Devoradores de estrelas

Devoradores de estrelas Andy Weir




Resenhas - Devoradores de estrelas


17 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Talita 25/07/2021

Uma obra de arte
Este livro é simplesmente maravilhoso. É uma obra de arte moderna da ficção científica. Envolvente desde o início. É uma linda jornada de um cientista em busca da solução para salvar a humanidade. Porém ao longo da leitura há várias surpresas e complicações. É lindo, lindo, lindo. Me sinto tão feliz de ter concluído essa leitura. Com certeza é um favorito da vida. Recomendo para quem gosta do gênero e tem interesse e/ou facilidade com termos físicos e químicos.
comentários(0)comente



Art3mis 25/07/2021

Rocky
Eu ia dar 3 estrelas pra esse livro mas uma amizade roubou meu coração.

A ciência nesse livro é muito pesada, muito mais do que perdido em marte, mas vale relevar i que a gente não tem capacidade de entender por esse protagonista! Ele é muito maneiro!

Eu amo o humor desse autor, devorador de estrelas não é melhor do que perdido em Marte, mas é um ótimo livro. Vale ter paciência com a parte científica.
Leiam!
comentários(0)comente



Delano 24/07/2021

"Bom bom bom!"
Obrigatório para qualquer fã de ficção científica. Andy Weir mostra que é um mestre dessa nova geração. Livro viciante do começo ai fim.
comentários(0)comente



Alex 22/07/2021

Fantástico
Que livro ! Adorei cada passagem, igual ao do Perdido em Marte, diversão e ação do início ao fim, histórias reveladoras, final excelente.
Andy weir está entre os meus escritores preferidos agora, e mal consigo esperar o próximo livro.
Daniel 22/07/2021minha estante
Tem o livro Ártemis q tbm é do Andy




Leila.Miranda 21/07/2021

28 de 50
Do mesmo autor de Perdido em Marte, Devoradores de Estrelas é INCRIVEL.
Das minhas leituras de sci-fi, com certeza, essa é a obra que mais explorou os aspectos científicos, a ponto de torná-la, na minha opinião, a protagonista dessa história.
Difícil dizer qualquer coisa sobre o enredo sem spoiler, pois a cada capítulo tem uma reviravolta nos acontecimentos, um novo dilema ou uma solução que será testada nas próximas páginas.
Impossível largar o livro sem saber o que vai acontecer ao homem que encontramos na primeira página acabando de despertar, nu e sem a menor ideia de quem ele é ou de onde está.
comentários(0)comente



jael 21/07/2021

Pra quem gostou de Perdido em Marte, a leitura é obrigatória
"A humanidade pode ser muito impressionante quando decide fazer alguma coisa."
Gostei muito do primeiro livro do autor (Perdido em marte), um livro envolvente e muito engraçado, te faz querer não parar de ler pra saber o que vai acontecer, ganhou uma boa adaptação para os cinemas. Sai o segundo livro de Andy Weir: Ártemis, a hype estava lá nas alturas, e pra mim o livro não conseguiu chegar nem perto da qualidade de Perdido em Marte. E então o terceiro livro é lançado, e apesar da preocupação...sim, ele é incrível. Fui ler sabendo do mínimo (Apenas que era um Plot espacial) e recomendo a todos que façam isso.
No começo do livro o personagem acorda sem lembrar de nada e é com ele que vamos descobrindo o motivo de sua falta de memória e o que está acontecendo com a terra. Devoradores de estrelas é um livro fantástico que me fez ficar muito curioso pra saber o desenrolar da história.
.
comentários(0)comente



Sid 20/07/2021

Toca aqui
Minha nossa, que livro sensacional. Depois da decepção que tive com Artemis, esse livro prova que Andy Weir é realmente um baita de um escritor de ficção científica. A história que ele conta aqui é viciante e faz você se sentir realmente inteligente. A narrativa é crível e, por que não, plausível de acontecer em um futuro distante. A forma com que as memórias são apresentadas (junto da grande quebra de expectativa no final) gera um ritmo muito gostoso para a leitura junto dos momentos de "ação" e de engenharia. Acredito que o único pecado do livro foi o excesso de explicações científicas nos primeiros capítulos, mas logo o autor as traz de forma moderada, tirando a sensação de estar lendo um livro de física/biologia/química. O final dá uma aquecida no coração e não deixa nada a desejar, realmente um baita livro, recomendadísimo!!!
comentários(0)comente



ste 20/07/2021

Uma leitura surprendente!
Adorei este livro! O mistério, os personagens e o cenário de onde se passa a história, todos incríveis! A leitura flui muito bem e em nenhum momento me cansei do livro?Resumo da ópera, um livro que vale a pena ler!
comentários(0)comente



Beatriz.Coutinho 19/07/2021

Faltou inteligência
O meu problema com esse livro e que não sou suficientemente inteligente para entender tudo o que o livro quer passar para mim. Demorei para ler e não vou mentir, as vezes passava o olho durante as páginas. Mas mesmo assim achei interessante.
comentários(0)comente



Nana 19/07/2021

"Seres humanos são dotados de uma grande capacidade de aceitar o anormal e transformá-lo em normal."

Devoradores de Estrelas é um livro viciante e que fará com que você fique vidrado o tempo todo enquanto acompanha Ryland Grace em sua missão, cujo fracasso significa a condenação do planeta terra.

Aqui encontramos um grande problema causado por uma forma de vida - chamada de astrofágicos - que está, aos poucos, devorando a luz do sol.
O mundo todo começa uma corrida para encontrar um meio de salvar o planeta e evitar a era do gelo que está por vir.

Qualquer fã de ficção científica, que ame física, biologia e astronomia, irá se esbaldar ao ler esse livro. É muito interessante acompanhar a linha de raciocínio de Ryland Grace enquanto ele tenta resolver os problemas conforme vão surgindo à sua frente.
A trama desperta um mix de sentimentos, fazendo nos sentir verdadeiramente conectados com o personagem e sua jornada.

Mas, mais importante de tudo, faz com que eu quisesse ter prestado mais atenção às aulas de física.
De toda forma, é bastante educativo (claro, tirando as coisas que não são factuais).
comentários(0)comente



Carolina 15/07/2021

Escorreu até uma lágrima
Aviso pra quem for ler esse livro: tem muita descrição científica. Tipo, muita mesmo. Chega ao ponto da pessoa perder a noção do que o protagonista está falando. É um pouco como assistir a um documentário do discovery Chanel. A gente não entende muito bem, mas mesmo assim é divertido.

Gostei muito do livro. É mais pesado do que perdido em Marte, tanto do ponto de vista da ciência trabalhada quanto dos temas mais ?filosóficos?, digamos assim. Pra quem nunca leu o autor, eu não recomendaria começar por esse aqui. E eu entendo por que as pessoas talvez não gostem desse livro, ele é daqueles que exigem um pouco mais da cabeça do leitor. Porém pra mim ele foi muito marcante. Eu li ele muito rápido e até dei uma choradinha básica. No final das contas, eu não estava entendendo os cálculos que ele fazia e os experimentos, mas isso não prejudicou em nada a experiência. Paguei o preço da pré-venda (coisa que eu quase nunca faço) apostando que ia ser muito bom e não me decepcionei. Recomendo muito e acho que o livro daria um ótimo filme.
comentários(0)comente



Vivis 13/07/2021

Um livro que me fez querer ter prestado mas atenção as aulas
Devoradores de Estrelas é Definido como thriller científico. E eu acrescentaria distopia e drama de sobrevivência.

No livro vamos acompanhar Ryland Grace, um homem que ao acordar preso a uma cama peculiar e vários tubos conectados ao seu corpo, sequer sabe seu nome! Ao explorar sua situação e tudo ao seu redor, somos jogados imediatamente no seu pânico! Ele pode não se lembrar de quem é, porém, sua inteligência e raciocínio lógico permite que ele desvende onde está: em algum lugar misterioso do espaço orbitando sozinho e sem saber como chegou lá.

Essa é a minha primeira experiência de leitura de um livro de Andy Weir. Mas eu assisti ao filme Perdido em Marte, e pude ver algumas semelhanças. Seus protagonistas são bem humanos, porém, extremamente inteligentes e resilientes.

Sua escrita nos joga, ao lado do protagonista, sem saber o que está acontecendo, aos poucos enquanto fragmentos da memória de Ryan vão ressurgindo, temos um vislumbre da importante missão que o levou até aquela nave e não pude deixar de sentir empatia pelo Ryan.

Existem N, perguntas e todas as respostas que vamos recebendo são trágicas de certa forma. A mente brilhante de Ryan é fascinante de se observar, pois ele está com pouquíssimas ferramentas (mentais, emocionais e físicas) mas segue firme enfrentando os problemas.


?Seres Humanos são dotados de uma grande capacidade de aceitar o anormal e transforma-lo em normal.?

A narrativa vai se dividindo entre passado e presente, o passado sendo os fragmentos aleatórios de lembrança de Ryan e o presente sendo o problema a ser resolvido no espaço.

Deixei muitos detalhes legais de fora, para que sejam surpreendidos como eu fui!

?Estou me sentindo o próprio Sherlock Holmes. Tudo que vi foi ?nada?, e cheguei a um monte de conclusões!?

Indico para quem ama Ficção Científica e tramas inteligentes e complexas!

Para resenha completa:

http://www.eupraticolivroterapia.com.br/2021/07/devoradores-de-estrelas-andy-weir.html?
comentários(0)comente



@umalivresca 05/07/2021

@umalivresca
Na minha TBR do mês passado, eu li Devoradores de Estrelas, lançamento da Editora Suma.
?
O livro é uma ficção científica bem técnica. Durante toda a história, você vai ler várias definições de física básica. No entanto, apesar do livro ter muitas descrições envolvendo física, química e matemática, isso não atrapalha a história, nem deixa ela cansativa (acredita em mim).
?
Em poucas palavras, a energia do Sol está sendo sugada. Nós acordamos dentro de uma nave junto ao personagem principal, sem entender como fomos parar aí, nem qual é a nossa missão. Aos poucos, vamos descobrindo junto com ele, que a vida da humanidade está em suas mãos.

Apesar de não ser um sci-fi que eu recomendaria para alguém que não tem costume de ler livros do gênero, a história vai muito além do termos científicos, naves e planetas: o livro fala sobre humanidade. Eu chorei horrores, amei todo o desenvolvimento da história até o final, me apaixonei pelos personagens e fiquei com um dor no coração quando terminei de ler. Foi incrível
comentários(0)comente



Elvis 02/07/2021

Adoreiiiiii
Eu gostei MUITO dessa história, eu terminei o livro e não consigo parar de pensar nele. Desde o inicio me vi envolvido nessa história, desejando querer ler cada vez mais depressa pra saber aonde essa história iria parar. Confesso que achei a história um pouco lenta, mas isso não diminuiu a vontade de continuar e conhecer mais e mais do livro. Esse é um dos poucos livros de ficção cientifica que eu já li e tenho interesse em ler mais histórias por causa dele. Eu queria dizer tanta coisa sobre esse livro, mas sei que vou falar spoiler e não quero estragar a experiência de ninguem. Pra mim a parte mais maravilhosa do livro é a amizade entre Grace e Rocky. Cara eu fiquei muito apegado com esses dois personagens e só queria que tudo ficasse bem com eles. O inicio dessa amizade não me convenceu, e foi dificil de acreditar, mas aos poucos fui aceitando e me envolvendo com tudo.Gostei muito do final, achei bem interessante o final que o autor decidiu dar a história, mas senti que faltou alguma coisa( que não posso falar pra não dar spoiler ).
comentários(0)comente



Dri 30/06/2021

"Talvez seja um otimismo infantil da minha parte, mas a humanidade pode ser muito impressionante quando decide fazer alguma coisa."
Perfeito pra quem é apaixonado pela parte científica da ficção-científica, aqui tem muuuitos detalhes de matemática, física, química, cálculos, teorias, funcionamento de nave especial, densidade do espaço, gravidade, vida alienígena, funcionamento de planetas, dificuldades de se manter vivo em uma viagem espacial e inúmeros outros detalhes nesse estilo.

Confesso que isso me cansa, por isso senti várias vezes que tem muita ciência e pouca história, mas eu sei que muita gente ama exatamente essa parte. O foco aqui é a aventura do protagonista, a narrativa fala apenas de questões externas e mecânicas, ações físicas dos personagens, então pra quem gosta de ação, mais um elemento que tem muito.

Sei que tem muito público pra esse livro, eu só não faço parte dele. Até o elemento de dividir entre presente e passado tem, coisa que que eu não curto tanto, porque normalmente um perde feio pro outro. Nesse caso, o passado perde feio pro presente.

Juntando tudo isso, dificultou o meu envolvimento emocional, mas o livro é bom. Tem diálogos engraçados, a dinâmica dos dois protagonistas funciona super bem, achei que o autor escolheu um ótimo final, mesmo eu sendo super cética e não tendo muita fé na humanidade, a mensagem é bonita.
comentários(0)comente



17 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2