Harry Potter e as Relíquias da Morte

Harry Potter e as Relíquias da Morte J.K. Rowling




Resenhas - Harry Potter e as Relíquias da Morte


820 encontrados | exibindo 16 a 31
2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 |


Kai 12/08/2019

Encantada de ver em como uma autora conseguiu terminar uma história tão bem, sem deixar pontas soltas. Foi uma experiência maravilhosa ler HP, conhecer o universo e me aprofundar nele. Desde sempre achei que era só coisas de pessoas modinhas, mas hoje posso dizer que senti a magia que essa história desperta. JK é simplesmente perfeita.
comentários(0)comente



Guria Migrante 11/08/2019

O menino que sobreviveu
Determinação é um negócio muito louco. Aqui estou para fazer a resenha do último livro de Harry Potter. Em janeiro, eu encasquetei que leria a série até o dia do aniversário do Harry, porque essa série dominou e continua dominando o coração das pessoas por anos e anos a fio e eu queria entender o porquê. O que de tão extraordinário no mundo mágico foi escondido nessas páginas que não foi possível ser levado as telas. Bom, foi isso que eu fiz. E, mesmo na casa da minha amiga @estudawoniza com o buldogue francês dela (Anakin, lindo) no meu colo, eu estava lá correndo atrás das Horcruxes com o Harry.
Não é fácil, mas vale MUITO a pena. Ontem, eu e a amiga em questão @estudawoniza estávamos conversando com vendedores de uma loja nerd aqui na cidade e o menino perguntou se valia a pena encarar todas essas páginas... Vou dizer a vocês o que disse a ele: "o Harry do livro tem um monstro escamoso dentro dele." Isso significa que, no livro, a exaltação hollywoodiana do herói corajoso empunhando uma espada não ofusca a camada sibilante do menino que PEDIU para não ir para Sonserina.

E ouso dizer que, ainda mais nesse volume. Vamos nos deparar com o Harry na sua caçada final, tentando descobrir os pontos fracos que, quando derrotados vão levar a queda de Voldemort e a um futuro mais justo para todos. Essa responsabilidade de ser o escolhido para derrotar Voldemort, juntamente a pressão de estar sendo perseguido por todos aqueles que o seguem, deixam Harry mais reativo a tudo que acontece a sua volta e são nesses momentos em que ele se põe a prova. Não sei o que seria do Harry se não tivesse uma Hermione Corvinália ;) por perto!

Achei extremamente inteligente da parte da J.K fazer uso de um plot anterior - que é anos-luz melhor explicado aqui no livro do que nos filmes - ao Harry para justificar as ações nesse presente do enredo, mas passível de desenvolvimento em uma outra história, como ela já vem fazendo na série Animais Fantásticos. Ela dá uma pincelada em um Dumbledore que, na maiorida das vezes endeusado, toma atitudes humanas quando desafiado em uma situação extrema.

No mais, fiz um vídeo falando sobre a série e espero que vocês tenham gostado!
Quem sabe agora eu começo a correr atrás de pelúcios também? Ainda não sei o que fazer...


site: https://www.youtube.com/watch?v=eD-vFaIEVU0&t=11s
comentários(0)comente



Alex 11/08/2019

Perfeito!
Um dos melhores da série! Leitura envolvente, resolução de todos os mistérios, tensão, ação e um final muito emocionante... adorei ler toda a série e os filmes nem tem mais graça.
comentários(0)comente



Bárbara 13/07/2019

Só amores
Só não supera A Ordem da Fênix no quesito destroçar meu coração. Mas o amor machuca mesmo e é isso aí. Te amo, livro
comentários(0)comente



Nathan Oliveira 10/07/2019

''Não tenha piedade dos mortos, Harry. Tenha piedade dos vivos, e acima de tudo, dos que vivem sem amor''
Tudo o que posso dizer é que Harry Potter foi uma das melhores leituras que fiz esse ano. Acompanhar o Harry, o Rony e a Hermione ao longo desses 7 livros foi maravilhoso. Eu amei ver como eles amadureceram e evoluíram, adorei acompanhar essa história e confesso que vou sentir mais falta desse universo incrível do que pensei que sentiria.

''É claro que é na sua cabeça Harry, mas isso não significa que não é real.''

As Relíquias da Morte é definitivamente o melhor livro da saga Harry Potter. A narrativa é eletrizante, há cenas de batalhas e mortes logo nos primeiros capítulos e isso já é um ponto superforte por que nos outros livros eu sempre senti que a narrativa demorava para engatilhar. Eu amei a forma como a J.K. Rowling consegue construir essa atmosfera de perigo iminente á cerca dos protagonistas, que se vêem longe da segurança de Hogwarts enquanto partem em busca das Horcruxes no mundo real. É uma mudança de cenário muito bem desenvolvida e acaba deixando tudo ainda mais interessante.

''- Depois de todo esse tempo ?
- Sempre - respondeu Snape.''

SNAPE...MEU DEUS, QUE PERSONAGEM INCOMPREENDIDO...É tão estranho gostar de um personagem que você odeia a seis livros, mas em As Relíquias da Morte, há várias revelações e reviravoltas no que diz respeito ao Snape que é quase impossível alguém não acabar se enganando a respeito do personagem. Coitado do Snape...eu entendo como você se sente :( Não vou nem falar das mortes nesse livro...Jesus, J.K. Rowling não tem coração não.

''- Vocês ficarão comigo ?
- Até o fim - respondeu James''

Mano, eu só tenho a agradecer a J.K. Rowling por ter inventado a saga Harry Potter. Ler essa saga foi uma experiência maravilhosa e as lições sobre amor, amizade e nossas escolhas são coisas que eu vou carregar no coração. Obrigado J.K., foi um privilégio
Nara 10/07/2019minha estante
Terminei agora pouco a leitura dele kkkk


Nathan Oliveira 11/07/2019minha estante
O que achou ?


Nara 11/07/2019minha estante
Ahh eu gostei. Os dois últimos livros foram os melhores




Luiza Helena (@balaiodebabados) 25/06/2019

Originalmente postada em https://balaiodebabados.blogspot.com.br/
Finalmente, com um grande atraso, terminei minha releitura de Harry Potter. A história continua sendo maravilhosa, apesar de que tenho outra visão sobre alguns acontecimentos, mas nada que vá macular o carinho que sinto pela série.

Em As Relíquias da Morte, Harry está à caça das horcruxes a fim de derrotar Lord Voldemort. Com a ajuda de Rony e Hermione, ele sabe que essa procura não vai ser nada fácil. Ao longo dessa procura, Harry vai descobrir mais sobre o seu papel como O Menino que Sobreviveu.

Esse livro já tem um clima pesado desde seu início. Voldemort está de volta e tocando o terror em tudo e todos que sequer pensem em proteger e ajudar Harry. Apesar de ter achado que a JK enrolou um pouco naquela sequência após o casamento do Gui e da Fleur, que o trio ficam refugiados por um tempo no Largo Grimmauld, esse livro ainda é um dos meus favoritos da série.

É de se pensar que esse teria muitas cenas de ação e lutas por conta do embate com Voldemort e os Comensais da Morte. Eu achei que foram inseridas no momento certo, apesar de ter percebido que a JK não descreveu muito bem algumas. Na verdade, eu achei as descrições um tanto fracas em momento na batalha em Hogwarts.

Um dos pontos fortes do livro são as informações reveladas sobre o passado de Dumbledore. O ex-diretor de Hogwarts sempre pareceu ser um personagem com bastante segredos e nesse livro contamos com a versão bruxa de Sônia Abraão para explorar a morte do diretor, vendendo sua biografia. Um lado positivo dessa releitura foi justamente lembrar desses detalhes e ver como algumas coisas em Animais Fantásticos e Onde Eles Habitam contradizem. Vida que segue…

Entretanto se tem algo que não compro de jeito algum é a tal da redenção do Snape. Mesmo somente quando assistia os filmes (a primeira vez que li a série, iniciei quando estava saindo o sexto filme), eu sempre achei um personagem bastante abusivo com seus alunos, principalmente na questão psicológica. Então, não entra na minha cabeça um cara que é o bicho-papão de um aluno vir com essa história de redenção mixuruca no fim da história.

Quanto a Voldemort, ele sempre foi um vilão que vemos através da mente de Harry, mas ainda assim ele se tornou um dos meus vilões favoritos das séries de fantasia. Muito bem construído durante toda a saga, é um vilão que, ao mesmo tempo apela para o medo e terror em seus seguidores, ele também atinge a crueldade e maldade de alguns bruxos não-contentes com a situação de viverem escondidos.

Harry Potter e as Relíquias da Morte consegue fechar muito bem toda a saga d’O Menino que Sobreviveu, deixando aquele sentimento de dever cumprido e saudades de personagens que acompanhamos desde o início. Por isso, eu digo: JK, mana, para de ficar revelando informações desnecessárias e surreais sobre os personagens que tanto amamos, belezoca?

site: https://balaiodebabados.blogspot.com/2019/06/resenha-399-harry-potter-e-as-reliquias-da-morte.html
comentários(0)comente



Kaua.Santos 14/06/2019

É um livro maravilhoso, o meu segundo livro favorito da saga, quanto mais você o lê, você quer mais lê-lo para chegar ao desfecho da história. A saga Harry Potter me ensinou uma coisa que nunca vou esquecer, me ensinou que o amor verdadeiro existe sim, existe a amizade verdadeira sim, existe a união, existe a fidelidade, atributos esses que às vezes passamos despercebidos e não compreendemos, isso que me atraiu na saga, me atraiu um vilão que não conseguia sentir amor e compaixão. A magia verdadeira dessa saga é o amor, são os nossos atributos, são os nossos valores e talentos, com eles conseguimos fazer um mundo melhor, essa é minha moral da história. Relíquias da Morte é um livro magnífico, afinal toda série é... Por isso recomendo sim a todos a lerem!
Bel 27/06/2019minha estante
No mundo atual a maioria dos seres humanos,valorizam mais o ter ,do que o ser!




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Marcos 18/05/2019

O menino que sobreviveu.
A saga Harry Potter é uma magnífica aventura no mundo da magia. O jovem Potter descobre aos 11 anos de idade que é um bruxo, e não qualquer bruxo, mas o meninou que sobreviveu ao Lorde das Trevas. Então, é convidado para estudar na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Lá, encontra um lugar para chamar de lar, conhece seus melhores amigos Ronald Weasley e Hermione Granger, além de outros bons amigos. Conhece também o diretor de Hogwarts Alvo Dumbledore, considerado o maior dos magos, e confornta-se com o bruxo das trevas Lord Voldemort, que pretende se tornar imortal, conquistar o mundo dos bruxos, subjugar os trouxas (pessoas não-mágicas) e destruir todos aqueles que estão em seu caminho, especialmente Harry Potter, a quem ele considera seu grande rival.

A série é maravilhosa, o universo mágico criado por J.K. Rowling é instigante, imersivo e fascinante, não tem como não se apaixonar por tal universo. As personagens são cativantes e conseguem se destacar enquanto protagonistas, Harry principalmente.

Já estou com aquela saudade... A aventura dos nossos bravos heróis nesse mundo ficará guardado, e hoje sei, que não somente no meu coração, mas nos corações de muitos leitores.

...

"O espírito sem limites é o maior tesouro do homem."

J.K. Rowling , Harry Potter e a Ordem da Fênix.
comentários(0)comente



Amanda | @oparaisodaleitura 16/05/2019

Harry Potter e as Relíquias da Morte
Enfim a conclusão da série com suas muitas considerações e respostas, principalmente em se tratando de Dumbledore e Severo Snape. Finalmente compreendemos a importância dessas duas figuras em toda a trajetória de Harry e o quanto todos os personagens e seres foram de grande importância na batalha final, tão esperada e que levou sofrimento e desgaste aos personagens. Confesso que bateu uma tristeza ao terminar o livro e perceber que terminou a aventura dos personagens tão queridos que conquistaram o meu coração. Talvez, esse tenha sido o maior motivo de eu não o ter favoritado. Partiu meu coração, me deixou em lágrimas, mas também me trouxe esperança e conforto.

A história é focada em uma busca, uma aventura com base na eliminação das Horcruxes para se conseguir o enfraquecimento de Voldemort. No decorrer do caminho, Harry e seus amigos percebem, de maneira mais abrangente, o mundo bruxo fora dos portões de Hogwarts. Com o caos instaurado, as pessoas estão preocupadas em salvar suas famílias. As amizades são postas a prova uma última vez. Inseguranças do passado são estruturadas para amadurecer cada um dos personagens, os permitindo evoluir. Além das Horcruxes também somos apresentados às relíquias da morte, elementos que Harry, Rony e Hermione não esperavam encontrar diante de suas buscas e que pode os ajudar mais do que imaginam.

A busca pelas Horcruxes leva os personagens a lugares desconhecidos sendo caçados, em uma jornada mágica, por Voldemort e os comensais da morte no processo. Perdas difíceis durante a leitura se fazem presentes, o que me deixou triste. Foi o livro que mais me abalou diante de suas perdas, além das lembranças de boa parte do que aconteceu nos livros anteriores, dando a sensação de nostalgia. Tudo muito bem delineado, uma escrita de extrema inteligência. Seus únicos defeitos foram: acabar e me fazer querer saber mais da vida dos personagens em seu epílogo, me deixou na curiosidade e na saudade.

Me encontrei com receio, antes de iniciar a leitura, de ela ser cansativa por este livro não se passar em Hogwarts. Claro que senti falta da escola de magia e bruxaria, no começo os personagens pensam muito antes de agir, mas não achei cansativa a leitura. Na minha concepção, me remeteu ao momento no mundo real de saída da escola, quando é preciso enfrentar o mundo lá fora e o que ele guarda, usando tudo o que foi ensinado e aprendido.

@oparaisodaleitura

site: https://oparaisodaleitura.com/
comentários(0)comente



Francislaine.Lopes 15/05/2019

Eu amo Harry Potter!
comentários(0)comente



Maíra Marques | @literamai 11/05/2019

Siga: @literamai
Acredito que todos, assim como eu, possui uma paixão incontrolável por essa saga. E nem todos concordam comigo, mas após ler os livros, você não consegue mais gostar tanto assim dos filmes (nenhuma novidade sob o sol).
.
Li a saga desse bruxinho ainda na escola, em 2006. Nessa época eu tinha 12 anos e comprar livros era jogar dinheiro fora para os meus pais. Encontrei o primeiro livro na biblioteca e os demais (que haviam na época) consegui emprestado de uma amiga. Demorou para finalmente ter os meus exemplares e conseguir ler a saga completa.
.
E gente, por Deus, quando adolescente li até Azkaban, que sofrimento foi ler os outros livros após assistir os filmes e descobrir que a adaptação não havia sido tão maravilhosa assim. Enfim.
.
A saga narra a história de Harry, um garoto que aos seus 11 anos descobre que é filho de bruxos após receber uma carta para estudar na escola de magia e bruxaria de Hogwarts. Ele perdeu os pais ainda bebê e recebeu uma marca na testa em um formato que lembra um raio daquele que NÃO DEVE SER NOMEADO. No vagão à caminho de Hogwarts, Harry conhece Rony e Hermione, e na cerimônia de seleção, o chapéu seletor o indica para a casa de Grifinória, onde a amizade dos três se fortalece. A partir daí, eles se unem para combater um mal comum: Valdemort.

site: https://www.instagram.com/literamai
comentários(0)comente



Josue Junior 05/05/2019

-Depois de todo esse tempo Severo ?
-Sempre
comentários(0)comente



João Luiz 29/04/2019

Chegamos ao sétimo e último livro. Sem dúvidas o mais eletrizante. Recheado de batalhas, muita magia e grandes descobertas. Com um fim surpreendente, temos ainda muitas revelações sobre Seveo Snapes, esse enigmático bruxo. É contagiante do início ao fim. Da uma sensação de querer mergulhar mais e mais nesse universo.
comentários(0)comente



Cassitta 25/04/2019

| Harry Potter e as Relíquias da Morte - @officialjkrowling | 551 páginas | @editorarocco | 100000★+♥♥♥♥ |
Sem palavras para o último livro da série. Se eu contar pra vocês que esse projeto era pra acabar em dezembro de 2018, vocês não acreditariam, mas é a verdade. Eu não queria me despedir, confesso. Mas não pôde ser melhor. Você me arrasou, JK. Estraçalhou meu coração de formas inimagináveis. E só posso te agradecer por isso.

Harry Potter e as relíquias da morte, de J.K. Rowling, é o sétimo e último livro da série. Voldemort está cada vez mais forte e Harry Potter precisa encontrar e aniquilar as Horcruxes para enfraquecer o lorde e poder enfrentá-lo. Nessa busca desenfreada, contando apenas com os amigos Rony e Hermione, Harry descobre as Relíquias da Morte, que serão úteis na batalha do bem contra o mal.

Peguei essa sinopse da Amazon, porque não tem spoilers, e dá uma noção do que se trata o livro. Mas gente, é muito mais que uma batalha e uma busca desenfreada. Harry está muito mais maduro, e é um líder nato. A autora fez um trabalho incrível com ele, e o preparou para o grande momento, que é a luta entre Voldemort, seu maior inimigo. Em Relíquias da Morte, vemos também a continuação do clima pesado, sombrio e, juntamente a isso, um humor sádico de tirar o fôlego.

Com a narrativa fluida e apaixonante, Harry nos mostra suas maiores inseguranças, medos e um ódio puro e real, que só será superado com um amor incondicional de uma pessoa que ele nunca imaginaria ser, e que o preparou para enfrentar o Lorde das Trevas melhor que ninguém. Simplesmente uma sacada incrível.

E, se não bastasse, a JK fez um trabalho incrível com os secundários. Neville, Luna, Gina, Fred e Jorge, Lupin, Snape, Dumbledore, e muitos outros maravilhosos, já conhecidos por muitos aqui no insta, têm uma evolução, uma coragem e uma bravura sensacional. Os meios que utilizaram para contornar a situação e ajudar o Harry, ainda que de longe, foi uma coisa singular.

E, para completar, o vilão mais amado por mim, Voldemort, ou Aquele Que Não Deve Ser Nomeado, é digno de palmas. Sua ambição, devoção ao mal e aos valores dos quais acredita é de cair o queixo. Seu objetivo é um, e sua sede por ele se torna insana, maníaca, e estupidamente bem construída. O plano, as mortes e torturas; tudo é tão bem escrito, arquitetado, e a trama ao redor do Lorde das Trevas é feita com maestria. Rowling nos mostrou a face de um homem que saiu do nada e tornou-se o bruxo mais temido e odiado pela comunidade bruxa e trouxa. É fora do comum como conseguimos adentrar seus pensamentos, e sentir suas dores. Fantástico.

Vou sentir saudades, Harry. Você está guardado, para sempre, em meu coração.
comentários(0)comente



820 encontrados | exibindo 16 a 31
2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 |