther Goethe




Resenhas - Os Sofrimentos do Jovem Werther


252 encontrados | exibindo 196 a 211
1 | 2 | 3 | 14 | 15 | 16 | 17


Gabriela 26/12/2011

Drama de um jovem que vive um amor platônico, ideal para adolescentes.
comentários(0)comente



Bêa 25/04/2018

Fiquei cozinhando a ideia de ler esse livro por muito tempo porque já sabia como terminava. E quando acabou fiquei estática e arrepiada. Uma das melhores leituras que já fiz.
comentários(0)comente



Sergito88 04/02/2013

É comum dizser-se que a vida do homem não passa de um sonho, e esse sentimento me acompanha sempre. Quando observo os estreitos limites em que se acham encerradas as faculdades ativas e intelectuais do homem; quando vejo que o objetivo de todos os nossos esforços é prover necessidades que por si mesmas não têm outro fim senão prolongar nossa miserável existência, e que por consequência toda a nossa tranquilidade, em certos pontos de nossas buscas, não passa de resignação sonhadora, que gozamos pintando de figuras variadas e perpesctivas luminosas as quatro paredes que nos fazem prisioneiros: tudo isso meu amigo, me reduz ao silêncio. Olho para dentro de mim mesmo e vejo um mundo; porém um mundo muito mais de pressentimentos e vagos desejos do que de realidades e forças vivas. Então tudo me flutua ante os olhos, e continuo sorrindo e sonhando em minha jornada através do mundo.

Os Sofrimentos do Jovem Werther

J. W. GOETHE

comentários(0)comente



CT dos Livros 06/03/2019

Os sofrimentos do jovem Werther
" Esse desejo de mudar de vida não seria fruto de uma insatisfação interior, doentia, que me perseguiria por toda parte? "
.
O jovem Werther envia cartas ao amigo, referente ao grande avassalador amor que esta vivendo. Nessas cartas relata todo o sofrimento de ter um amor correspondido e não poder desfruta-lo. E a cada olhar, sorriso e ate mesmo um tapa da sua querida Charlotte, Werther, fica cada vez mais apaixonado mesmo ela pertencendo a outro, e cada vez mais desolado, deprimido, angustiado, pelos mesmos motivos. A dor da consciência que nunca conseguirá Charlotte é tão latente, que Werther se mata com um tiro na cabeça.
.
Esse livro tem várias peculiaridades:
● Publicado em 1774, considerado um clássico mundial, o qual deu início ao romantismo na literatura.
● Ouve um período na Europa em que ele foi proibido em alguns lugares, por causar uma onda de suicídio entre os jovens conhecido como "efeito Wether"
● É uma obra um pouco autobiográfica, pelo fato do próprio autor ter sofrido com um amor assim, e declarar ter matado Wether para viver.
● O livro é todo em formato de cartas.
.
.
Esse livro é pra você que como eu, gosta de literatura clássica. A escrita é extremamente poética e apaixonante. Você vai sofrer junto com Wether e acaba entendendo os motivos do seu suicídio.
O autor tem uma escrita linda, tão bem pontuada e vivaz que é simplesmente impossível não se identificar em muitos pontos.
Em algumas partes, trata de pontos sociais, filosóficos e ate religiosos o que só enriquece a alma desse livrão.
E o que mais me admira é ser um livro com contexto fora da nossa época, por ser muuuito antigo, e mesmo assim consegue ser tão atual e tão polêmico ate hoje.
Abordando questão tão importantes de forma poética. É um livro pesado, forte, por todo o emocional que carrega com ele, por isso é tão incrível.
Esse é um dos meus livros favoritos. Daqueles que fazem você refletir durante dias e dias...
.
.
" Por maior que seja minha falta de ânimo, ainda tenho forças para prosseguir. "
.
Avaliação: ★★★★★

site: https://www.instagram.com/p/Bp9psevgEEL/
Pri 02/04/2019minha estante
Spoiler...




Fabíola Costa 02/12/2018

Sobre "Os sofrimentos do Jovem Werther".
De uma beleza indizível! Pobre Werther! Pobre d'alma que não e capaz de compreender as delícias e as dores de um amor impossível!
comentários(0)comente



Bia 15/01/2013

Amo esse livro. Ele transmite tudo aquilo que você sente, pensa, em palavras, poesia. Provoca uma ebulição de sentidos que não se sabe ao certo se é prazer ou dor. Você não apenas conhece Werther, mas torna-se Werther. Ama, sofre, perde-se no deleite de Goethe e descobre ali o refúgio de uma alma amargurada, assombrada por um passado real. É simplesmente uma obra digna de grande admiração.
comentários(0)comente



Janara 25/01/2010

Um bom livro. Como sempre, passei semanas em depressão. É a mesma coisa de quando assisto a comédia romântica. Homens que sentem assim parece não existir...
comentários(0)comente



Mi 30/09/2015

Maravilhoso, romântico, trágico
Já fazia muito tempo que eu estava querendo ler esse livro e finalmente o li!
Trata-se de um romance epistolar, ou seja, contado por meio das cartas que Werther escreve a Wilhelm contando o que se passava com ele, de acordo com o lugar em que estava. Werther se apaixonou a primeira vista por Charlotte (Lotte), porém ela estava de casamento marcado com Albert. O amor de Werther é incondicional e parece aumentar mesmo depois que os noivos se casam. Ele mantém um relacionamento de amizade com Lotte e Albert, frequentando muito a casa deles, fazendo passeios juntos etc. Mas é claro, Werther queria ter Lotte só para ele... queria que ela fosse sua mulher apenas, mas aparentemente isso seria impossível. Então, Werther se afunda cada vez mais em sua tristeza e depressão por causa das situações frustrantes a que foi submetido. Percebe-se durante a leitura, que ele é burguês e é um pouco ''mimado'', até em relação aos próprios sentimentos. Mas eu, particularmente, me apaixonei pela sua devoção profunda por Lotte e pelas reflexões que ele faz acerca da vida no decorrer de suas cartas enviadas a Wilhelm. O final é bastante trágico e muita gente já o conhece antes de ler (eu mesma já sabia).
Eu amei esse livro! Foi uma leitura prazerosa, fácil e eu praticamente o devorei com muita vontade. Gosto de livros com esse estilo romântico exacerbado e com um pouco de tragédias. E como já disse, apaixonei-me pelas personagens e me identifiquei com alguns pensamentos de Werther. Acho que todo mundo já foi um pouco Werther na vida... eu, pelo menos, já senti sensações bem parecidas às dele! Recomendo!
Fábio 30/09/2015minha estante
É melancólico, vertiginosamente depressivo!


Emanuelle Najjar 01/10/2015minha estante
Tenho em casa e estou enrolando pra ler. Será que agora crio coragem?


Mi 01/10/2015minha estante
Sim. É muito melancólico! Acho que você vai gostar Emanuelle. Apesar de toda tristeza, não é um livro difícil e o fato de ser curto também ajuda a ficar melhor! rs ;D




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Djeysi 03/02/2011

A obra de J. W. Goethe
O livro é composto de cartas de um jovem Werther, muitas deles endereçadas a um amigo dele e de sua família, Wilheim, que mal sabemos quem é. O leitor entra em um mundo que vai das anotações tranquilas de um moço que está vivendo no campo, comtemplando a natureza que o cerca em seus devaneios solitários, de suas reflexôes sobre as coisas do mundo, sobre os camponeses, as plantas, etc. Até o completo encantamento por uma jovem, Charlotte, que esse mesmo moço conheçe em um dia de festa. Ele sabe que ela está noiva, algo que o afastaria de qualquer pretensão. Mas o convivio entre os dois vai se estreitando a cada dia, a cada visita que ele faz à casa do bailio, um velho viúvo com vários filhos pequenos.
O ímpeto de viver as coisas com toda a intensidade faz de Werther uma vítima de seu ideal, a ao mesmo tempo, seu heroi, levando-o à morte. Ou, como disse Qalter Benjamim, " a burguesia contra o semideus que se sacrifica por ela.
Werther releva o abismo entre o desejo de uma vida intensa e livre e o mundo exterior, marcado pelas regras sociais que sufocam seus sonhos.
comentários(0)comente



manu 26/09/2019

realmente, dá uma vontade de se matar.
comentários(0)comente



edmurhashi 07/08/2015

Clássico alemão
Werther é um jovem alemão de família rica que se apaixona por Carlota, uma linda mulher, já noiva de outro rapaz, Alberto. Durante sua jornada, Werther demonstra todo o descontrole de um homem cujo amor não é correspondido em cartas a seu amigo Guilherme.

O romance, um clássico de Goethe, é uma ótima leitura, que traz à tona a imaginação, já que boa parte dos termos utilizados e costumes descritos estarem ultrapassados, já que foi escrito no século XVIII.

Interessante notar como o livro influenciou diversos autores após sua publicação, inclusive o brasileiro Machado de Assis, sendo possível traçar um paralelo entre Werther e alguns personagens machadianos como Rubião.
comentários(0)comente



Ana B. 26/08/2011

Busca pela paixão
Na obra de Gothe: "Os sofrimentos do jovem Werther" marca a presença do famoso estilo literário conhecido como romantismo. Nele, o personagem principal, comunica, através de cartas, a todo tempo com seu melhor amigo. Desde o início, Werther demonstra sua paixão romancista pela jovem Lotte, sendo que esta, já estara prometida para um jovem que Werther demonstrou grande afeição desde sua primeira apresentação.
O jovem mostra, através de suas cartas, seu sofrimento pela sua paixão platônica à Charlotte ao tempo que seu sentimento era em vão à garota.
A obra surpreende com a história do jovem e facilmente identificada com o cotidiano amoroso das pessoas. Grandes emoções o esperam!
comentários(0)comente



Mi 29/03/2016

Apaixonantemente perfeito
Li em pouco tempo. Presentei um amigo muito especial com ele, mas não dei somente o livro, também foram junto meus pensamentos acerca da vida. sinto que jamais dei presente tão especial a alguém. fiz diversas anotações no decorrer dele, marcando as partes que me cativavam muito e tambem as palavras que me faziam lembrar de algo. Sobre o autor, possui uma escrita perfeita e emocionante, não há mais o que dizer apenas o perfeito. Espero que Felipe tenha gostado tanto quanto eu gostei, em segredo o chamo de minha Lotte,
comentários(0)comente



Azevedo 14/09/2018

Paixão e sofrimento
Quem nunca sofreu de amor,não é mesmo?! Quem nunca sofreu que atire a primeira pedra! Um livro para os apaixonados que já sofreram por uma dama.
Nesta obra Goethe descreve seu romance com Carlota, uma moça comprometida, e que por ela se apaixonou loucamente. Pode-se dizer que a amou intensamente, contudo sofreu intensamente.
É uma obra histórica, não apenas por se tratar de um romance "a la Goethe", mas uma das referências ao se tratar de romantismo, um momento histórico que criticou aqueles que colocaram suas esperanças demasiadamente na razão (iluminismo).
comentários(0)comente



252 encontrados | exibindo 196 a 211
1 | 2 | 3 | 14 | 15 | 16 | 17