A Hospedeira

A Hospedeira Stephenie Meyer




Resenhas - A Hospedeira


1287 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Araujo 22/03/2018

melhor livro
Eu nunca sofri tanto com o fim de um livro, como sofri com esse. as ultimas 100 paginas do livro fazem valer as outras 457 l. Livro maravilhoso (com alguns erros na digitação que me dão agonia), porém maravilhoso, historia incrivel. Meyer como sempre fazendo a gente comprar as ideias malucas dela.
Ryllder 21/04/2018minha estante
E por que deu só uma estrela?


Araujo 23/04/2018minha estante
Juro que não tinha percebido, ja foi corrigido rs




Annie Fontoura 02/02/2018

Aliens bons?
Olá! Li A Hospedeira depois de ter lido Crepúsculo, pois me surpreendi muito com a escrita da autora e tive vontade de conhecer outras obras dela. No início não tinha muitas esperanças de gostar, pois a sinopse me deixou um pouco com o pé atrás, mas ao chegar no final do livro já estava totalmente envolvida com a história.

Peregrina é uma alienígena que habita e comanda o corpo de Melanie. Ela é chamada assim pois já viveu em inúmeros planetas, muitos mais do que outros alienígenas já viveram. Esses habitantes pequenos e translúcidos escolheram vir para a terra por considerarem os humanos bárbaros e acreditarem que poderiam viver melhor do que nós em nosso planeta.

“Eu era a alma de que eles falavam. Era uma nova conotação da palavra, termo que tinha significado muitas outras coisas para minha hospedeira. Em cada planeta tínhamos um nome diferente. Alma. Acho que é uma descrição adequada. A força invisível que guia o corpo.”



Melanie era uma humana resistente, por isso foi escolhida a “alma” mais experiente para habitar seu corpo e domá-la. Mas peregrina logo se viu cercada por pensamentos e vontades que não eram inteiramente seus e não consegue controlar o turbilhão de emoções humanas enfrentado pelo seu corpo.

Acho que a parte mais diferenciada dessa história é que os alienígenas tentavam, de certa forma, serem bons. Eles viram o quando a humanidade era má e acharam que seria uma coisa boa se habitassem seus corpos e começassem a viver de um modo melhor.

“- Foi assim que descobri vocês sabia? Quando o noticiário das oito tornou-se nada mais que histórias inspiradoras de interesse humano. Quando pedófilos e drogados começaram a fazer fila nos hosítais para se entregarem, quando tudo se metamorfoseou na Mayberry do programa Andy Griffth, foi aí que eu saquei a mão de vocês.

– Que mudança terrível! – disse secamente.”



A Hospedeira é narrado em primeira pessoa por Peregrina. Tem seus pontos altos e emotivos. Meyer foi muito feliz com a escrita e isso fez com que eu me apegasse muito aos personagens, me emocionando em diversas partes do livro. Altamente recomendável!

site: http://nerdfox.com.br/a-hospedeira/
comentários(0)comente



Vivendo a Vida 30/01/2018

A hospedeira
Como Stephenie Meyer é uma autora versátil e de sucesso. Depois de escrever a série crepúsculo, nesse livro, que virou filme, ela muda completamente o tipo de escrita. De vampiros e paixões para um visão futurística. A hospederia é um livro que vai te fazer instigar sobre a vinda de extraterrestres a terra e como eles tomariam conta da humanidade.
A hospedeira conta a história de uma garota que, como o próprio nome do livro sugere, foi hospedada por um E.T.. Melanie Stryder consegue conversar com sua hóspede em seu próprio corpo. Ela tenta de tudo para sobreviver, já que a hospdeira peregrina quer a todo custo o que ela tem: um corpo e uma vida ao lado de sua paixão.
Romance e futuro se misturam nessa história super bem elaborada, cheia de questionamentos e muitas surpresas que deixarão o leitor com vontade de quero mais.
comentários(0)comente



Alline 30/01/2018

Livro incrível!
Nele os humanos se tornam hospedeiros de invasores que acreditam que a humanidade é ruim. Mas quando Melanie é capturada se tornando hospedeira de Peregrina, se recusa a ceder a invasão, enchendo peregrina de lembranças de sua vida. Peregrina se vê em uma situação complicada quando todas as lembranças de Melanie lhe enchem de emoção e curiosidade.
comentários(0)comente



Bia Fagundes 27/01/2018

A hospedeira
Livro muito bom e emocionante onde os alienigenas invadem o mundo dos humanos transformandos os humanos em alienigenas achando que eles sao do mal tentam matar e colocar para o lado deles. Mas o amor vence e acabam tudo bem.
comentários(0)comente



Renata Fernandes 09/01/2018

É o primeiro livro que leio da autora e a impressão geral que fica é que ela tem um fascínio excessivo por descrições. As descrições da Stephenie Meyer são o que há de melhor e pior na autora. Muitas das descrições presentes em "A Hospedeira" são muito bem vindas, contudo, por diversos momentos, elas não são nada necessárias e acaba por tornar a leitura enfadonha. O livro não é tão interessante a princípio, mas acaba ganhando vigor perto da metade. É um livro que, de certa forma, nos faz refletir sobre nossa natureza e humanidade, já que boa parte da história é contada sobre a perspectiva de uma alienígena.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Deza.Farias 30/12/2017

"UM DOS MELHORES LIVROS QUE LI EM 2017"
Se você começou a ler esse livro, e está se sentindo cansado e desmotivado. Então contínui, porque você vai se surpreender.

Eu não tinha vontade de ler Stephanie Meyer. Como ela é autora dos meus livros favoritos, da vida. Eu tinha medo de me decepcionar.

Então comecei a ler com expectativas baixas, até porque ja tinha ouvido fala muito mal do livro. Comecei a ler e sempre que fazia histórico, aqui no skoob, a turma comentava, pra eu ter calma, que o livro melhoraria.

Da página 100 pra lá o livro voou, cara pense numa trama. E o romance, que você ficar super dividida. Você tem medo que a Peg desapereça, ou que seja a Melanie.
É como uma não coexistise sem a outra.

E os boys magia ? Tenho certeza que eu não fui a única a ficar entre Ian e Jared ( Forever Tean Ian ). Era uma agonia! Sem fala na diaba da buscadora do inferno. Pra fala a verdade a autora tem um cuidado dom todos os personagens.ela faz com que cada um, nos toque de um jeito.

O final também foi maravilhoso.Tirando o começo que foi meio chato e necessário de qualquer maneira, o restante foi puro êxtase.

Minha nota foi de 4 1/2 , porque teve algumas coisas que deixaram a leitura devagar, logo no começo. Ah e eu também favoritei o livro. Porque sem sombras de dúvida. Foi uma das melhores leitura desse ano.


PS: Como sempre, também assisti a adaptação. E ela é bem fiel ao livro. Claro não é 100% até porque, são mais de 500 páginas, resumidas em 2 horas de filme. Porém vale muito a pena ver o filme.


Boa leitura a todos :)
Nanna 30/12/2017minha estante
Esse livro é muito bom msm, eu li ele 3 vezes hahaha. Não gostei muito da adaptação, foi razoavelmente fiel, mas sei lá... Enfim.Hehe pra quem ainda não leu, leiam! É realmente uma ótima história.


Andreia.Oliveira 30/12/2017minha estante
Também me surpreendeu bastante. O início é mesmo bem lento mas depois a história se desenvolve muito bem!!!


Belle 31/12/2017minha estante
hahaha ótimo ter falado que melhora da página 100+.
Vou dar uma chance de novo. Tenho ele há uns 7/8 anos, tentei ler umas 4 vezes mas sempre canso e abandono aproximadamente no mesmo pedaço klkk
Via as pessoas dizendo ser maravilhoso mas sempre achei q era pq gostavam desde o início.


Deza.Farias 31/12/2017minha estante
Dê uma chance Belle, você não vau se arrepender, depois me diga. ;)


Deza.Farias 31/12/2017minha estante
vai*




Cesar.Fermino 29/12/2017

Ruim
Uma bomba pra quem gosta de ficção cientifica.
comentários(0)comente



Mariana 01/12/2017

Amei!
No começo eu demorei pra entender, e a leitura foi meio arrastada mas logo começou a ficar empolgante. Também pude observar que as vezes a leitura chegava no Ápice e logo depois ficava meio cansativa, mas só em algumas determinadas partes. Algo que me frustrou foi os erros de digitação ainda mais vindo da editora intrínseca mas nada que não de para relevar.
Pela primeira vez em um livro, eu consegui me apegar a personagens femininas. Stephenie Meyer traz uma protagonista forte, inteligente, doce e bondosa. Peg foi muito bem desenvolvida, ela não parecia aquelas personagens chata e inocente - quase burra - como pude observar na maioria dos outros livros que eu li. Ela é inocente mas do jeito Peregrina de ser. É óbvio o quanto ela é apaixonada pelo Jared não importa se o Ian está sempre do lado dela. Eu acredito que sempre vai ter uma parte dela que vai amá-lo. "Fiquei triste de saber que ainda amava Jared. Eu não estava livre disso, não estava livre do cíume do corpo que ele amava." O Ian certamente foi um personagem essencial pra Peg, a ajudou muitas vezes isso é inegável, porém as vezes eu tinha impressão de que ele a sufocava, de tão grudento que ele era. Eu passei um bom tempo sentindo raiva do Jared mas logo passou. Ah e como falar do doce Jamie? que garoto maravilhoso.
Minha parte favorita do livro inteiro com certeza foi as conversas entre a Mel e a Peg, Eu amei a Melanie - apesar de as vezes ter tido vontade de socar a cara dela - o sarcasmo dela é maravilhoso me fez rir muito. Teve vezes em que eu me peguei pensando que eu queria muito ter lido a narração pela perspectiva da Melanie, gostaria de saber o que ela pensava em determinada circunstância. Mas fora isso eu amei, ela é muito forte e corajosa. É uma personagem única assim como a Peg.

comentários(0)comente



Junior.Andrade 21/11/2017

Não sei bem o que escrever sobre esse livro... Afinal, acho que sou a única pessoa do mundo que ainda não tinha lido. Mas vamos lá.
Gostei bastante da história. Stephenie Meyer nos conduz por um universo bem diferente do que o que estamos acostumados, uma invasão alienígena em que o aliens são os seres mais pacíficos que existem e só querem manter a paz, mas pra isso eles precisam de hospedeiros humanos, essa hipocrisia que eles chamam de paz é questionada durante todo o livro, afinal, de que adianta paz se você precisa assassinar toda a humanidade e substitui-los por alienígenas? mas essa não é a única questão do livro é claro, a Peg, que é a protagonista, é uma Alma (Que é a maneira que os alienígenas são chamados), e o livro começa quando ela é introduzida no corpo da Melanie, porém diferente das demais almas, a Peg começa a escutar a Melanie na cabeça dela (ou na cabeça da Melanie?) e sentir tudo que a Mel sente. E a partir daí vai desenrolando a história. Adorei os personagens, todos eles são bem construídos e profundos e você se apega rapidamente. O Ian é de longe o personagem que mais gosto, a maneira como ele muda no decorrer da história, e os pensamentos e ações dele são notáveis durante todo o livro. O Jared me irritou um pouco em alguns momentos, mas entendo ele de certa forma, afinal, ele achava que estava perdendo a pessoa que ele amava (Melanie). O romance do livro fica na medida certa, e não é algo meloso como Crepúsculo, a Peg acaba se vendo dividida entre o Jared e o Ian (clássico), porém o mais interessante de ler, foi saber que aquilo tudo não era bem um triangulo amoroso, e sim dois casais apesar de apenas 3 corpos, e todos os conflitos que ocorrem dentro desta problemáticas são interessantes de se ler.
Acho que o livro poderia ser um pouco menor, algumas partes dele acabam se arrastando um pouco com cenas desnecessárias quando a trama principal poderia estar se desenvolvendo, mas essa é praticamente a única reclamação que tenho em relação a esse livro. Também gostaria que o Ian tivesse mais espaço do que o que ele realmente teve, apesar dele ser bem importante na história inteira.
Enfim, essa resenha ficou meio confusa, porém é o que tenho a dizer sobre essa história cheia de lições. E que trata de amor, amizade, família e paz, além do questionamento sobre o que é de fato ser Humano. E até onde vai a humanidade.
Favoritado e recomendado.
comentários(0)comente



Millena.Vagetti 15/11/2017

Hospedeira
Gostei? do livro não é nada mal a historia?
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Isa 28/10/2017

Muito mais que um simples romance
Muitas pessoas dizem que é lento no inicio, e é um pouquinho mesmo. Mas, é bom que a gente entende a mudança que aconteceu com o mundo deles. A gente se prende à historia, e aos personagens. Torce por eles. A gente sente tudo junto com a protagonista. É um livro que te faz refletir sobre o mundo atual também. A gente pensa: e se o nosso mundo fosse baseado nesses princípios? Seria um mundo muito melhor! E os dois lados da historia tem fortes pontos de vista. Mas ao longo de tudo, eles vão compartilhando e entendendo os sentimentos um do outro e aprendendo a respeitar. Eles se juntam para tentar encontrar uma solução boa para ambos. Vale muito a pena ler. É um livro maravilhoso. Eu não sou chegada a romance. Mas, acho que esse livro é muito mais que um simples romance.
comentários(0)comente



Taty 17/10/2017

Achei boa a história. É tão "paradinha" quanto Crepúsculo ... Mas interessante. Gostei do livro...
comentários(0)comente



1287 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |