Meninas de Joseon

Meninas de Joseon Selene Sodré




Resenhas - Meninas de Joseon


5 encontrados | exibindo 1 a 5


lays.azevedo.94 13/04/2021

Uma descrição bem fiel ao que as meninas viveram e por muito tempo não puderam falar, por medo, vergonha ou apenas falta de espaço.

Comecei a ler por conta do livro herdeiras do mar, e queria MT ler mais sobre o assunto.
comentários(0)comente



@biazinhaliteraria 25/05/2021

Um livro emocionante
#resenhacadalivroumahistoria

"As mulheres que quebraram o silêncio e que ainda lutam por um mundo melhor."
??
Meninas de Joseon - sobre as "mulheres de conforto" da península coreana [@selenesodre]
Disponível no Kindle Unlimeted
??
Quando a autora Selene Sodré me chamou no direct para apresentar o livro eu já imaginava que fosse gostar.
??
Este pequeno livro de 35 páginas foi um trabalho de TCC de Escrita Criativa que se originou após Selene durante sua morada na Coreia do Sul.
??
Neste livro a autora traz um pouco de sua pesquisa sobre "As mulheres de Consolo" que se trata de quando milhares de garotas foram sequestradas pelo Japão para servirem como escravas sexuais aos soldados na Segunda GUERRA Mundial. O Japão até hoje nega sua participação mas quando em 14 de agosto de 1991, uma sobrevivente chamada Kim Hak-soon decide relatar todos os horrores sofridos, desencadeando assim vários protestos e relatos de outras sobreviventes.
??
"O governo japonês encobre as atrocidades dos antepassados de seus cidadãos porque restaurar a ilusão de uma honra típica do imaginário Imperial é mais importante do que apresentar a verdade e se redimir."
??
#PUBLI
comentários(0)comente



theNephalem 17/05/2021

Quando vi esse e-book eu não imaginava o que esperar de algo com título "Meninas de Joseon" e "mulher de conforto". Acho que li a sinopse por cima e nem procurei ir atrás. Acho que algo com pouco mais de 30 páginas não precisava de tanta atenção. É aí que mora o erro.

Na verdade o e-book faz parte de um TCC sobre o assunto e se trata sobre o rapto de meninas. MENINAS. não jovens, não adultas. MENINAS. em sua maioria coreana, para servirem de "alívio" para o exército militar imperial japonês no começo do século XX até alguns anos depois do término da Segunda Guerra Mundial e a rendição do Japão.
Foi um grande soco no estômago. Fora ter de imaginar meninas serem sequestradas para serem desumanizadas ainda ter de lidar com "foi preciso para que os militares não estuprassem durante a guerra". oi?

No presente trabalho, e em alguns documentários que tive a liberdade de procurar após o término da leitura, apresentavam raros depoimentos das mulheres que conseguiram sobreviver. Foi horrível, me deixou bastante enojada e com muita raiva nos relatos, onde elas também sentiam muita raiva, ódio, dos doentes que cometeram tais atrocidades. E o pior é o Japão negar, até hoje, que tais atos tenham acontecido.
Eu já tinha lido algumas coisas que o Japão fez durante a SGM e foram tão horríveis, se não mais (se é que tem como) quanto às "obras" nazistas.

Lendo obras sobre o feminismo ocidental me fez imaginar ter nascido em uma época um pouco mais privilegiada, que prometem avanços, e que talvez não seja tão martirizante ter nascido mulher e optar por querer viver... Mas quando você da de cara com esse tipo de coisa a ficha cai que existe outro lado do planeta e que a cultura de aceitação é totalmente diferente lá.

Pelo menos a morte trouxe paz para muitas delas (e com morte digo assassinadas, de várias maneiras, para que não existissem relatos das atrocidades cometidas por militares japoneses) será que conseguiriam viver suportando essa dor? esses pensamentos?
Bom, teve mulheres fortes o bastante para passarem por tudo isso e relatar as atrocidades mas quando chegaram foram silenciadas, elas mesmas se silenciaram por vergonha, ninguém iria ouvir.. ninguém iria poder fazer nada. E, talvez, nunca poderá.

"Em uma guerra os que mais sofrem são os inocentes".
comentários(0)comente



Tefinha 20/05/2021

Leitura difícil, mas necessária.
O livro conta a história das mulheres de conforto, com relatos dolorosos. Essas mulheres foram retiradas das suas famílias da forma mais brutal e feitas de escravas sexual para "alívio" dos militares japoneses durante a Segunda Guerra Mundial. É duro demais acreditar que isso aconteceu durante anos, com diversas mulheres/meninas e que mesmo assim, menos da metade da população tem conhecimento, pois sim, o governo japonês durante anos conseguiu esconder isso. Eu mesma não fazia ideia que isso havia acontecido e é o que mais me choca. A maioria delas morreram sem ter a sua história contada, nem ao menos um pedido de desculpas...nada! É o nosso papel brigar, falar, levar esse fato a toda a sociedade e quem sabe assim, fazer com que os responsáveis por toda essa crueldade tenham nomes, pois isso não pode ficar impune.
comentários(0)comente



Ymei 11/08/2021

Para que jamais se repita
Meninas coreanas estupradas em massa por japoneses. Pelo império do Japão. Que nunca se esqueça o horror.
comentários(0)comente



5 encontrados | exibindo 1 a 5


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR