As Garras do Desejo

As Garras do Desejo Elizabeth Hoyt




Resenhas - As Garras do Desejo


7 encontrados | exibindo 1 a 7


Dani @meu_romeo 12/10/2020

@meu_romeo
Resenha 🌷
#resenhameuromeo

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro AS GARRAS DO DESEJO, que é o terceiro livro da série A lenda dos quatro soldados, que eu recebi o e-book em parceria com a Editora Record.

Sir Alistair Monroe é uma naturalista.
Depois de ir para a guerra, a fim de acompanhar outros soldados, e enquanto isso catalogar espécies e livros sobre a fauna e a flora, ele voltou para casa totalmente destroçado.

Depois de sofrer nas mãos dos inimigos, ele voltou para seu castelo da Escócia e vive recluso, já que sofreu danos físicos e psicológicos muito cruéis.

E quando uma linda mulher bate em sua porta, com mais duas crianças e informa que foi enviada para ser sua governanta, ele acha aquilo um absurdo.

Helen Fitzwillian, passou a vida toda sendo a amante de um duque, mas ela não quer isso para a sua vida e de seus filhos, e sabe que a única forma de conseguir sua liberdade é fugir.

O que ela não esperava ao chegar na Escócia era que o dono do castelo fosse ser tão rude e não aceitasse que ela vivesse ali.

O problema é que quanto mais eles lutam para resistir ao desejo que tem um pelo outro, mais o destino acaba os unindo.

🌷A primeira vez que li esse livro foi em inglês, até porque desde o primeiro livro acompanhamentos um mistério que me deixou muito intrigada.

E aí quando a editora lançou esse livro em formado digital only, eu não pude não solicitar ele, para reler agora em português e me encantar novamente com essa história.

Esse livro claramente é uma releitura do clássico a Bela e a Fera e posso dizer com todas as palavras do meu coração, que é uma das releituras mais lindas que já assisti.

O Alistair é um mocinho que você quer ficar brava com ele, mas não consegue, porque o único desejo que da é de abraçá-lo e dizer que mesmo com todas as suas cicatrizes, ele é perfeito.

E aí junte uma dama maravilhosa, e que desde a primeira vez que apareceu nos outros livros, eu fiquei super curiosa pela sua história. E só posso dizer que a Helen é uma mocinha maravilhosa. Ela não se acha maior que o Alistair, mesmo sabendo que todos a admiram por sua beleza.

Fora isso, temos duas crianças incríveis na história e meu lado mãe se apaixonou totalmente por elas.

Esse livro me conquistou totalmente. Tanto pela história ser mega encantadora, bem como por mostrar a força de uma mulher que só queria ser livre numa época onde as mulheres não podiam nem ser donas do próprio destino, bem como por conter cenas que me emocionaram e me fizeram terminar o livro completamente apaixonada.

Além disso, o livro conta com mais cenas sobre a investigação que teve início desde o primeiro livro e eu estou adorando acompanhar isso também.

Enfim, é um livro especial e com certeza até o momento é o meu favorito da série, e uma das minhas releituras favoritas do clássico conto de fadas.

Amei e recomendo muito. Espero que leiam essa série, para que assim a editora lance posteriormente a edição do livro em formato físico.

site: www.instagram.com/meu_romeo
comentários(0)comente



Giovanna 02/10/2020

Expectativas supridas com sucesso!
Desde o livro anterior (O sabor do Pecado), esperei ansiosamente para conhecer a história do Sr Alistair Munroe. Seu jeitinho peculiar me cativou já na primeira aparição e fiquei na expectativa pelo seu livro (que convenhamos, demorou horrores para ser lançado); queria saber mais sobre sua história e qual o seu papel na vida dos outros dois personagens da série. Helen, a “governanta viúva” que simplesmente aparece na porta de Alistair com os dois filhos pequenos a tira colo (não mencionarei aqui seus motivos, importantíssimos, aliás) é uma mulher sensacional. Possui uma força ímpar, determinação e altruísmo, o que só me fez admirá-la ainda mais.

Apesar de seus passados e histórias, ambos conseguem ter a percepção de que se encontram, intimamente, em uma situação similar, onde a solidão é seu principal amigo. Aos poucos, um vai encontrando no outro um apoio sólido e uma relação bem bacana e natural vai sendo construída, principalmente de Alistair com os filhos de Helen. Me encheu o coração de amor vê-los interagindo e de como tudo isso resultou em uma relação paternal.

O livro supriu todas as minhas expectativas, ainda mais por ser uma releitura de um conto de fadas (A Bela e a Fera); e não poderia deixar de falar do conto dos Quatro Soldados – O Contador de Verdades. Adoro que a Elizabeth Hoyt traz para seus livros e mescla com suas histórias, contos tão incríveis e que acabam tendo algo a ver com os personagens e sua essência em si. Um livro delicinha de se ler e o meu favorito da série, até agora, rs.
comentários(0)comente



Gio 01/10/2020

surto surto surto
Esse livro é muito lindo fofo adorável cacete eu amei demais.
comentários(0)comente



Gio 01/10/2020

surto surto surto
Esse livro é muito lindo fofo adorável cacete eu amei demais.
comentários(0)comente



Malu | @dicas_de_malu 30/09/2020

Meu favorito da série, até aqui.
Talvez vocês já tenham percebido pela sinopse, mas esse livro é uma releitura de A Bela e a Fera. E digo com tranquilidade que foi uma das melhores que já li.

Alistair é amargo e sem esperança, mas mostra em pequenos gestos sua gentileza e generosidade. Me encantei com o coração que estava escondido por trás de tanta amargura e sofri por ver o quanto ele se via como um monstro. Já a Helen ganhou minha admiração pela sua força e por mostrar que é mais que sua beleza. Ela é determinada e supera seus medos para ir em busca de uma vida melhor.

Com um casal assim, claro que o romance foi maravilhoso. Ele começa com muitas trocas de farpas, mas evolui aos poucos, a medida que eles enxergam além as cicatrizes que ambos carregavam. Além disso, a trama é regada com muitas doses de fofura por causa dos filhos da Helen e tem um toque de aventura e mistério, trazendo mais pistas do segredo que permeia a série.

E eu que estava pronta para mais uma história sensual e com mistério, encontrei um romance lindo e doce, que traz lições sobre superação, esperança e confiança. É sobre enxergar além da aparência e do luxo, e ver o que realmente importa.
Então, só me resta dizer que esse livro superou todas as minhas expectativas e entrou para a minha lista de queridinhos.
comentários(0)comente



Luciana Klanovicz 09/09/2020

Um encontro de corações solitários
Este livro fala sobre o encontro de pessoas solitárias que carregam marcas em seu passado, as quais não podem apagar. O encontro ocorre por intermédio de uma personagem do livro anterior bastante perspicaz em olhar para além das fachadas que as pessoas criam para si mesmas. O interessante é ver como a autora foi construindo a relação entre eles, que poderia ter sido piegas, mas, pelo contrário, conduziu numa narrativa sedutora de se acompanhar. As pessoas solitárias do livro, até o encontro, tem seus corações fechados para a possibilidade de um final feliz e acreditam que suas marcas são capazes de definir seus caminhos. É claro que se trata de um romance de época com o amor brotando aos poucos, fazendo fissuras nas carapaças em que ambos se escondiam. Contudo, diante do desejo de ser visto pela primeira vez e sentir o coração vibrar os une cada vez mais. Importante citar a presença das crianças no livro: elas tornaram a vida do nosso ogro favorito mais calorosa e feliz. Abigail especialmente foi uma das melhores personagens infantis que já nos últimos anos - complexa e verdadeira - conseguiu nos dar a dimensão dos atos dos adultos a partir de seus olhos, e de seu irmãozinho Jaime. Eles são importantes na narrativa e ouvir o lado das crianças é um dos pontos altos do livro que conquistou um espaço em meu coração. Elizabeth Hoyt soube construir com maestria uma história cativante de encontro de corações solitários que merecem a felicidade prometida dos finais felizes. Sorte nossa que pudemos acompanha-la.
comentários(0)comente



Gislaine 05/09/2020

Uma releitura da Bela e a Fera, portanto já se imagina por quais caminhos a história irá percorrer, temos o ponto de vista de mais de um personagem, história bem construída, leitura leve.
comentários(0)comente



7 encontrados | exibindo 1 a 7