A Sedução da Duquesa

A Sedução da Duquesa Lorraine Heath




Resenhas - A sedução da duquesa


34 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Katharyna 27/10/2020

Superficial
Essa é uma das séries de época que mais gosto, mas achei que esse foi o livro mais fraco dos quatro lançados até então. Faltou profundidade na trama, não consegui simpatizar com a mocinha ou me importar com o problema que ela estava passando. Todo o plano que ela e o irmão bolaram me deixou incomodada desde o princípio (detesto enredos que se desenvolvem em torno de mentiras). Só continuei a leitura porque Aiden é um personagem formidável, apesar de não ter sido tão bem trabalhado quanto deveria.
comentários(0)comente



Bia | @psicosedelivros 26/10/2020

“– Estou ansioso para apresentá-la aos prazeres do pecado.”

No quarto livro da série vamos acompanhar a história de Aiden Trewlove, um dos bastardos de Ettie Trewlove, e Selena Sheffield, duquesa de Lushing, que se tornou viúva há pouco tempo e logo foi atrás do clube para mulheres gerenciado por Aiden.

Selena tem um objetivo e irá fazer o que for possível para alcança-lo. Aiden tem um lema de vida e o honrará até o fim. Porém a partir do momento que se conhecem, percebem que terão que abrir mão de certos conceitos e regras para viver a intensa paixão que os consome.

A Sedução da Duquesa é um livro que explora o desejo e anseios de um casal cheio de paixão e uma química avassaladora. É palpável a tensão que emana de ambos. Lorraine optou por expor um lado mais selvagem da paixão, mas também construiu um amor forte e compassivo (contudo, esse romance não me cativou completamente)

“– Voce iria a um lugar comigo?
– Até os confins da terra.

Aiden é um personagem tão maravilhoso e honesto, um homem que ama a família, que faria de tudo para vê-los felizes. Que mesmo tendo sido abandonado ainda bebê, não permitiu que o passado definisse o seu futuro, não deixou que a amargura o corresse. (meu amor todinho para o Aiden)

Selena sacrificou a própria felicidade para o bem de sua família e suas irmãs. Ela sempre soube dos seus deveres, casou sabendo que nunca conheceria o amor, que como mulher, seu papel era apenas ser uma esposa e mãe dedicada, seus desejos e vontades não eram e nunca seriam prioridade. (apesar de entender o lado dela, não consegui me apegar a personagem)

Vindos de realidades totalmente diferentes, os dois sabem seus lugares no mundo e assim, sabem que um relacionamento amoroso seria um escândalo. Uma duquesa e um plebeu, uma aristocrata e um bastardo.

Lorraine aborda as diferenças sociais de uma forma que nos faz refletir e ao mesmo tempo sentir raiva da desigualdade. Sua escrita profunda e os diálogos afiados fazem toda a diferença.

Senti falta do estreitamento familiar que houve nos livros anteriores. O foco ficou praticamente na decisão que Aiden e Selena precisavam tomar e como isso foi difícil para ambos, coisa que eu entendi perfeitamente, mas me incomodou em certos momentos (eu fiquei muito pistola com a Selena, na minha opinião, o Aiden merecia alguém melhor, só nos capítulos finais, a história se transforma, e ao meu ver, isso poderia ter sido desenvolvido antes, para que eu pudesse sentir que realmente ela o amava incondicionalmente)

Eu sou fascinada pelas histórias que a Lorraine escreve. Pois mesmo ficando dividida as vezes, ela escreve a realidade nua e crua da época, e por mais que saibamos que teremos o famoso "final feliz", a jornada será cheia de percalços e dificuldades. Os personagens ficam divididos entre seus deveres, desejos e medos, e eu fiquei torcendo para que os dois pudessem ter logo o seu "felizes para sempre". Apesar de o romance não ter me cativado da forma que eu esperava, o livro me fez refletir, e a todo momento eu fiquei imaginando o que faria se me encontrasse na situação da Selena.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Danimes 25/10/2020

Selena ficou viúva, sem filho, responsável pelas suas três irmãs, ajuda seu irmão e o patrimônio do seu falecido será destinado à Coroa se não houver um herdeiro.
A família Trewlove é uma das mais comentadas pelos seus casamentos com pessoas da nobreza, apesar de serem bastardos.
Selena resolve seduzir Aiden e gerar um filho para que possa dizer que estava grávida antes da morte do duque.
Será que ela conseguirá?
comentários(0)comente



@leituracomohobby 24/10/2020

Já quero iniciar falando que não tenho maturidade emocional para esses irmãos Trewlove! Como pode um ser mais maravilhoso que o outro? A Lorraine está arrebatando meu coração com essa série, gente!
.
Nesse livro vamos nos aprofundar na história de Aiden Trewlove. Pensa num personagem inebriante, cativante e apaixonante... agora multiplica por 100. Esse é o Aiden. Eu já era doida para saber a história dele, aí a autora traz uma mocinha sensacional para completar tudo.

.
Selena Sheffield é uma duquesa viúva que faz qualquer sacrifício para proteger suas irmãs mais novas. Uma mulher que coloca sempre os outros em primeiro lugar.

.
? "Ettie Trewlove havia moldado a alma que os olhos refletiam, o sorriso que aparecia com tanta facilidade, a risada que encantara a alma dela. As características físicas não eram nada sem a luz que brilhava dentro de Aiden."

O desenrolar do romance, os plots, os personagens e tudo é impecável e inesquecível.
Tudo que esses irmãos e sua mãe adotiva (melhor mãe literária de todas juntinho com Violet Bridgerton) passaram e mesmo assim são pessoas maravilhosas, que só pensam em ajudar quem está precisando. Foi lindo de acompanhar!

.
? ?Toda mulher merece mais que ser levada para cama. Cada uma é digna de sedução.?
comentários(0)comente



Eu_Romanceando 22/10/2020

Hoje o meu post é sobre a satisfação que ler essa série me traz. A cada livro fico mais encantada pela escrita da autora e pelo tema da série: filhos bastardos.

Seus personagens são bem construídos, interessantes e apaixonantes. Todos carregam o estigma de terem nascido do lado errado do lençol e lutam para mostrar o valor que possuem numa sociedade que os despreza e humilha justamente por causa das suas origens.

Além disso todas as estórias trazem a importância da família na vida deles e como Etie Trewlove educou bem os seus ?filhos? e os ensinou o sentido real da família. Eles se amam, se importam, se ajudam, e estão dispostos a tudo para proteger um ao outro.

Os diálogos são sempre envolventes, interessantes, divertidos e cheios de emoção. A autora também brinca com a sensualidade em cenas de tirar o folego.

Enfim, espero sinceramente que a editora traga ainda mais livros dessa autora que com certeza é uma das melhores em romance de época.
comentários(0)comente



Janise Martins 20/10/2020

A Sedução da Duquesa
Gosto dessa autora, sua escrita é ótima e leitura flui bem. Ela toca em assuntos que nos fazer pensar e dar graças a Deus que muita coisa mudou desde 1800. Difícil não sonhar com um bastardo lindo e maravilhoso, e repito graças a Deus, hoje um bastardo não quer dizer muita coisa!
Esse livro conta a história de Aiden, um lindo bastardo, que tem uma casa “secreta” para o prazer das mulheres, onde elas podem ou não permanecerem ocultas atrás de máscaras, e é assim que nosso mocinho conhece Selena, uma duquesa viúva que precisa urgente engravidar.
E Selena que não é boba nem nada, escolhe Aiden para ser o pai do filho dela, mas essa é uma coisa que deve ser secreta, nem ele pode saber. E quando ela consegue levar Aiden para cama, não é que o safado usa “preservativo”!!! E agora?
Gostei da história e todas as outras coisas que aconteceram, que deram um ponto final em pontas soltas dos livros anteriores. Coisas boas. Também achei que a autora enrolou um pouco. Mesmo assim acho que vale a leitura. Uma pena ainda não ter os outros dois livros no Brasil.
E foi isso.
Bjoo.


site: https://janiselendo.blogspot.com/2020/10/serie-sins-of-all-seasons.html
comentários(0)comente



Gabi 20/10/2020

Essa série segue incrível. Esse livro me surpreendeu em muitos sentidos quando comparado com os outros três, gostei muito da história, e de como mesmo sendo um romance de época que se preocupa em abordar temas sérios, (especialmente relacionados ao abandono de crianças) consegue fazer isso de uma forma que o livro não deixa de ser leve e gostoso de acompanhar. Uma leitura bem rapidinha e que nos deixa ainda mais empolgados para os dois livros restantes, por mim já podiam ser publicados hoje mesmo, haha.
comentários(0)comente



@lendosonhando 18/10/2020

Amei!
" Você merece ser seduzida de forma escandalosa e completa".

"Mesmo que as chances sejam de uma em cem (..). Aí que entram os sonhadores, aqueles que acreditam que poderia ser essa *uma* chance"

" Em qualquer história de amor, a heroína deve compreender tudo sozinha"


É tão bom quando o livro dá um tapa na cara da gente e nos leva a refletir. Comecei lendo A sedução da duquesa meio sem vontade porque já fui logo julgando a Selena por causa dos seus planos.
No entanto, ao longo da história quando a Selena vai revelando seus motivos eu pensei: as mulheres naquela época sempre foram tratadas como moedas de troca, como propriedades, então por que julgar a Selena por estar tratando um homem dessa mesma forma? Após esse insight me despi de todas as concepções e mergulhei de cabeça nesse livro.
Tanto Aiden quanto Selena são personagens que fazem tudo pela família; é a partir dessa premissa que a história dos dois se desenrola.
Todos os encontros do casal são pautados em sedução e muitas preliminares. O dilema moral que os cerca dá o tom da narrativa e nos deixa sempre em dúvida sobre qual caminho eles deveriam seguir: proteger a família ou se entregarem ao amor?
Um personagem secundário roubou um pouco a cena no final da história literalmente indo à forra diante de um marido abusivo. O grito que dei ao ler a cena ecoa até hoje ??.
Mais uma vez Lorraine aborda de maneira real sobre o destino cruel dos bastardos, fala sobre emancipação feminina e sobre relações homoafetivas de uma maneira sutil e delicada.
Que venha o livro do Fera e da Fancy!!!
Super Recomendo!

@lendosonhando
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



meyfonseca 16/10/2020

Clichê do bom.
A história é bem clichê. Nao posso reclamar, porque adoro esse tipo de narrativa parada, previsivel e que ainda sim, me deixa feliz no final. Revirei os olhos muitas vezes kkkkkkkk
Se vc gosta de romances de epoca, leia!

IMPORTANTE:
A autora dessa série trata de temas bem interessantes como adoção, abandono e venda de crianças, sistema de classes, preconceito, a invisibilidade da mulher, machismo e o como os filhos eram tipo uma poupança/previdencia social naquela epoca. Na verdade todos esses aspectos sao observados, a luz da sociedade daquela época.

É por isso que não tenho preconceito com estilos literários e incentivo as pessoas a devorarem o que gostam e dao prazer ao ler, e se puderem, se lançarem em outros estilos, pra aprenderem ainda mais.
Nunca saí de qualquer leitura sem aprender algo. E isso é fascinante.
comentários(0)comente



Malu 15/10/2020

Uma delícia!!
Os livros dessa coleção são encantadores, adoro como a autora brinca com a sensualidade. A sedução da duquesa traz várias facetas entre os seus personagens, o que deixa a leitura mais interessante. Tem alguns vícios que me incomodaram um pouco, além de uma frase idêntica ao primeiro livro da série, mas não desvalorizam a obra no geral.
comentários(0)comente



Mylena @gataleitora 11/10/2020

" Fitando- a, ele abaixou a cabeça apenas uma fração de segundo, e Selena parou de respirar enquanto tremia em antecipação."

Que antecipação, migles! Meu coração pulou no peito, minhas mãos tremeram, meu sorriso falhou...

Aiden definitivamente me seduziu total, completa e irrestritamente. Esse bastardo Trewlove levou a definição de Homem a um outro patamar. Juro que não esperava muito dele, não era meu livro mais ansiado, mas ele soube chegar de mansinho e sorrateiramente me conquistou.

Selena se tornou viúva recentemente e mesmo sem se sentir pronta para seguir os planos apresentados para ela para salvar a família, vai ao clube de mulheres Elysium e ao chegar lá, pronta para dar um bote poderoso de viúva negra, conseguir o que queria e sumir, acaba se deparando com algo que não encontrou em seu casamento : o prazer.

Aiden está empenhado em fazer muito dinheiro com seus clubes pecaminosos e não está nem um pouco interessado em se amarrar como seus irmãos mas ao ver a mulher mascarada que entra em seu estabelecimento , ele simplesmente sabe que ela é diferente.

Amigas, me deparei aqui com um dos romances com mais romance e sedução de Lorraine Heath. O cara é de outro mundo!...Minha nossa senhora! Olhe que quando comecei a ler esse livro tinha acabado de mergulhar numa ressaca forte com o fim da leitura de Mulherzinhas. A leitura não progredia, parecia que faltava algo, então precisei parar um pouco, respirar e só agora consegui voltar e fui dragada sem dó nem piedade. Lorraine foi passo a passo, toque a toque, olhar a olhar , me deixando enlouquecida antecipando como seria o próximo encontro entre o casal. A cada encontro algo se fortalecia em meu coração e quando chegou no momento da declaração de amor esse algo inexplicável já estava consolidado: Aiden roubou um pedaço substancial do meu coração sem direito a devolução.

O livro é muito mais do que uma história de amor repleta de sedução, ela é uma ode ao amor, à amizade, à lealdade e ao companheirismo, uma lição sobre como criar laços e mais ainda Lorraine apresenta um amor improvável e proibido que a meu ver foi dos mais bem construídos que li e não falo aqui somente do casal protagonista...Não, amigas...falo do que transcendeu desde o primeiro capitulo e culminou na revelação surpresa do livro

Só teve um detalhe que me fez não favoritar , que acontece lá pro final do livro e que juro entendi a motivação mas não curti os métodos...Enfim... Não chegou a tirar o brilho da leitura.

4,5/ 5 estrelas
comentários(0)comente



Bia 10/10/2020

Selena e Aiden
Foi o que eu menos gostei, e olha que eu amei os três primeiros . Eu esperava muito mais , fui com muitas expectativas, não é ruim , só que pra mim foi o mais fraco .

Não gostei de várias atitudes de Selena . Queria sabe mais sobre a família de Aiden . Do meio por final passei raiva, mais como é romance de época no final deu tudo certo .

É uma pena queria muito ter gostado.
comentários(0)comente



@diariasleituras 07/10/2020

Favorito da série!
Estava sentindo falta de um romance de época que me arrebatasse do início ao fim, e por isso apostei no lançamento da Lorraine Heath que não me decepcionou. A Sedução da Duquesa — quarto volume da série Sins for all Seasons — por enquanto é meu favorito dela, e consagra o nome da autora junto da Tessa Dare como as melhores do gênero em minha opinião.

Aiden Trewlove é um filho bastardo e dono de um clube exclusivo para as mulheres — um local em que elas podem desfrutar de tudo aquilo que a sociedade lhe nega — que agora está lhe rendendo bons frutos. É um empreendimento que toma tempo e custos, e onde também faz uso de seus charmes para angariar mais clientes. Porém, apesar de usar das suas qualidades para lucrar, uma regra é clara: nunca se envolver com alguma frequentadora. E isso é mudado quando uma certa mulher mascarada aparece no ambiente, e lhe despertar desejos obscuros.

Selena Sheffield, duquesa de Lushing, tornou-se viúve recentemente. Sem filhos, com irmãs para debutar e com o título em risco por não ter herdeiros, ela fará tudo que for necessário para manter sua posição e proteção do patamar que está. Nem que para isso, precise visitar um certo clube atrás do seu objetivo. No entanto, o que Aiden e Selena não esperavam é que o amor brotasse de uma inicial luxúria, e que diversos obstáculos terão que ser superados para eles fiquem juntos. Serão capazes de ultrapassarem as barreiras por esses sentimentos?

Eu sou muito apaixonada pelos desenvolvimentos da Lorraine Heath, e aqui não foi diferente. Ela não tem medo de explorar assuntos diversos no seu enredo, de modo dinâmico e bem inserido no contexto, e isso faz com que suas conjunturas sejam muito mais do que uma construção de romance. Acho que a série em si já traz novos elementos ao gênero — principalmente por debater esse paradigma da sociedade de época e os filhos considerados bastardos — complementados da sua escrita e de informações relevantes, fazem com que o exemplar seja quase que perfeito. Acredito que todos consigam enxergar a qualidade de narrativa dela, resta saber se o andamento é daquele estilo que te conquista ou não — e acho que por todos os elogios ditos, indiscutivelmente fui conquistada.

"Aiden não sabia por que ela era diferente das outras, por que estava quebrando todas as próprias regras por sua causa. Como sabia que uma vez com ela não seria suficiente? Por que estava determinado a deixá-la querendo mais, para que ele tivesse mais uma vez?... Se gostasse, poderia voltar mais vezes, mas a presença dela em sua vida era temporária. Aiden entendia, e pretendia aproveitar ao máximo." pág. 84

Sobre os personagens, por Aiden ser da família Trewlove já conhecíamos um pouco da sua personalidade e trejeitos pelos antecessores. E ainda assim, ele não deixou de nos surpreender com comportamentos e emoções diferentes, o que fez com que minhas expectativas criadas fossem atendidas — era um dos protagonistas que maiormente ansiava em me aprofundar, e felizmente não me decepcionei.

Selena é que, possivelmente, pode se tornar uma das emblemáticas do conteúdo. Não creio que ela seja uma protagonista fácil de agradar, maiormente por conta das atitudes que toma. Embora não concordasse com o que decidia, entendia qual era sua motivação por trás e o que a impedia de ir atrás do que almejava para si. A forma como ela deu a volta por cima foi o que definitivamente me cativou, fazendo com que no fim eu gostasse dela.

Se analisarmos que em todos os volumes da série temos reviravoltas e revelações impactantes, obviamente, em A Sedução da Duquesa teríamos o uso do recurso. Ele chega em momento oportuno, onde o drama tinha ganhado espaço e trazia perspectivas de que o casal pudesse ter um final não tão feliz, e é capaz de causar surpresas nos leitores. Mesmo assim, o final chega de modo muito satisfatório e emocionante — até com um certo sentimento de alívio — seguido de um epílogo reconfortante.

De uma forma geral, recomendo A Sedução da Duquesa. É uma obra que mantém a alta qualidade de Sins for all Seasons, e que possui todos os aspectos que os leitores do gênero amam. Já estou pensando o quanto vou ficar órfã da autora quando essa série acabar — editoras tragam outros livros dela!

"Desde o momento em que se conheceram no clube, ele nunca pedira nada. Ele a encantara e dera tudo o que Selena exigia. E então ele havia solicitado algo, e ela não conseguiu negá-lo." pág. 155

Na parte física, até que acho a capa bonita — e muito superior das capas originais. Tenho que confessar que estou a espera de uma nova repaginação quanto a este formato de capa, todavia o mercado ainda se consolida nessas características recorrentes. A diagramação é a padrão da editora, e não encontrei erros ortográficos e de revisão aparentes. A narrativa é feita em terceira pessoa pelos dois pontos de vistas.

Estou a espera do sucessor, porque quando termino um já estou pensando no que virá. E nesse caso, temos duas pessoas que estou super curiosa com seus desdobramentos.

site: https://diariasleituras.blogspot.com/2020/10/resenha-a-seducao-da-duquesa-lorraine-heath-harlequin-serie-sins-for-all-seasons.html
comentários(0)comente



34 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3