Honey Girl: A Novel (English Edition)

Honey Girl: A Novel (English Edition) Morgan Rogers




Resenhas - Honey Girl


24 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


thi 11/04/2022

É...não foi o que eu esperava
Vou começar isso aqui citando Isabela Boscov porque ela é a pessoa que consegue descrever como senti ao ler esse livro. "Eu queria gostar muito dele, mas eu percebi que eu estava me esforçando e não estava obtendo nenhum resultado"

Esse livro tinha tudo pra ser maravilhoso
mas infelizmente ele parece muito mal feito, não queria dizer isso mas infelizmente é o que parece. Muito corrido, o final é tão as pressas que simplesmente consegui sentir nada enquanto lia, só queria que acabasse logo.

Os personagens secundários são confusos e muito difícil se conectar com eles, a protagonista até é legal mas o próprio livro não ajuda ela. Até a metade gostei muito da personagem da Yuki mas infelizmente até ela depois de um tempo ficou meio "morta" não sei bem como explicar, falta algo nesse livro e é algo haver com a escrita.

O livro tem sim suas partes boas, têm uma boa mensagem que acredito fazer bem a muitas pessoas, cheguei a chorar sim com alguns trechos. Não acho que é um completo desperdício a leitura.

Infelizmente ele parece um "roteiro", parece que anotaram a ideia, o primeiro manuscrito do livro e publicaram assim mesmo. Faltava muito coisa pra esse livro funcionar como deveria ser, acho que atrapalhou até a passar a mensagem que ele tanto queria. Uma pena, porque acho que teria sido maravilhoso, tinha tudo pra ser....
comentários(0)comente



helena 20/03/2022

It is the way of the universe
analisando criticamente, esse livro merece 4 estrelas? provavelmente não, porém eu não ligo!!! rs ler esse livro foi muito bom, fiquei viciada nele e nesses personagens, praticamente li ele inteiro em um dia de tanto que gostei.

recomendo muito!!! me identifiquei bastante com a grace e amei as vibes radio silence que a yuki passou. só leiam, sério!!
comentários(0)comente



maradyer 07/03/2022

maravilhoso
é um ótimo indício o fato de eu demorar quase dois meses pra ler um livro e ele continuar bom em todos os momentos.

pela sinopse da história, parece uma coisa MUITO clichê ( o que honestamente não deixou de ser), mas incorpora o debate sobre a saúde mental, família e amigos da personagem, além do romance, de uma forma LINDA.

diria que o final foi um pouco corrido mas na verdade eu só acho isso pq queria ler mais sobre elas mesmo kkkkkk
é isso, 5 estrelas recomendo muito.
maradyer 07/03/2022minha estante
me identifico com o burnout da grace beijoo




bia 07/02/2022

amei!!! o tanto que eu me identifico com a grace não está escrito, durante a leitura eu senti a angústia dela tomar conta de mim, em alguns momentos eu senti muita vontade de chorar por saber exatamente pelo o que ela tava passando. não só por eu ser lésbica também, mas esse sufoco dela de não entender o que ela queria, de não entender o que ela tava passando, foi algo certeiro pra mim. e ela a yuki aaaaa tão bonitinhas, muito minhas! a descrição do relacionamento delas foi algo tão bem escrito, tão real, você percebe que foi escrito com cuidado e carinho. foi tão bom ler um livro onde tem várias referências a comunidade lgbt, onde tem vários personagens lgbt, foi muito reconfortante ler sobre eles também. enfim, amei amei, diria que a única coisa que não gostei foi que no final não teve um capítulo extra pra falar sobre pra falar sobre o que aconteceu depois, tenho preconceito com isso, queria que tivesse um, acabou de forma muito abrupta, não gostei.
comentários(0)comente



mica 06/02/2022

de aquecer o coração
comprei esse livro pq tava querendo ler um romancezinho sáfico ja faz um tempo, e de saber que a protagonista se forma em astronomia (sendo uma futura física) não tive como não ler. não posso negar que o plot é meio fraco, mas não estava com expectativas muito altas entao não me decepcionei kkkkk
comentários(0)comente



Ana Paula 03/02/2022

Viagem no auto-conhecimento
Lendo a sinopse eu não imaginei o quão profundo esse livro seria, aborda tantas questões importantes que com certeza vai te envolver de alguma forma.

Me fez refletir muito sobre o "querer ser" que existe dentro de mim. Me senti completamente a parte dos sentimentos da personagem, dos seus conflitos e das suas crises.

Recomendo bastante.
comentários(0)comente



lie 26/01/2022

Criaturas solitárias ? vocês estão ouvindo?
Pensei em diversas maneiras para iniciar essa resenha que descrevessem, de maneira realista, tudo o que senti enquanto lia. Não consegui chegar a um consenso. Na verdade, estou até agora refletindo sobre tudo que li, com citações e cenas perpassando pela minha mente.
Bem, pela sinopse, imaginei que seria uma comédia romântica ruim, mas que me ganharia pelo protagonismo lésbico.
E não foi.
Foi melhor.
Honey Girl nos apresenta uma narrativa profunda sobre a mente de Grace Porter ? uma garota obcecada pela perfeição e controle ?, seu lento processo de desconstrução e suas relações com todos ao seu redor (amigos; família). O romance, que é apresentado na sinopse, é deixado para segundo plano. Não há um desenvolvimento concreto dele e, por mais que possa ser um ponto negativo para alguns, eu gostei. Talvez por ter me identificado mais com Grace do que deveria, li a história de uma forma tão pessoal, que não me importei com isso.
É interessante como os pensamentos de Grace são apresentados, pouco a pouco, tornando-a uma personagem real e compreensível. Talvez seja a personagem mais realista que já tive o prazer de ler em toda a minha vida. A narração poética e densa adiciona algo à personagem, tão maravilhosa que, ao menos para mim, foi impossível me cansar.
Ao último tópico: esse livro foi, sem dúvida alguma, o melhor que já li. Não só pela história em si, mas também por um ponto que me confortou bastante ? a representatividade. Nunca vi personagens tão diversos (falo isso porque, além de uma grande quantidade de personagens racializados, há muitos, muitos personagens LGBT+s e alguns psicoatípicos. Todos bem escritos e explorados sem ser de uma maneira nociva) agrupados em um único livro, e isso foi tão bom. Bom mesmo, me ganhou desde o começo.
Não tenho críticas! Favoritei, sim, e acho que vai continuar assim por um longo tempo.
comentários(0)comente



Ana 23/01/2022

Clichê de casamento em Vegas, SÁFICO
Um dos meus maiores medos da vida, é crescer, eu sinto que a escola é tipo uma gaiola e enquanto eu estou nela , mesmo passando por muitos problemas, eu sinto que ela tá me protegendo da fase adulta. Ler esse livro, doeu, pois ele só me mostrou o motivo para eu ter medo de crescer KKKKKKKK mas ele também me mostrou que de algum jeito a gente sempre pode resolver as coisas, por mais difíceis que elas sejam.
Na maioria das vezes, romances sáficos (tbm qualquer romance lgbtqia+) abordam muito sobre a personagem principal se descobrindo, e eu amo livros assim, não estou reclamando, mas a gente também quer ver livros com protagonismo lgbtqia+ onde os personagens já saibam sua sexualidade, mas agora estejam lidando com outros problemas da vida.
E esse livro entrega exatamente isso para gente, duas personagens principais lésbicas, assumidas, mas agora estão passando por muitos outros problemas.
Fora que eu amo quando pegam um clichê que acontece muito em histórias com casais héteros, e colocam um casal lgbtqia+.
Nesse livro a gente vai ver que está tudo bem se sentir sozinho, mesmo quando você está rodeado de pessoas. E que nós não devemos nos cobrar tanto, tá tudo bem não ter planos, tá tudo bem descansar um pouco, não tem nada de errado nisso.
Os personagens secundários me ganharam muito, facilmente leria livros com a história de cada um, pois eles fizeram uma diferença enorme no livro, eles são muito "found family"( família encontrada) a conexão da Grace e da Yuki com os amigos, foi algo lindo de se ler.
Me apaixonei muito pela Yuki, e pelas coisas extremamente profundas e poéticas que ela falava, que fazia eu ficar duas horas pensando só no que ela tinha falado.
Foi muito surreal o que eu senti lendo esse livro, como a Yuki tem uma estação na rádio pra ela falar com pessoas solitárias, eu me senti escutando ela falando, e eu facilmente escutaria por horas, eu só queria que ela existisse pra realmente gravar.
Grace é uma personagem profunda, que mesmo não admitindo ela está muito mal, e com uma pressão muito grande em si mesma. É uma tragetória linda acompanhar ela tentando ficar bem.
A Yuki e a Grace são muito piticas também, amei amei amei.
comentários(0)comente



Ana 22/01/2022

Planos podem ser desfeitos
Grace Porter, uma mulher negra, lésbica, PhD, doutora em Astronomia, trabalhadora, segue um plano e não sai da linha. Até que em uma viagem à Las Vegas muda isso. Ela sai do plano e se casa com Yuki, que conheceu em uma festa.

Grace tem um pai militar que a criou com rigidez, tanto que ele só a chama de Porter e por essa rigidez, ela se cobra muito pois tem que ser a melhor em tudo que faz porque ela tem que atender as expectativas do coronel e é claro que em algum momento, Porter iria ficar exausta e se quebraria.

Esse plano que ela seguiu já não estava fazendo mais tanto sentido e ter tido um rompante e ter se casado, a fez se questionar ainda mais e aí ela foi até Nova York conhecer Yuki.

E o que falar de Yuki? Ela é incrível, uma caçadora de monstros que tem um podcast pra falar com os seus ouvintes que também são monstros. Monstros solitários.
Gostei muito dela só que achei que o relacionamento de Grace com Yuki foi muito superficial. Eu queria que a autora tivesse trabalhado mais a relação das duas e também com os amigos da esposa da Porter. E por falar em amigos, Ximena, Agnes, Meera e Raj são extraordinários. Com amigos como eles, qualquer pessoa é capaz de conquistar o mundo. Eles são perfeitos.

Honey Girl pode trazer alguns gatilhos para algumas pessoas pois toca em alguns assuntos sensíveis, então tenha cautela.
No geral, gostei da história apesar dela ser um pouco repetitiva ao longo dos acontecimentos mas isso não me incomodou. Ver Grace entender que ela pode ir mais devagar, ter tempo pra si mesma, que ela não precisa se matar de trabalhar foi bom. Ter um emprego modesto, amigos fiéis, pais que te amam e ter um amor para a vida inteira é o melhor prêmio de todos.

Grace Porter e Yuki Yamamoto, vocês não são mais criaturas solitárias.
comentários(0)comente



jup 12/01/2022

honey girl
esse livro é sobre conhecimento e descobertas sobre si mesma.

a protagonista é uma pessoa incrível que sempre teve que conviver com a pressão imposta pelo pai para seguir uma carreira sólida e se sair bem nisso. ela lutou tanto para conseguir isso que acabou se perdendo.

ela as vezes irritava um pouco mas é totalmente compreensível.

esse livro traz mensagens incríveis que faz o leitor parar para refletir.

e também um casal super clichê e fofo, elas são perfeitas.
comentários(0)comente



Agatha - @emmeufoco 07/01/2022

Tocou partes sensíveis escondidas dentro de mim
Primeiro acho incrívelmente válido dizer que apesar da sinopse que sugere uma comédia romântica este livro é tudo menos isso.

Grace Porter é uma mulher negra que desde jovem ouviu que devia ser forte, que devia ser a melhor, que devia ter um plano e segui-lo. E ela o fez.

Aos 29 anos ela é PhD em Astronomia, mas agora que ela enfim chegou ao fim, ela sabe mais o que fazer, e ter se casado bêbada com uma mulher que continua aparecendo em seus sonhos e a fazendo desejar por mais não a ajuda a ter um senso de certeza.

Mas conhecer Yuki parece a única coisa boa que lhe aconteceu em muito tempo e de repente Grace quer ao menos tentar.

Eu pensei que este livro era um romance, mas a verdade é que este livro é sobre se reencontrar depois de se perder profundamente dentro de você.

Eu chorei lendo este livro, ele é cheio de gatilhos então recomendo muito pesquisar antes, mas ele é lindo, poético e fez com que eu pudesse externar coisas que eu guardei muito bem aqui dentro.

E por mais que eu não entenda todas as dores de Grace, afinal não sou negra para entender, foi tão doloroso sentir sua pressão. Foi um baita tapa na cara. Entretanto em outros aspectos eu conseguia entendê-la tão bem que também doía.

Foi lindo e realista, vi algumas pessoas reclamando sobre como a autora não resolveu os problemas de Grace (não falarei quais para não ser spoiler), mas sendo honesta??? Como ela resolveria rapidamente tudo? Na vida real não é assim que funciona e precisam começar a entender que se trata de um processo longo, demorando e que não se resolve assim.

E eu gostaria de falar também de todos os outros personagens que foram grandes surpresas. Esse grupo de amigos/família que eu queria tanto ter visto mais, são incríveis.

No fim, foi uma tocante história.
comentários(0)comente



Jess 05/01/2022

O livro mostra como Grace vai lidar com tanta cobrança dela mesma para si, como ela se sente só mesmo rodeada de amigos, como vai lidar com o pai que tem um plano de toda a sua vida. Mostra como essa cobrança pode ser nociva para sua saúde e vai aprender a lidar com isso.
comentários(0)comente



Filps 13/11/2021

Parece um rascunho mas diferente e divertido.
Eu gostei do livro, as emoções da protagonista ficaram muito claras e os dramas secundários também foram legais, me diverti muito, os personagens são bem legais, porém senti falta de uma profundidade, até mesmo da Yuki, é inegável que a retórica dela é muito poética e me atingiu de uma maneira muito individual, mas parece que o personagem dela não saiu muito de uma ideia assim como todos os outros. O romance foi fofo ao mesmo tempo muito pincelado, deveriam ter construído melhor, adicionado mais cenários e adversidades entre o casal, pra trazer um pouco mais a realidade, até porquê elas acabaram de se casar sem se conhecerem.

Chega em 80% do livro e o leitor já começa a esperar um final meio abrupto onde você não sente que realmente acabou, faltou mostrar mais da personagem resolvendo seus conflitos internos e externos. A última parte especialmente pareceu muito jogada como se a autora estivesse com preguiça de mostrar as resoluções isoladamente.
Como disse acima, parece que não passa de um rascunho do que deveria ser uma história, acho que merece 3 estrelas pelo fato de ter uma representatividade muito boa e mesmo que sendo superficial, você não sente que perdeu seu tempo, além de ser muito diferente do que normalmente vemos.
comentários(0)comente



bendtherules 31/08/2021

fofo & poético
esse livro é muito bom, tem uma escrita linda e lida muito bem com a questão dos transtornos mentais e a terapia.
meu único adendo é ao fato de algumas atitudes da pp serem bem fora da realidade, mas isso não torna o livro menos bom. além disso, por eu não estar na vibe de romances poéticos, acabei cansando um pouco durante a leitura, deixando a mesma arrastada, mas nada que tirasse o encanto da história.
comentários(0)comente



zoyalai 31/07/2021

eu estava com um pé atrás antes de ler esse livro porque, pela sinopse, achei o plot meio fraco, porém os personagens compensam por isso. eles são todos bem desenvolvidos e é fácil de se identificar com a maioria. achei a escrita linda e a leitura é bem rápida. a história vai te fazer sorrir e chorar ao mesmo tempo, na minha opinião vale muito a pena ler o livro.
(obs: tem vários gatilhos, então é melhor pesquisar antes de ler.)
comentários(0)comente



24 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR