Assassinos de Anúbis

Assassinos de Anúbis Everton Gullar




Resenhas - Assassinos de Anúbis


13 encontrados | exibindo 1 a 13


Samara 04/06/2020

Menina dos Livros
Sáfir, Natal e Césio, 3 homens que aparentemente não tem nada em comum um com o outro, até conhecer Lauro.
.
.
.
Sáfir tem câncer no pulmão, e conta com apenas 90 dias de vida. Conformado com sua morte, desejando-a na verdade, ele tem apenas um plano em mente, e o levará até o fim.. Natal, volta à sua cidade de origem para enterrar sua tia, sua única parente viva, mas ele acaba descobrindo algumas sujeiras por lá e decide ajudar aqueles moradores antes de partir definitivamente daquele lugar. Césio, é o que destoa dos três, ele é um Mercenário, foi muito bem pago para matar uma muito importante, a questão é que a missão é praticamente suicida.
.
.
.
Lauro é o idealizador- fundador de uma espécie de liga Justiceira, os Assassinos de Anúbis. Eles tem a intenção de transformar o cenário político do país deles e do mundo, matando todos os políticos corruptos. Eles acreditam que desta forma, os políticos seguintes, pensarão duas vezes antes de fazer politicagem.
.
.
.
.
Eu preciso dizer que me diverti muito lendo esse livro. E que fiquei um pouco atônita, com algumas situações que só acontecem em livros mesmo. A propósito, eu estou chocada com o Sáfir, acontece tanta coisa com esse homem que eu não sei se comemoro ou fico triste por ele hahhahahaha.
.
.
.
O Everton tem uma escrita muito boa, ele tem um jeito só dele de te envolver na história, que parece que é um amigo teu te contando uma história. Como o foco do livro é os Assassinos de Anúbis, não temos um aprofundamento muito grande na vida dos personagens, mas sim, nas situações presentes e as motivações de cada um.

.
.
.
Eu gostei bastante deste livro, ele traz bastante ação, mas algumas cenas não me convenceram muito, ficou algo bem irreal, mas isso é questão de opinião. O livro de modo geral é muito bom e ótimo para se intercalar com leituras mais densas.
.
.
.
Espero que tenham gostado da resenha, beijos e até mais!
comentários(0)comente



DI @poesiadoslivros 10/09/2020

Reflexão sobre os infortúnios da vida
Uma pessoa com câncer a beira da morte e que de repente tem uma segunda chance, mas, será que ele quer essa nova chance? será que é válido continuar vivendo em um mundo, de políticos corruptos, prostituição infantil, miséria e tantos outros infortúnios da vida. Talvez o olho por olho ainda seja uma opção. Esse livro trata de diversos assuntos como os citados acima e que assombram a humanidade e tem piorado cada vez mais. Confesso que imaginava outra coisa totalmente diferente quando li o título e fui surpreendida positivamente com o desenrolar da história, são assuntos que fazem parte do nosso cotidiano, infelizmente. A leitura desse livro me fez refletir muito sobre esses temas e chorei ao ler sobre a aliciação de menores, não que seja uma surpresa é algo que estamos cansados de saber que existe no mundo, mas, quando lemos algo escrito com tanta profundidade, faz doer ainda mais. Indico muito essa leitura e apesar de não ser a favor dos métodos utilizados talvez assim tivéssemos um mundo melhor.Se você como eu também é uma pessoa indignada com essas injustiças, leia esse livro e reflita sobre este tema.
comentários(0)comente



babaleca 19/06/2020

Safir é vitimado por um câncer agressivo nos pulmões e se vê com os dias contados. Restam-lhe em torno de 90 dias. Para passar seu tempo, decide cultivar pés de tomate-cereja, renega qualquer tratamento ou intervenção cirúrgica. Mas, com o retorno de Juliana, seu grande amor, com quem foi casado e traído, Safir sobrevive, porém já não é mais o mesmo. Algo mudou de forma grave, ele decide marchar contra o sistema. Trilha um caminho sem volta, vivendo entre o bem e o mal.
Até conhecer Lauro, o presidente do Hospital de Transplante do Estado que percebe suas qualidades, um poderoso soldado, e convida-o para fazer parte dos Assassinos de Anúbis, organização secreta que age pelas sombras da sociedade, lutando contra a corrupção e a falta de órgãos no banco de transplantes. Os políticos corruptos passam a ser julgados por Anúbis e podem ser devorados por Ammit.
Esse livro em prendeu desde o começo. A primeira historia é a do Safir e depois vem mais historias de outros homens que também estão em uma situação difícil e acabam conhecendo Lauro e sendo convidados para ser os Assassinos de Anúbis. Cada um deles está em uma situação bem diferente mas sempre com um objetivo comum. Eu gostei muito desse livro e não vejo a hora de ler a sequência!

site: https://www.instagram.com/p/B5vuj_2D8Fl/
comentários(0)comente



Gra 25/08/2020

O livro fala sobre uma sociedade que mata políticos corruptos, o grupo formado por homens que não tem mais nada a perder na vida, e liderado por um médico cirurgião, que tenta salvar o mundo da corrupção.
comentários(0)comente



Lady 14/06/2020

Muito bom
O livro é muito bom e marcante!!
Os personagens foram muito bem elaborados e a história muito bem escrita.

Eu, particularmente, não sou fã desse gênero, mas esse livro me fez repensar isso. Ele me marcou de uma forma que eu chorei em diversas páginas.

Há muita história por trás de cada personagem. Cada um com suas vidas tristes, sem graça e destruídas que são "salvas" pelo grupo de assassinos que matam apenas corruptos.

Esse livro é muito bom! Eu iria amar tê-lo em minha estante.
comentários(0)comente



Feer Diniz 24/05/2020

Surpreendente
O livro é dividido em três partes e conhecemos três personagens.
Na primeira parte, conhecemos Safir Opal, vítima de câncer terminal no pulmão, em sua última consulta com seu médico, ele tem duas opções: fazer tratamento e cirurgia ou então ter apenas 90 dias de vida, ele escolhe a segunda opção, ele não quer tratamento. Em sua volta para casa, ele passa em uma floricultura e compra mudas de tomate cereja, que é o que dá para cultivar em até 90 dias. Uma ligação do hospital para sua ex-mulher que o traiu, ela reaparece em sua casa e acaba que a sua vida muda, ele foi submetido a cirurgia e está curado do câncer, porém ele não quer isso. Safir toma uma decisão e nesse meio ele conhece Laura, médico do Hospital de Transplante, que o recruta para ser Assassino de Anúbis.
Na segunda parte conhecemos Natal, é vendedor há 8 anos, acha que está com a vida boa, mas a morte de sua tia faz com que tem que voltar para sua cidade de origem, Nova Herz, lá reencontra pessoas de seu passado e na volta conhece Paloma, a quem lhe oferece carona e que o abre os olhos para algumas coisas na vida, ao chegar na Capital é demitido de seu trabalho, recebe uma ligação de Cassi, de Nova Herz e uma vista de Max, namorado de sua falecida tia. Com quem descobre algumas coisas e acaba tendo que voltar para Nova Herz, e lá descobre falcatruas do prefeito e também quase morre, quando está fugindo e tentando sobreviver, encontra Lauro que também o recruta como um Assassino de Anúbis.
Na terceira parte, conhecemos Césio, um assassino de aluguel e foi contratado por Milos, um empresário corrupto. Césio tem um filho que precisa de transplante de rim o quanto antes e está disposto a tudo para isso, tanto que também se torna um Assassino de Anúbis. Porém a vida antiga e a nova vida de Césio se colidem e tendo consequências.
É um livro rápido de ler, um livro que te prende, que faz você pensar os motivos que levam a isso e até concorda com os atos ali. Você torce para eles. Eu recomendo muito essa leitura e ainda é nacional. Estou ansiosa para ler as continuações.
Everton Goullar conseguiu montar uma história e juntar esses personagens com maestria. Vale muito a pena ler.
comentários(0)comente



@oilivros 24/06/2020

Leitura bacana!
Não é meu gênero favorito, mas conseguiu prender bastante minha atenção. Valeu a leitura!
comentários(0)comente



Estante Suspensa 16/08/2020

Assassinos de Anúbis
A obra em questão conta a história dos assassinos de anúbis e suas vidas antes disso. É uma narrativa divertida e instigante que nos cativa mais a cada página.

Durante o livro conhecemos a fundo três dos assassinos de anubis e suas motivações. Mas o que são assassinos de anubis? São um grupo de assassinos que acreditava que a única maneira de acabar com a corrupção era dando um fim ás “laranjas podres” da política. Ao longo do livro eles matam políticos que julgavam serem corruptos.

Eu adorei a leitura por ser rápida e divertida, acho que é um ótimo livro para sair de uma ressaca literária por ser um livro levinho. Entretanto, durante todo o livro me questionei se essa seria realmente a melhor forma de resolver as coisas, e nao consegui chegar a uma resposta.

Tiveram algumas coisas que me incomodaram nesse livro. A primeira, e mais significativa para mim, foi o jeito que as coisas acontecem, os personagens não pensavam no que iam fazer, eles só faziam, as coisas só aconteciam, sem maiores descrições. O que melhora no decorrer do livro, senti isso mais no primeiro capítulo.

Outra coisa foram as falas que às vezes apareciam entre aspas, e a vezes de forma teatral, como: “Eu - Minha fala”.

Mas no geral foi um livro que me agradou bastante. Tem personagens interessantes e curiosos o que faz a leitura ficar mais rápida. Entretanto, indico essa leitura para um público mais infantil, acho que seria o tipo de leitor que se envolveria mais com a obra.

site: https://www.instagram.com/estantesuspensa/
comentários(0)comente



Isabelaalvarenga 04/09/2020

Apaixonada!
?Foi um livro fácil de ser lido, ele não é tão grande e a escrita do Everton é incrível, eu adorei

?A parte do Sáfir foi bem pesada, fiquei angustiada em algumas cenas mas de um jeito bom sabe? O autor souber trazer aquilo de forma sincera e humana

?Achei incrível a ideia do enredo, foi muito bem pensada e é um tema importante de ser discutido

? Eu amei isso da mitologia egípcia, não conhecia muito sobre o deus Anúbis e fui pesquisar depois. Eu amo mitologia e foi incrível ver isso na leitura.
comentários(0)comente



Van Siqueira 13/09/2020

Resenha | Assassinos de Anúbis de Everton Gullar
Um país livre de corrupção com políticos honestos, que trabalham para o povo buscando o melhor em saúde e educação. Acham isso absurdo? Impossível? Não para os Assassinos de Anúbis. Eles, literalmente, lutam por um país com menos corrupção e contra a falta de órgãos no banco de transplantes.

A estória gira em torno de Sáfir, Natalino e Césio. Sáfir tem um câncer agressivo no pulmão e tem apenas 90 dias de vida. Um cara bem amargurado, foi traído pela esposa, odeia o mundo. Ele já desistiu de viver, quer morrer pra ficar longe de toda a desigualdade que o cerca. Natalino possui uma vida estável, vive confortavelmente. Recebe a notícia da morte de sua tia e precisa voltar a sua cidade natal para o enterro da mesma, mas não imagina toda a podridão que o aguarda. Césio é um assassino de aluguel, diferente dos outros dois, e acaba sendo contratado para uma missão suicida.

Quem os une é Lauro, médico responsável pelo Hospital de Transplante do Estado, um homem que mudaria a vida dos três para sempre. Lauro é o idealizador dos Assassinos de Anúbis, e ele viu em cada um muitas qualidades que serviriam para o propósito da equipe, que é matar políticos corruptos e levá-los para terem seus órgãos colhidos.

Com uma narrativa bem fluida, o livro é um excelente passatempo. O livro não é dividido em capítulos, mas a leitura flui mesmo assim. Pensar em toda essa estória na vida real, nos faz viajar. Imaginar nosso país livre de corrupção seria um sonho. Gostei das cenas de ação com bastante tiroteio e muita emoção. Uma estória bem instigante que recomendo muito.

site: https://leituraseriada.wordpress.com/2020/09/09/resenha-assassinos-de-anubis-de-everton-gullar/
comentários(0)comente



Paty 30/06/2020

O livro é divido em três partes: na primeira somos introduzidos a vida de Safir, que na beira da morte por um câncer, resolve se render, sem ver mais a beleza na vida. Com apenas 90 dias de vida, resolve deixar algo para o mundo, fora a uma floricultura e pergunta o que dará frutos nesse período. Tomates cereja.
Contudo, Safir não esperava que sua doença o pegaria antes, com tomates ainda amadurecendo e muito menos que sua vida mudaria drasticamente desse dia em diante.
Na segunda parte do livro, conhecemos Natal, que recebe a noticia que sua tia havia falecido e que deveria ir até a sua cidade para cuidar das heranças da mesma. Se dá de cara uma garota, se apaixona de primeira vista, mas a mesma o deixa.
Natal é advertido sobre o uso indevido da escola que herdara da sua tia, quando resolve retornar e saber mais sobre isso. Descobre uma corrupção profunda na cidade e decide tomar as rédeas da situação sozinho.
Já na terceira parte do livro, conhecemos o último protagonista ( e um dos mais importantes ): Césio. Seu filho precisa de um transplante, mas ainda está muito longe na fila, desesperado Césio trabalha como matador de aluguel para conseguir pagar de alguma forma o tratamento do seu filho. Césio recebe uma proposta de serviço imperdível, mas em contra partida vem a oportunidade de salvar a vida de seu filho.
Juntos, e com mais alguns integrantes, formam os assassinos de Anúbis, um grupo que decide limpar a população política corrupta e usar os órgãos para transplantar em pessoas que estão a beira da morte.
É uma leitura bem gostosa e rápida de fazer, me cativou do inicio ao fim do livro. Os personagens são bem estruturados, ainda mais o Safir, que fez com que eu tivesse muita empatia por ele e quisesse saber mais e mais durante a leitura.
Tem muita aventura e altos e baixos, assim como todo bom livro de ação. Muito bom para quando quer ler para se distrair e fugir um pouco da realidade.
A única coisa que me incomodou, mas é bem pessoal, são os diálogos. Que ora aparecem com travessão de forma convencional e ora aparecem de forma teatral: Eu- fala do personagem.


site: https://shinybubbles.blogspot.com
comentários(0)comente



viagemnaleitura 14/08/2020

Quem disse que sair da zona de conforto sempre será ruim?
A história começa com Sáfir que está prestes a morrer de câncer. Seus dias estão contados e Sáfir está ansioso para a hora chegar. Decide cultivar tomates-cereja e até sua ex mulher acaba voltando para casa com o intuito de cuidar de Sáfir. Quando simplesmente decide se suicidar em um hospital para que possam utilizar seus órgãos, conhece um homem importante que não aceita sua morte e o acaba salvando e colocando no grupo dos Assassinos de Anúbis. Este grupo tem o intuito de assassinar pessoas do meio político que são corruptos e é composto por outras pessoas que também passaram poucas e boas durante suas vidas.

O livro é separado por três partes, cada uma contando sobre um personagem que está passando por um momento difícil e por fim entra no Assassinos de Anúbis. A história é muito bem escrita e pude conhecer um pouco de cada personagem, além de que os momentos com mais ações são bem estruturados e fáceis de visualizar. Esse foi o meu maior medo na leitura, não me adaptar as cenas policiais de lutas e tiroteios, mas eu amei! Apenas tenho uma ressalva de que o livro não tem capítulos e isso talvez dificulta um pouquinho o TOC das pessoas que parem apenas quando o capítulo acaba. Como eu já sou acostumada a parar em qualquer lugar do livro, não tive nenhum problema com isso.

Já estou ansiosa para o segundo livro da trilogia, o Assassinos de Anúbis - Olho de Hórus
comentários(0)comente



Marielle @livroslidospor_mim 07/09/2020

Top demais
O primeiro livro da trilogia capital é dividido em três partes.
A primeira fala a história de Safír, que está com câncer no pulmão, tem dias contados, e não quer lutar para que possa viver por mais tempo.
A segunda fala de Natal que perdeu sua única parente viva e precisa voltar a cidade onde cresceu, para assinar alguns papéis, e se ver envolvido onde só se joga os mais fortes.
E a terceira parte é a história de Césio que é um assassino de aluguel.
Todos são recrutados para o grupo assassinos de Anúbis, onde um médico simpático é o lider.
Eles tem como objetivo matar os políticos corruptos e salvar milhares de vidas com os órgãos dos corpos dos assassinados. São os heróis de pessoas que ficam meses a espera de um transplante.

Quando são recrutados escolhem um codinome por segurança.

Adorei os personagens. Achei a Paloma hilária, garota diferente.
Quanto aos integrantes dos Anúbis tenho um preferido: Bengala.

Resenha completa no instagram @livroslidospor_mim

https://www.instagram.com/p/B79nGPXjQwk/?igshid=1rjxy1m3jps15
comentários(0)comente



13 encontrados | exibindo 1 a 13