Patavina

Patavina Penélope Martins...




Resenhas - Patavina


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Camila Faria 04/07/2021

É numa casinha colorida e simpática que mora Patavina e seus sete gatos serelepes. Doceira de mão cheia, Patavina nomeou os seus bichanos com delícias de várias partes do mundo ~ e não é que os seus gatinhos têm um apetite especial para todo tipo de guloseimas?

Um livro muito doce (literalmente!), que combina duas coisas favoritas aqui em casa: animais e culinária. A faixa etária indicada é a partir dos 6 anos, mas o meu filho de 2 anos e meio abraçou a história (ele está numa fase felina) e entende/curte todo o seu desenvolvimento. Talvez o texto seja um tiquinho complexo para uma criança menor, mas eu acredito que a leitura (e o interesse pela leitura) é uma questão de hábito ~ e palavras “difíceis” numa história são ótimas oportunidades de ensinar/aprender situações novas.

Curiosos para saber os nomes dos gatinhos da Patavina (e seus países de origem)?
Crème Brûlée (França)
Pastel de Nata (Portugal)
Belewa Mustafá (países árabes)
Bolo de Chocolate (Brasil)
Sanshoku & Mochi (Japão)
Qumbe (países africanos)

O mais divertido é que, além de terem nomes de doces, cada gatinho tem sua predileção por iguarias: de goiabada a gelatina, só gostosuras! Difícil não ficar com fome depois de ler, viu? Eu precisei pesquisar dois docinhos, que eu nunca tinha ouvido falar antes de ler no livro, o Qumbe e o Sanshoku (que tem até emoji gente! 🍡), e agora estou aqui salivando, querendo experimentar os dois.

No final do livro Patavina nos presenteia com uma de suas receitas, escrita de forma muito linda e lúdica: biscoitinhos de chocolate e aveia! Eu fiquei na dúvida se a receita daria certo ou não na vida real, mas achei uma ideia incrível de atividade para fazer com as crianças: ler o livro e depois partir para uma aventura na cozinha. Criança geralmente ADORA “ajudar” a fazer receitas ~ é trabalhoso e faz uma sujeira danada SEMPRE, mas vale a pena ver a carinha de satisfação deles conferindo (e comendo) o resultado final. :)

As ilustrações da Rosinha são o complemento perfeito para o texto meigo e melódico (a narrativa é ritmada) da autora Penélope Martins. Cada gatinho tem um jeito e traços particulares; os desenhos brincam lindamente com cores e formas. E o livro ainda tem uma brincadeira-bônus: encontrar o ratinho Cereja, escondido em todas as páginas (tem até uma festa de aniversário para ele no final!).

Patavina faz parte da Coleção Trupe-Trinques da Editora do Brasil.
Estamos curtindo muito o livro por aqui!

site: http://naomemandeflores.com/patavina-e-seus-sete-gatinhos-faceiros/
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1