Para Sempre Interrompido

Para Sempre Interrompido Taylor Jenkins Reid




Resenhas - Para Sempre Interrompido


105 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


bia 20/09/2021

supernova.
eu não sabia o que esperava desse livro quando comecei a ler. por ser da TJR, esperava qualidade mas sendo um livro dela mais antigo, de 2013, não achava que se tornaria um dos meus favoritos. IMAGINEM MEU TOMBO!

a história de elsie e ben me prendeu desde o primeiro capítulo. em grande parte por culpa da taylor que tem essa escrita que te faz refém. não sei nem se o que me tocou foi o casal em si, por mais que tenha adorado a dinâmica deles. só que, eu senti cada estágio de luto da elsie. parece que eu era viúva, que eu tinha perdido meu marido. a autora trabalhou muito cada emoção de elsie durante esse processo, eu senti toda tristeza, raiva, negação, aceitação e tudo mais que a protagonista estava sentindo.

fiquei muito mexida porque esse livro me fez pensar como as vezes julgamos os sentimentos de outras pessoas por as vezes ser algo novo ou que durou pouco; que as vezes escondemos o que estamos sentindo pra não dar explicações, pra não decepcionar ou por medo de não receber compreensão.

foram 300 páginas que mexeram demais comigo, vou sempre lembrar dessa história. a cereja do bolo foi a homenagem que elsie fez pro marido no final do livro. taylor jenkins me entregando tudo novamente. obrigada lenda!!!!!
comentários(0)comente



Maria 11/10/2021

Não tinha nem ideia de como poderia gostar tanto desse livro! Devorei em 2 dias, porque parei pra dormir hahaha.
É uma história triste, mas delicada. É bonita, romântica. O livro fica indo e voltando no tempo (não tanto tempo atrás), e lendo as partes do passado me fazia sorrir e querer saber mais da história deles, mas aí o livro me puxava de volta para o presente, me lembrava do que tinha acontecido, e eu me sentia triste...
A Elsie é daquelas personagens que conforme você vai conhecendo, vai se sentindo amiga dela e isso faz ser muito bom acompanhar ela durante o luto. Você se entristece com ela, sente esperança, torce por ela.
Esse livro me foi um achado e tanto! Gostei demais!
comentários(0)comente



bea 27/10/2021

DUAS ESTRELINHAS
Da Taylor Jenkins Reid, eu não esperava essa decepção.

E mais um da série "indicados no TikTok", Para Sempre Interrompido me chamou a atenção por ser descrito como extremamente triste e avassalador. Bom, nem preciso usar muitas palavras pra expressar que a obra não chegou nem perto de me fazer sentir tais sentimentos.

Por ter lido dois livros da autora MUITO bons, eu acredito que despejei muitas expectativas em uma história que foi uma de suas primeiras escritas, e arrisco dizer, ainda um tanto imatura.

O enredo em si não me entediou, eu acho o luto um tema sempre importante de ser abordado, mas a forma como ele foi colocado aqui, não prendeu minha atenção, e nem me fez gostar mais dos personagens, dos quais não desenvolvi nenhuma atenção especial, pois a forma como também foram desenvolvidos, foi clichê e digna de fanfic.

Enfim, ainda gosto muito da Jenkins, mas esse em específico, não acrescentou nada em minhas semanas, e logo, vou apenas guardar as experiências das leituras anteriores, as quais foram muito mais emocionantes e cativantes.
comentários(0)comente



Sanny 01/10/2021

Uma historia sobre luto, amor e sobretudo: Tempo
Você encontra o amor da sua vida e com dez dias de casado ele morre...

?Vamos lá, maridão?, chamei. ? Você precisa levantar.?
Ele abriu os olhos e sorriu para mim. Em seguida, erguendo a boca do travesseiro, falou: ? Por que a pressa, querida? Nós temos todo o tempo do mundo.?

Taylor Jenkins Reid é atualmente minha autora preferida, tudo que ela escreve leio com os olhos cheios e o coração aberto.

E como todos os livros da autora ela já destruiu seu coração nas primeiras páginas, a escrita é envolvente, os personagens são humanos e em todos os momentos eu imagino já como roteiro de filme.

?Para sempre interrompido" foi o primeiro livro publicado pela autora em 2013, ele tem uma pegada mais ?Amor(es) Verdadeiro (s)? e ?Depois do sim? e é perceptível como a escrita da Taylor evoluiu.
O livro traz uma carga intensa sobre luto, amor, e sobretudo sobre tempo...

O primeiro capítulo já é decisivo e dilacerante. Quando Elsie pede para seu marido Ben ir ao mercado comprar algo que ela quer muito comer, Ben nunca mais volta e ela fica viúva no seu décimo dia de casada.

Os capítulos em que mostram a morte do marido e como foi a tragédia é desesperador, a dor da protagonista é quase palpável é impossível não colocar-se em seu lugar.

O livro é narrado no presente, com a Elsie vivendo o luto e os desafios que tem que lidar após a morte do seu grande amor e o presente desde o momento em que se conheceram, toda a química, todos os momentos de paixão e de querer está ao lado um do outro a todo momento. E para o leitor talvez seja essa a pior parte, pois ali conhecemos o Ben, o cara legal, o cara doce e generoso, sincero, e que em poucos meses morrerá.

Além de lidar com a morte do marido, Elsie tem que lidar com o julgamento das pessoas, afinal, a dor de quem perde a pessoa que ama é a mesma? Se você passar 50 anos com uma pessoa ou 06 meses?
Confesso que o Romance me incomodou por ser uma paixão recente eles tiveram algumas atitudes meio que de adolescentes e algumas brigas bobas também.

O livro é doloroso em todos os aspectos, é dramático e trágico.
comentários(0)comente



ste. 23/09/2021

que livro difícil, pensei que por ser de 2013, um dos primeiros da Taylor Jenkins, a leitura não seria tão extraordinária como acabou sendo, um dos meus favoritos dela, com toda a certeza no mundo. é notório quando você passa por um rompimento qualquer outra pessoa que chegue em uma questão de pouquíssimo tempo sempre vai lhe parecer uma traição, mesmo vocês não estão mais juntos, mesmo que tenha perdido a pessoa, é mais uma traição de sentimento, do coração, sabe? e isso permanece até você de fato superar o relacionamento. agora imagina você perder a pessoa que você sentia que era o amor da sua vida, porém de uma forma trágica como a morte? é inenarrável. pensar em todo o futuro que poderia ter tido ao lado dela, eu não me imagino mesmo no lugar da Elsie, o relacionamento deles era tão maduro, desprovido de brigas sérias, uma coisa sólida que com certeza duraria anos ou até ?para sempre?, um amor burro e imprudente ao mesmo tempo também, mas que fazia os dois mais vivos que nunca. De início, nos é apresentado uma Elsie que não consegue viver sem o Ben depois da sua morte, não consegue nem sequer pensar na vida sem ele, e conforme os capítulos vão passando (a Susan foi incrível, todo o meu respeito por essa mulher que foi necessária em todo o processo), vemos a Elsie conseguindo entender que a vida continua depois de perder um grande amor, é dolorido, mas a vida não acaba naquele momento que você sente que o mundo foi tirado de seus pés. toda a construção da superação da Elsie foi admirável, meus aplausos e amor por toda essa história que a Taylor escreveu. que autora brilhante, meu deus do céu, eu estou surpreendida mais uma vez com o quão talentosa é essa autora. me deixou tão reflexiva, acerca até mesmo das pequenas coisas da vida, de coisas que te tornam mais fortes do que você sequer pensou que seria. tornou-se um dos meus livros favoritos, recomendo demais!
comentários(0)comente



Italo Bernardo | @wesleyliterario 28/10/2021

Sobre Amor, Luto, Recomeços e Seguir Em Frente
"Precisamos aprender a rir das pequenas coisas. Por mais que a pessoa seja forte, inteligente ou durona, o mundo sempre encontra uma forma de jogar a gente para baixo. E, quando isso acontece, a única coisa que é possível fazer é aguentar firme."

Ben e Elsie estão muito felizes, pois se casaram a uma semana. Planos feitos, metas para alcançarem juntos, estão em puro êxtase de tanta felicidade por compartilharem, em suas vidas, momentos ternos do amor que sentem um pelo outro. Até que um acidente acontece e Ben é atropelado ao sair de casa, infelizmente não resiste aos ferimentos e morre no local. Sem chão, perspectivas e marido, Elsie vê tudo que eles planejaram ruir de uma só vez, restando apenas o grande vazio da solidão e o medo de não conseguir sair da espiral de dor na qual sua vida se tornou.

Mais uma vez eu tiro todos os chapéis existentes para TRJ, que livro poderoso, reflexivo e intenso! A autora soube como retratar a profundidade da dor de perder quem amamos e como pode ser difícil reconstituir-se após ter sua vida, planos, sonhos completamente devastados pelo destino. Uma narrativa dura sobre os modos de enfrentar o luto, devo dizer que esse sentimento é quase palpável durante a leitura.

Apesar do luto ser cerne principal, a obra não se torna repetitiva e faz o leitor caminhar pelos sentimentos mais crus que Elsie sente. Enganam-se aqueles que pensam que essa história se detém apenas na tristeza de perder alguém, Jenkins nos faz refletir sobre a efemeridade dos momentos importantes questionando-nos se o tempo pode mesmo medir a força e veracidade do que sentimos.

Fazendo uso de sua forma real de abordar as emoções de seus personagens, a autora nos faz chorar, sofrer, rir e principalmente emocionar com a trajetória de Ben e Elsie. Ao longo da leitura acompanhamos como eles se conheceram, apaixonaram, amaram e amadureceram nos meses anteriores ao fim.

"Para Sempre Interrompido" é um drama sobre encontrar a vida após perder tudo que dava sentido, mostrando que mesmo parecendo impossível podemos nos reeeguer, rir de novo, ser feliz outra vez sem sentir culpa por isso, pois os que partiram permanecerão vivos enquanto lembrarmos deles com amor.

"Dou risada com ela, e sorrio. E, quando ela volta para casa, ainda tenho Ben no meu coração e na minha mente. Não o perdi só porque me diverti sem ele. Não o perdi só por ser eu mesma com a minha melhor amiga."
comentários(0)comente



Evelyn Marinho 24/11/2021

Mediano
Não foi o melhor livro da autora até o momento, mas até que valeu para passar o tempo. Acho que fiquei esperando surpresas no fim que não veio.

É um livro bem triste, que fala sobre o luto e como as pessoas convivem com ele. Me senti triste lendo o livro, talvez por isso não tenha gostado tanto.
comentários(0)comente



Aninha @tolendomuito 13/09/2021

Mais um livro da Taylor que consegue me prender do início ao fim. Não tem jeito, a escrita dessa mulher me deixa inebriada.

Uma história sobre como lidar com a perda precoce de alguém que se ama e conheceu a pouco tempo mas que viveu uma relação muito intensa.

Família, luto, perda, seguir em frente, apoiar e enxergar a dor do outro, além da própria, são alguns dos temas que abordam essa narrativa emocionante.

Eu gostei muito do livro e de como foi desenvolvida as fases de luto que uma pessoa pode sentir diante da dor.
comentários(0)comente



Panda 03/10/2021

Um livro que fala sobre luto e sua superação, que mostra que o amor pode surgir do nada e se transformar em uma coisa muito grande, que apesar de muito sofrimento o amor ainda pode surgir, fiquei sentida em muitos momentos na leitura desse livro, não por passar pelo o que a protagonista passou, mas por seus sentimentos muitas vezes serem parecidos com os meus quando perdi meu pai, gostei bastante da estória, a escrita da Taylor como sempre maravilhosa nós prendendo do início ao fim, o livro não tem grandes plots ou acontecimentos é mais focado em mostrar as fases de um luto e sua superação
comentários(0)comente



Ana Lara 29/09/2021

Sobre o luto
PARA SEMPRE INTERROMPIDO
Autora: Taylor Jenkins Reid
Editora: Paralela
5?

No primeiro dia do ano Elsie sai para comprar uma pizza e acaba conhecendo Ben.
3 meses depois eles estão morando juntos e estão felizes.
6 meses depois eles vão para Las Vegas e se casam escondido e estão felizes.
Com 9 dias de casados Ben sofre um acidente e morre e Elsie está destruída.
E a questão que fica para ela é: existe vida após essa tragédia?

? Esse livro tem o 1o capítulo mais triste que já li em toda minha vida. O brinde do livro deveria ser uma caixa de lenço de papel.

? Elsie, em 6 meses, vai de solteira a viúva e agora não sabe como viver sem Ben.

? O luto é uma das experiências mais difíceis da vida do ser humano. Não existe regra, maneira ou forma de lidar com ele.

? A protagonista tem 23 anos e não consegue enxergar vida após a perda de Ben e ainda terá que lidar com sua sogra a qual nunca conheceu e nem sabia que o filho tinha casado.

? E a questão de Elsie passa a ser que ela não aceita que as pessoas vivam felizes ao seu redor, ou que um cara a paquere, ela vive seu luto e sua viuvez 24 horas por dia o tempo todo. Meses se passam e ela só perde com isso.

? Ela não consegue viver a alegria de ter tido um grande amor, de ter se casado com ele, apenas vive a tristeza de o ter perdido.

? Mas quem sou eu para julgar, ainda tenho vivas as pessoas mais importantes da minha vida: meus pais, marido e filhos e não posso avaliar a dor de se perder um grande amor?
comentários(0)comente



Cris 12/10/2021

Um romance com direito a paixão arrebatadora, altas doses de doçura e cenas piegas. Mas não é sobre isso. É sobre perda, sobre viver o luto mas também vivenciar o amor, valorizar amizades e construir caminhos. Como sempre, Taylor conta a história como só ela sabe.
comentários(0)comente



GABI 16/10/2021

Livro PARA SEMPRE INTERROMPIDO
EMOÇÃO, é a palavra que eu defino esse livro...
Me emocionei demais, eram lágrimas atrás de lágrimas. É uma história bem difícil de digerir e aceitar que todo relacionamento acaba, uns tarde e outros bem cedo, interrompido de diversas maneiras...
Aprendi demais com essa leitura, me fez refletir sobre o luto diretamente, e conclui que não existe uma maneira certa/errada de passar por isso...
Recomendo a leitura!
comentários(0)comente



Valéria Medeiros 08/10/2021

Sensível!
Um retrato sincero sobre a perda e como enfrentamos a sua maneira! Cada pessoa reagi diferente! A escrita é fluída e os personagens cativantes! Um livro reflexivo sobre vida,amor,amizades e tempo!!!
comentários(0)comente



adriscie 26/11/2021

Escrita muito sensível
Eu amei o livro. É uma história sobre o luto, e como ele se desenvolve ao longo do tempo dentro das pessoas. Achei que a escritora soube abordar o tema com muita sensibilidade, o que não me surpreende muito, pois ja li ?Amores Verdadeiros?, que apresenta uma temática parecida e já tinha amado. Recomendo muito a leitura.
comentários(0)comente



Fernanda.Sampaio 09/10/2021

.
.
?Durante a vida, acontecem coisas que jamais poderíamos imaginar. Mas o tempo vai passando e te mudando, e aí os próprios tempos mudam, e quando você vê está vivendo uma vida que nunca pensou que fosse possível.?
.
.
comentários(0)comente



105 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR