Depois é Nunca

Depois é Nunca Fabrício Carpinejar




Resenhas - Depois é Nunca


28 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Rosana Miyata 01/01/2022

É o primeiro livro do Carpinejar que eu leio. Gostei bastante da escrita direta e acolhedora, como uma conversa entre amigos.
comentários(0)comente



Guilherme.Oliveira 01/01/2022

O livro me tocou bastante em algumas partes. Acho que o fato de ter experimentado duas perdas inestimáveis no intervalo de um mês (nos dois últimos meses do ano) me fez ler o livro com um espinho no peito.

Carpinejar foi muito sensível em abordar alguns pontos do luto.
comentários(0)comente



Ricardo Tavares 23/12/2021

Depois é nunca
Resenha da Editora BERTRAND BRASIL.
Nova obra do premiado autor Fabrício Carpinejar, Depois é nunca retrata a despedida e o luto em forma de crônicas sensíveis e emocionantes. Depois de focar na relação entre amigos, entre pais e filhos, entre marido e mulher, é chegada a hora de falar sobre aquela que é a única certeza que temos nessa vida: a morte. Em seu novo livro, Depois é nunca, Carpinejar tece envolventes e delicadas narrativas sobre o luto. Em crônicas que falam sobre o quanto não sabemos reagir ao luto, Carpinejar encontra palavras que possibilitam o fluxo nítido de pensamentos junto dos sentimentos, com a sabedoria de quem sabe mexer com a magia das palavras. Ele escreve como quem te escuta. As dores de amores perdidos, reparados, disfarçados, contidos, escondidos.Em Depois é nunca sua escrita é norteada pelo luto, pela saudade e pela esperança. Carpinejar trata dos sentimentos e das angústias de uma maneira tão única e leve que até assuntos considerados tabu, como a morte, ganham um significado especial em linguagem simples.Seus textos ponderam sobre a intuição de que a morte vai chegar, e sobre o esforço feito para evitar as duas: a intuição e a morte. As memórias guardadas do derradeiro momento em que chega a notícia da morte de alguém. A incredulidade daquilo que já aconteceu e se demora a aceitar. A gratidão pela companhia dos momentos em vida, da memória boa que resta em quem fica.Depois é nunca é uma leitura emocionante e leve que acompanha a saudade de quem perdeu alguém querido. É uma reflexão sobre a importância de não adiar afetos, afinal, depois é nunca.

Minha Opinião

Adorei ler esse livro. Junto com o livro de Ana Cláudia Quintana Arantes, A morte é um dia que vale a pena viver, Depois é nunca nos faz refletir acerca da morte e como enfrentar o luto e a perda de entes queridos.
A escrita de Carpinejar é envolvente e provoca imensa empatia. Senti uma emoção fortíssima ao ler os textos do prosador-poeta que captou com maestria a comoção provocada pela morte em nossa existência.
Recomendo muito esse livro que me provocou arrepios e lágrimas, mas no melhor dos sentidos.
Obrigado Carpinejar, por nós proporcionar esse bálsamo literário.
comentários(0)comente



Jaque.Barreto 19/02/2022

Uma ótima leitura
Primeiro livro do carpinejar que leio, gostei bastante da escrita!
Falar sobre o luto é difícil.
Livro repleto de palavras fortes com uma linguagem mais informal!
Li em poucas horas.
Bastante reflexivo também!
comentários(0)comente



Vanessa.Alessi 13/02/2022

Forte, mas necessário
Falar sobre luto nunca é algo fácil. Neste livro, Carpinejar conseguiu descrever o processo de luto de uma forma admirável.

Leia-o e tenho certeza que irá valorizar muito mais a sua vida e a das pessoas que ama!

O momento de amar as pessoas é agora, enquanto ainda temos o privilégio de tê-las conosco.
°Paty~Silva° 13/02/2022minha estante
Olha, com os trechos que vc colocou, me chamou muito atenção ... tenhos em meu círculo de amizades, algumas pessoas que tem muita, mas muita dificuldad em aceitar a partida de seus entes queridos. Nunca é fácil, não gosto de f8car pensando nisso, na partida dos que amo, nem.na minha.... mas tb não dá pra simplesmente ignorar ou ter raiva de Deus, ou qualquer coisa desse tipo... Coloquei na lista dos que quero ler.


Vanessa.Alessi 14/02/2022minha estante
Exatamente isso Paty.




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Sucka 18/04/2022

Para você que perdeu alguém
Esse livro é sobre dor, é sobre o luto, é sobre ler e dizer, esse é o sentimento.
Carpinejar conseguiu traduzir o que eu senti durante meu processo do luto e o que ainda sinto muitas vezes.
Por isso Esse livro deve ser lido por quem sente saudades de alguém!

"Só posso ver a dor do outro pela janela, não há como dividir o mesmo ambiente e sentimento ou querer sofrer mais do que aquele que realmente tem motivos para sofrer.
Não tenho licença para entrar no sofrimento que não é meu. No interior do interior de alguém. Ou tomá-lo como se fosse parte da minha experiência. Empatia não é dividir a dor, mas respeitar a dor, permanecer próximo caso seja chamado, mas manter o distanciamento".
Página 33 do livro.
comentários(0)comente



Larinha 13/01/2022

Resenha: Depois é nunca
?Quando uma pessoa importante vai embora, não é o fim, é apenas o momento de se acostumar a amar de um novo jeito?.

Em Depois é nunca, Capinejar nos mostra através de versos poéticos como a perda é um acontecimento único pra cada um de nós.

Um livro emocionante e tocante que nós faz refletir sobre o que ninguém (ou quase ninguém) costuma abordar: a morte.
comentários(0)comente



Gleiciane.Leal 05/02/2022

Depois e Nunca
O autor fala com muita propriedade sobre o luto, ele não fala como um mero profissional do assunto, ele fala como alguém que viveu ou vive isso na pele.
Ele aborda os vários tipos de perda, e é incrível como tem propriedade ao falar de todos os tipos de perda.
Da pra sentir o sentimento a emoção em cada palavra descrita nesse livro.
E como se o autor estivesse descrevendo todos os meus sentimentos em relação ao luto.
Recomendadissimo!!!
Trabalho excelente!
comentários(0)comente



Bruna.Passos 28/11/2021

Para quem perdeu alguém esse livro é um soco no estômago, ele consegue pôr em palavras o que não conseguimos explicar.
comentários(0)comente



Magna 15/04/2022

É um livro doloroso, mas isso não significa que seja ruim. No momento não estou passando pelo luto, mas já tive uma boa cota de mortes de pessoas próximas, o que fez com que eu me visse em vários momentos desse livro. Carpinejar captura com maestria sentimentos e pensamentos muito específicos de quem já perdeu um ente amado. Não chorei, mas em vários momentos me vi ao ponto de desabar pelas lembranças.
É um livro que escancara como quanto maior o luto, maior o amor.
comentários(0)comente



heyjcf 28/03/2022

Simples, fácil, maravilhoso.
Livro incrível de muita conexão e empatia com todos no processo de luto. Adorei o livro, você lê ele rapidinho em uma tardinha. Super gostosinho.
comentários(0)comente



Carolina 13/01/2022

Um livro sobre o luto
Fui ler esse livro sem saber muito sobre o que era. E ele é um livro sobre o luto. Descreve as diversas formas de luto e como as pessoas lidam com a morte. Não há certo ou errado. O autor consegue passar muito bem o sentimento e tentar descrever da forma mais natural possivel, pois é isso que a morte é e nós temos medo de enxergar ou enfrentar. Natural.
comentários(0)comente



Monique 25/01/2022

Maravilha
Eu sou fã da escrita do Fabrício Capinejar, ele tem um jeito tão sincero, certeiro e delicado de escrever que cada leitura aquece o coração de alguma forma.
comentários(0)comente



Dri 19/01/2022

o começo foi bom, me tocou mais, mas depois não achei nada de mais. por vezes não me prendeu, só não abandonei porque já estava perto do final.
comentários(0)comente



28 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR