Quase Noiva

Quase Noiva Nancy Warren




Resenhas - Quase noiva


14 encontrados | exibindo 1 a 14


Yas 21/03/2021

Na medida certa
Amei esse livro, achei ele com uma escrita bem clara e fluida, os personagens foram bem construídos, mesmo que em poucas páginas. Acredito que ele foi na medida certa, não acrescentaria nada, terminou de um jeito perfeito, e ele tem todo aquele clichê que eu amo
comentários(0)comente



Luiza Helena (@balaiodebabados) 18/09/2020

Originalmente postada em https://www.balaiodebabados.com.br/
Quase Noiva é um dos últimos lançamentos da Cherish e logo de cara me apaixonei por essa capa. A sinopse também transmite uma história que poderia muito me agradar e assim o fez.

Prestes a se casar, Kate sofre uma grande decepção com o (agora) ex-noivo e isso faz com que ela coloque toda a sua vida em uma grande avaliação. A mulher está acostumada a seguir o que lhe é esperado e tem toda sua vida planejada, mas acaba percebendo que essa não é sua verdadeira eu. Enquanto se recupera da decepção do noivo, pela primeira vez em muito tempo ela se sente livre para ser quem deseja.

Eu não sabia bem qual seria o papel de Nick na história e quando foi relevado, eu fiquei bem de chocada com a cara de pau não dele, mas sim das pessoas envolvidas. No fundo, ele também se recente de ter tomado parte dessa situação com Kate e por esse sentimento vai atrás da moça. O detetive é charmoso e sexy, assim como super gentil e carinhoso.

O primeiro livro da série Quase Noivas tem aquele clima de filme romântico de Sessão da Tarde, que nos faz relaxar e dar algumas risadas. Com um pouco menos de 200 páginas, essa é uma leitura bem rápida e divertida, mas sem deixar a desejar no desenvolvimento.

Apesar de praticamente rolar um instalove entre o casal, eu gostei bastante da química entre os dois. O envolvimento dos dois é bem desenvolvido, mas sem deixar de lado o fato de Kate ainda estar receosa em entrar de cabeça em outro relacionamento. Suas inseguranças são compreensíveis, assim como o fato de Nick ser a pessoa que abriu os olhos de Kate sobre a questão dela não ter cortado laços com assuntos inacabados envolvendo seu ex-noivo.

A narração é alternada entre Kate e Nick, então temos um bom panorama de como cada um se sente. O pano de fundo desse romance é uma cidade praiana perto de Los Angeles, que você super sente vontade de conhecer. Temos também a participação de um vestido de noiva aparentemente amaldiçoado, que será o ponto de ligação entre as histórias da série. Já estou ansiosa pelas próximas histórias.

site: https://www.balaiodebabados.com.br/2020/09/resenha-581-quase-noiva.html
comentários(0)comente



Lud @quoteseplots 25/09/2020

Rápido, romântico e levinho
Quase Noiva é um livro em terceira pessoa que li super rapidinho depois um longo tempo travada em ebooks. Eu não conhecia a Nancy Warren, então fui no escuro, levada por essa capa linda e sinopse interessante.

Kate Winton-Jones está noiva de um cara aparentemente perfeito. Ele é rico, bonito, de uma família proeminente e se amam. Bom, pelo menos é o que tudo aparentava. No entanto, ela está incomodada, mesmo sem entender o motivo.
Ao fazer a prova do seu vestido elegantíssimo de noiva com a estilista mais requisitada do mercado, uma costureira a fura com uma agulha, manchando seu vestido de sangue e, por consequência, lançando uma maldição sobre ele.
Mas quem acredita nessas coisas, não é? Bom... Kate não quer acreditar, mas pode-se dizer que ela ficou, no mínimo, intrigada. Em um almoço com o seu noivo, na tentativa frustrada de ter um momento de desabafo, ela é deixada sozinha e ainda mais confusa com todos os conflitos que vêm se enraizando em sua mente desde que tudo isso aconteceu.
Porém, ela fica só por pouquíssimo tempo, pois um bonitão desconhecido e muito interessado nela senta na cadeira vazia deixada pelo seu noivo e é aí que tudo começa.

Quase Noiva foi um romance muito leve, mas apesar de trazer suspiros para nós, o mais legal que achei foi a mensagem do livro.

"Era a hora de parar de tentar agradar todo mundo na vida dela. Talvez fosse a hora de tentar agradar a si mesma."

Depois de uma bela decepção, Kate busca encontrar quem ela realmente é e não a pessoa que foi forjada a ser. É muito gostoso ver ela jogando tudo para cima, fugindo e descobrindo novamente coisas que ela gostava e havia deixado para trás.

Quantas vezes deixamos o nosso próprio eu para se encaixar em algum lugar, não é mesmo?

"Primeiro: ela não era uma princesa em tempos feudais. Ninguém poderia forçá-la a casar com ninguém."

E no meio desse encontro consigo, temos ainda o bendito bonitão, que consegue enxergá-la além daquilo que ela mesmo se via anteriormente. Porém, o melhor de tudo é não houve mudança por causa do romance ou de um homem em sua vida. Kate mudou primeiro por si e apenas depois, por acréscimo, temos um romance para suspirar.

"Ted, a família dela, coletivamente, a traíram. Não parecia justo que para se vingar deles ela traísse a si mesma."

Eu amei o livro. Acho que o ponto alto foi realmente a Kate. Ela se descobriu, cresceu na trama, amadureceu, e nunca passou por cima de ninguém para isso. Ela é de uma sensatez imensa e mesmo sendo doce e uma pessoa agradável, ela soube colocar todas as coisas em seu devido no lugar no momento certo.

Espero que vocês possam ler o livro e se deliciar com a obra assim como eu pude. De certo, vai valer a pena.
comentários(0)comente



Rafaela Regis 29/10/2020

Quase Noiva - Nancy Warren
Assim que eu vi esse lançamento da Cherish Editora, me apaixonei completamente pela capa! Sim, muito linda e e combinou perfeitamente com o titulo do livro, que também me deixou super curiosa. No entanto confesso que ao ler a sinopse já fiquei meio assim porque já entregou bastante da história, mas enfim para sair de uma ressaca literária, um romance fofo e clichê é sempre uma boa pedida.

Quase Noiva é o primeiro volume da série que possui o mesmo nome e é da autora Nancy Warren, confesso que nunca havia lido nada dela antes e fiquei bem ansiosa pois as avaliações dele e outros títulos da autora são muito boas.

Kate Winton-Jones é uma jovem que está prestes a realizar seu grande sonho, vai se casar com o homem que ama, ter a festa que toda noiva deseja e usar o vestido de uma estilista altamente conceituada que não aceita qualquer noiva. No entanto em um jantar que tinha tudo para ser relaxante com o noivo, as coisas desandam um pouco e ela acaba conhecendo Nick, um carismático vendedor de seguros que a faz refletir sobre várias coisas até mesmo seus sentimentos pelo noivo.

Só que o que deveria ser um simples encontro acaba se transformando em algo muito maior quando ela descobre certas coisas que a fazem até mesmo pensar quem ela é e como ela chegou até esse ponto da vida, que não sabe decidir o que quer para si, ou o que fazer.

Quase Noiva é um romance doce e encantador, que nos faz refletir obre várias coisas da vida e que não podemos deixar de lado nossa intuição ou instintos, pois eles existem por um motivo. Claro que no livro há vários sinais de que alguma coisa está errada, mas a mocinha não enxerga até que jogam na cara dela os fatos, mesmo com alguns bem gritantes como a maldição do vestido.

Kate é uma moça centrada e focada, mas que por dentro quer ser amada por quem ela é. Ao descobrir o que estava acontecendo e como será a sua vida de casada, ela resolve desaparecer e fazer tudo aquilo que ela gostaria de fazer e que deixou de lado porque não seria adequado para uma dama de sua posição fazer.

Nick é um investigador particular que foi contratado para "testar" a fidelidade de Kate para com o seu noivo, com quem Nick dividiu o alojamento na época da faculdade. Mesmo conhecendo Kate de forma inusitada, a moça deixa uma grande impressão nele e ele percebe que Kate não combina em nada com seu amigo e sim com ele!

O noivo, Edward Carnarvon III, sim o nome é pomposo, é um filho devoto e segue tudo os que os seus pais desejam que vai desde a profissão adequada até a noiva adequada, mas que no fundo tem bem mais coisas que ele guarda para si mesmo.

Quando comecei a leitura ja fiquei incomodada com algumas coisas, e isso continuou durante toda a leitura, Kate mesmo não se sentindo bem com o rumo de sua vida continua agindo conforme a música pois não quer desagradar não apenas o noivo (a quem ela diz amar), mas também a sua mãe, sem falar do medo que ela tem do sogro. E isso é muito triste porque ela continua se forçando a ser algo que não é e finge que está tudo bem, mesmo quando descobre que tudo não passa de um teste para saber se realmente é adequada para entrar na família Carnarvon, a ficha demora um pouco a cair e ela continua se colocando em segundo até sua amiga lhe dar uma dose de realidade para agir.

Nick é um investigador particular que não tem em seu portfólio seduzir noivas dos outros, mas se estão pagando ele faz! E isso muda totalmente a sua vida, pois ele encontra o que não estava procurando e isso só fica pior porque é noiva do seu amigo! Quando o destino faz a sua jogada, Nick não deixa passar a oportunidade e faz de tudo para conquistar a bela Kate, e isso também estava bem pra mim, mas ele as vezes pesa a mão e esquece que a moça achava estar apaixonada e ia se casar e isso sim me incomodou pois eu acho que ultimatos em um momento como esse, quando a mocinha volta a abrir as assas e se redescobrir, não é legal!

O noivo, sim vai ser assim que ele é chamado, mesmo ele aparentando ser um homem forte e decidido acaba se mostrando inseguro e covarde, não vou dizer que deu dó dele não, porque cada um toma suas próprias decisões e arcam com as consequências das mesmas, mas querer levar outras pessoas juntas e "destruir" vidas por ter medo de enfrentar os problemas não é bom também não.

Quase noiva é um romance que tinha tudo para ser maravilhoso! Mas que não me convenceu tanto, não se se foi porque a autora não se aprofundou tanto no romance e nos personagens em si, ou se foi a resolução de tudo que foi muito rápida e fácil, ou uma mistura dos três, porque acredite tudo acontece praticamente em duas semanas. No mais é um livro bom para desopilar, é! Mas que não funcionou bem para mim não, no entanto quero saber o que vai acontecer com o noivo dela.

site: http://dlivros.blogspot.com/2020/10/resenha-quase-noiva-nancy-warren.html
comentários(0)comente



Mylena @gataleitora 06/09/2020

" Ela percebeu que precisava escalar os obstáculos e achar um novo caminho."
Sabe aquele tipo de livro que você pega por causa da capa, que ao ler a sinopse fica mais louca ainda para saber detalhes da história e quando termina a leitura você simplesmente quer a coleção completa pra ontem?

Pois eis o que encontrei com Quase Noiva. Como muitos sabem quando eu me apaixono perdidamente assim , eu saio pesquisando tudo sobre a escritora e achei super interessante a frase que amarra esta série de cinco livros...Cinco noivas e um vestido. Já viu que vai render, ne? Então vamos conhecer o primeiro livro da série...

Kate é um a mulher certinha e contida que tem a vida toda planejada com o noivo multi milionário, acontece que depois de um choque, ela resolve largar tudo e se refugiar numa pequena cidade costeira. O que ela não imaginava era que lá ela conheceria um homem que mudaria tudo que ela pensou que queria para si. Um homem que a fez sair da caixinha em que estava confortavelmente instalada.

" De certa forma, aquele alfinete estourou a sua bolha de fantasia também, não foi?"

Nick é um investigador profissional e competente, que por estar acostumado com o pior lado do ser humano, fica encantado com o jeito sincero e doce de Kate. Então ele decide fazer aflorar este lado despojado e leve da mulher que hoje está bem diferente do que foi no passado antes de conhecer Ted, o bendito ex noivo.

" Na opinião dele, uma pessoa voltava às origens quando tudo parecia deixar de fazer sentido."

Mesmo sendo uma história curta com atração forte acontecendo entre eles, o romance em si acontece aos poucos com muitos detalhes fofos e uma analogia a ondas bem interessante.

"Tem algo como atingir o ponto ideal de uma onda sobre a qual você está deslizando e isso me deixa tão eufórico que me sinto no topo do mundo."

Kate na verdade ainda não está pronta para seguir em frente depois da decepção grande que viveu e não consegue acreditar que Nick se apaixonou tão rápido por ela e foi essa parte que me conquistou pro livro porque a escritora amarrou tudo de uma forma que não ficou aresta na história do casal, tudo se encaixou de uma forma bem coerente e bem lindinha.

Como li a cópia de leitura antecipada, espero que ajustem na cópia finalizada alguns probleminhas de tradução.

4,5/5 estrelas

site: http://www.minhavelhaestante.com.br
comentários(0)comente



Miih 06/09/2020

Romance fofo
Sabe aquele livro que você num piscar de olhos? Então
.... é esse.
Kate é uma jovem de 28 anos que está prestes a se casar quando algo inusitado acontece na última prova do vestido.
A jovem assistente da designer de moda Evangeline comete um erro ao alfinetar sem querer a noiva.
Evangeline então a humilha na frente de todos e a despede. A jovem assistente então segura a agulha com a ponta manchada de sangue e amaldiçoa Evangeline e o vestido de noiva.
Kate vai para casa pensando... Não quer acreditar que maldição realmente existe... Daqui há 3 semanas ela se casaria com Ted Carnarvon, de família rica e tradicional. O que poderia acontecer afinal?? ?
Fato é que muita coisa acontece.
Descobre da pior forma que a família do noivo paga um detetive particular chamado Nick, amigo de faculdade de Ted, para seduzi-la. Afinal para entrar para a família Carnarvon a noiva deveria ser intocável.
Kate, revoltada com a situação termina o noivado e vai para longe de tudo e todos pois precisa de um tempo sozinha, precisa se curar.
Neste lugar ela se reinventa e descobre prazeres em coisas que havia deixado de lado há muitos anos. E quando menos se espera ela se depara com Nick, o detetive particular.
Ao convidá-la para jantar, Nick abre seu coração arrependido de ter aceitado aquele trabalho. Afinal com suas descobertas sobre Kate, fizera um dossiê sobre ela e ficara encantado com sua pessoa.
Passados alguns dias Kate decidiu voltar, afinal havia coisas pendentes sobre sua vida que deveria resolver.
comentários(0)comente



@lendosonhando 11/09/2020

Quase Noiva
Quase Noiva

A vida de Kate é um sonho: vai casar com um bom partido, frequenta a nata da sociedade, seu vestido de casamento é um modelo exclusivo, sua lua de mel será no Havaí e finalmente conseguiu se tornar o orgulho de sua mãe. Tudo está maravilhoso até que Kate descobre uma traição por parte da família do seu noivo e aí a bolha de fantasia da Kate estoura. Nossa heroína decide se afastar de tudo para pôr os pensamentos em ordem;
nada melhor para colocar algumas coisas em perspectiva do que voltar ao lugar que traz mais memórias afetivas.
Kate decide fugir de tudo, corta o cabelo, abandona os terninhos, vai morar na praia onde começa a dar aulas de surfe e aos poucos vai resgatando a sua verdadeira personalidade que estava soterrada sob um monte de convenções, regras e submissão.
Nesse processo, a protagonista percebe o quanto estava infeliz e o quanto sufocou seus sonhos e vontades para agradar aos outros.
Nick é um detetive particular que foi contratado pela familia do noivo da Kate e se vê intrigado pela mulher que nada parece com o que consta nos seus arquivos. Pela primeira vez Nick manda sua ética para o espaço e decide que fará de tudo para conhecer mais intimamente essa mulher.
Amei cada aspecto desse livro, um romance que fala sobre se reecontrar (é tão fácil perdermos nossa essência quando somos bombardeados por obrigações, regras e expectativas). Foi preciso que o conto de fadas da Kate ruísse para que se desse conta disso. O seu amadurecimento durante o processo é incrível.
Nick é um mocinho muito legal também. Decidido, forte e apaixonado; no entanto para mim o personagem deu uma derrapada quando deu um ultimato a Kate exigindo qu ela mergulhasse em um outro relacionamento logo de cara.
O amor está presente na história e é muito fofo de ler, mas na minha opinião Quase noiva é a história de uma mulher que se reconecta e reencontra seu lugar no mundo.
comentários(0)comente



Feh @mil_e_uma_historias 12/10/2020

Leve, sem mtos dramas
Essa história é daquele tipo, que você começa a ler e quando vê já acabou, de tão boa que a escrita é, leve, fluida. 

Kate é cobrada para fazer tudo como diz o figurino, irá se casar com um homem que vem de uma família influente, tem que fazer tudo programado, mas essa não é ela, no meu ponto de vista ela conseguiu se libertar a tempo, e achar o seu verdadeiro eu, o que a faz feliz e gostei muito dela se redescobrindo. 

O casal, tem química e atração um pelo outro logo no início, apesar de ter achado Nick um tantinho manipulador, mas ele foi essencial para que ela fosse livre, a escrita da autora é gostosa de ler, não tem muitos dramas, esse foi o primeiro livro que li dela, e já estou curiosa com as próximas histórias. 
comentários(0)comente



Juliana @raizdeumlivro 19/01/2021

?QUASE NOIVA (LIVRO 1) 5? - @nancywarrenauthor

?Kate pode dizer que está feliz com o rumo de sua vida, noiva de Edward Carnavon e com o casamento prestes a se realizar, sua mãe está muito feliz (Até mais do que ela) e ela possui um trabalho que ama muito. No entanto, Kate percebeu no último instante que ela não está tomando as decisões da sua vida e sim as pessoas ao seu redor que acham que sabem o que é melhor para ela.

?Após descobrir algo a respeito de seu noivo, Kate resolve dar um giro de 60 graus para recomeçar sua vida ou pensar no que fazer com ela, já que perdeu tempo demais tentando agradar a todos. Sua escolha é Carlsbad, uma cidade praiana totalmente acolhedora para ela.

?Um romance rápido que me proporcionou ótimas risadas e um ensino importante que levarei comigo!! A decisão de Kate foi sábia, pois só assim permitiu-se ter outra visão sobre sua vida para mudá-la um pouco. Ela tirou uma ótima lição além de ter abraçado a nova mulher que se tornou, e isso também vale para outro personagem que prescisou rever alguns conceitos em relação a forma como vivia.

?Nesse processo ela conhece Nick, já o tinha visto antes, mas agora ela tem a chance de realmente conhecê-lo. A autora desenvolveu esse casal de uma forma dinâmica e linda, Kate estava em dúvidas sobre os sentimentos de Nick, mas ele estava disposto a mostrar que realmente a queria ao seu lado. Nossa mocinha agora está mais decidida e forte, resolve enfrentar a todos mostrando que ela tem as rédeas agora, a autora encerrou da melhor forma o livro e sem dúvidas adorei esse casal.

?Esse é um livrinho curto, divertido e como alguns disseram... tipo sessão da tarde para curtir a leitura. Um romance leve e gostoso! Estou ansiosa para conhecer os outros livros da série.
comentários(0)comente



Ana Luiza 23/01/2021

Resenha do blog Mademoiselle Loves Books
📚 A HISTÓRIA⠀

Kate Winton-Jones foi uma boa garota a vida inteira. Sua reputação e modos impecáveis é o que faz Edward Carnarvon III, seu noivo, e a família dele, gostarem tanto dela.⠀

Mas o fato dos Carnarvon estarem ditando o casamento de Kate antes mesmo dele começar é um pouco irritante. Ela não queria a festa espalhafatosa, a lua de mel chique ou mesmo o vestido de casamento caríssimo.⠀⠀

Assim, quando uma das costureiras sem querer mancha o vestido, é demitida e amaldiçoa a roupa, qualquer pessoa consideraria isso um sinal. Mas não Kate, que é moderna e não acredita em maldições.

Mas será que é coincidência que naquela mesma noite Kate descobre um outro lado do noivo? Quando Edward e sua família se provam canalhas de carteirinha, Kate simplesmente foge.⠀

E é claro que os Carnarvon mandam um detetive particular para encontrá-la. Não qualquer detetive particular e sim o cara sensual e perigoso que acabou com o noivado dela em primeiro lugar. ⠀

Kate está em busca de vingança, mas será que se envolver com esse homem provará para o noivo que está tudo terminado? Mais complicado que isso, será que Kate conseguirá se entregar para o atraente e gentil detetive sem partir seu coração mais uma vez?⠀

📚 VALE A PENA LER?⠀

A sinopse de "Quase Noiva" me conquistou imediatamente. A premissa de um vestido amaldiçoado e uma noiva em fuga é divertida por si só e o livro desenvolveu a história bem. ⠀

"Quase Noiva" entrega o que promete: uma comédia romântica despretensiosa, meio absurda até, que nos faz rir e suspirar. O livro é leve, descomplicado, bem-humorado e fofo.⠀

A narrativa em terceira pessoa é descritiva na medida certa, com diálogos divertidos, apesar de que algumas frases são repetitivas. Outro ponto negativo foi o amor instantâneo dos protagonistas, que é compreensível para um livro de apenas 175 páginas.⠀

Os personagens de "Quase Noiva" também não são muito complexos, mas conquistam. Eu adorei o vislumbre que temos de Ashley, a próxima protagonista. Estou ansiosa demais para conferir o livro 2!

LEIA A RESENHA COMPLETA NO BLOG:

site: https://www.mademoisellelovesbooks.com/2021/01/resenha-quase-noiva-nancy-warren.html
comentários(0)comente



Eu_Romanceando 08/09/2020

Uma delícia de romance
Faltando algumas semanas para subir ao altar no que seria o casamento do ano com o partido mais cobiçado de todos os tempos, Kate Winton-Jones vai descobrir do jeito mais difícil que perfeição não existe e que sua relação estava bem distante disso.
Depois de um jantar mal sucedido com seu noivo, ela descobre que a família dele juntamente com sua mãe, contrata um homem para tentar seduzi-la, afinal na família Carnarvon somente mulheres acima de qualquer deslize são aceitas.
E o responsável pela tentativa de sedução é Nick, ele é um investigador profissional e amigo do noivo. Por causa da sua profissão, ele não acredita nas pessoas e ao conhecer a mulher que deveria seduzir fica encantado pela sua inocência e se arrepende imediatamente do que se propôs a fazer, só que já é tarde demais.
Então ao descobrir toda a armação, Kate foge de sua vida certinha e toda planejada. Ela precisa com urgência sair da caixinha em que entrou e descobrir o que precisa fazer para ser feliz.
E é assim que ela e Nick se reencontram, se aproximam e vão ter de decidir qual o caminho a seguir, se será junto ou separado. Claro que a maior dúvida será de Kate não é mesmo? Afinal era ela quem vivia um romance perfeito.
Como é um livro com poucas páginas, os fatos vão se desenvolvendo mais rápido, o que não nos impede de se conectar com os personagens e seus sentimentos. A escrita da autora é leve, envolvente e fluida.
Então se você está buscando uma leitura no estilo sessão da tarde e que deixe seu coração mais leve e quentinho não deixe de ler Quase noiva.
O e-book está disponível para assinantes do KU.
comentários(0)comente



Rose 28/09/2020

Já está tudo certo para o casamento de Kate e Edward, então porque Kate não está feliz? Afinal ela vai se casar com o solteiro mais cobiçado da América...

A poucos dias do casamento, o que para Kate era apenas nervosismo pré casamento, cresce e muda toda sua vida.

Um vestido amaldiçoado e um encontro inesperado com um desconhecido a fazem questionar seu futuro.

Quando ela descobre que Edward tem alguns segredos, percebe que é hora de rever sua vida.

Fugindo de toda pressão, ela refugia-se na praia. É no mar que ela começa a resgatar a si mesma.

E quando o desconhecido que mexeu com suas convicções reaparece, Kate percebe que precisa tomar uma decisão definitiva para sua vida.

Diante de um futuro incerto e cheio de possibilidades, ela queria apenas ser feliz e amada. Para isso, ela terá que romper com todas as regras que criou para si mesma. Será que ela terá esta coragem?

Um enredo leve e gostoso, bom para aquela tarde preguiçosa.

site: https://www.instagram.com/fabdosconvites
comentários(0)comente



Raquel Lima (Destaque literário) 02/10/2020

Kate está prestes a se casar com o cara mais rico e cobiçado da América. Seus nervos estão à flor da pele, mas o que está incomodando-a não são os preparativos do casamento, e sim o fato de não poder sequer dar uma opinião sobre a escolha do vestido de noiva.

Acostumada a sempre agradar aos outros, Kate passa seus dias aceitando que todos em sua volta tomem as decisões por ela, mesmo que isso a deixe em um estado de constante frustração.

Entretanto, as coisas tomam um rumo diferente na vida da Kate quando o vestido de noiva dela é amaldiçoado por uma costureira.

Coincidência ou não, no mesmo dia ela conhece Nick, um homem lindo e sexy que em pouco tempo de conversa, a faz questionar sobre sua vida, e pra completar, ela descobre que seu noivo estava escondendo um segredo e então Kate termina o noivado e foge.

Quase noiva é aquele tipo de livro que você lê em um piscar de olhos. Com uma narrativa leve e agradável nós somos transportados para uma história que vai muito além de romance clichê, pois o foco é praticamente da Kate e a sua jornada de autodescoberta. Ao fugir de tudo e de todos, ela teve a chance de se conectar à sua essência e descobrir que nada é mais importante do que ter a liberdade para tomar as próprias decisões e que viver para agradar aos outros, não é vida e sim, reclusão. Ela precisou de um tempo para se redescobrir e essa decisão abriu novos caminhos, libertou a mulher incrível que havia dentro dela, e, de quebra, conheceu um novo amor.

Esse é o primeiro livro da autora que leio e logo no início eu já me identifiquei com o estilo de escrita leve, descontraído e bem-humorado. A narrativa é em terceira pessoa, os capítulos são curtos e intercalados entre Kate e Nick, o que funcionou muito bem.

Por fim, quero recomendar esse livro para aqueles que curtem uma história envolvente, divertida e estilo sessão da tarde. O e-book está à venda na Amazon e disponível para os assinantes Kindle Unlimited.
comentários(0)comente



Lua 23/11/2020

Resenha da Lua
Que delícia de livro!!
É bem curtinho e a leitura é super fluída. Os personagens são ótimos e bem construídos.
Adorei o enredo.
É uma história de amor, mas também de autoconhecimento.
Não tem como não se apaixonar pelos personagens principais!!
E da uma vontade louca de aprender a surfar hahahhahahha
comentários(0)comente



14 encontrados | exibindo 1 a 14


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR