Este não é o seu lar

Este não é o seu lar Natasha Brown




Resenhas - Este não é o seu lar


7 encontrados | exibindo 1 a 7


Gio 09/03/2022

Uma ótima reflexão sobre temas muito relevantes, machismo, racismo, relações amorosas entre raças diferentes, porém por ser uma história curta eu não consegui me relacionar a ponto de ser um livro uau proveitoso.
comentários(0)comente



Sté.Souza 13/10/2021

Leitura digna de muitas reflexões
Achei a escrita da autora muito boa, fluida e li numa sentada.
Recomendo demais.
comentários(0)comente



Malu Batista 26/12/2021

muito bom, mas a escrita atrapalha um pouco da leitura
Peguei pra ler esse livro em uma tarde chuvosa, já que era pequeno acreditei que seria rápido. A leitura me cansou bastante, não saber a ambientação, o período, a iniciação dos diálogos me incomodou muito.

O enredo é ótimo, vale a pena a leitura.
comentários(0)comente



Hari-Nama 03/01/2022

Janeiro: O único livro escrito por um autor
Livro: Este não é o seu lar
Autor: Natasha Brown
Páginas: 136

Livro curto para ler em um dia, porém a forma como é escrito é meio diferente com frases curtas e situações emaranhadas. Descreve os sentimentos, pensamentos, escolhas e reflexões sobre a vida pessoal e profissional de uma mulher negra que é promovida no trabalho.

#desafioliterárioskoob2022

Sinopse: A narradora de Este não é o seu lar é uma mulher negra britânica, não nomeada que trabalha no mercado financeiro e acabou de receber uma promoção. Reconhecimento por seu desempenho ou pretensa diversidade?

Ela está se preparando para a comemoração do aniversário de casamento dos pais do namorado ? branco ?, que ocorrerá na casa de campo da família, no interior da Inglaterra. Lá, ela irá conhecer o restante dos amigos e parentes do parceiro, adentrando, assim, ainda mais a sociedade de classe média inglesa.

Em meio a novidades à primeira vista empolgantes, nossa narradora descobre algo que pode mudar sua vida ? ou simplesmente acabar com ela. É hora de tomar uma decisão.

-----
"É um chamado silencioso e comedido à revolução. É um livro sobre tudo o que já mudou e o que ainda precisa mudar nos âmbitos social, histórico, político e individual. É curto, mas seu impacto é imenso: acho que é o tipo de livro que será um divisor de águas entre um antes e um depois. [...] Tenho grandes esperanças de que sua leitura não marque apenas um momento de mudança, mas que também torne essa mudança possível." - Ali Smith, The Guardian

"Em apenas 136 páginas, Natasha Brown entrega um livro explosivo. Este não é o seu lar é extraordinário, cada palavra tem seu peso e cada detalhe é minucioso [...] Natasha domina a linguagem como uma arma e consolida-se com uma elegância devastadora." - The Times

"A prosa refinada, a estrutura ousada e a elegância discreta de Natasha Brown são totalmente cativantes. Ela é uma nova escritora extraordinária." - Bernardine Evaristo, vencedora do Booker Prize e autora de Garota, mulher, outras

"A estreia de Natasha Brown é um romance certeiro sobre as histórias que construímos para nós e para os outros... É uma leitura envolvente que você não conseguirá largar." - The Independent

"Sua nova obsessão literária. O olhar inflamado da romancista estreante Natasha Brown sobre a elite britânica proclama o surgimento de um talento brilhante. Sua prosa é afiada e empunhada como uma faca certeira... Este não é o seu lar é sutil e elegante demais para satisfazer nosso anseio por resoluções rápidas." - Vogue
comentários(0)comente



1eloh 09/10/2021

Leria novamente
Uma prosa sensível e profunda que reflete os anseios e inseguranças de uma mulher negra em um país que bebe dos frutos da escravidão mesmo em seus escopos mais progressistas. Um lembrete e um registro de como nos sentimos em meio a pessoas brancas em seu habitat natural, e ainda assim, uma leitura leve, gostosa e provocativa.

?????
comentários(0)comente



carolmc_ 12/01/2022

Racismo ?velado?
História de uma inglesa de nascimento, de origem africana, que enfrenta todo tipo de preconceito, especialmente os ?velados? (que na real acabam sendo bem explícitos), lhe dando uma eterna sensação de não pertencimento.
comentários(0)comente



Karoline 12/10/2021

Difícil
Apesar de pequeno, é uma leitura muito difícil. A transição de momentos e lugares, a ausência de nomes e diálogos marcados e as constantes trocas na estrutura narrativa pesaram um pouco a minha compreensão da história. É um enredo forte e escrito de forma bem intensa, mas demorei um pouco para me conectar com a história e o que realmente importava - uma mulher negra na Inglaterra sofrendo com o racismo de ser bem sucedida.
comentários(0)comente



7 encontrados | exibindo 1 a 7


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR