The Secret Garden

The Secret Garden Frances Hodgson Burnett




Resenhas - The Secret Garden


28 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


bestnarryever 11/04/2021

Uma ótima leitura!
Este livro me pegou de surpresa no momento em que eu não poderia ler algo, mas me cativou de um jeito que eu acabei abrindo um espaço na minha rotina pra conseguir lê-lo.

Definitivamente vale a pena embarcar nessa aventura, não só porque é um clássico e muito bem escrito, como também tem gostinho de infância.

Óbvio que é preciso lembrar o momento no qual a obra foi escrita e relevar algumas falas e pensamentos extremamente preconceituosos.

Mas, no geral, acho que o livro é muito bem ambientado, a mansão ficou muito nítida na minha mente, me trouxe essa sensação de antigo, de lugar isolado, e o próprio jardim tem seus atrativos. Não acho que ele foi descrito da maneira mais mágica, porém talvez isso seja só o meu cérebro de 21 anos.

Infelizmente a minha nota não foi tão alta assim, eu nem acho que ela reflete tanto a minha experiência com o livro, mas eu sempre digo que minha nota não reflete 100% minha experiência com o livro (até porque tem livros muito bons estruturalmente dos quais eu não gostei). Eu acho que o final da história acabou deixando a desejar, promete muito e ao mesmo tempo acaba sendo exatamente o que você espera. Além disso, o último terço me pareceu meio afobado de certa forma, eu não senti tanto desenvolvimento pra chegar no ponto onde chegou, parece que o livro cresce muito até a metade e da metade pra frente acaba ficando numa linha reta constante.

LEIAM PARA CRIANÇAS! Só lembrem de alertá-las das falas preconceituosas e datadas!
comentários(0)comente



Julia 02/04/2021

Que livro fofinho!!!
Livro gostoso que trás quentinho no coração. Crianças sendo crianças desbravando o mundo. Li só sonhando em ter meu próprio jardim e me voltar a me alegrar com coisas pequenas da vida.
comentários(0)comente



Mariele 21/03/2021

Tender
This books is exactly what u need if ur looking for a sweet story to warm ur heart.
comentários(0)comente



Talita.Chahine @cutucandoahistoria 09/03/2021

Nostálgico
Eu amo o filme dessa história, e tava morrendo de medo de ler ele e me decepcionar, mas gente essa história consegue ser perfeita em todos os formatos.
Conhecer Mary, Colin e Deacon e ver a amizade deles surgindo, e crescendo cada vez mais, é uma das coisas mais bonitas que eu já li na vida.
comentários(0)comente



Pri 30/12/2020

Clássico
Clássico que li faz algum tempo e agora consegui comprar o livro para ler.. amei novamente é uma história fofa, e mágica! Vale muito apena, mas recomendo quem puder leia em inglês!
comentários(0)comente



Yasmim Braga 12/10/2020

Maravilhoso
Mary era uma garotinha muito mimada tanto com bens materiais quanto com empregados a sua disposição 24 horas por dia. Seus pais eram da alta sociedade e tinham dinheiro de sobra, porém nunca deram atenção, afeto ou amor para sua filha. Quando um vírus acomete boa parte da Índia, seus pais falecem e Mary se vê sozinha no mundo. Seu tio distante decide acolhê-la em sua mansão, contudo ele é frio e vive viajando, deixando Mary sozinha para explorar a casa. Mary era uma garotinha muito mimada tanto com bens materiais quanto com empregados a sua disposição 24 horas por dia. Seus pais eram da alta sociedade e tinham dinheiro de sobra, porém nunca deram atenção, afeto ou amor para sua filha. Quando um vírus acomete boa parte da Índia, seus pais falecem e Mary se vê sozinha no mundo. Seu tio distante decide acolhê-la em sua mansão, contudo ele é frio e vive viajando, deixando Mary sozinha para explorar a casa. É um livro sensível e mágico, que me transportou para o jardim e me fez sentir tão viva e alegre quanto as crianças. Fiquei com muita vontade de saber sobre jardinagem e de colocar a mão na terra, mexer com plantas, flores... A escrita é fluída e a narrativa nos faz mergulhar com facilidade dentro da história.

site: https://www.youtube.com/blogliterarte/
comentários(0)comente



Yara Benevides 05/07/2020

Uma história doce
Não esperava que fosse gostar tanto dessa história e da Mary Mary Quite Contrary. Além de falar sobre o poder do amor, a autora passa sutilmente mensagens de fé sem tocar em nenhuma religião específica. É com certeza uma leitura proveitosa pra pessoas de qualquer idade.
comentários(0)comente



Pam 25/05/2020

Que viagem ótima
Ótimo livro, simplesmente maravilhoso. Gostaria que eu o tivesse lido quando tinha entre 10 e 15 anos. Sei que a Paloma daquela época teria amado ainda mais do que eu amei agora. Ótimo mistério ?
comentários(0)comente



Bretas.Arthur 15/04/2020

A beautiful story
A exciting adventure full of mysteries, colors and scents. A fascinating story of overcoming. I loved this book.
comentários(0)comente



Caroline 17/03/2020

O livro especial
The Secret Garden é um livro especial. Ele mostra que a amizade e o amor podem melhorar a vida das pessoas. Um livro que leva o leitor para a infância e emociona.
comentários(0)comente



Hani 02/03/2020

Uma delícia de livro.
Já havia assistido o filme há anos, mas o livro é muito melhor. Tem um toque de "Alice no país das maravilhas", que é leitura obrigatória. Com certeza agrega, uma ótima opção para iniciar os pequenos na leitura.
comentários(0)comente



Nati | @encalhadosnaestante 06/02/2020

null
Descobri o Jardim Secreto primeiramente através do filme (1993) quando ainda era criança, só muitos anos depois soube que ele tinha sido baseado em um livro que corri para comprar. Li a obra em sua tradução para o português e me apaixonei ainda mais por ela. Os personagens infantis são maravilhosos cada um ao seu jeito, mas Dickon é sem dúvida o mais apaixonante. Encontrei essa versão na língua original um dia passeando por uma livraria e não resisti, já que tanto o filme quanto o livro são uns dos meus favoritos da vida.
A encadernação em couro, a diagramação e as figuras são simplesmente lindas demais. É sem dúvida uma peça de colecionador.
É um livro infantil que nos ensina demais mesmo depois de adultos. Vale cada minutinho que nos perdemos nele.
A única dificuldade que encontrei em ler no seu original foram as partes em dialeto de Yorkshire, entretanto nada muito impossível.
comentários(0)comente



livrodebolso 14/10/2019

O primeiro livro que li em inglês sem saber nada do enredo me surpreendeu de maneira ímpar: apesar de, aparentemente, ser literatura infantil, a família da protagonista, Mary, morre toda de cólera logo na primeira página, deixando a menina, de apenas dez anos completamente sozinha, sem nem mesmo suas aias para cuidar dela.
Apesar de tratar-se de uma tragédia, a relação de Mary com seus pais não era das melhores, sendo ela fruto de uma gravidez indesejada e criada por suas empregadas em uma colônia inglesa na Índia, rendendo-lhe pouca, ou quase nenhuma tristeza de fato.
A criança, cheia de frescuras, é enviada para a mansão de seu tio na Inglaterra, uma estrutura gigantesca nos arredores de um pântano. A indiferença do tio para com a pequena é de dar pena; ou seria, se Mary não despertasse tanto a antipatia de todos.
Logo que chega, é levada para um quartinho no interior do labirinto em que morará e conhece Martha, sua criada. Porém, diferentemente das anteriores, esta não a trata como um rainha, e insiste para que a menina deixe de ser tão mimada.
Além disso, Martha convence Mary a brincar no pântano, onde a menina encontra um jardim trancado. Rapidamente ela se torna obcecada por descobrir os segredos do Jardim Secreto.
Mais tarde, sua atenção fica dividida entre outra preocupação, além de cultivar suas plantas: ela encontra o filho de seu tio, Colin, criança deficiente desenganada pela medicina que se recupera lindamente por conta da mágica existente no Jardim. .
.
Toda a delicadeza com que o livro é narrado faz com que o leitor acabe por evoluir internamente como aconte com Mary e Colin: duas crianças chatas e egoístas que entendem o significado da gentileza e empatia, e se esforçam para fazer brotar um Jardim de vida onde só existia mágoa e tristeza.
Um livro nos moldes de Pollianna, que nos deixa uma importante mensagem: "se você olhar bem, verá que o mundo todo é um jardim", e todo jardim merece ser cultivado.
comentários(0)comente



Edilene 06/01/2019

ADOREI!
Eu tinha visto o filme quando eu era mais nova, aos 8 anos de idade, mas não se compara a ler este livro. Você sabe quando um livro realmente faz você respirar melhor e faz você apreciar as pequenas coisas da vida? este livro é isso. É incrível como a natureza é descrita neste livro, é como se você estivesse no jardim com Mary e Dickon. Eu amo a ênfase em como o ar fresco e a natureza podem ser bons para nós, não apenas como crianças, mas como adultos. Embora a história não tenha a ver apenas com a natureza, ela reflete sobre a importância de perceber pequenas coisas, como a beleza de plantas, árvores, animais selvagens, como pássaros, cordeiros, agulhas, etc. Também me fez refletir sobre quanto nós dexamos de ser gratos pela boa saúde, como estamos sempre presos em nossas rotinas diárias, que não podemos notar um belo dia durante a primavera. Eu não poderia ter começado o ano lendo um livro melhor. Já passou algum tempo desde que eu não li literatura inglesa e senti falta dela. Este livro não seria um clássico se não fosse tão bem escrito. Portanto, se você quiser uma pausa de qualquer stress, este é um livro para fazer você relaxar e aproveitar as coisas simples da vida.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



28 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2