Era de Sombras e Lembranças

Era de Sombras e Lembranças Natalia Avila




Resenhas - Era de Sombras e Lembranças


82 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


darkindly 25/07/2021

Surpreendente!
Todas as pessoas precisam dar uma chance para essa fantasia maravilhosa e que chegou pra desestruturar muitos corações, incluindo o meu.

O livro é de uma autora brasileira, o que dá ainda mais quentinho no coração, pois a escrita foi maravilhosa e não deixa NADA a desejar.

A forma como a história foi criada e desenvolvida, foi com muito cuidado e isso é notável em cada página lida. É incrível como a Natalia conseguiu fazer a união e a transição entre o mundo em que vivemos e um mundo completamente diferente, onde a magia é mais do que real, completamente palpável.

Cada personagem tem uma personalidade única e bem construída, você consegue visualizar as ações baseada na personalidade de cada um e consegue amar (ou não) cada um com uma união de motivos e atitudes.

Eu terminei o livro desesperada, tendo amado, desconfiado e odiado eventos e pessoas aleatoriamente no meio do caminho e o final... Até agora estou impactada.

Preciso urgente da continuação desse livro e vocês precisam urgentemente ler ele!!!
Mariane 31/07/2021minha estante
Pretendo ler agora em agosto


Lyla 05/08/2021minha estante
to lendo e to amandoooo ?


Udirlei 06/08/2021minha estante
Lerei em breve. Já está no Kindle


Madu 25/08/2021minha estante
Vontade de ler, qnd eu li a sinopse eu achava q a protagonista era esquizofrênica KSKAKKAKJ coitada man, até eu ler as resenhas.


bia 31/08/2021minha estante
amiga você shippava ela com o Blaze?? Porque eu NÃO consigo shippar, misericórdia


Mharia 02/09/2021minha estante
Tem pdf?


Mharia 02/09/2021minha estante
Vc leu por onde?


darkindly 10/09/2021minha estante
Mharia, eu comprei o livro! A autora vende ele em versão física. Mas além disso tem na Amazon no KU.


darkindly 10/09/2021minha estante
Madu, socorro KK


darkindly 10/09/2021minha estante
Bia, no começo eu shippei sim, não nego. Mas depois que ela voltou pro reino dela........... Difícil. Mas o final me deixou de boca aberta e eu já tô louca querendo saber o que vai sair daí.




mcah 19/08/2021

Muito bem escrito, mas esperava um pouco mais
Gosto de começar pelos pontos positivos, principalmente quando eles valem muito a pena. A escrita da Natália é linda, fluída e delicada. A forma como ela constrói personagens é dinâmica, eles possuem vozes tão diferentes que é fácil distingui-los mesmo sem apresentação.

Isso e a construção de mundo me conquistaram, as relações criadas, principalmente no início. Porém, achei o miolo do livro meio maçante, o que atrasou minha leitura.

Eu esperava mais do lado fantástico da obra, além da dinâmica dimensional. Não senti equilíbrio entre romance e fantasia, pesou muito mais para o lado romântico. Entendi esse primeiro livro como uma apresentação, uma forma de a personagem lidar com seus dilemas e mostrar seu verdadeiro eu na sequência. Mas o lado mágico da história, coisa que deveria ter sido contado mais no início, veio acontecer nos 70% do livro.

E não foi como se eu estivesse procurando nas entrelinhas descobrir esse mistério. Porque foi uma informação básica de mundo que normalmente esperamos conhecer no início da leitura. Outra coisa que me incomodou muito foi não ter tensão suficiente nos acontecimentos trágicos para que eu sentisse medo pela personagem, ou sequer considerasse um vilão. Senti que os acontecimentos dos últimos 30% foram corridos demais, e muito facilmente resolvidos.

Novamente, vejo o lado positivo da dinâmica, que foi a evolução da personagem, sair daquela "quem eu sou?" para "eu sou isso e posso fazer isso". Mas, considerando ser uma fantasia, eu esperava um pouco mais. Como romance, é perfeito.
comentários(0)comente



Fran 21/08/2021

Vou dizer por que abandonei.
O livro para mim, não funcionou.
Não funcionou só em algumas partes, sabe? não funcionou em absolutamente tudo.
Eu fiquei chocada nos erros de roteiro desse livro, a coesão textual ficou com Deus em algumas partes, principalmente na troca de pensamentos que a Lunara fazia. Em uma hora estava suspirando em uma pessoa e literalmente no paragrafo seguinte, ela estava me dizendo o quanto estava mal por outra pessoa. Simplesmente não tem coesão textual. E isso vindo de uma pessoa que propoem aulas de escrita por mil reais é muito, muito preocupante. A parte comtemporanea até que passa batido, você rir em algumas coisas, pq é realmente bobo, feito para YA, sendo que a saturno me vendeu como um NA, que foi outra coisa que me incomodei, mas quando ela volta para a cidade, vulgo fantasia, não faz o menor sentido. A garota me some POR ANOS e ninguém contesta, ninguém pergunta, é só "Oh vossa majestade" onde está a verossímilhança que o Assis Brasil sempre diz em livros? Não vou nem dizer sobre como é surreal as respostas que ela me dar, parece que a Natalia simplesmente não sabe a verdade do proprio livro.
Normalizem abandonar, normalizem dizer por que vocês não gostaram. Faltava literalmente 50 paginas para terminar e não me convenceu, não me gerou empatia, para mim se todo mundo ali morresse ia ser um grande... nada. Não gerou nada e isso é um erro muito grave. Enfim, pelo menos ele é bonito.
Beca 30/08/2021minha estante
Eu tô muito triste comigo mesma, eu tentei muito gostar e já estou com ele a duas semanas tentando, cheguei no meio do livro e hoje resolvi deixar, assim como você eu não consegui me ligar ao livro também ?


Paula 31/08/2021minha estante
Pois é, eu também :/
Gerou um nada mesmo.


nalu 31/08/2021minha estante
adorei sua resenha! pensei em abandonar também, porque toda hora que a história dava indício de que algo ia acontecer NUNCA era desenvolvido. Ela volta pro mundo de fantasia e ninguém se importa para onde ela foi (ninguém pressiona ela pra falar??). Ela é sequestrada e pra não escrever essa cena ela só ?apaga? e ?acorda? já salva. Cenas de luta? Mesma coisa. Cenas de discussão política? Não existe. Eu senti que prometeu muito e não entregou. Achei os diálogos muito forçados e ?? tem 3 interesses românticos em um livro de menos de 300 páginas no KU. Acaba que nada deu tempo pra desenvolver. A escrita é bem amadora e me surpreendi o mesmo que você, porque eu li o livro justamente porque sabia que ela dava aulas de escrita. Personagens não tem química entre si, sequer tem falas, tudo bem estereotipado por causa do uso do ?dizer e não mostrar?; e eu odiei a protagonista, ingênua e apesar de ser rainha não tem a mínima ideia do que está fazendo apesar de que existe milhares de pessoas que dependem das decisões dela. Não só a personagem ficou perdida mas o livro em si também, não parece fantasia nem romance contemporâneo, ficou uma mistura dos dois e os dois não tão bons assim.


Paula 31/08/2021minha estante
Ah. E só uma coisa gente. Eu fiz o curso da Natália, e achei bem legal. O curso não é ruim não. As vezes a pessoa é boa pra ensinar, mas na hora dela fazer não rola muito bem.


nalu 31/08/2021minha estante
sim, pode ser isso!! eu amo a Natália, só o livro que não rolou, mas isso é a minha experiência


Aline 31/08/2021minha estante
Nossa gente, eu adorei o livro, gostei bastante. Sério que vcs não gostaram ? ?


Beca 01/09/2021minha estante
Sim amg, eu tentei mas não consegui fazer funcionar para mim, acho que foram minhas expectativas, eu estava super empolgada e me decepcionei, aí não consegui me apegar ao livro.




Mandy 04/09/2021

Criativo, mas um pouco raso
Gosto de acompanhar a carreira da Natália neste mundo literário, desde quando passei a acompanhar seu trabalho pude notar sua esperteza e imensa criatividade para fantasias.
Infelizmente este livro não me cativou tanto, vim cheia de expectativas nele.

Falando logo pelo começo da história, achei que demorou um pouco para que eu sentisse que estava em uma história de fantasia. Por mais que seja interessante apresentar os elementos da realidade que a Lunara estaria vivenciando, pareceu que aquilo não iria me levar a lugar algum e senti que estava consumindo informações desnecessárias demais de um enredo distoante da proposta. Imaginei que sua curiosidade pela outra realidade pudesse lhe atormentar em muitos sonhos, alucinações ou em fatos bem presentes que nos fizessem pensar "uau, há algo mágico acontecendo aqui" ao invés de ter a sensação que estou lendo apenas histórias de um cotidiano escolar de adolescentes em que a protagonista apenas tem uma rasa curiosidade sobre sua outra realidade. Sem falar que a Lunara fala tanto sobre si, que é sonhadora, que se sente uma incógnita a ser desvendada, não parece algo natural quando se tenta forçar isto tantas vezes.
Outra coisa que me incomodou bastante foi quando ela conseguiu voltar para Montecorp. Ninguém desconfiou que ela poderia ser alguém disfarçada dela mesma para tomar o reino? Ela chegou e simplesmente foi ok dar suas ordens, não pareceu que ela sumiu durante tantos anos do nada... Achei realmente que ela seria considerada uma traidora, que as pessoas iriam odia-la por terem lhes abandonado, mas senti que o caos após sua partida ficou raso, assim como sua volta. Sem falar que ela não teve tempo de reinar direito como rainha, mas já chegou se impondo como uma sem ser muito questionada. Talvez tenha haver com algo da cultura deles, mas fiquei meio intrigada com a volta dela.
Outro ponto que não curti muito foi quando ela começou a utilizar seus poderes pela primeira vez, ela pareceu simplesmente conseguir usar, além que seu treinamento não tinha mestre, era só ela...
Os personagens achei bem rasos, o romance me pareceu meio forçado até, ficou tudo rápido demais e não consegui me cativar com eles. A própria Lunara parece quase perfeita demais para criar alguma empatia e torcer por ela, já que qualquer situação ela se sai bem, por mais impossível que seja é só pedir favor aos céus que parece resolver misteriosamente. Em algumas cenas cativantes queria ver mais a fala construída dos personagens, suas particularidades, e não apenas uma narração rasa pela visão da protagonista.
E pra finalizar, me incomodei em várias passagens que a Lunara tomava uma decisão apenas por "sentir". Parecia um pouco irreal. "Por algum motivo acho que eu devia fazer isto" daí ela fazia e uou, alguma surpresa! Quem imaginaria?

Por outro lado, amei demais o vilão, não esperava por ele. Isso explicou um pouco que talvez seu reinado esteja passando por um golpe internamente sendo feito aos poucos com cautela para algo maior. Gosto do fato de ao menos ela ter alguns 2 defeitos (por mais que nao pareça tão trágico)....
Adorei a criatividade da história, a forma como o unicórnio foi abordado, a Floresta, as lendas, a escrita poética.

Com certeza irei ler o outro livro pois espero que possa surgir algumas novas explicações, visto que eu perdi as contas de quantas vezes acontecia algo estranho e a Lunara apenas dizia "Depois eu vejo isto."
Para uma primeira publicação independente de alguém tão criativa, inteligente e cheia de magia, tenho certeza que obras incríveis virão desta autora e que isto é só o começo. Para quem gostaria de se aventurar pela primeira vez em uma história de fantasia essa obra de encaixa bem!!
comentários(0)comente



giu 16/08/2021

dois mundos, uma rainha
Se a história foi feita para quebrar padrões, expectativas e fazer nos apaixonar pelo Conto Perdido de Montecorp - objetivo atingido com sucesso.

Lunara é uma personagem cativante com um senso de humor que te prende desde o início, principalmente nos diálogos perfeitos! Além de ser inteligente e ter um coração bom ~sabe aquele tipo de rainha que quer colocar seu reino todo primeiro, mesmo que ela precise sofrer para isso?

Luna também tem um melzinho que eu adoraria saber a receita, porque homens lindos, charmosos e divertidos caem aos seus pés sem ela nem precisar usar a carta de Majestade. E eu mal posso esperar para descobrir com quem nossa rainha vai ficar ?

As revelações são bombásticas e a jornada da Luna é repleta de desafios e criaturas mágicas, algo que encanta - principalmente tão bem intrincado com a escrita poética da autora.

Era de Sombras e Lembranças: a
Eu: Siri, abra o spotify e toque Claire de Lune no repeat.
bibi 25/08/2021minha estante
meu deus eu preciso que outubro chegue pra eu ler com o clubeeeeeee




Thais Lima 30/09/2021

Muito potencial desperdiçado
Eu já tinha visto várias vezes essa autora aparecendo no Instagram pra mim, divulgando o curso de escrita criativa dela, e fiquei bastante curiosa pra ler o livro dela. Afinal, se alguém está dando aula, é porque é bom no que faz, certo?

No Tik Tok dela, vi um vídeo dela divulgando o livro dela, fazendo um breve resumo, e foi nesse momento que eu decidi que ia aproveitar meu Kindle Unlimited e ler esse livro. A premissa da história me encantou e me deixou muito curiosa, e por isso imediatamente fui atrás e comecei a ler.

A verdade é que a única coisa boa desse livro é a sinopse dele.

A ideia tem um grande potencial, tinha absolutamente tudo pra ser uma grande história de fantasia, mas a autora simplesmente decidiu amassar a ideia brilhante que teve e jogar no lixo, e desperdiçar o livro dela em um romance barato que não convence ninguém, principalmente porque a protagonista dela é tão volúvel que ela se apaixona TRÊS VEZES no mesmo livro. Um desses romances dela (o último) acaba sendo tão bizarro pela relação parental que ele tem com o primeiro romance dela. Inclusive, essa protagonista é tão chata que ler o livro pela perspectiva dela foi um tormento. A garota tem 20 anos mas age como se fosse uma garotinha de 13. Ela fica de mimimi porque o povo dela respeita ela só por ela ser rainha e tem inveja de uma pessoa que tem o amor genuíno do povo. Mas ué, ela ficou 20 anos afastada do reino dela e queria ser amada pelo povo sendo que eles não tinham nenhum motivo pra isso? Insuportável.

O livro se foca muito pouco em explorar a dualidade dos dois universos em que a protagonista se vê presa, passa mais da metade sem acontecer absolutamente nada que acrescente na história, você fica esperando que os dois mundos comecem a se fundir e isso seja explorado, que ela comece a investigar quem ela é de fato e o que está acontecendo. Mas a autora desperdiça muito tempo num romance idiota com um cara do prédio da Luna, e decide simplesmente mandar a Luna de volta pro mundo dela, do nada, na metade do livro. Aparece uma vidente estranha que ninguém sabe quem é, e a Luna simplesmente ACREDITA nela e volta pra Montecorp. Ela nem duvida, ou pensa que a mulher é louca ou que ela tá enlouquecendo.

NADA tem desenvolvimento nesse livro. As coisas simplesmente acontecem. Você pensa que vai melhorar quando ela volta pra Montecorp, mas só piora. São várias cenas sem sentido que só enchem páginas de nada com coisa nenhuma. Até o final desse livro não faz o menor sentido, a autora simplesmente percebeu que precisava terminar o livro e inventou uma jornada de última hora com um dos amores da Lunara e uma garota aleatória que até então não tinha aparecido que simplesmente decidiu que queria se arriscar. Por quê? Também não sei.

Não sei se eu que fui com muita sede ao pote, ou se o livro é simplesmente ruim. Tinha pegado outro da autora, que ela lançou recentemente, mas sinceramente? Vou deixar pra lá. Se for igual a esse, eu vou ficar com uma ressaca literária terrível.
Maria.Clara 01/10/2021minha estante
Tô terminando esse livro e tenho a mesma visão que você


Nabia 04/10/2021minha estante
Nossa! Isso da personagem agir como uma adolescente é muito real. Li só 20% e já me incomodou.


Vivi 05/10/2021minha estante
Você não poderia ter descrito melhor




nina 22/08/2021

5 estrelas favoritado
gente do céu no começo eu tava até frustrada pq achei que ia ser mais uma fantasia que foca mais no romance que em qualquer outra coisa, mas NÃO!
Favoritei sem pensar duas vezes e já quero ir bater na porta da Natália Ávila pra cobrar a sequência!!!!
O QUE FOI ESSE FINAL E ESSE EPÍLOGO MINHA GENTE?????
maravilhoso, incrível e tenho orgulho de termos um livro nacional desses.
bia 31/08/2021minha estante
amiga, deixa eu te perguntar, você shippo ela com o Blaze? Porque meu Deus eu NÃO consigo, apesar deles serem fofos, não dá?..


nina 31/08/2021minha estante
nossa, NÃO! Em nenhum momento kkkkk não sei o que rolou, acho ele um fofo, mas só... sei lá, até me irritou que ela tava focada demais nesse romance


bia 01/09/2021minha estante
nossa ainda bem que não é só eu que pensa assim! Espero que apareça outra pessoa que tenha mais química porque olha?..




mams 01/09/2021

Uma história ok
Eu dei 2,5 estrelas para esse livro porque acredito que muitas pessoas podem encontrar nele uma leitura divertida, despretensiosa, que proporcione uma distração, apesar de eu não ter gostado tanto da experiência de leitura.

A premissa da história é bastante atrativa e interessante. Eu, particularmente, gosto muito de ler sobre dimensões paralelas e  sonhos que se confundem com a realidade. Natália usou essa base para criar seu livro e posso dizer que ela foi bastante feliz na escolha desse tema. A autora utiliza uma narrativa poética que, por vezes, é belíssima. Seus textos são bastante floreados, com descrições muito bonitas dos ambientes e situações. Algumas frases do livro merecem ser grifadas e anotadas, de tão lindas.

No entanto, percebo que essa narrativa, em alguns momentos, fica bastante tumultuada. A autora tenta criar camadas de adjetivos e sensações que acabam por fazer um texto carregado demais, um pouco confuso até, o que acaba por deixar a leitura mais lenta. De vez em quando precisei parar e reler para compreender o que a autora quis dizer em alguns parágrafos. São cores, que são sons, que são cheiros, criando uma sinestesia bastante complexa, mas não necessariamente de um jeito bom.

Os personagens não são muito bem construídos. Todos os personagens masculinos, além de serem todos interesses românticos da personagem principal (com exceção do pai dela e de uma esfinge), são praticamente a mesma pessoa: todos são bonitos, altos, e tem algum sentimento de proteção ou cuidado em relação à Lunara. As únicas diferenças entre eles eram a cor do cabelo e a cor dos olhos. A própria Lunara é uma personagem que não desperta nenhuma empatia. Ela não tem nenhum defeito significativo além de ser mimada e teimosa, o que a torna irreal demais. Quando começa-se a especular o fato de Lunara ter algum poder mágico, ela consegue utilizar esse poder sem nenhum esforço além de chorar e pedir por favor. Mesmo sem treinamento, mesmo sem nem saber que possuía esses poderes, ela consegue acessá-los sem qualquer dificuldade. É uma personagem rasa, meio chata até. É difícil até mesmo de torcer por ela, porque não há muito pelo que torcer.

O texto possui alguns erros ortográficos e de concordância. Acredito que, por ser uma publicação independente, não tenha sido feita uma revisão detalhada ou uma leitura crítica. Algumas frases começam de um jeito e terminam de outro, como se a autora tivesse mudado de ideia sobre como escrever uma passagem, mas tivesse esquecido de apagar uma preposição ou um verbo, sobrepondo as ideias e deixando o texto um pouco poluído. Alguns conceitos e ambientações também ficaram estranhas, a ponto de dar um nózinho na cabeça enquanto eu lia e tentava imaginar o cenário (por exemplo: em um momento a Lunara está em uma sacada, mas ai ela se dirige a um rio, sendo que sacadas ficam necessariamente acima do nível do chão. Ou seja, a Lunara pulou o guarda corpo e caiu de uma altura de dois andares para ir ao rio?). Existem também contradições nas falas das personagens de um capítulo para o outro, o que, de novo, acredito que se dê pela falta de uma boa leitura crítica/betagem.

Tive dificuldade em entender o real conflito pelo que a personagem principal está passando. Parece que o conflito, a principio, é ela estar vivendo em uma realidade semelhante à nossa, mas com memórias de um outro mundo e outra vida, com castelos, cavaleiros e dragões e não saber o que é a verdade. Mas em outro momento, parece que a autora mudou de ideia e a grande questão muda para qual o destino que ela escolhe seguir, que escolhas ela fará. Depois, parece que o conflito é mais relacionado ao romance, aos interesses românticos da Lunara em uma realidade e em outra. Apesar da autora afirmar que o foco do livro não é o romance, ele foi o que mais me saltou aos olhos durante a leitura. O conflito interno da personagem sobre ela querer ou não ser rainha ficou em segundo plano ao meu ver, e ele só é apresentado de fato quando a leitura já está bem avançada.

Resumindo: para o meu gosto pessoal, esse livro não foi muito bom.  Eu não recomendo essa leitura para quem já tem muito contato com literatura fantástica ou que goste de histórias como O Senhor dos Anéis, O Hobbit, Guerra dos Tronos ou Harry Potter, porque a trama e o desenvolvimento dos personagens e do próprio enredo são bem mais simplórios (diria quase bobos) que os presentes nessas obras. Acredito que essa seja uma boa leitura para quem não costuma ler fantasia e gostaria de começar a consumir esse gênero, por ser um universo bastante simples, com conceitos fantásticos bem primários. Eu entendo as referências da autora, sei que ela se inspirou em fantasias épicas e nos livros da Sarah J Maas, mas, para mim, não chegou lá. Tenho certeza de que ela irá evoluir e crescer cada vez mais em sua escrita, corrigindo suas falhas e aprendendo com seus erros. O esforço e o trabalho da Natália, de ter lançado um livro de maneira totalmente independente, devem ser reconhecidos e aplaudidos, independentemente de gosto. Ela queria escrever a história que gostaria de ler e foi o que ela fez.
Sarah.Amorim 02/09/2021minha estante
Nossa, você arrasou! Comecei essa leitura já tem uns dias, mas estou meio perdida na história e sem gostar de absolutamente nenhum personagem. Achava que ia melhorar, mas depois de ler sua opinião estou inclinada a abandonar esse livro.


mams 03/09/2021minha estante
Ah mas não acho que vc tenha que abandonar, não! Vai que vc gosta mais chegando ao final? É que pra mim realmente não clicou, mas tem várias pessoas que gostaram ?




leticomlivros 25/08/2021

Fantasia Nacional do mês!
Nunca sei botar título de resenha, mas como sempre, venho falar sobre mais um livro finalizado.
Vamos acompanhar a história de Lunara, uma rainha "perdida" do seu reino. A história começa num mundo normal até você entender da onde Lunara e seus sonhos realmente vem!

A escrita desse livro é fluída e bonita. Para mim, os "enfeites" na escrita em nada atrapalharam meu ritmo de leitura, afinal, eu li Estilhaça-me KKKKK. Gostei muito da ambientação e do plot da rainha que se perdeu do seu reino até encontrá-lo anos depois.

A partir daqui, pode conter spoiler:
No entanto, eu senti que faltou um pouco de "background" para a história, senti que ela segui um ritmo mais acelerado do que eu estava preparada, e por isso, ainda senti que faltou alguma coisa para eu me conectar com a protagonista e entender seu passado.

Acredito que esse seja o primeiro livro de outros que virão sobre essa história e que por isso, acabou sendo mais introdutório que eu pensei. Realmente, muitas perguntas ficaram no ar e aqui são algumas delas pra eu mesma lembrar quando lançar o próximo:
1. Lunara vai chegar em Cinaéd?
2. Dax é confiável (eu estou rendida por ele, mas sinto algumas dúvidas)
3. Da onde vem o poder da Luna?
4. Caleb realmente é o traidor (senti q essa revelação aconteceu muito de supetão, quase não entendi e tive que reler pra pegar o que tinha acontecido)
5. Blaze está na mesma "dimensão" que Luna, Dax e Zoey?
6. Viria um triângulo amoroso no próximo? (eu espero que não KKKK)
7. A Luna vai voltar pro mundo "comum"? Ele realmente existiu?
8. Por que o Dax admira tanto a Luna (achei q ainda faltou uma história que desse um melhor suporte pra ele)
9. Eleonora e Dimas seriam eles vilões? (pouco foram mencionados)

Enfim, muitas questões. Acredito que a Naty ainda vai poder trabalhar com muitos elementos dessa história e deixa-la ainda mais completa nos próximos que virão. Apesar de ter sentido falta de mais páginas que dessem um suporte de passado melhor para os personagens, com certeza lerei as continuações, acho q tem muito potencial de ficar ainda melhor!
comentários(0)comente



Unicórnio Intergalático 16/10/2021

Pior do que esperava
Li alguns livros ruins esse ano, mas esse conseguiu se superar. 400 páginas de nada, pura enrolação, decisões criativas ruins, hot poético sem necessidade, personagens mal construidos e chatos, uma trama que não leva a nada e ainda vai ter continuação, pois não foi concluído (sem necessidade alguma), além do enredo e a escrita serem chatos.
Você acha que vai melhorar em algum momento e isso não acontece. Perda de tempo. Pessimo.
comentários(0)comente



Moriart 05/09/2021

Raso
Queria ter amado o livro, pois acompanho a autora no instagram e sou fã dela, mas infelizmente o livro não funcionou para mim. E não pela história, young adult é meu gênero favorito e achei a ideia simplesmente fod*, mas deixou a desejar na execução. Os personagens são rasos, as relações mais ainda. A protagonista se apaixona por todo mundo do nada e simplesmente não há dificuldades na jornada dela, tudo parece fácil demais.

A revelação do vilão, que poderia ter sido boa, foi tão jogada do nada que eu fiquei ''hmm, ok.'' O enredo tem vários furos também, como a rainha voltar depois de 20 anos e ninguém falar um A sobre isso. Protagonista mimada e chata, rasa, sem desenvolvimentos. Acho que uma betagem mais exigente resolveria os maiores problemas do livro, pq a escrita da autora é bonita e com potencial.

Vou ler o segundo pq esse foi o primeiro romance dela, então imagino que o próximo será melhor.
comentários(0)comente



Beca 30/08/2021

Infelizmente uma questão de expectativa vs realidade.
Sabem aqueles livros que a gente lê a primeira página, sente um frio na barriga e que precisa continuar? Pois é, esse não foi o meu caso.
E eu tentei muito, fiquei duas semanas com o livro antes de desistir, talvez a culpa seja da minha expectativa alta, porque a premissa da história é muito boa, a capa é maravilhosa e o nome da protagonista é lindo mas a realidade foi que eu simplesmente não consegui me conectar com o livro.
Sabem aquela sensação de artificialidade? Foi isso que eu senti, eu sei que é um livro de fantasia e o próprio nome já sugere que não é real, mas acredito que a mágica de livros desse gênero é conseguir fazer com que o leitor, mesmo que por um momento, pareça estar em outro universo, e que ele pareça verdadeiro!
Então desisti, porque não consegui me apegar aos personagens, o enredo não me prendeu, não consegui me aprofundar no mundo e do meu ponto de vista a escrita não deixou o livro fluído. Em resumo, o livro não funcionou para mim mas pode funcionar para você.

Obs: Apesar de tudo vou dar uma estrela porque a capa é realmente linda.
comentários(0)comente



Paty 02/10/2021

Tem muito o que melhorar
Acho que a história poderia ser melhor explorada, o final ficou aberto demais para uma continuação, as cenas tem os locais muito detalhados e as roupas também, o que me cansou um pouco. Quase desisti da leitura. E terminei de ler me arrependendo de ter começado e continuado.
comentários(0)comente



Milla 10/09/2021

Não consegui me conectar
Já tem um tempo que acompanho o trabalho da Natalia no YouTube e quando ela avisou o lançamento do livro eu fiquei eufórica, com expectativas altíssimas... o que provavelmente contribuiu para a sensação de anticlímax que tive durante a leitura.
Eu amei a proposta do enredo e do universo, mas infelizmente não consegui me conectar com os personagens ou me sentir presa durante a leitura.
Apesar de ter sido um esforço concluir esse livro, o final me deixou intrigada e realmente acredito no trabalho da Natalia, então pretendo ler o próximo.
comentários(0)comente



Maria.Clara 02/10/2021

Legal, mas raso e tem um vários nada de acontecimentos relevantes que instiga a ler. Ao contrário a isso tem pontos soltos que são jogados sem serem explicados. Me senti desconfortável com a relação da Luna com sua última paixão ( não porque foi tóxica), mas além de superficial como os outros( LEMBRANDO QUE ELA SE APAIXONA 3 VEZES) e acontece literalmente do nada, esta em específico tem um PARENTESCO com a primeira paixão. Para mim não funcionou, mas quem saiba funcione para você.
comentários(0)comente



82 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR