Garota, 11

Garota, 11 Amy Suiter Clarke




Resenhas - Garota, 11


48 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Kari 27/01/2022

Gostoso de ler, história incrível mesmo sendo previsível
Garota 11 me lembrou um pouco Sadie, essa estrutura de parte podcast e outra o momento do crime. Aqui expande um pouco mais, acompanhamos um pouco da vida pessoal de Ellie, as motivações do assassino, frutos do seu passado.

Com uma escrita ágil, a autora trouxe uma história muito envolvente, com um crime e criminoso super intrigantes, mas tem alguns plots previsíveis. Mesmo na parte de revelações, foi legal, mas nada de cair o queixo.

Enquanto ela falha na elaboração de plot Twist, a parte do podcast é o momento mais maravilhoso do livro. Como fã de podcast, estava muito empolgada para ver como a autora iria trabalhar isso. Me senti ouvindo enquanto faço minha caminhada matinal ou fazendo alguma outra atividade.

O passado do serial killer, também é um dos pontos mais interessantes da história, bizarro, sombrio e instigante.

Acredito que o leitor que for pegar esse livro, deve saber que não irá entregar reviravoltas, mas sim uma reflexão dos crimes reais, o processo de investigação, sabendo disso acredito que será mais proveitoso a leitura.
comentários(0)comente



Nat 21/01/2022

Muito bom. Só não dou 5 estrelas porque ele não me trouxe o ritmo que eu esperava de leitura e demorou um pouquinho pra engatar.

A história é bem amarrada e o plot twist, apesar de não surpreender taaaanto, me deixou satisfeita.

Uma história de detetive moderna. Que traz o universo de hoje das narrativas de True crime através de podcasts ao mesmo tempo em que questiona a glamourização bizarra de serial killers que vemos por aí
comentários(0)comente



Carla 08/01/2022

Bons momentos...
Essa história que acompanha uma investigadora independente que faz um podcast de True Crime tem bons momentos.

Lá pelo meio da obra, no entanto, passou a ser repetitiva e enfadonha e o desfecho foi bem previsível.

Mas a ideia do livro era bem legal e um plot é interessante. Faltou uma revelação bombástica no final para dar um certo uau! à história.

Para quem não tem o costume de ler thrillers é um bom livro pq traz todos os clichês que adoramos, um desfecho que deixa brechas para continuações do podcast da protagonista, tem protagonista feminina e os crimes não são demasiado violentos, embora haja gatilhos de violência doméstica.
comentários(0)comente



CLEUSA 06/01/2022

Um bom livro, mas...
Eu gostei deste livro, mesmo porque terminei de lê-lo, porém, apesar de ser uma leitura rápida e até agradável devido à escrita da autora, incomodou-me o "absurdo" pelo "absurdo" contido na narrativa. Quer fizer... uma espera de 20 anos??? O índice de coincidências que a autora incorpora ao livro chega a incomodar e muito. OK. A história é boa, a personagem é forte, apesar de todos os traumas que sofreu, mas porque que a autora traz "mil" explicações bombásticas somente nos últimos capítulos???? Acredito que a história se tornaria mais rica se o leitor, também, soubesse o que todo personagem no livro parecia saber... (Menos o coitado do Sam... me solidarizo com ele). Por isto, só leva quatro estrelas e estou sendo generosa com a autora, por ser seu livro de estreia.
comentários(0)comente



Lali 06/01/2022

A construção da narrativa intercalando os episódios do podcast com a história de Elle, garantem um ritmo fluido que não te deixa parar de ler.
Alguns pontos da histórias são óbvios desde o início, porém a autora consegue surpreender em vários momentos e evidencia que as vezes o como é muito mais importante que o que.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Luzi 31/12/2021

Se dependesse unicamente de mim, não iria ler esse livro nem tão cedo, porém um clube de leitura, me fez ler, e que bom, me surpreeendi de uma forma bem positiva, a escrita da autora e o formato do livro, deixam a leitura bem dinâmica.

Ellie Castilo é fundadora e apresentadora de um podcast de true crime, o Justiça tardia, ela busca histórias, onde o assasino não foi encontrado, estuda, investiga e lança os episódios com a ajuda de uma ouvinte a princípio e agora amiga, a Tina.

A Ellie é casada com o Martin que é médico legista e ele também concede entrevistas no seu podcast. A Ellie tem uma vizinha que é a sua melhor amiga, a Ash. A Ash têm uma filha, a Natalie, que a Ellie a ama como uma filha. E a relação delas é bem forte.

A nova temporada do podcast da Ellie vai narrar a história de um serial Killer, o ACR, e as suas vítimas, porém a Ellie fica bastante obcecada pelo caso e começa a investigar por conta própria. O ACR cometeu uma série de sequestros, torturas e assassinatos de mulheres/meninas entre 20 e 12 anos, até que de repente ele parou. 20 anos depois, ninguém sabe dele, porém com a estréia do podcast, as coisas mudam totalmente.

Em certos momentos é um thriller eletrizante, a investigação da policia, a investigação da Ellie, e um possível ciclo que aparemtemente reiniciou. E ainda tem o passado da Ellie que aos poucos vamos conhecendo, apesar de que achei o final um pouco corrido, é uma leitura que empolga e vale a pena.
comentários(0)comente



Gi 28/12/2021

4 estrelas
O livro conta a historia da Elle que tem um podcast de crimes reais, um dos casos antigos nunca saiu da cabeça dela, e ela acredita que o assassino não morreu como todos dizem. O acr foi um assassino dos anos 90 que foi declarado morto pela polícia e seus crimes pararam desde então, ele era conhecido por matar de acordo com a idade das vítimas, em contagem regressiva, e algo ao longo do livro vai acontecer qur vai fazer Elle achar que ele está vivo e voltou a agir.
A história é boa, mais um pouco cansativa, a personagem principal me irritou um pouco , mas do meio para o fim do livro tudo fica melhor e tem um ritmo mais empolgante.
comentários(0)comente



Alisson 27/12/2021

Triller super intenso, com um serial killer que retorna depois de muito tempo. Livro de estreia da Amy Clarke e que tem muito a oferecer, já quero conferir quando tivermos novos lançamentos da autora.
comentários(0)comente



C. Aguiar 13/12/2021

Elle Castillo é uma apresentadora de um podcast popular sobre crimes reais (Justiça Tardia), ela é uma boa investigadora e sempre tenta focar nas vitimas dos crimes. Elle acaba investigando pistas e até mesmo resolvendo alguns dos crimes, mas ela tem uma enorme fixação em um caso que aconteceu há mais de 20 anos - o assassino desapareceu/parou de matar, e Elle sabe que é apenas questão de tempo para que ele volte a matar de novo, talvez o ACR esteja mais perto do que eles imaginam. Apesar de que algumas pessoas acham que ele parou porque morreu em um incêndio na última cena de crime.

A investigadora recebe um e-mail de alguém que afirma saber quem é o ACR, por isso Elle acaba indo encontrar-se com Leo Toca, mas o encontro acaba pior do que ela imagina e agora ela nunca saberá o que Leo queria dizer. Enquanto isso Elle está trabalhando na nova temporada no seu programa, os episódios estão indo ao ar a medida que ele está trabalhando no caso do assassino da contagem regressiva, é nesse momento que a chefe de policia entra em contato com ela para que Elle trabalhe em um caso como consultora. A mãe da criança que desapareceu escuta o podcast de Elle e acha que a mulher vai ajudar a achar sua filha.

A medida que os episódios do podcast vão ao ar, vemos Elle receber ameaças e comentários raivosos na internet, algumas pessoas acreditam no seu trabalho, mas outras acham que ela está brincando com coisas que não conhece. No passado Elle já esteve errada sobre um caso e isso quase custou a vida de uma criança, mas agora ela está certa que o assassino voltou e ninguém parece acreditar nela.

Eu tentei ler esse livro duas vezes, apenas na segunda consegui engatar a história. o problema é que alguns capítulos são a transcrição das entrevistas do podcast da Elle, não me entenda mal eu gosto de podcasts, mas a parte transcrita deles não foi tão interessante.
A trama em si até envolve até certo ponto, mas o começo é muito parado, no meio temos uma guinada na história e depois só ladeira a baixo. A trama tem diversas coisas previsíveis e uma ou outra reviravolta, mas o meu incomodo mesmo foi que a história é bastante forçada e as coisas acontecem convenientemente para a resolução de toda a situação.

No começo o leitor compra a ideia do livro, mas ele é sem graça, no final então eu estava revirando os olhos. Aqui temos uma boa história para ser contada, mas a execução da mesma deixou muito a desejar. Talvez esse livro funcione bem para quem está começando a acompanhar o gênero.

No mais eu amei muito a capa, ela e a sinopse foram os motivos de eu ter me interessado pela leitura. Não encontrei erros enquanto lia e gostei muito da diagramação no geral.
Apesar de todas as coisas que eu apontei, não é um livro ruim, mas também não é um livro perfeito, ele se encaixa mais em uma história mediana. Inclusive descobri que esse é o primeiro livro da autora, então talvez ela acerte mais as coisas em uma próxima história.

site: http://www.seguindoocoelhobrancoo.com.br/ ou https://www.instagram.com/coelhoobrancoo/
comentários(0)comente



Priih | Blog Infinitas Vidas 13/12/2021

Um livro com uma proposta bacana, mas imaturidade narrativa
Elle Castillo é a voz por trás do Justiça Tardia, um podcast investigativo sobre true crime que se encontra em sua 5ª temporada. O foco do podcast é trazer justiça a vítimas cujos casos nunca foram encerrados, então Elle se dedica (com a ajuda dos ouvintes e de suas próprias skills) a encontrar os criminosos. A apresentadora já conquistou um status de sucesso, pois nas temporadas passadas conseguiu solucionar os casos a que se propôs, além ser convidada pela polícia a trabalhar como consultora vez ou outra. Em sua 5ª temporada, Elle lança seu projeto mais ambicioso: encontrar o serial killer conhecido como Assassino da Contagem Regressiva, conhecido por fazer vítimas sempre um ano mais novas que as anteriores, mas que desapareceu há cerca de 20 anos sem deixar rastros. Porém, ao mexer com o passado, Elle se depara com um perigo iminente em seu presente.

Eu adorei o formato que Garota, 11 é narrado: temos capítulos em terceira pessoa que acompanham o ponto de vista de alguns personagens (sendo em sua maioria o de Elle) intercalados com transcrições de áudios da protagonista e roteiros de episódio do podcast. Minha parte favorita, obviamente, foi a do podcast rs. Amy Suiter Clarke conseguiu me deixar totalmente imersa no caso do ACR e me vi querendo saber mais e mais sobre seu modus operandi e timeline dos acontecimentos. E é com esse gancho que aproveito para fazer um elogio à proposta do livro: ao mergulhar de cabeça no caso mais complexo que já investigou, Elle coloca o assassino em evidência (coisa que até então não fizera). E ela se depara com consequências graves decorrentes disso: ela começa a receber ameaças por e-mail, uma testemunha que colaboraria com ela é encontrada morta e uma pessoa querida se vê ameaçada. Garota, 11 aproveita esses acontecimentos para fazer Elle (e o leitor) enxergar os perigos de glamourizar criminosos, levantando uma provocação sobre a ética por trás desse tipo de conteúdo – que hoje é encontrado à exaustão na internet. Porém, tratando-se de um livro mais juvenil, Garota, 11 acaba ficando em um território mais superficial desse debate, que poderia ser mais aprofundado.

Os capítulos que se passam no presente, com Elle interagindo com a família (composta por seu marido, Martín, sua vizinha e melhor amiga, Sash, e sua afilhada, Natalie) e investigando pistas atuais do ACR são menos instigantes. E eu diria que o maior ponto fraco deles, assim como do livro no geral, é a sua previsibilidade: existem dois plot twists que a autora provavelmente desejou que fossem bombásticos, mas que vi chegando a milhas e milhas de distância. [...] Outro ponto que não achei tão legal é a personalidade da Elle em si. Amy Suiter Clarke tenta nos fazer comprar a imagem de que sua protagonista é fodona e consegue resolver qualquer coisa (o que é reforçado com frases como “se tem alguém que consegue, é você”), mas a verdade é que não temos tantas informações assim que justifiquem por que a Elle é competente no que faz. Os únicos dados que comprovam isso é que ela já trabalhou como assistente social e que conseguiu resolver casos nas temporadas anteriores do podcast. Pra mim, não foi o suficiente, e senti falta de mais momentos que evidenciassem sua competência como investigadora.

[...] De forma geral, Garota, 11 foi uma experiência de leitura legal, porque a trama é ágil e as transcrições do podcast envolvem muito o leitor. Toda a energia que a autora colocou na criação do Assassino da Contagem Regressiva valeu a pena, porque realmente é um caso que instiga a ponto de fazer parecer real. Porém, sendo seu primeiro livro publicado, dá pra ver que existe imaturidade em sua escrita, e isso se reflete principalmente na obviedade dos plot twists (o principal ponto negativo pra mim). Mas, se você relevar esse aspecto (e gostar de podcasts!), é um livro bacana com uma “ambientação” diferente das que já havia visto por aí.

A resenha completa tá lá no blog. Te espero lá! ♥

site: https://infinitasvidas.wordpress.com/2021/12/12/resenha-garota-11-amy-suiter-clarke/
comentários(0)comente



Cris 10/12/2021

Empolgante!!!!
Começo parado, mas dá metade em diante muito bom!!!
Fiz minhas teorias, quase acertei kkkkk
Garota 11?
comentários(0)comente



Joyce 03/12/2021

Mais do mesmo.
Enredo fraco, mais do mesmo, cheio de jargão ideológica pós moderno. Mal desenvolvido, personagens sem graça com exceção da personagem principal os demais personagens foram mal desenvolvidos, incluindo o assassino. Furos na história deixando perguntas sem explicação, repleto de decisões e escolhas ilógicas.

Ótimo livro para perder tempo.
comentários(0)comente



Nih 27/11/2021

Esperava bem mais..
O livro foi bom, mas não teve nada de surpreendente, aliás, achei a trama um pouco previsível e a leitura lenta.
comentários(0)comente



alexandra.assaf 27/11/2021

Mediano
Achei a história um pouco forçada, as coisas aconteciam convenientemente. A trama envolve, mas algumas coisas não me convenceram.
comentários(0)comente



48 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR