A vida mentirosa dos adultos

A vida mentirosa dos adultos Elena Ferrante




Resenhas - A Vida Mentirosa dos Adultos


254 encontrados | exibindo 61 a 76
5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 |


Lisi 09/09/2020

Ferrante é incrível. Não sei descrever corretamente o estado de euforia e total desespero que sinto ao ler todas as suas obras.
Nesta, acompanhamos a tortuosa passagem da infância para a adolescência de Giovanna e as inúmeras descobertas que vem com esse processo. Descobertas que são essenciais para a formação da personagem e a quebra de várias ilusões infantis, não só sobre os pais, mas também sobre as várias nuances da vida adulta.
É uma leitura instigante, que te deixa com nó na garganta em vários momentos e, como sempre, torna impossível qualquer tipo de sentimento de afeto por qualquer um dos personagens.
comentários(0)comente



Valerie 09/09/2020

Aborrecência.

Fraco. Crises existenciais de uma adolescente chata.
comentários(0)comente



Andy 08/09/2020

Ótima abordagem de tema!
Amei a escrita da autora que é fluida e leve, fala sobre coisas que são consideradas tabu e muitas vezes não são explicadas, a história é muito boa, mas no final eu esperava um desfecho mais bem explicado/elaborado.
comentários(0)comente



Nathalie.Murcia 06/09/2020

Arrebatador
Neste romance inédito de Elena Ferrante, novamente somos capturados pela narrativa afiada e envolvente que é sua marca registrada. Usando de alguns dos seus temas tradicionais, tais como a ambivalência feroz de seus personagens, divididos entre intelectuais/ricos e pouco instruídos/pobres, este romance retrata a vida pacata da adolescente Giovanna, até o momento em que esta perde a ingenuidade infantil, conforme a trama se desenvolve na cidade de Nápoles, tanto na sua parte alta quanto na zona industrial, evidenciando mais um dos contrastes característicos das obras de Ferrante.

A decepção com os pais, que de heróis passam a ser vistos como pessoas normais, cujas vidas são permeadas de erros, segredos, intrigas e traições, marcam o amadurecimento de Giovanna, que, apesar de sua inteligência, se envereda num caminho de autodegradação, eis que se sente desconectada do meio ambiente escolar e familiar, sobretudo depois do encontro com a complexa tia Vitória.

O livro nos proporciona um vórtice de e sentimentos. Me pareceu que o fim deixou uma porta aberta para uma continuação. Tomara que tenhamos uma outra "tetralogia". Devorei as 432 páginas em três dias. Amei!!
comentários(0)comente



DaniM 05/09/2020

Nunca decepciona
Elena ferrante nunca me decepcionou. Sua intensidade e verdade trazem à minha superfície sentimentos e reaçoes que eu nem sabia que ainda me habitavam. Não há um livro em que eu nao me identifique dolorosamente com algum ou todos os personagens e nesse nao foi diferente. ?A vida mentirosa dos adultos? chegou a ser uma experiencia física ? assim como o Dias de Abandono. Maravilhoso. Visceral.
comentários(0)comente



Lari 26/08/2020

É um típico drama envolvendo adolescência e família, somos levados a conhecer Giovanna e as pessoas que estão wm sua vida, uma história cheia de drama, traições, brigas familiares e uma adolescente que passa por uma fase de revolta com todas as mudanças que se vê obrigada a passar.
Foi uma leitura surpreendente, ansiosa pela adaptação que vai ser lançada.
comentários(0)comente



Mary 25/08/2020

Giovanna não é uma adolescente na qual poderia me identifica
Faltou um R ali mas tudo bem. A história tinha tudo para ser perfeita mas foi apenas a decepção, nada a declarar além disso :(
comentários(0)comente



Mônica 25/08/2020

Não conhecia a autora, ja tinha ouvido muito sobre ela mas ainda não tinha lido nada dela, gostei muito da escrita dela, apesar de algumas partes eu querer tocar o livro na parede kkkkkk Mas no geral gostei muito da leitura
comentários(0)comente



Ãndrea 24/08/2020

A vida mentirosa dos adultos...
A história envolve as dificuldades de uma adolescente de 12 anos de se tornar mulher...
Conflitos familiares, decepções, angústias... Um livro cheio de verdades. Porém, não gostei tanto da leitura, do enredo, nem do desfecho...
comentários(0)comente



Jamayra Greyce 23/08/2020

MELHOR INTRÍNSECOS 2020 ATÉ AGORA!!!!!
"O que se passava, afinal, no mundo dos adultos, na cabeça de pessoas extremamente racionais, em seus corpos carregados de saber? O que os reduzia a animais dentre os menos confiáveis, piores do que os répteis?"

Ouvi leitores de Elena Ferrante dizendo que esse livro, apesar de bom, não chega aos pés da Tetralogia. Eu, que não conhecia a autora, me senti ligeiramente esmorecida por essas opiniões. Somando isso a impressão que tive de se tratar de um YA, custei ter coragem de pegar em "A vida mentirosa dos adultos". Quando finalmente tive ânimo para ler, fui sem nenhuma expectativa, e já esperando algo morno, como manda o costume do clube Intrínsecos em 2020 kkkkk. Minha supresa, então, não poderia ter sido maior: para mim, esse foi o melhor livro inédito que li esse ano, até agora.

A partida da história é dada quando a protagonista Giovanna, aos 12 anos de idade, escuta o pai dizendo que ela está ficando a cara de tia Vittoria, irmã dele. O problema é que na casa da menina todas as opiniões sobre essa mulher são péssimas, inclusive a respeito de sua aparência; principalmente pq esses irmãos são brigados. Assim, o comentário depreciativo do pai abala profundamente a filha, que passa a refletir e investigar a respeito, já que não sabe com certeza se é parecida ou não com a tia. Suas buscas a conduzem a inúmeras descobertas que, além de influenciar sua puberdade, pq não dizer, mudam o curso planejado para a sua vida.

Muitas cenas são delicadas, polêmicas ou completamente problemáticas, o que me causou estranhamento e desconforto. Mas nenhuma bizarrice é romantizada, muito pelo contrário. Nisso, achei as críticas de Ferrante muito sofisticadas; nada de panfletagem ou cagação de regra. A mulher fala é com a sua consciência - se você tiver alguma, é claro.

Outra coisa que adorei foi poder apreciar um pouquinho Nápoles, napolitanos e Itália no geral. Elementos desse universo são muito bem distribuídos pelo livro, dos cenários contrastantes aos pratos típicos e variações linguísticas. Fora isso, foi interessante aprender sobre alguns comportamentos e padrões sociais diferentes dos que costumo ler em histórias brasileiras, estadunidenses e britânicas.

A narrativa de Elena Ferrante nessa história é envolvente demais. Eu não conseguia parar de ler, e quando precisava dar uma pausa, não deixava de pensar no que estava se passando no livro. Também é muito legal como, só pelo ritmo da escrita, dá pra perceber que se trata de uma mulher italiana (E NÃO DE UM HOMEM, NEM SONHEM COM ISSO): ela escreve um monte num fôlego só, predominantemente usando vírgulas e dispensando pontos, como se estivesse falando muito e rápido daquele jeitão italiano, ou sei lá. Essa foi a minha impressão. Dá pra se perder legal quando ela diz mil coisas de uma vez, mas eu gostei kkkkk.

Por fim, tenho que registrar que fiquei apaixonada com os desenvolvimentos dela a respeito de aparências e da pulseira. Não posso dar detalhes sobre pq seria spoiler, então ficamos por aqui msm kkkkk.

Li algumas pessoas dizendo que acharam o final "aberto", mas acredita que eu não?? Me sincronizei tão bem com Giovanna que nada do que ela fez me pareceu estranho, especialmente nas partes finais da história.

MELHOR LEITURA DO ANO dps de éramos seis e dom casmurro, lógico kkkkk.
MelQuezado 06/09/2020minha estante
Saiu onde? No clube intrinseco foi???


Jamayra Greyce 06/09/2020minha estante
fooooiii, foi no clube. mas, se n me engano, a intrínseca já tá vendendo a edição normal dele agr em setembro. quer ver tu olha


MelQuezado 06/09/2020minha estante
Pois é, eu já comprei na pré venda! Tô esperando chegar. :~~~




Larissa 23/08/2020

Ferrante, né?
Tive o privilégio de ler antes do lançamento e foi uma leitura tão rápida e cativante que só me fez gostar ainda mais da autora. Adorei as ironias e a forma como ela trabalha a passagem de criança a adolescente passando pela sexualidade e pela relação familiar.
comentários(0)comente



Isabela.Oliveira 22/08/2020

Doce adolescência
Essa história vai te fazer lembrar da sua adolescência, como uma lembrança guardada que achava que estava esquecida.
Fala dos desafios da transição da infância para adolescência, da necessidade de se conhecer e se destacar. De ser diferente, de não ser só o que os pais desejam, é descobrir que família sempre guarda segredos profundos e perigosos, que podem te revelar um lado desconhecido até então. Escolher mentir, omitir ou falar a verdade. Descobrir como é se apaixonar e como é fazer, coisas sem vontade para agradar os demais, ou para pintar uma imagem diferente do que realmente você é.
Um bom livro.
Leitura e . 22/08/2020minha estante
Oii... Boa noitee...Tudo bem?... Desculpa por interromper sua leitura, mas gostaria de te convidar a me seguir no Instagram para acompanhar minhas leituras... sempre tem sorteio de livros por lá... te espero ...?
Obrigado.
@leituraeponto




Luciana 21/08/2020

Primeira experiência
Ouvi muito falar sobre a Elena Ferrante. Então fiquei muito empolgada quando vi o livro. Mas, infelizmente, minha primeira experiência com a autora não foi boa. Achei a história forçada, que não me levou a lugar nenhum.

Entretanto, tenho que elogiar a escrita da autora. Muito fluída, faz com que a leitura seja rápida. Acredito que essa seja a causa para eu não ter abandonado a leitura no meio.

Agora, é ir atrás das obras anteriores da autora para que eu possa formar uma opinião justa a respeito dela.
comentários(0)comente



Allan 21/08/2020

A vida mentirosa dos adultos
Como são grandes os dilemas da Adolescência aos olhos dos mesmo, descobrir as pessoas que vc mais admira, têm seus próprios segredos e vidas além de vc.
Ferrante nos leva por uma viagem a nossa própria adolescência, a descoberta dos desejos sexuais, as discordâncias com nossos pais.
Não sei se foi por eu já ter passado um pouco dessa idade kkkk mas foi uma leitura lenta, e um pouco massante em algumas partes, mas no geral é uma leitura ok.
comentários(0)comente



Drica 21/08/2020

Uma trama cheia de drama
A vida mentirosa dos adultos
Elena Ferrante
Editora intrínseca


O intrínseco do mês de junho nos apresenta a história da Giovana. Nascida e criada numa família de classe média, mora em Nápole, na parte alta da cidade, tem uma boa educação, bons pais, uma vida relativamente boa. Até que tudo muda quando ela escuta o pai dizer à esposa que a filha (Giovanna) está ficando feia igual a tia Vitória. Uma tia que ela nunca conheceu, e só ouviu histórias dela e bem negativas. 

A partir daí ela busca conhecer mais sobre si mesma, a tia e o passado do Pai, passa a observar as pessoas ao seu redor. E tenta descobrir o porquê de os dois irmãos se odiarem, e principalmente se ela realmente se parece com a tal tia. 


429 páginas que se desenrolam em um drama familiar, com mentiras, traições, desentendimentos e segredos. Giovanna não sabe em quem acreditar e ao passo que observa as atitudes dos pais e e dos adultos ao redor ela percebe que nem tudo é o que parece ser. E ao seu modo de ver todo mundo está errado. Mesmo conhecendo a tia e o lugar de onde seu pai veio, ela não consegue preencher algo dentro de si e passa a se comportar da maneira que ela tanto crítica tendo atitudes que ela condena. 

O livro nada mais é uma história familiar com todos os problemas e dúvidas que conhecemos.  É narrada em primeira pessoa pela própria Giovanna. Espere um livro com muitas reflexões e questionamentos por parte de Giovanna. Durante a leitura você vai acompanhando a transição da infância para adolescência e a fase adulta, quando ela se desprende das amarras da família e opiniões olheiras.

A escrita da Ferrante é incrível, maravilhosa, e foi o ponto alto do livro para mim. Quando li o último parágrafo, última frase, última palavra me perguntei pelo resto da história kkkkkk e o que parece ter sido proposital por parte da autora. O final me incomodou, fiquei com gosto de quero mais e ficou aquela sensação de interrompido. (Acho que vem outro por aí).

 Foi meu primeiro contato com a escrita da autora e ela arrasa.  Recomendo a leitura, o livro gera uma boa discussão sobre padrão de beleza, sexualidade, respeito as escolhas do outro, as diferenças, conhecimento de si e do mundo. 

Eu gostei do livro, principalmente após a discussão com alguns dos assinantes. 
comentários(0)comente



254 encontrados | exibindo 61 a 76
5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 |