Pelos olhos da Alma

Pelos olhos da Alma Elissande Tenebrarh




Resenhas - Pelos olhos da Alma


2 encontrados | exibindo 1 a 2


Kelly Oliveira 13/07/2021

Leitura gostosa
Acabei de ler. Gostei muito.
Ela não sabia de nada da vida, mas tinha coragem e vontade de viver.
Ele mesmo falido tinha honra e sempre desejou o melhor para ela. Mesmo o plano de Jane tenha dado errado para ela. Deu super certo para nosso casal. Melhor coisa desse casal e que nunca teve desconfiança.
Entendo o que o pai fez por medo de perder a filha e nao saber o que fazer. Já que estava falido antes de morrer. Amie a vo dele. Livro rápido de ler e que prende.
comentários(0)comente



@sonhandohistorias 20/07/2021

#resenha - @sonhandohistorias
Bárbara é uma mocinha com longos cabelos loiros e uma beleza exuberante, que permaneceu a vida inteira isolada e protegida do mundo no castelo em que morava, por conta de um sério problema de visão. Conhecendo pouco do mundo e com suas limitações, viu sua vida mudar completamente com a morte de seu pai e com o aparecimento de um desconhecido alegando ter herdado seu castelo.

Entretanto, esse desconhecido é nada mais, nada menos que Ephraimum, um barão endividado, que encontrou nessa herança uma chance de se reerguer. Mas ao conhecer Bárbara e sua história, toma como sua responsabilidade ajudá-la, decidindo então, levá-la para Londres para construir um futuro e, possivelmente, arrumar um casamento para sua protegida.


Conhecemos a história dessa mocinha, indefesa e inocente, que permaneceu sem saber quase nada sobre o mundo até o falecimento do pai. Após seu encontro com Ephraim, vemos esses dois se encantando um pelo outro e, mesmo sabendo que não devem se envolver, vão acabar em uma situação comprometedora e obrigados a se casar (não é spoiler). E como nem tudo são flores, temos uma vilã que engano o leitor ? e o casal ? e que nos proporciona uma boa reviravolta.

Bárbara foi uma mocinha que, durante boa parte da história, precisou se habituar, aprendendo tanta coisa e se sentindo constantemente vulnerável. Mas apesar dessa mudança brusca de vida e seu problema de visão, ela mostrou uma e outra vez sua garra e o quanto queria ser minimamente independente e capaz de construir uma vida ? e eu amei esse brilho que ela ganhou. Já Ephraim foi um mocinho mais fechado, que eu acabei não conseguindo me conectar, mas que foi essencial no crescimento da Bárbara.

A história de Bárbara e Ephraim é inspirada no clássico da Rapunzel, então para quem ama uma leitura bem no estilo conto de fadas, romântica, fácil de ler e fofinha: é a opção perfeita.
comentários(0)comente



2 encontrados | exibindo 1 a 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR