A Rainha da Fofoca - Fisgada

A Rainha da Fofoca - Fisgada Meg Cabot




Resenhas - A Rainha da Fofoca Fisgada


33 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Consumindo Sagas 17/11/2018

...
Estou começando agora a conclusão dessa trilogia, mas com zero expectativa. Tudo é muito bobinho e comum. Eu esperava algo diferente e não um monte de clichê...
Stefani 17/11/2018minha estante
Oi amigo, pois é tbm achei bem decepcionante... uma pena viu


Consumindo Sagas 19/11/2018minha estante
Todo mundo fala dessa autora, o universo ama ela. Quando eu fui ler AFFFFFF já li mil coisas melhores e escritas melhores. Ainda bem que paguei super barato pelos livros kkkkk


Stefani 19/11/2018minha estante
kkk Ainda bem q foi barato kkk. Olha eu já li outras coisas dela, só curti msm a saga Diario de Uma Princesa, o restante até agora foi bem decepcionante :(




Ani 24/03/2018

A Rainha da Fofoca – Fisgada é o terceiro e último livro da série que traz a queridíssima Lizzie Nichols. Vou fazer um resuminho para quem não sabe o que aconteceu até chegarmos aqui.
Lizzie estava terminando sua faculdade de História da Moda quando foi até Londres para encontrar seu namorado virtual (na realidade eles ficaram uma vez juntos, ele voltou para terra dele e os dois mantiveram o relacionamento à distância), só que ele não era nada do que ela idealizava. Depois de se decepcionar com seu boy, ela resolveu encontrar com sua melhor amiga Paty e o namorado dela Chaz em Paris, onde conhece Luke e se apaixona por ele (não julgo).




A vida de Lizzie não é resumida apenas em relacionamentos amorosos, ela também está em busca de um ótimo emprego em sua área de trabalho, história da moda, o que é bem difícil, mas ela consegue um com Monsier Henri e mostra todo seu talento restaurando vestidos de noiva.
Tudo parece muito bem para nossa protagonista se não fosse um probleminha ou outro que acaba cruzando o caminho dela. Uma das características mais marcantes de Lizzie para mim é o fato dela ser extremamente leal ao sentimento dos outros. Isso faz com que ela sufoque os próprios sentimentos, ela não faz por mal, mas está acostumada a ser desse jeito e tem medo de desapontar.

"Afinal, para que você quer ficar noiva, Lizzie? Maridos não servem para nada além de atrapalhar."

Não quero contar muito sobre o enredo pois posso soltar um spoiler ou outro (é muito difícil resenhar final de trilogia), mas nessa obra nossa protagonista está com diversos dilemas que para ela são extremamente difíceis de resolver, mas que para nós podem ser resolvidos em uma conversa. É engraçado como tudo do lado de fora é mais fácil, né?




Eu AMO essa trilogia, é a segunda vez que leio e a sensação é a mesma, é lindo ver a paixão da Lizzie com sua profissão e é muito divertido acompanhar todos os seus dilemas amorosos.
O legal da obra é que os personagens secundários são importantíssimos para o desenrolar da história. Com destaque para a avó de Lizzie, que merece o prêmio de melhor personagem!
Eu queria poder dizer que é só alegria durante a obra, mas não é bem assim, tem uma parte que me deixou bem triste enquanto lia (sim, eu chorei lendo um chicklit).
A obra é bem escrita, é divertida, envolvente e vale muito a pena conferir! Para os fãs do gênero essa é praticamente uma leitura obrigatória! Super aconselho a trilogia toda.



site: http://www.entrechocolatesemusicas.com/2017/12/a-rainha-da-fofoca-fisgada-meg-cabot.html
comentários(0)comente



Cris.Antonia 13/03/2017

Decepcionante
Não gostei ?
comentários(0)comente



Mariana.Villerá 03/03/2017

Fisgada
O melhor da série! Muito mais engraçado com descobertas surpreendentes! O final inacreditável! Amei!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



fhesantos 10/01/2016

série rainha da fofoca
Não tenho muito que falar ...
foi um dos melhores livros que ja li
bem adulto e bem realista .
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Júnior 25/06/2015

Fisgada
Com muito dó eu li o último livro dessa trilogia incrível , sério. Me apeguei de mais a personagem , comecei até a tomar coke diet e falar coke diet ao invés de coca zero. Esse foi um dos livros que eu mais rir, me pergunto como a Meg consegue ser tão incrível. No final do segundo livro eu já estava shippando outro casal. Mas a Lizzie tava insistindo de mais com o noivinho dela que eu já tinha pegado abuso, mas no final ela ficou com o cara certo. Tem muita gente dizendo que a Lizzie tinha sido fisgada pelo o namorado riquinho dela , mas estão errados , a Lizzie foi fisgada por outro cara. flw
comentários(0)comente



Jessy 11/03/2015

Por que o último livro é o pior?
Legal, finalmente cheguei ao último livro dessa trilogia. Nunca havia lido nada da Meg e comecei pela Rainha da Fofoca.
Os dois primeiros são muito legais, você rir e se diverte com a Lizzie e suas trapalhadas e fofocas.

Porém...chegou o último e eu super ansiosa para saber o que ia acontecer, afinal, o segundo livro termina surpreendente! Luke finalmente resolve pedir Lizzie em casamento, depois de uma confusão no Natal.

Bom, os acontecimentos do último livro são bem fracos. Ainda não consigo entender como Lizzie se descobre apaixonada por outra pessoa do nada. Tudo bem, havia passado 6 meses na história, mas esses meses ela sequer viu ou conversou com a pessoa em questão que é com quem ela termina a história. E aí, quando se veem, ela diz que sempre o amou. Tipo, oi?

Achei sem nada demais acontecendo. Para um último livro, esperava muito mais. A evolução da Lizzie é legal pelo menos, apesar de ela se dizer feminista no primeiro livro, ela é mais machista do que imagina, inclusive por achar que o casamento é o único final que ela deve ter, o que a impede de assumir seus sentimentos logo de início pela outra pessoa. E mais várias outras atitudes dela ao longo da história. A pressão que ela mesma colocou em seu relacionamento com o Luke, sonhando com o casamento deles, a fez idealizar um Luke que não existe e nunca existiu. Ela via o Luke que ela queria que existisse, e não como ele era.
Porém, se descobre apaixonada por outro (o que não queria se casar) e, finalmente, entende que ela não precisa se casar para ser feliz.

No geral, é bem OK. Achei esse livro menos legal e divertido que os outros;
Os personagens estavam muito diferentes do que foram no 1 e 2 livros; E logo no início a gente já sabe o que vai acontecer, fica bem óbvio devido a essa aproximação com o futuro namorado.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Jessy 11/03/2015minha estante
concordo plenamente :(
parecia um outro livro, mas com os mesmos personagens. Tb to até agora sem entender




Rubinho 08/07/2014

A Rainha da Fofoca Fisgada - Meg Cabot
A vida não podia estar melhor para Lizzie! Ela parece ter tudo o que sempre quis: conseguiu um emprego em Nova York, está fazendo aquilo de que mais gosta - trabalhando numa loja de restauração de vestidos de noiva - e Luke, seu namorado lindo e cheio da grana, finalmente a pediu em casamento. Mas por que será que Lizzie não consegue ficar satisfeita estando a poucos passos do altar? Parece que ninguém está se importando com o que Lizzie quer fazer da vida! Só sua avó – com seu jeito peculiar –, as funcionárias na Chez Henri e uma cliente louca de pedra para clarear suas ideias e mostrar que o futuro estava ali bem perto o tempo todo.

Esse é com certeza o melhor livro da Trilogia,até agora não sei porque as outras pessoas ainda não gostaram :S, mas enfim gosto é gosto.



site: http://boyteen2013.blogspot.com.br/2014/06/a-rainha-da-fofoca-fisgada-meg-cabot.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Evellen 17/01/2014minha estante
este livro é continuação do outro q termina com ela sendo pedida em casamento rainha da fofoca em nova york


Tchamilla 17/01/2014minha estante
sim, eu sei
eu li todos




Natália 03/10/2013

Contém spoilers para quem não leu os livros anteriores ;)
Antes de mais nada, foi um absurdo Lizzie ter aceitado o pedido de casamento de Luke. Apesar de confirmarmos a resposta positiva só no começo do terceiro livro, ninguém duvidava de um SIM, certo? E nem estou dizendo isso porque não gosto do Luke ou qualquer coisa do tipo, mas sim porque é um absurdo Meg Cabot colocar sua protagonista pra casar com alguém cujo relacionamento tem só SEIS MESES de duração. Ela sempre construiu personagens mais parecidas com a gente, pessoas comuns, que correm atrás dos seus sonhos e têm opiniões fortes, e mesmo assim deu a Lizzie uma decisão tão desmiolada. Porque, sério, ninguém casa com um namorado de seis meses, né?

Né? Espero não ver nenhum de vocês fazendo isso.

Sendo uma autora importantíssima no meio jovem feminino, Meg não deveria estimular esse tipo de comportamento nas meninas de 13 anos (as quais não deveriam estar lendo esse livro porque, como eu disse na resenha do primeiro, ele é mais adulto e tal). Meg é uma formadora de opinião e é como se essas meninas pensassem "bom, se a Cabot disse, então eu posso fazer". Mas logo no comecinho da história a gente percebe o desconforto de Lizzie com a decisão de se casar e o desfecho vai tratar dessas questões: o motivo da decisão de se casar com Luke, se isso é realmente uma boa ideia e o andamento da sua carreira profissional.

Apesar de achar esse noivado um absurdo, também não achei bacana como o romance foi jogado pra cima de Chaz. Sim, minha gente. Deu pra notar a preparação de terreno para um lance entre Lizzie e Chaz, mas foi tão sutil que só percebi em A Rainha da Fofoca Fisgada. E nem é spoiler falar do envolvimento deles porque isso fica claro logo nas primeiras páginas. A princípio pareceu forçado, principalmente porque Chaz alega estar apaixonado de verdade por Lizzie. Parece fragilidade emocional pra mim, pois ele acabou de sair de um relacionamento super sério com Shari.

Com o desenrolar da narrativa, a gente vai se apaixonando pelo Chaz e lembra de como ele era um namorado maravilhoso pra Shari. Vocês lembram como ele até lavava a roupa dela? Bom, e agora? Como Lizzie vai fazer pra sair dessa confusão (de se casar com Luke porque ela acha que casamento é uma coisa maravilhosa e não porque o ama de verdade) na qual ela mesma se meteu?

Não tem muito o que falar. Esse foi o melhor livro dos três, sem dúvida nenhuma. Todo o cuidado com que ele foi feito me deixa encantada. Novamente, as transições entre capítulos tem uns "extras", além das citações nos começos dos capítulos. Só ratifico aqui minha opinião sobre o marketing. Lizzie não tem nada de fofoqueira e ficar repetindo isso durante todos os livros deixou a construção da personagem mal feita. As tagarelices dela não acontecem com tanta frequência assim.

Enfim, gostei muito dessa trilogia. Dá pra aprender bastante sobre relacionamentos e até mesmo um pouco sobre carreira profissional. Pretendo comprá-los em inglês hardcover pra deixar na minha estante, pra nunca esquecer o que aprendi com essas leituras

site: http://www.vireapagina.com
comentários(0)comente



Mo' 13/09/2013

Fisgada - terceiro livro da trilogia "A rainha da fofoca" - começa com o final feliz perfeito. Lizzie tem seu trabalho finalmente reconhecido e, ainda por cima, acaba de ser pedida em casamento. Se apenas ela tivesse certeza de que o príncipe encantado é assim tão príncipe...
Achei o final perfeito pra trilogia! Até porque tinha, eu, minhas próprias dúvidas quanto ao tal príncipe Luke. Mais um livro super divertido de Meg Cabot, com ótimas dicas de moda de brinde ;)
comentários(0)comente



Igor 26/06/2013

Revira volta!!!
Não acreditei quando li a resenha desta livro. Que revira volta na vida da L.,
comentários(0)comente



33 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3