Para Sempre Interrompido

Para Sempre Interrompido Taylor Jenkins Reid




Resenhas - Para Sempre Interrompido


110 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Ingryd 02/12/2021

Choro atrás de choro
Nunca pensei que eu conseguiria chorar lendo um livro, mas esse colocou minhas lágrimas a prova. Me senti até seca depois de terminar esse livro de tanto que chorei e me emocionei lendo. Apesar de sentir fortes emoções não achei taaao bom assim mas também não sei explicar o pq kkkkk só sei que faltou algo pra me fazer apegar mais, PORÉM recomendo kkkk
comentários(0)comente



Nick 01/12/2021

SUPERNOVA, SUPERAÇÃO, AMIZADE, AMOR, LUTO.
"Elas brilham com mais força que qualquer outra coisa no céu, e depois se apagam de uma hora para outra. Uma supernova é uma explosão de uma energia extraordinária."

"Durante a vida, acontecem coisas que jamais poderíamos imaginar. Mas o tempo vai passando e te mudando, e aí os próprios tempos mudam, e quando você vê está vivendo uma vida que nunca pensou que fosse possível."

"Por mais que a pessoa seja forte, inteligente ou durona, o mundo sempre encontra uma forma de jogar a gente para baixo. E, quando isso acontece, a única coisa que é possível fazer é aguentar firme."

Esses foram trechos do livro que mais gostei, acho que todos deveriam ler esse livro, se apaixonar e aprender com a história da Elsie, Ben e da Susie.
comentários(0)comente



@juliaavictorino 01/12/2021

Narrativa envolvente, sem muitos defeitos mas não tão inesquecível assim
Começando de cara com uma bomba, a narrativa intercala presente e passado e acompanha Elsie lidando com o luto ao mesmo tempo que nos apresenta como os dois se conheceram e o desenrolar do romance.

Os capítulos e o livro em si são curtos, mantendo-se no limite entre o profundo e o superficial. Taylor escolhe bem onde desenvolver e trabalhar os dilemas e consegue manter o mesmo ritmo do início ao fim, nada fica mal explicado ou repetitivo. São poucos os personagens e o relacionamento de Elsie com Ben, sua sogra Susan e sua amiga Ana são bem construídos.

Meu grande problema foi com Elsie. Logo de cara abracei seu drama pessoal e vi um pouco de mim nela. Cheguei a passar pano pra algumas de suas arrogâncias, mas em certo ponto não deu mais. Depois de uma certa passagem com o Ben, ela mostra seu lado infantil e egoísta, e pela narrativa ser em primeira pessoa, seu relato fica um tanto comprometido.

Um grande exemplo disso é a Ana. Em certo momento as duas discutem e logo me pareceu que Elsie estivesse com toda a razão. Muitas vezes achei a Ana egocêntrica, mas claramente fui afetada pelo ponto de vista de Elsie. Ana esteve presente e fez tudo que pode para ajudar e relendo o trecho da discussão pude ver o outro lado da moeda. Isso só prova como os personagens da Taylor são reais e que nem sempre há certo ou errado, é tudo uma questão de ponto de vista.

O romance de Elsie e Ben é uma prova de que o tempo não importa mais do que a intensidade do que vivemos e que, podendo ser curto, devemos aproveitá-lo em sua totalidade.
comentários(0)comente



Yas Boemeke 30/11/2021

Esperava mais
Esse é o primeiro livro que li da Taylor Jenkins Reid. Escolhi ele por causa de um clube do livro que participo, e também pra começar com um livro menos aclamado da autora, de forma a ter uma experiência crescente com a obra dela. Eu achei a premissa do livro muito interessante, mas sinceramente esperava mais. Não tive problemas com a protagonista, como outras pessoas aqui, e super acho interessante alguém em um momento delicado não ser perfeita, ser egoísta, e às vezes tratar mal os outros, a vida real é assim. Mas mesmo assim faltou algo pra mim. Porém o livro é sim bom, e é muito rápido de ler, uma leitura gostosa.
comentários(0)comente



Elisa 29/11/2021

Gostei muito da estrutura do livro, com capítulos antes e depois do marco inicial da história: a morte de Ben. A narratória é muito sensível e explora bem o lado da história do amor da vida de Elsie e Ben e do luto vivido por Elsie após sua morte. E o final é muito lindo.
comentários(0)comente



luarodrigues 28/11/2021

Taylor segue impressionando com sutileza e profundidade em sua escrita.

Confesso que até agora, esse livro não está no top3 de favoritos dela. Mas não há como negar que é uma história linda, de reencontro e autoconhecimento. Uma história de lealdade, intensidade e porque não, família?

A leitura com a Taylor não somente flui como nos faz pensar e questionar muitas coisas. Mas eu sou suspeita pra falar, simplesmente amo essa mulher!
comentários(0)comente



@leiturasdabah 27/11/2021

"EU MATEI UM POUCO DE MIM MESMA QUANDO ELE SE FOI"

Elsie conhece Ben em janeiro e experimenta a paixão mais arrebatadora. Em poucos meses de relacionamento, decidem morar juntos e logo após se casam.
Em junho, poucos dias após a união, Ben sofre um grave acidente próximo de casa e falece no local, deixando a esposa sem rumo.

Quando chega ao pronto-socorro, Elsie conhece pela primeira vez sua sogra Susan, uma mulher viúva, que agora perdeu o único filho e está destruída 😭

"Para Sempre Interrompido" conta com a escrita potente da autora Taylor Jenkins Reid, que nos faz mergulhar em um mar de flagelo emocional, sendo narrado em duas linhas temporais; no passado onde são contados os seis meses de relacionamento antes do acidente, (que nos faz sofrer ainda mais por vivenciar detalhadamente este amor), e no presente, mostrando Elsie tentando reaprender a viver sem Ben, como conhecendo a nova família que não teve oportunidade de ter.

Presenciar duas mulheres diferentes, se conhecendo na pior das circunstâncias e compartilhando da mesma dor é angustiante, como dolorosamente reflexivo, e vivenciar este relacionamento entre nora e sogra, cheio de altos e baixos, é fortemente brutal e comovente.

É impossível não sentir-se emocionalmente quebrado junto com Elsie, ou quase chegar a enlouquecer, caso pare para pensar por um segundo : e se fosse o meu marido? ou alguém que amo? ou eu mesma? 🤧

Não sabemos o amanhã, e acompanhar Elsie assimilando que nunca mais verá o marido, é agonizante em todos os sentidos.

Com um drama devastador, a obra nos repensar absurdamente sobre o aqui e o agora, em como devemos viver com intensidade e expressar nossos sentimentos abertamente.

Como também de maneira precisa, exibe todo o exaustivo, mas necessário processo de luto, e como é possível reaprender a viver, com a ausência de quem partiu.

Uma questão ou outra da história ficou em aberto na minha opinião, o que acabou não me deixando plenamente satisfeita, mas apesar disto, foi uma experiência marcante, dolorosa e emocionante, que me tocou profundamente.

Recomeçar é difícil, mas é possível.

site: https://www.instagram.com/p/CWzIef-LLfw/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Nasouza 27/11/2021

Não pensei que ia ser tão bom
Esse livro me SURPREENDEU, não dava nada pra ele considerando que nunca li algo envolvendo luto e amores interrompidos. Foi meu primeiro contato com a escrita da Taylor e acho que não poderia ter começado diferente, o livro é profundo e muito bem escrito, te faz se conectar com os personagens e a dor deles. Amo a Elsie e quando ela chorava eu me sentia muito mal, senti tudo q ela sentiu e isso me fez amar o livro
comentários(0)comente



Luci 27/11/2021

Uma leitura leve
Fiquei apreensiva no início ao ler esse livro, mas confiei na escrita da Taylor e sei que ele entrega as melhores histórias. E como esperava, com essa não foi diferente.

De início vemos a linda conexão entre Elsie e Ben, mas que por um golpe da vida é interrompida. Ual. Uma turbilhão de emoções invadem o local que antes era preenchido apenas com plenitude.

Acompanhar a turbulência presente na Elsie faz com que refletimos sobre assuntos difíceis, mas também simples. Quantas coisas que poderia ser resolvidas de imediatos, mas são arrastadas ao longo do tempo?

De forma geral, foi uma leitura bem leve e rápida, quando menos me dei conta já tinha lido 70%. Não é uma leitura que te cobra, nem que machuca e lemos não pra descobrir o que acontece, porém lemos pra ver o momento que Elsie vai voltar a ser feliz novamente.
comentários(0)comente



adriscie 26/11/2021

Escrita muito sensível
Eu amei o livro. É uma história sobre o luto, e como ele se desenvolve ao longo do tempo dentro das pessoas. Achei que a escritora soube abordar o tema com muita sensibilidade, o que não me surpreende muito, pois ja li ?Amores Verdadeiros?, que apresenta uma temática parecida e já tinha amado. Recomendo muito a leitura.
comentários(0)comente



Sol 24/11/2021

Taylor Jenkins Reid sendo maravilhosa em mais uma obra. Cada livro dela trata de assuntos dolorosos e difíceis de uma forma ímpar e que faz a gente querer ler e ler até saber o desfecho. Esse não é diferente e com uma porção extra de tristeza e resiliência.
comentários(0)comente



Gabi 24/11/2021

Mais um livro de Taylor rainha.
Elsie e Ben se conhecem aleatoriamente numa pizzaria... A conexão entre eles é imediata... foi encantamento à primeira vista e eles vão saindo, se conhecendo e arrochando o laço.
Com 6m de namoro, eles decidem se casar. Numa noite, treze dias após o casamento, Ben sofre um acidente e fatalmente morre. O mundo de Elsie se esvai. O livro mostra como ela consegue se encontrar através de alguém totalmente inesperado. A mãe de Ben! Que até então nem sabia da existência de Elsie.
É um livro bonito. Mostra um amor que surgiu rápido e que nem a morte vai apagar e como é necessário se reconstruir quando tudo parece perdido e você acabou de perder o amor da sua vida.
Cara, Ben morreu indo comprar cereal pra ela. Isso me fez pensar demais. Quantas vezes o menino Rafael vai comprar Sucrilhos pra mim... A vida é um sopro e mesmo tendo a certeza e o desejo do céu, a gente n tá preparado para a morte de quem amamos, ainda mais tão precocemente, com tanta coisa que eles ainda tinham para viver.

Em relação aos outros livros da autora, achei mais fraquinho, não sei se foi o momento q eu li, mas mesmo assim foi uma leitura gostosa para tirar a ressaca de tantos meses sem ler.
comentários(0)comente



Evelyn Marinho 24/11/2021

Mediano
Não foi o melhor livro da autora até o momento, mas até que valeu para passar o tempo. Acho que fiquei esperando surpresas no fim que não veio.

É um livro bem triste, que fala sobre o luto e como as pessoas convivem com ele. Me senti triste lendo o livro, talvez por isso não tenha gostado tanto.
comentários(0)comente



Má Powzum- @entrelinhaslivros 22/11/2021

Taylor não erra!
Neste livro Taylor aborda luto e achei esse livro dentro da temática bem clichê, mas de uma forma que não sei explicar ele me emocionou e me fez pensar sobre muita coisa. Mesmo em um tema já muito explorado Taylor consegue nos envolver em sua escrita que é muito vida real, ela flui diante dos nossos olhos sem que a gente perceba. Além disso, ela tem o dom de escrever personagens muito humanos, cheios de nuances nos mostrando que nem tudo é ?preto no branco? quando falamos em viver.

Esse foi o primeiro livro da Taylor e já traz toda a essência da autora em conseguir emocionar e envolver o leitor. O luto vivido pela Elsie é muito real, a personagem demora e entender que precisa seguir a vida e a sua dor transborda as páginas. Consegui compreender completamente a forma dela encarar isso porque acredito que seja a forma como a maioria de nós encararia: nos isolando e com uma série de perguntas na cabeça.

Muitas pessoas podem julgar o relacionamento de Elsie e Ben rápido demais, mas a autora consegue demonstrar que o que verdadeiramente importa é a intensidade das coisas e não o tempo. Mais um livro da Taylor cheio de reflexões, intenso, emocionante, doloroso e real!
comentários(0)comente



110 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR