A Viagem de Liz

A Viagem de Liz Gabrielle Rossa




Resenhas - A Viagem de Liz


91 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


@livrosdeanna 18/11/2021

Livros de Anna resenha
A viagem de Liz- Gabrielle Rosa
.
Gente que livro INCRÍVEL!! Eu gostei tanto tanto tanto, que nem sei.
O final deixa a gente não curioso que é impossível não pegar a continuação o mais rápido possível.
.
Então vamos lá. O livro fala sobre viagem no tempo, sim viagem ao passado. Liz vive em São Paulo ano de 2017, e vai para Seattle ano de 1988. Ela tem 37 anos e é advogada não por escolha mas por obrigação.
Ela ama música e então o livro é cheio de referências.
.
Numa noite um homem misterioso aparece em seu quarto deixando um livro explicando tudo sobre a viagem que mudará sua vida. Ela aceita ainda não acreditando e desconfiando de tudo.
Chegando em Seattle nos anos 1988 ela vai começar a viver experiências incríveis. Ela vai conhecer dois cantores no início da carreira que pertence a uma bunda que nos 2017 já eram mega famosos mas nos anos 1988 estavam começando.
Ela vai ter um romance com os dois, e ficamos o livro todo com referências de bandas e músicas.
.
Um final deixa a gente tão curiosa que já peguei o próximo volume para ler a continuação. Em breve conto para vocês.
comentários(0)comente



Alessandra @euamolivrosnovos 17/11/2021

Instagram @euamolivrosnovos
Liz, advogada sobrecarregada pelo seu cotidiano repetitivo, recebe um presente inesperado e transformador de um desconhecido: a oportunidade de tirar férias no passado, mais precisamente em 1988.

Empolgada com a oferta, ela não pensa duas vezes e decide viver essa "aventura", resgatando no decorrer dos acontecimentos seu lado mais impulsivo da juventude.

Mas será que suas ações não terão consequências no presente?

O que achei?

Ambientação excelente. No decorrer da leitura tive a impressão de ter retornado à década de 80.

A autora presenteia o leitor com cenas super nostálgicas, como visitas a lojas de discos e aquela sensação de liberdade de quando não éramos escravos da tecnologia.

Outro ponto que me chamou a atenção foi a criatividade para fazer essa história a mais verossímil possível. O rock foi o palco principal e a impressão é a de de que mesmo as bandas fictícias eram verdadeiras.

No começo tive dificuldade em compreender as decisões da protagonista, que acabou ficando confusa com tudo o que estava vivendo. Além do mais, um triângulo amoroso com dois astros em ascensão, Dex e Erik, deixou a história mais complicada para Liz, que precisou se dividir entre fazer a coisa certa e aproveitar essa experiência única que estava tendo.

Muitas respostas acabaram ficando para o segundo livro da trilogia, deixando aquele gostinho de quero mais, essencial para fisgar o leitor. Destaque para a última cena que é carregada de mistério e me deixou totalmente sem rumo.

Por fim, é uma leitura super leve e rápida, cheia de boas referências, principalmente para quem é fã daquela época.

O livro está disponível no Kindle Unlimited!

site: https://www.instagram.com/euamolivrosnovos
comentários(0)comente



Larissa Lauane 16/11/2021

Leve e divertido!
Cercado de referências dos anos 80, muita música e personagens interessantes, o primeiro volume da trilogia de Liz é envolvente e fácil de ler!

É um livro de romance então vemos a Liz conhecendo pessoas novas, se envolvendo com outras e sendo humana ao ficar na dívida entre dois caras com personalidades completamente diferentes, mas cada um com um charme a sua maneira.

Tinha muito tempo que eu não lia um livro com um triângulo amoroso, mas não achei que isso deixou a história chata, mesmo que uma vez ou outra eu queira tomar partido e decidir pela Liz, mas, ao mesmo tempo, acho que ela tem que aproveitar o tempo que tem e é isso aí!

Para além da parte amorosa, a história é bem rica ao descrever locais, músicas e até mesmo costumes ou novidades para a época em que se passa a história. Além disso, acontecem MUITAS coisas então a história está sempre em movimento e a leitura não fica maçante.

A autora me fez ficar com vontade de pesquisar se tal artista realmente existiu, se uma loja realmente já era daquela época, entre outras coisas.

Foi uma leitura leve e divertida que fez eu me lembrar como é legal viajar em romances às vezes e já vou ler os próximos!
comentários(0)comente



Duda 15/11/2021

Amei embarcar nessa viagem
A autora conseguiu me fazer viajar junto com a Liz e foi uma experiência muito gostosa! A Liz é uma protagonista muito cativante e viver tudo que ela viveu nessa viagem foi incrível. O final me deixou no chão, ainda bem que já temos a continuação ?
comentários(0)comente



Van 11/11/2021

Que finaaaal, preciso da continuação pra já!
Esse foi um livro completamente diferente de todos que eu já li. Pois, viajar no tempo é algo que não estamos acostumados a ler.

Adorei conhecer a história da Liz e viajar com ela. Mesmo eu não sendo fã de música eu me senti bem envolvida com a playlist e bandas existentes da época. Liz é uma mulher bem independente e sem medo de ser julgada por suas ações, ela aproveita a vida independente de qualquer um.

Temos um triângulo amoroso bem presente nesse livro. Gostei muito da escolha dela, porém o mocinho não me conquistou tanto por conta do seu ciúmes excessivo.

Mas como um livro de viagem no tempo eu esperava que a autora abordasse mais a surpresa de Liz por voltar no tempo. Qualquer outra pessoa estaria super empolgada com isso, mas a Liz se mostrou indiferente. Fora que os capítulos são enormes, o que me deixou cansada...

Mas é um ótimo livro para sair da ressaca literária, e o final me deixou completamente curiosa para saber o destino da Liz.
comentários(0)comente



Poli 28/10/2021

A VIAGEM DE LIZ
Definitivamente um livro cheio de suspresas! Desde o início a Liz é uma mulher decidida, algo que gostei muito nela. Temos aqui vocalistas gatos, triângulo amoroso(coisa que não sou tão fã, confesso, mas que aqui funcionou bem, fiquei muitooo dividida entre Erik e Dex, confesso), slow burn, cultura anos 1980 e muito mais. Eu adorei a proposta do livro, algo diferente de praticamente tudo que já li. É um livro cheio de detalhes tanto de tempo quanto espaço, ou seja, a ambientação é ótima, perfeito pra quem é dessa época ou gosta bastante dessa década. O romance é um dos pontos fortes do livro, e eu adorei o fato de apesar de a Liz ter mais de 35, ainda gostar de aproveitar a vida e conhecer gente nova, estar disposta a se abrir para o amor, ainda mais no que seria um período curto de tempo. Algo também muito interessante são os contrastes, principalmente tecnológicos, que separam os tempos do livro, num intervalo de quase 30 anos, e que também mostra o quando hoje em dia dependemos de certas coisas que em 1988 ninguém nem fazia ideia de que poderia existir. Os capítulos são recheados de cenas inesperadas e personagens cativantes, mas o Aidan já tem meu coração. E o que foi esse final? Caraaa, me deixou salivando pela continuação, com certeza!!
comentários(0)comente



Basseto 13/10/2021

Opinião @basseto.books
Eu amo histórias que voltam no tempo e essa história é com toda certeza a minha favorita!

A descrição dos anos 80 no livro é incrível, você se sente dentro do livro como se fizesse a viagem junto com a Liz. Eu amei ter o Rock na historia, as referências das bandas, a música é bem presente na história, tanto que tem playlist no Spotify.

A Escrita é super fluida, a história incrível, divertida, vai te prender do início ao fim! As 300 páginas passam voando...

Confesso que não esperava gostar tanto dessa história, mas MEU DEUS eu AMEI DEMAIS! A Gabrielle com toda certeza se tornou uma das minhas escritoras nacionais preferidas.
comentários(0)comente



Rafaela 10/10/2021

A viagem de Liz
Um livro intenso, que nos disperta muitos sentimentos com um final que acabou comigo. Breve terá resenha no ig @rafaeoslivros.
comentários(0)comente



@Livrosecanela 27/09/2021

Amei
Topa uma viagem no tempo? ?

?RESENHA

O que você faria se uma organização super secreta te convidasse, a ter essa experiência que é pra poucos?

Uma viagem no tempo, com tudo pago, somente pra você se divertir e explorar. Você toparia?

A Liz sim! Ela saiu de 2017 pra 1988 em Seattle, ela não saberia qual lugar iriam mandar ela, e nem o ano, mas Liz acabou descobrindo que a Organização conhece ela melhor do que ela mesma.

Já em Seattle, Liz se divertiu como dava, conhecia novos lugares, comprava roupas ( mesmo sabendo que não poderia levar nada de volta a 2017), até que ela conheceu uma galera super animada e que aproveitava as noites na cidade tocando muito rock.

A moça se viu encantada quando conheceu o Dex, o vocalista de uma banda que ela sempre foi fã, e o cara ficou caidinho por ela, mas não para por aí.

Liz teve a oportunidade de conhecer também o Erik, vocalista de uma outra banda, mas que tinha um charme incrível! De repente ela se pega atraída pelos dois, ali em 1988. Quem levaria o coração da Liz?

Confesso que em muitas partes eu gritei por causa dela, os joguinhos sentimentais que ela fazia com o Dex e Erik atingiam os meus nervos!! ??.

E quando ela finalmente escolheu um, nossa fiquei tão aliviada até que chegou o final do livro, e com ele uma reviravolta intensa!

Recomendo muito esse livro, e fiquei na curiosidade em ler o 2°, espero conhecer essa obra o mais rápido possível.
comentários(0)comente



imersaempaginas 07/09/2021

Ótimo livro!
Eu achei incrível a viagem que Liz fez ao passado, mal posso esperar para ler a continuação! Passei muita raiva, acho que nunca passei tanta raiva com um livro antes! O plot do triângulo amoroso não é dos meus favoritos, mas consegui entender as indecisões da Liz! Recomendo a leitura!
comentários(0)comente



Kari 20/08/2021

Recebi o convite para ler esse nacional e aceitei, foi uma grata surpresa, e ótimo poder compartilhar com vocês a minha opinião.

O enredo nos apresenta Liz, uma advogada que leva uma vida pacata e comum.. Em uma noite um homem estranho aparece em seu quarto exatamente em seu aniversário de trinta e sete anos e essa visita vem com uma proposta inusitada para viajar no tempo. Para onde? Ela não sabe! A única coisa que ela precisa fazer é escolher.

A partir daí vamos acompanhar Liz em sua jornada misteriosa para Seatle, 1988, um período incrível, com várias bandas de Rock em ascensão e um período diferente dos tempos atuais dela, sem essa tecnologia, internet e compromissos profissionais e a rotina. Ela ganha entradas para shows e eventos, cartão com crédito ilimitado, estadia em hotel.. Seria as férias dos sonhos? E o que Liz tem que fazer? Curtir! Aproveitar a oportunidade única e em sua primeira noite nesse cenário, ela conhece Erick e Nolan, ambos vocalistas de bandas, cada um com seu charme e Liz se vê completamente perdida entre o encanto de ambos.. E a realidade também se torna cada vez mais nítida, que em algum momento, essas "férias" vai chegar ao fim e ela terá que retornar a sua vida sem graça. O que será que vai acontecer? Leiam!

A viagem de Liz trás um enredo atraente, com personagens palpáveis e errôneos, tal como na vida real, só que com um toque de magia. Quem não gostaria de ter uma oportunidade como a de Liz? Temos um triângulo amoroso e a autora consegue nos fazer sentir amor e raiva em diversos mentos com relação aos personagens, que foram muito bem construídos e delineados. A ambientação do enredo também ficou impecável, e conseguimos submergir completamente na história. Além disso, temos uma playlist no Spotify para acompanhar a leitura e isso foi incrível, pois nos dá sensação de pertencimento, como se estivessemos dentro da história, podemos sentir o clima que a autora cria fé maneira profunda.

A escrita de Gabrielle Rossa é fluída e cativante e ela consegue nos fazer flutuar por sentimentos diversos, o que é algo sensacional. E todo esse universo para mim foi único e especial, com várias referências musicais que amo. Simplesmente apaixonada por esse enredo e louca por ler os próximos volumes e saber o que vem a seguir.

Recomendo! Uma leitura nacional de qualidade para se encantar e apreciar!

site: @alempaginas www.alemdaspaginas.com.br
comentários(0)comente



Amado 12/08/2021

Bom
Gosto quando os personagens são reais, erram, possuem defeitos, porque pessoas são assim. Gostei da personagem ser uma mulher madura, me identifiquei com o jeitinho dela - muito jovem de espírito. Estamos numa era, que as pessoas não mudam, não ficam sérias devido à idade. Não tem essa de idade - tenho quarenta, então me comporto como uma mulher de quarenta. E que comportamento esperado seria esse? Tenho quarenta e sou como Liz.
comentários(0)comente



Aline Araujo 05/08/2021

um dos melhores nacionais do ano
Esse livro foi incrível! Eu amei todos esses detalhes, a Gabrielle me ganhou na escrita, nas músicas e na ambientação.

Liz é uma mulher de 37 anos, advogada, frustrada com a própria vida e com os rumos que suas escolhas tomaram.. no dia do aniversário dela surge uma proposta: tirar férias de sua própria vida, viajando no tempo para algum lugar no passado. Ela aceita e acorda em 1988. O ano da ascensão das grandes bandas de rock (das quais ela é super fã) e, posteriormente, do grunge.

Uma das coisas mais curiosas da história é o menininho Aidan, de 9 anos, que parece saber que ela é uma viajante do tempo.

Preciso urgentemente do livro 2!! (A história não terminou)

A autora me deixou com ainda mais vontade de ter crescido nos anos 80 e 90 e ter acompanhado os bastidores do rock clássico de perto.
comentários(0)comente



Silvana.Santos 23/07/2021

Maravilhoso
A Gabrielle rossa escreve um livro fantástico! Eu estou encantada com a escrita e a leitura fluente.
E se seu futuro estivesse no passado?
Imersa num cotidiano entediante, Liz recebe um convite inusitado para tirar férias da própria vida. O destino? Algum lugar do passado. Porém, a Viagem não servirá para revisitar seu próprio passado, mas sim um alternativo, interessante, em que pessoas fascinantes exerciam sua arte de uma forma mais livre, sem a patrulha do politicamente correto que define a cultura atual, vivenciando os anos de ouro do rock e pop, assistindo aos shows mais fascinantes do final dos anos 80, quando o medo do ridículo não assombrava ninguém.
A Viagem de Liz tem o intuito de beber na fonte da inspiração das pessoas extraordinárias que viveram nessa época colorida e talvez entender por que não compramos mais discos, não usamos topetes ou maquiagem com brilho. Por que não nos encantamos mais com boa música e nos emocionamos menos com as boas histórias de amor? Será que a Viagem conseguirá devolver a Liz a empolgação pela vida nos tempos atuais? Entender como o passado foi especial pode transformar o presente em tempos memoráveis?
comentários(0)comente



Natália 19/07/2021

Curiosa
Aaah terminei esse livro na força do ódio! Heheh pois não curti muito o desenrolar da história, adorei a escrita da autora mas todo o triângulo amoroso, uma mulher de 40 anos, parece uma adolescente, e os caras querendo ser dono dela ! Ahh me cansou! MAS o gancho do final me deixou curiosa para saber o final da história hehe mas darei um tempo e depois eu volto para a leitura do livro 2.
comentários(0)comente



91 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR