De gênio e louco todo mundo têm um pouco

De gênio e louco todo mundo têm um pouco Augusto Cury




Resenhas -


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Thalia.Silva 21/02/2021

De Gênio e Louco Todo Mundo Tem um Pouco
Autora(a): Augusto Cury
Gênero: Ficção
Ano de publicação: 2009
Quantidade de páginas:206
Editora: Academia
Nota:2/5

Sinopse

Esse livro conta a história de dois loucos e dois gênios superdivertidos. Um deles, conhecido como Boquinha, acha-se um grande pensador. Tem compulsão por falar e filosofar. Nada nem ninguém controla sua língua. O outro, cujo apelido é Prefeito, pensa ser um grande político. Faz discurso e pede votos em qualquer lugar, até para crianças, embora não seja candidato a nada. Ambos são especialistas em arrumar confusões. Esses dois personagens foram extraídos dos dois volumes da saga O Vendedor de Sonhos, recebida com entusiasmo em muitos países e aclamada por uma grande editora chinesa como uma das principais obras internacionais publicadas recentemente. Alguns textos dessa saga foram adaptados para compor este livro. Boquinha e Prefeito foram mutilados na infância, perderam tudo, pai, mãe, lar, amigos, proteção. Viveram de sobras de alimentos, de afeto e de apoio social. Tinham tudo para dar errado. E deram. Mas, apesar de todas as perdas, desenvolveram uma alegria e loucura contagiantes. Choro e riso percorrem as artérias deste livro

Análise

Depois que eu li o livro ?Vendedor de sonhos? eu fiquei completamente apaixonada pela escrita do autor e por um personagem em particular, o tal ?Boquinha?, e isso me fez pesquisar mais sobre as obras de Cury a procura de algo que não fosse tão ?Auto ajuda?, foi aí que eu encontrei esse livro, capa linda linda( pelo menos pra mim é) e então ele ficou na minha lista de desejados por muito tempo, até minha amiga dizer que iria comprar para mim( sim, eu surtei), e isso ainda era o tal presente de aniversário que eu ia receber dela.

Quando eu puder obter fisicamente em minhas mãos, as expectativas vieram com força, no entanto eu já estava lendo outra coisa e ele acabou ficando para depois.

Quando finalmente comecei a ler, eu percebi que a cada página que passava eu estava esperando algo parecido ou melhor do que eu tinha lido, mas foi totalmente o contrário.

O livro conta sobre a vida do Boquinha de mel, o qual no outro livro era um cachaceiro muito engraçado e corajoso, e nele se passa as aventuras deles de uma forma mais aprofundada (podemos dizer assim).

Foi cansativo, não foi tão fluido como eu esperava, não foi engraçado, senti até que ele estava, me confundindo com uma criança de 6 anos ou algo parecido. Eram coisas legais até, ele falava de uma forma de ?Aprenda com seu erros?, e nos dá uma noção de como seria uma vida com violência sem as pequenas alegrias da vida.

Enfim, eu não gostei, na maior parte do tempo minha leitura foi totalmente dinâmica, uma coisa que eu não faço com tanta frequência, é isso, minha opinião para vocês.
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1