Aru Shah and the City of Gold

Aru Shah and the City of Gold Roshani Chokshi




Resenhas - Aru Shah and the City of Gold


2 encontrados | exibindo 1 a 2


Sara Férrer 21/09/2021

MEU CASAL LUTOU, PORÉM CONSEGUIU
Finalmente depois de 4 livros ELES FICARAM JUNTOS. MEU DEUS EU VOU CHORAR. Confesso que odiei ser tapeada mas duas "mortes" ou quase mortes no livro. Chorei em vários momentos e eu DEFINITIVAMENTE odeio profecias.
Eu amei muito, super recomendo e bora terminar essa saga.
comentários(0)comente



G@by 08/04/2021

Vou ali me acabar de chorar e já volto!
Tenho que começar dizendo que eu não tenho maturidade para as referências a cultura pop dessa série. Pronto, agora que tirei isso do meu peito, titia Roshani, eu sei que você já tá na metade do quinto livro, então acelera aí e lança ele para o meu aniversário em novembro, por favorzinho, nunca te pedi nada. Eu PRECISO saber como vai terminar a luta das Pandavas e adjacentes contra o Sleeper e seu exército, e eu PRECISO de mais cenas do meu ship. Eu não quero ter que esperar até abril de 2022 para ler "Aru Shah and the Nectar of Immortality". Eu juro que não sei por que eu faço isso comigo, eu só devia começar uma série depois dela tá completa, acho que devo ser um pouco masoquista, só acho. Mas em minha defesa, esse era para ter sido o último livro da série.
Bom, agora que eu já reclamei bem muito, vamos ao que eu amei em "Aru Shah and the City of Gold", mas antes tenho que dizer que nunca, em nenhum momento da minha vida eu achei que fosse me acabar de chorar pela morte de um personagem que eu estava morrendo de raiva apenas momentos antes, mas foi exatamente o que aconteceu com esse livro. Agora sim, eu amei ver os personagens que eu tanto amo amadurecendo e eu sinto como se tivesse acompanhando o crescimento de sobrinhos queridos que estão se tornando seres humanos incríveis, com suas qualidades e defeitos que demonstram toda a humanidade deles. O jeito como cada um deles lidou com a raiva de se sentirem traídos por um ente querido foi tão real e consistente com como eles foram construídos ao longo dos quatro livros. E cada vez mais a Aru percebe que ninguém é totalmente bom, nem totalmente mau e uma frase do capítulo 25 diz justamente isso:
"The good guys weren't so good. The bad guys weren't so bad."
Novamente titia Roshani conseguiu se superar e entregar um livro melhor que os anteriores. Amei cada segundo da leitura, eu ri, gritei de raiva, chorei e me apaixonei ainda mais por essa história e esses personagens. Com certeza vou adicionar essa série a minha estante física, e ainda vou reler diversas vezes cada um desses livros. E para encerrar quero dizer que o meu ship tá vivíssimo e eu tô tão feliz!
comentários(0)comente



2 encontrados | exibindo 1 a 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR