Mansão Gallant

Mansão Gallant V. E. Schwab




Resenhas - Mansão Gallant


26 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Matheus 14/08/2022

"Lar é uma escolha"
Livro ?: Mansão Gallant
Autor ?: V.E. Schwab
Faixa etária ?: +13
Nota ?: 5?favoritado
Marcações ?: 46

     Fala sobre liberdade, família e sobre a definição de um lar. "Mansão Gallant" está chegando para o Brasil nesse mês de agosto e sem dúvida virou um dos meus favoritos da autora e do ano. Foi escrito durante o ápice da pandemia e a autora aproveitou para dar o seu melhor nessa obra.

      "Ontem à noite, eu ultrapassei o muro. E encontrei a Morte."

      Em "Mansão Gallant" nós vamos acompanhar Olivia Prior, uma garota de doze anos e mora no Internato Merilance. Por ser muda, sofre bullying das outras garotas e até mesmo das governantas do internato, que nem sequer pensaram em aprender linguagem de sinais para se comunicar com Olivia.

      Olivia também tem um dom de ver espectros aonde quer que vá, mas quando os olha fixamente, somem. Ela também não conheceu os pais e a única coisa que tem deles é um diário da mãe com a inicial "G" que contém escritos para seu pai e avisos para a filha.
 
       "Olivia, Olivia, Olivia, lembre-se disso: as sombras não conseguem te tocar, não são reais. Os sonhos são apenas sonhos, nunca podem te machucar, e você ficará segura desde que mantenha distância de Gallant." (Trecho do diário da Sra. Prior).

       Um dia, Olivia é chamada para a sala da diretora do internato que a comunica sobre uma carta do seu tio Arthur Prior chamando-a para morar na Mansão Gallant, um lugar onde todos estariam prontos para recebê-la.

      Sabe aquela teimosia clássica de alguns protagonistas? Pois é. Olivia aceita ir para Gallant, mas porque não aguenta mais viver em Merilance. Em Gallant, Olivia vai aprender mais sobre sua família e sobre o passado dos pais.

     "Eu já tive um pássaro. Eu o mantinha numa gaiola. Mas um dia alguém o soltou. Fiquei tão brava na época, mas agora me pergunto se fui eu. Me levantei à noite, meio adormecida, abri o ferrolho e o deixei ser livre. Livre; uma palavra pequena para algo tão magnífico."

      "Mansão Gallant" é um livro lindo e marcante. Achei muito interessante e necessária a ideia da protagonista ser muda e focar mais nos pensamentos dela do que quando as pessoas tentam se comunicar com ela.

      O livro está mais para um horror fantástico, foi o primeiro livro que eu li desse gênero e realmente me surpreendeu. Cada metáfora utilizada, a escrita, o ambiente e a vibe que o livro passa... tudo daria uma série perfeita na Netflix!

     "? Esses sonhos serão a minha ruína? dizia a voz.? Quando estou sonhando, sei que preciso acordar. Mas quando acordo, só consigo pensar em sonhar."
  
     Por mais que não passe nem mesmo de quatrocentas páginas, a autora consegue desenvolver a protagonista muito bem, explorar seu passado e sua família, além de apresentar outros personagens que serão muito importantes para o desenrolar da história.

    V.E Schwab diz nos agradecimentos "Eu tinha o portão no muro, ele sempre esteve ali, mas, eu não sabia ao certo o que encontraria do outro lado." Ela consegue fazer uma ligação ao que ela sentiu com o enredo da história, afinal o nome da quarta parte do livro é "do outro lado do muro".

     Eu queria poder escrever uma resenha maior ainda falando bem desse livro, tentando convencer vocês a lerem (afinal ele realmente é perfeito!!), mas eu já falei o suficiente. Eu amei cada detalhe, virou um dos meus livros favoritos da vida e entrou até no meu top 10 do ano.

     Com "Mansão Gallant", posso dizer que já li metade dos livros da autora publicados no Brasil e é uma prova que os livros dela estão progredindo cada vez mais. Recomendo para todo fã de fantasia  (e de terror também, por mais que contenha pouco) e posso dizer que não vai lhe decepcionar.

       A edição da Galera Record está impecável, com poemas e até ilustrações. Aproveita que está entrando em pré-venda e vai lançar agora dia 22 de agosto, pode ter certeza que seu dinheiro precioso vai ser muito bem gasto :)

        Leiam Mansão Gallant!! ?
comentários(0)comente



Ariane 14/08/2022

Gênero que adoro, personagens cativantes!
Estava com a expectativa altíssima para ler esse livro, amei a vibe que ele passa pela capa e sinopse, e sou muito fã da autora!

Não vou dizer que me decepcionei, até pq fui com a expectativa alta demais, acabei gostando da história, mas desejando que tivesse sido um pouquinho mais longa kkk

A vibe é bem Tim Burton, Olivia, Matthew, Edgar e Hannah ganharam meu coração completamente, gostaria que o plot principal fosse mais desenvolvido, por conta disso acho que esse livro talvez seja mais infanto juvenil , e eu achei que fosse mais "adulto".

De qualquer forma a narrativa e o gênero não foram problema, se você gosta dessa vibe mais sombria e sobrenatural da autora, saiba que ela abusa do tema nesse livro.

Fiquei com o coração quentinho depois de ler esse livro, por mais estranho que pareça. Muito similar a Serafina e o Capa Preta, em vários aspectos. Indico para quem gosta de um gótico e sobrenatural mais light.
comentários(0)comente



bela 10/08/2022

É bom, mas poderia ser melhor
Olivia Prior foi deixada nas escadas da Escola Merilance para Garotas Independentes aos 2 anos de idade, portando apenas um diário com a letra G na capa, com desenhos que parecem mais manchas de tintas e escritas que provam a deterioração da mente da mãe, até mesmo a carta confusa que a mãe escreveu para ela na contra capa alertando a sobre sombras sonhos e Gallant, o que quer que seja isso.
Sendo uma garota muda crescendo ao redor de pessoas que não conheciam a linguagem dos sinais, Olivia nunca teve a chance de criar laços, tendo como companhia apenas os espectros que apenas ela é capaz de ver, seu caderno de desenho e o diário que já decorou cada palavra, sabe que não tem muitas chances de futuro além do mundo cinzento de Merilance, já que todas as garotas que vão embora acabam implorando para voltar e nunca são aceitas.
Tudo muda quando ela recebe uma carta do tio chamando ela para morar com ele em Gallant, o mesmo lugar que a mãe pediu para que ficasse afastada. Sem opção e desesperada por ser querida, Olivia parte na mesma noite e finalmente conhece a misteriosa mansão que está se deteriorando pela falta de cuidado e seus 3 habitantes. Helen, a governanta amorosa que a reconhece como uma Prior só de olhar para ela. Edgar, ex médico do exército que agora é como um zelador, e Matthew, o primo arrogante que não quer Olivia morando lá por nada, já que o pai morreu e não enviou carta nenhuma.
Mas Gallant é o lar que ela quer, com a família que ela jamais imaginou ter - mesmo que a maioria deles ela só tenha a chance de ver como espectros, com seu jardim lindo, sua sala de música, e principalmente o diário que ela encontra escrito Grace Prior, sua mãe. Mesmo que seus sonhos comecem a ser estranhos, mesmo que ela finalmente descubra que o estranho muro não é apenas isso e que Gallant tem segredos mortais e leva cada um dos Prior a uma loucura fatal.


Eu achei incrível termos uma protagonista muda, mas como ela convive com pouquíssimas pessoas ao longo do livro temos tão poucos diálogos que isso acaba tornando a leitura um pouco mais cansativa, mas o desenvolvimento da Olivia é tão lindo de acompanhar, tudo o que ela sofreu e vai conquistando aos poucos, tudo o que ela se dispõe a fazer para proteger quem ama mesmo que acabe perdendo coisas tão preciosas no processo. Mas, infelizmente, ela é a única coisa realmente desenvolvida. O plot é genial, teria tudo para ser um dos melhores da Schwab, mas só começamos a entender o mistério de Gallant faltando 100 páginas para acabar o livro, tornando o final apressado e com a impressão de que tudo foi resolvido fácil demais.
Ainda indico a leitura, porque a escrita é ótima e o plot envolvendo o diário é lindo, espero que você possa aproveitar a leitura muito mais do que eu.


(Originalmente postado em @foramoslivros)
comentários(0)comente



Vivi 07/08/2022

Poderia ter sido melhor
A história é muito boa, mas muitas perguntas ficaram sem respostas no final, muitas mesmo, deixando uma sensação de que ficou incompleta. Queria saber mais sobre os personagens e sobre a casa...enfim.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Camila 05/08/2022

Os guardiões de Gallant
Sabe quando iniciamos um livro só porque a capa é bonita? Esse foi o meu caso, nem mesmo a sinopse li antes de iniciar e agora que finalizei a leitura digo claramente que foi perfeito ter iniciado às cegas.

Esse foi o primeiro livro que li dessa autora e mal posso esperar para iniciar suas outras obras. Cada descrição, cada detalhe, cada cena que levava a uma ideia maior do que o leitor pode esperar... não tenho palavras para descrever o quão bom achei esse enredo. Digo, quem mais poderia pensar que juntar Hill House, Bly Manor e Coraline daria num livro absurdo de bom? 

O desenvolvimento da Olivia, desde seus momentos antes da mansão Gallant até o dia em que enfim pode criar raízes, foi o melhor para mim. A forma como a autora fez a aceitação dela no mundo, impondo sua forma de ser mesmo que tão silenciosa como o vento e calma como a escuridão observadora e somada ao mundo que somente ela via me fez criar tantas teorias... muitas ainda sim acho que são verdadeiras, mas é sobre kkkkkkkkk

Recomendo demais esse livro, por mais macabro e sinistro que algumas cenas sejam, acho que no fim vale pela experiência que agora me faz ficar triste por ter acabado. Realmente apreciei essa leitura e facilmente o leria de novo.

Todo meu amor a família Prior, os guardiões de Gallant ??
comentários(0)comente



Fernando 02/08/2022

Esperava por mais.
A leitura é boa mas não me conquistou tanto. A protagonista nos faz torcer por ela. Há uma curiosidade em seguir a leitura e descobrir os mistérios, mas quando se chega ao final, bem corrido por sinal, ficou a sensação de que terminou faltando algo.
comentários(0)comente



Lah 02/08/2022

Vibe ?A Noiva Cadáver? do Tim Burton
Esse é o tipo de livro que me tira da minha zona de conforto, o que é bom!
Desde que li A Cidade dos Fantasmas - onde eu gostei muito da escrita da autora - fiquei querendo ler outras coisas dela, principalmente esse livro e qual não foi minha surpresa quando o livro do mês de junho da mala do Turista Literário chegou?
Comecei com certo receio, a história é lenta e cheia de lacunas que vão se preenchendo aos poucos.
Um ponto interessante a destacar é que esse é o primeiro livro que eu leio onde existe um personagem não verbal (mudo) na história. Achei isso MARAVILHOSO! E a forma como a V.E transmite e liga a personagem à gente é incrível.
De forma geral a história é bem legal, cheia de fantasmas, mistérios e com direito a personificação da Morte? É uma narrativa sombria, porém reflexiva. No final você anseia por viver e acho que é essa a mensagem que o livro transmite.
1º que o amor ultrapassa qualquer barreira, mesmo a morte.
2º a morte não pode te empedro de viver.
Gabrielle 02/08/2022minha estante
Eu ja queria ler esse livro e esse título que colocou aqui ja me convenceu a fazer dele minha próxima leitura kk




Baixinha 01/08/2022

Olivia, Olivia, Olivia
É uma vibe bemmmmm Coraline, mas sem tanto terror, parece um livro infantil, eu sinceramente esperava muito mais? Não que seja ruim, a escrita é boa e poética como todos os livros da V. E, porém parece uma história para crianças.
comentários(0)comente



Priscila 31/07/2022

Não consegui me conectar
Achei meio raza e não consegui entender muito e nem ver sentindo! Sinceramente não gostei muito e não recomendaria.
Monique 31/07/2022minha estante
??




heloisa.nas 29/07/2022

Achei mt previsível
?Fantasmas já foram pessoas, e existem pessoas de todo tipo, boas, ruins e tudo que existe entre esses extremos. Lógico, alguns estão aí para assustar, mas outros, na minha opinião, só estão observando, desejando poder ajudar.? Pag.98

Eu sou apaixonada na V.E. Schwab, pois com mais de 6 livros que eu li da autora, todos me cativaram por tamanha imaginação pra criar suas histórias. Histórias inovadoras, com alguns elementos iguais, mas a maioria em si, me pegava de surpresa e eu ficava completamente presa na narrativa.
Infelizmente isso não aconteceu com Gallant.

?As garotas dizem amor, mas o que elas querem dizer, na verdade, é querer. Ser querida além dos muros daquela casa.? Pag.30

A cada página que virava já sabia o que ia acontecer.
Todas as cenas do livro pra mim foram previsíveis e por conta disso não me diverti lendo o livro.
É um livro bem curtinho e talvez (provavelmente) deveria ter mais páginas pois me vi lendo sobre personagens que poderiam ser melhor trabalhados. A história toda em si, tanto o passado quando o presente de Olivia. Não que eu esperasse profundidade nesse livro, pois claramente tem um público alvo mais jovem, e mesmo não estando mais nessa fase, eu tenho certeza que não foi esse o motivo de eu não ter gostado do livro.

?Aquela palavra de novo? seguro. Mas o que é segurança? Tumbas são seguras. Merilance era segura. Seguro não quer dizer feliz, não quer dizer bem, não quer dizer gentil.? Pag.77

Impossível não ver a semelhança com Coraline e O Jardim Secreto (caso ele fosse macabro). Uma porta pra outro mundo, um mundo em si falso, cópia do verdadeiro, um primo mesquinho, um jardim com grande potencial, e ?fantasmas?. Não sei se foi homenagem ou apenas inspiração mas pra mim a história ficou um pouco cansativa, e nas primeiras 200 páginas me parecia que nada acontecia.

?Arthur diz que a morte aguarda do outro lado do muro. Mas a verdade é que a morte está em todo lugar. A morte chega para as rosas e maçãs. chega para os camundongos e os pássaros. Chega para todos nós. Por que a morte deveria nos impedir de viver?? Pag.133




??? spoiler ?????

Gosto do fato de Olivia ser muda, algo que não vejo com frequência num livro, acho bem legal Schwab trazer essa representatividade, e como Olivia se sente em relação ao silêncio e o som.
Não gostei do tal ?dom? da menina, achei desnecessário , e não tem absolutamente nenhuma explicação, pq não faz o menor sentido.
A tal dona morte, ficou incrivelmente caricata de personagem bonzinho Damon Salvatore, fazendo piadinhas, sendo que pouha, É A Morte!!!
Além disso foi detida em um piscar de olhos, mal conseguiu matar ninguém sendo que ja estava mais poderosa se alimentando do mundo real quando fugiu.
Achei o primo dela batido, os pais dela que pareciam o ponto central foram ficando de escanteio ai longo do livro, e a mini reviravolta com Thomas foi uma bosta.
Nem sei mais o que falar.

?Estou tão feliz. Estou tão assustada.
Os dois. ao que parece. podem andar juntos. de mãos dadas.? Pag.38

O livro simplesmente não me agradou.
Tinha tudo pra ser fantástico. Para explicar mais sobre os espectros, para ter uma aventura mais fantástica, uma relação legal entre primos, uma atmosfera da casa em si mais desenvolvida. Para ter um personagem Morte decente, que não apenas irônico pra lá e pra cá.

É a primeira vez que eu não gosto de algo que ela escreve, e espero que isso não ocorra novamente pq eu amo os livros da Schwabinha:(



?Lar é uma escolha.? Pag.13
comentários(0)comente



Dede 28/07/2022

Adorei
Mais um livro da maravilhosa V.E. Schwab. Cada livro de fantasia que ela escreve e eu vou me apaixonando por cada um deles. Em Mansão Gallant não foi diferente, com uma vibe mais macabra e misteriosa, com espectros e segredos que são revelados aos poucos. Me apaixonei pela coragem da Olívia e pela força do Matthew.
comentários(0)comente



Letícia Machado Tadeu Da Silva 24/07/2022

Muito bom ?
Gostei bastante da Escrita , foi bem rapidinha a leitura e me sentir dentro da história, só achei que o final foi um pouco corrido, mas mesmo assim, foi bom, gosto dessas histórias rapidinhas e gostosinhas de ler, fico com vontade que ler mais sobre tudo que essa mulher escreve. Quem gosta de Coraline, vai gostar dessa história.?????
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Rafa 19/07/2022

Meus amados, que livro!!
Eu li esse livro esperando dar 5 estrelas já, mas acabei ele querendo dar a galáxia inteira!
Não sei nem por onde começar a falar desse livro, se você nunca leu qualquer coisa da V. E. Schwab, Mansão Gallant é um ótimo começo. Eu não vejo a hora de ler Vilão e a Vida Invisível de Addie Larue.
Você se apaixona por todos os personagens, seja amando eles profundamente ou odiando ama-los no caso do vilão.
Você ri, chora, se assusta, mas, principalmente, entra na história de uma maneira que quando Olivia nos da adeus ao final, a primeira reação é voltar a pagina 1 e começar tudo de novo.
Ami, favoritei e super recomendo!
comentários(0)comente



26 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR