O Clube do Crime das Quintas-Feiras

O Clube do Crime das Quintas-Feiras Richard Osman




Resenhas - O Clube do Crime das Quintas-Feiras


594 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Tina 01/12/2021

Engraçado e diferente
Gostei do livro e achei a história bem original, baseada em pessoas com mais idade para resolver casos da polícia. Também nos faz refletir sobre como vivemos nossas vidas e as coisas que nos arrependemos ou não quando ficamos mais velhos.
comentários(0)comente



mi 01/12/2021

bom, mas esperava mais
estava super ansiosa pra ler esse livro mas acabei achando a narrativa meio chata, a escrita do autor não foi um ponto que me cativou tanto...

os personagens são maravilhosos, elizabeth e joyce são tão fofas q eu tenho vontade de guardar num potinho ?? ibraham e ron são ótimos tbm e me fizeram dar uma boa risada

em geral a história tem uma premissa boa, mas a escrita do autor não me cativou tanto e algumas coisas foram tão detalhadas que acabaram me entediando
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Angélica Patriano 30/11/2021

Investigação regada a bebidas.
O Clube do crime das quintas-feiras é um livro muito gostoso de degustar.
É formado por pessoas que vivem em um ?condomínio?, onde a comunidade é formada por pessoas velhas e idosos, mas que possuem suas casas e são, em sua maior parte, independentes.
Tudo tem início quando Ian, o dono do complexo, resolve expandir os negócios para criar um novo residencial através da aquisição das terras montanha acima, pertencentes a Gordon, e da derrubada do cemitério quem existe na propriedade atual, pois era um antigo convento.
Na reunião em que ele informa sobre as obras, aparece o Padre Mackie, defendendo a permanência do cemitério e Ron vermelho cria caso para obter um pouco de emoção em sua vida, contudo, já está tudo definido e as obras irão ocorrer.
Então, Ian vendo o quanto poderá ganhar com essa expansão, e como a ambição e ganância são o que movem este egocêntrico, ele resolve dispensar o seu sócio do negócio, Tony.
Logo após a dispensa de Tony, cuja briga discreta instiga os moradores, ele é morto em sua residência, sem quaisquer sinais de arrombamento, invasão ou violência, que não ao golpe na cabeça.
E agora o Clube do crime tem um assassinato real para investigar. Conduzidos por Elizabeth, Ibrahim, Ron e Joyce embarcam nessa investigação, cada um usando seus métodos e criando uma rede gigantesca de informações, que superam a investigação policial, e também notificam as autoridades com suas descobertas.
Há muitas artimanhas e favores sendo cobrados, viagens ao Chipre, atos simples que envolvem descobertas, além do cotidiano da vida de aposentados nada convencionais, em parte.
Como dito, é um ótimo livro, com intricadas histórias e acontecimentos que são elucidados no final.
Uma ótima leitura!
comentários(0)comente



Gabriella.Helena 30/11/2021

Leve e divertido
Ah como gostei de conhecer esses 4 velhinhos! Cada um tem uma característica própria e todos são muito inteligentes. Não estava esperando que a história fosse ter grandes reviravoltas, mas fui muito surpreendida no final!

Diria que é um romance policial muito mais voltado a conhecer e se divertir com esses personagens do que sobre desvendar um crime em si. Pra mim valeu super a leitura e recomendo a quem quer um livro leve para passar o tempo :)
comentários(0)comente



Karol 29/11/2021

Uma graça
A melhor coisa são os personagens. O mistério vai se desenrolando meio sem pé nem cabeça, mas os velhinhos são MUITO CARISMÁTICOS. O diário da Joyce é genial e eu leria muitos outros livros falando desses senhores.
comentários(0)comente



nalua 29/11/2021

A vida segue em frente até não poder mais.
Eu gostaria de pontuar que esses provavelmente são os únicos velhinhos pela qual eu me apaixonei de verdade.
Apesar do maior plot ser a questão de resolver crimes e pegar assassinos, podemos nos livrar dos esteriótipos de que ?idosos são incapazes de tal coisa? e que eles possuem tantos medos e inseguranças quanto nós que somos mais novos, e que eles ainda continuam sendo pessoas (muito incríveis e engraçadas por sinal, como eu ri com esse livro).
Eu me apaixonei por todos eles, me diverti com a Joyce, ri com o Ron, me surpreendi com a Elizabeth e concordei demais com os ensinamentos do Ibrahim, e sem falar do Chris e da Donna, nossa dupla dinâmica que sofre na mão desses atentados, mas quem consegue contradizer a eles?
É uma leitura fluída e bastante leve, com capítulos curtos e rápidos (o que ajuda se você for que nem eu e só termine de ler quando se acaba o capítulo) e espero que se for ler, tenha uma boa leitura como eu tive.
comentários(0)comente



Laís 28/11/2021

Como eu quero ser quando crescer
Livro muito gostoso de ler, linguajem fácil e escrita fluida. Nas primeiras 100 páginas o autor está ditando o tom da história, então não desista se ainda nao tiver sido pego pelo carisma do quarteto do Clube do Crime ;)
A personalidade de Osman fica evidente no livro, e não dá vontade de parar de ler. Tanto que fui até os agradecimentos, e me diverti muito por lá rsrsrs vale super a pena!!!
comentários(0)comente



Lari 28/11/2021

Vai e Vem
Nossa. Que livro! Demorei a ler o que dificultou um pouco e me fez ir e vir na história.
Como em todo romance policial, começo a ler e já especulo quem será o possível assassino. Nesse, eu realmente achei que o óbvio era o acerto.
O livro é bem inteligente, cheio de vai e vem. A leitura me prendeu mesmo pouco mais da metade do livro.
Li sem muitas expectativas e isso foi algo muito positivo, pq mesmo sendo um final cheio de emoções, teria ficado um pouco decepcionada.
Esperava mais dos integrantes do clube, principalmente ao desvendar o primeiro assassinato.
comentários(0)comente



Milly 28/11/2021

Simplesmente maravilhoso!
Eu acho que esse foi o livro mais confortável que eu já li em toda a minha vida. Aí vocês perguntam: "O que quer dizer com isso?"

Bem, a leitura de O Clube do Crime das Quintas-Feiras é uma leitura serena, engraçado, convidativa demais, se não fosse a minha rotina corrida eu o teria lido em apenas uma semana. Pois, uma coisa é certa: É uma aventura extremamente viciante.

Os personagens são cativantes e pitorescos, suas experiências de vida são bem óbvias, os mesmos evitam perder tempo com perguntas e conversas vazias, ao passo se mostram tão joviais e dispostos a encarar tudo aquilo sem nem ditubiar, pelo contrário parecem estar fazendo uma coisa do dia a dia, e conseguem tornar a leitura maravilhosa com isso.

Não consigo trazer adjetivos o suficiente para essa obra. Mas fico imensamente feliz de poder ter lido a mesma.
comentários(0)comente



Sophia 26/11/2021

?O Clube do Crime das Quintas-Feiras?
Um mistério cheio de fofura e muito engraçadinho. Esse é aquele tipo de livro em que os personagens viram seus amigos. Um mais fofo que o outro! Me apaixonei por todos!

Achei o começo meio confuso e devagar. São muitos nomes para assimilar e as vezes você tem que dar uma paradinha para pensar. Pensei que iria ter que ler na força do ódio mas depois de um tempinho a história foi ficando mais clara e foi ficando mais gostosinha de ler.

O final é muito bom! Gostei do modo como terminou, embaralhou um pouco minha cabeça mas quando eu entendi tudo fez muito sentido!

Um mistério estilo Agatha Christie...

Além de o nome e a capa desse livro serem perfeitos!!!!!!!!
comentários(0)comente



Alessandra @euamolivrosnovos 26/11/2021

Instagram @euamolivrosnovos
Você poderia imaginar que um vilarejo cheio de aposentados seria um lugar extremamente monótono, e estaria certo, não fossem quatro amigos bem velhinhos que se reúnem todas as quintas-feiras para discutir crimes não solucionados.

Quando um empreiteiro local é encontrado morto, todos têm um mistério para resolver e usarão de artimanhas mirabolantes para ajudar a polícia na resolução desse caso.

O que achei?

Em primeiro lugar queria dizer que eu adoro livros com personagens na terceira idade, portanto fui com muita sede ao pote nessa leitura. Porém, não consegui curtir muito a história do meio para o final, pois acabei achando algumas coisas um pouco confusas ao longo do caminho.

O livro poderia muito bem ter o nome de "velhinhos cara de pau", pois todos são extremamente sem filtro quando decidem meter o nariz onde não são chamados, algo que poderia ter deixado o enredo divertido, mas acabou sendo um recurso exagerado, na minha visão, já que muitas coisas foram super absurdas na trama.

Entretanto, é uma narrativa super rápida. Mesmo não sendo o melhor livro do ano, me entreteve bastante e gostei de ter conhecido o autor, que já conta com o segundo volume dessa "série" lançado pela editora.

O mistério é bem elaborado e tinha tantas nuances que fui incapaz de acertar o desfecho, sendo que desconfiei de tudo e de todos. A cada capítulo mudava de ideia já que várias pistas e situações paralelas eram jogadas na história a todo momento. Essa foi a razão de ter achado as coisas um pouquinho confusas.

Mesmo assim, recomendo a leitura para quem precisa de algo rápido e interessante, mas sem criar muitas expectativas.

site: https://www.instagram.com/euamolivrosnovos
comentários(0)comente



Tatiane.Gatto 25/11/2021

Livro muito bom, personagens maravilhosos e cativantes. Tem fofura, amizade, lealdade e suspense na medida certa
comentários(0)comente



Naa 25/11/2021

Tudo conectado!
Eu amei num tanto ?. Comecei bem confusa e pedindo paciência para não largar, mas logo pegou o clima do livro e foi maravilhoso. Personagens incríveis, história redondinha e muitas lições ?. Obrigada, clube do crime das quintas-feiras!
comentários(0)comente



Sabrina 25/11/2021

Uma boa companhia
Confesso que os personagens desse livro são uma boa companhia. A trama é cheia de detalhes (até demais) o que dificulta o objetivo de quem gosta de tentar adivinhar/investigar o assassino (alô, livros da Agatha Christie), mas recomendo mesmo assim!
comentários(0)comente



594 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR