Walden ou a vida nos bosques

Walden ou a vida nos bosques Henry David Thoreau




Resenhas - WALDEN


3 encontrados | exibindo 1 a 3


joao 08/05/2022

Walden e o Naturalismo
Hipoteticamente falando, se eu tivesse a oportunidade de viajar com uma máquina do tempo, eu visitaria Thoreau em sua cabana, ali bem perto do lago Walden, em Concord, Massachusetts.

Walden é quase como uma revelação, e Henry Thoreau é o nosso guia nessa jornada espiritual pelo naturalismo. Creio que todos que procuram um sentido maior ou que questionam os valores de nossa sociedade moderna irão encontrar aqui um abrigo, uma chance de adentrar nesse estilo de vida frugal, ademais significativo de Thoreau.
Lendo este livro tive uma epifania:
Não é curioso como todos os filósofos e intelectuais antigos pregavam por valores semelhantes? Não, permita-me explicar melhor...

Lao Tzu; Alan Watts; Sêneca; Platão; Buda...
O filme Clube da Luta e até mesmo o ator Jim Carrey!

Todos eles acreditam na superioridade de uma vida minimalista, onde "ter menos é mais".
No Século XXI, em tempos de obsolescência programada e redes sociais, porque é tão difícil de aderir a essas crenças?
E a resposta é simples:
Porque somos humanos, demasiadamente humanos.

Esse livro não lhe força a acreditar nisso, mas lhe convida. Aqueles que procuram, acham (Mateus 7:7).
Este homem, nascido a mais de 200 anos atrás, pregava sua filosofia e aderia a ela, a porta de sua cabana estava sempre aberta a visitas, e inclusive foi preso por não pagar impostos ao estado que financiaram a Guerra Mexicano-Americano e a Escravidão...

"Nunca me senti tão livre" - dizia ele, solto depois de um dia.

É um livro essencial para todos aqueles que amam a natureza e filosofia, mas aviso que o autor fala bastante sobre si mesmo e seu estilo de vida.
comentários(0)comente



voandocomlivros 15/02/2022

🌳"ELE FEZ O QUE PODIA PARA INTENSIFICAR SEU PRÓPRIO ENTENDIMENTO DE SI MESMO, PARA NUTRIR O QUE FOSSE PECULIAR, PARA ISOLAR-SE DO CONTATO COM QUALQUER FORÇA CAPAZ DE INTERFERIR EM SEU DOM IMENSAMENTE VALIOSO DA PERSONALIDADE." Essas são palavras da Virginia Woolf sobre Thoreau, autor desse livro: "Walden ou a vida nos bosques". E esse isolamento que Virginia menciona só demonstra o quanto Thoreau era psicologicamente seguro o suficiente para romper com todos os paradigmas de sua época em busca de um bem maior.



Além de referência para Martin Luther King Jr. e Mahatma Gandhi, a obra de Henry David Thoreau também influenciou diversos outros pensadores, e movimentos artísticos, ecolológicos e filosóficos.


"Walden ou a vida nos bosques", inspirado na autobiografia do autor Henry David Thoreau, foi publicado pela primeira vez em 1854. Essa nova edição, publicada pela editora Planeta de Livros Brasil também traz o ensaio "Sobre o dever da desobediência civil", além de contar com o prefácio da maravilhosa Joyce Carol Oates e nota biográfica da musa Virginia Woolf.


🌳"DEVERÍAMOS PARTILHAR NOSSA CORAGEM, NÃO NOSSO DESESPERO, NOSSA SAÚDE E NOSSO CONFORTO, NÃO NOSSA DOENÇA, E CUIDAR PARA QUE ESTA NÃO SE ESPALHE POR CONTÁGIO."


Parece que esse excerto é de algum texto sobre o que estamos vivenciando nos dias atuais, não é mesmo? Pois bem, é assim vigente e factual que o discurso das experiências de Thoreau se apresentam nesse livro.


🌳"POR QUE DEVERÍAMOS VIVER COM TANTA PRESSA E DESPERDÍCIO DE VIDA?"


Revoltado com as mudanças geradas pela Revolução Industrial e apoiado nas bases da filosofia oriental do confucionismo, Thoreau resolve abandonar sua vida na cidade e recomeçar outra na floresta. Ele finca raízes às margens do lago Walden e passa a viver apenas com o essencial para sua sobrevivência.



🌳"A OPINIÃO PÚBLICA É UM TIRANO FRACO COMPARADO COM NOSSA PRÓPRIA OPINIÃO PRIVADA. O QUE UM HOMEM PENSA DE SI MESMO, ISSO É O QUE DETERMINA, OU AO MENOS INDICA, SEU DESTINO."


Seu intenso contato com a natureza, desde a construção de sua cabana com as próprias mãos, a produção da sua comida e todos os seus sentimentos a partir dessa liberdade com o meio natural é registrado em seus diários.


🌳"A PALAVRA ESCRITA É A MELHOR RELÍQUIA. É ALGO AO MESMO TEMPO MAIS ÍNTIMO DE NÓS E MAIS UNIVERSAL QUE QUALQUER OUTRA OBRA DE ARTE."


Em muitas passagens, Thoreau mais parece um viajante no tempo, pois impressiona sua transcendência em temas que ainda lutamos muito para compreender.


"Em seu diário, em 6 de maio de 1854, Thoreau escreve: "TUDO O QUE UM HOMEM TEM A DIZER OU FAZER QUE POSSA INTERESSAR A HUMANIDADE É, DE UMA FORMA OU OUTRA, CONTAR A HISTÓRIA DE SEU AMOR, CANTAR; E, SE FOR SORTUDO E SE MANTIVER VIVO, ESTARÁ PARA SEMPRE APAIXONADO. SÓ ISSO É ESTAR VIVO AO EXTREMO"."


"Walden..." não é uma narrativa comum, lembra mais um amontoado de peças tentando se encaixar. A linguagem é filosófica, mas bastante acessível. Alguns capítulos são didáticos e outros, que sinto mais sinceros, as emoções só fluem do autor.




"UMA CARACTERÍSTICA DA SABEDORIA É NÃO FAZER COISAS DESESPERADAS."


Um livro atemporal que trabalha muitas coisas na cabeça do leitor, principalmente sua conexão com a natureza.


"OS HOMENS CHEGARAM A UM PONTO EM QUE FREQUENTEMENTE SENTEM FOME NÃO PELA FALTA DE COISAS NECESSÁRIAS, MAS DE LUXOS."


Se você gosta de leituras fora da caixinha com uma baita pegada filosófica, esse livro pode ser uma boa pedida!

site: https://www.voandocomlivros.com/post/walden-ou-a-vida-nos-bosques-resenha
comentários(0)comente



Tamires Durães 12/01/2022

Um misto de contemplação da natureza X sociopolítica
Gostaria de enaltecer essa edição impressionante da @planetadelivrosbrasil, com certeza todo esse trabalho faz diferença na escolha pela leitura. Sem contar que, o livro conta com posfácio da ilustre Virginia Woolf (autora que tive o prazer de conhecer em 2021) e a reunião das duas obras mais renomadas do autor, Walden e Sobre o dever da desobediência civil. Esta edição está realmente impecável!
Sobre Walden, a obra apresenta uma dualidade, expondo tantos questões políticas, religiosas e socioeconômicas, como também imergindo na contemplação da natureza. Sem dúvidas, indico fortemente, principalmente, aos amantes da filosofia e biologia. Mas, quem nunca se imaginou abandonando toda a sociedade civilizada e indo morar na natureza? Longe de todo o estresse e ritmo do cotidiano, sem influência da tecnologia dos dias de hoje. Foi exatamente o que o autor Thoreau fez. Durante dois anos o autor se instalou às margens do lago Walden, do qual ele dá grande destaque na obra, e viveu com o mínimo possível para sobreviver, contemplando a natureza e observando cada detalhe minuciosamente. A leitura pode ser um tanto arrastada por ser descritiva demais, mas não penso que o autor seja proxílio, e sim, demasiadamente reflexivo, com a necessidade de expor em palavras todo o seu fluxo de pensamento. A primeira metade do livro me chamou mais a atenção, portanto, destaquei como capítulos favoritos: Economia, Solidão, Visitantes e Leis Superiores e ao final a Conclusão, além disso, fiquei ansiosa pela leitura do posfácio de Woolf. Apesar de não concordar com todas as questões levantadas pelo autor, essa obra foi uma grande surpresa, fugindo da minha zona de conforto e promovendo grandes reflexões, sem contar a imersão e contemplação que fazemos durante os capítulos em que o foco maior é a natureza. Também, através da leitura, podemos ter um maior contato com as vertentes do transcendentalismo, naturalismo e o anarquismo defendido pelo autor. Este livro ?cabeça? merece ter a sua devida atenção, sugiro que você se presenteie com essa experiência literária, a qual muito provavelmente mudará nosso ponto de vista e a maneira como enxergamos a vida e toda a sua organização.

?Nem todos os homens querem algo com o que fazer alguma coisa, mas fazer alguma coisa, ou melhor, ser alguma coisa.?

?Sem dúvidas outros podem pensar por mim, mas não é aceitável que o façam para que eu não pense por mim mesmo.?

Sinto que me transportei para as margens do lago Walden, no inverno parece até que senti o frio, mas como foi belo acompanhar a vida emergir ao redor do lago.

(Por hora é esse resumão)
Joao 13/01/2022minha estante
Resenha maravilhosa, Tamires! Sempre tive curiosidade para ler "Walden"


Tamires Durães 13/01/2022minha estante
João, se puder leia nessa edição, está maravilhosa! Espero que goste da leitura :)




3 encontrados | exibindo 1 a 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR