Esaú e Jacó

Esaú e Jacó Machado de Assis




Resenhas - Esaú e Jacó


3 encontrados | exibindo 1 a 3


aura 01/11/2021

? esaú de jacó ?
recomendaria para alguém que tenha vontade de estudar para vestibular, porque ele é uma obra mais madura do Machado de Assis. para quem leu dom casmurro e entre outros antigos das obras machadianas, provavelmente não iam gostar muito pois ele escreve esta obra "esaú e jacó", na minha visão, MUITO oposto dos outros que ele já
havia escrito.
É uma obra chatinha (um pouco para mim) de se ler, demorei muito tempo para termina-lo. porém, caso quiserem estudar para vestibular é recomendável como eu já havia dito, ainda mais nesta versão da editora que tem questões de vestibular no final do livro.
comentários(0)comente



Nino 21/08/2021

Maturidade misturando toda a experiência literária produzida
Fui a este livro sem saber de nada e acabei me impressionando. Na verdade, vi alguns erros sim – por mais que seja difícil de admitir que Machado erre, dada sua posição de ícone –, mas que humano não está sujeito a eles? Jogarei as pedras para depois dar os remendos com curativos.

Alguns dos pontos principais da história já foram mostrados em outros escritos, refiro-me a alguns contos. A indecisão de Flora entre os gêmeos (Trio em lá menor); a adaptabilidade política do brasileiro, a qual não faz ele prender-se em nenhum ideal (Um homem célebre); um determinado acontecimento com o Conselheiro Aires (Mariana). Ainda assim, não desmereço a história, haja vista que, no romance, Machado trabalha tudo com uma maior profundidade que apenas com um espaço mais longo de texto é possível se executar.

A narrativa deixa a desejar em prender o leitor. A insistência no ponto dos amores de Pedro e Paulo com Flora é interessante, porém decai um pouco a partir do momento em que os gêmeos não são tão desenvolvidos ao longo da história quanto a moça, transformando isso em algo cansativo. Comparado aos ciclos da trilogia clássica (Bentinho e Capitu; Cubas e Virgília; Sofia e Rubião), Esaú e Jacó não chega a atingir um ápice que Machado demonstrou ter.

Contudo, é necessário salientar que é um caso de amor interessantíssimo: Machado tomou a insistência romântica – aquilo de permanecer querendo o mesmo amor mais e mais – e combinou às intempéries da realidade, à indecisão, ou, para ser breve, à imperfeição humana.

Os personagens apresentados são incríveis. Fizeram-me pensar, inclusive, que esse é um romance de alheios: não uma história sobre protagonistas, mas sobre o que cerca os protagonistas. Aliás, insisto neste ponto: o que cercava os protagonistas realmente foi comentado com avidez, ironia e uma boa dose de crítica séria. O livro aborda momentos históricos do Brasil, tais quais a promulgação da Lei Áurea(1888) e a Proclamação da República(1889), mostrando que o Bruxo do Cosme tinha, sim, opiniões políticas que entregava para a burguesia rir e, em sua genialidade, fazer a elite carioca gargalhar da própria cara e estupidez inumana.

A impressão final que tive – não posso afirmá-la como certeza, considerando que não li Memorial de Aires – é que Machado tinha uma nova trilogia realista em mente, sendo esta obra a introdutória. Entretanto, é apenas uma opinião: vai saber o que aconteceria se o homem vivesse por mais alguns anos, já que, como ele disse no próprio livro:

"Conte mais com o imprevisto. O imprevisto é uma espécie de deus avulso, ao qual é preciso dar algumas ações de graças..."

Caso alguém precise de comentários acerca da edição, ela tem alguns erros de digitação que não incomodam no ponto de compreensão textual, mas realmente deixa a desejar no cuidado que todo bom editor deve ter.

Boa leitura!
comentários(0)comente



Dani 29/11/2021

Refinamento da escrita machadiana
Esta é, na minha opinião, uma das melhores obras de Machado de Assis; fluída, satírica e com um senso de humor muito refinado. Além de ser muito atual, pois levanta questionamentos, sem, entretanto, discuti-los profunda e explicitamente, sobre poli amor, polarização política, face news, etc.
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR