A Bandeja

A Bandeja Lycia Barros




Resenhas - A Bandeja


143 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Priscila 09/03/2011

A Bandeja
Sabe um livro que você lê e vê que tudo que está escrito é real e se encaixa em algum momento de sua vida ou de alguém que você conhece? Então “A bandeja” é mais ou menos isso. Tipo, tem tanta coisa em comum que não sei nem por onde começar essa resenha.
Devo salientar que não concordei com tudo [isso em relação com a base bíblia] que li, mas devo admitir que o livro contém uma história realmente boa e super relevante para nossos dias. Assuntos como sexo, drogas, amizade e família são abordados de forma muito especial na história.
O livro conta a história de Angelina. Uma menina que nasceu em berço cristão, mas que na verdade ainda não havia se convertido realmente.
Ela mora em Petrópolis, e confesso que esse foi o motivo que mais me interessou em ler “A Bandeja”, pois também sou Petropolitana, e amei a experiência de ler uma história que se passa na minha cidade. Todos os lugares citados são lugares muito especiais para mim e que me trouxeram grande alegria de poder vê-los na história.
Quando chega o momento de ir para faculdade, Angelina passa no vestibular para uma universidade pública no Rio, e decide morar em uma república, saindo assim de casa, e começando a dar os primeiros passos rumo a sua independência, pois era muito “mimada", digamos assim, pelos pais.
Na faculdade ela se apaixona por seu lindo professor, Alderico, mais conhecido como Rico.
Por causa desse amor ela se anula completamente, distanciando-se da família, amigos, estudos e tudo o que fazia parte de sua vida, principalmente Deus.
O título “ A Bandeja” é uma referencia a um dos elementos presentes nos sonhos que a protagonista tem, quando está se distanciando de tudo. Esses sonhos trazem uma revelação no final que lhe faz entender o amor de Deus por sua vida.
O que é mais relevante no livro é a forma que Lycia Barros tratou de assuntos atuais. Como disse acima não concordei plenamente com a parte bíblica do livro, e por isso entrei em contato com a autora. Em nossa troca de email descobri muitas coisas que ficaram evidentes do livro e outras que achei muito legal e trouxe um trechinho da nossa prosa pra vocês:

“Em primeiro lugar, gostaria de te dizer o motivo de ter escrito esse livro. Bem, sou uma leitora fanática de romances, mas como cristã, me incomodava a excessiva carnalidade dos livros em questão assim como o culto aos bad boys. Fora isso, os sucessos mais recentes ,como a saga crepúsculo, colocam uma protagonista completamente absorvida pela pessoa amada, como se essa fosse a forma mais bonita de amor, e na verdade não é. Uma pessoa para se relacionar bem necessita ser inteira. ... Queria muito passar uma mensagem de um amor verdadeiro."

Compartilho com a Lycia essa visão, apesar de ser uma leitora de ficção relativamente recente, me incomodou muito ver esse tipo de “carnalidade” contidos em alguns livros, principalmente romance.

“ Nesse livro, abordei principalmente a entrega do coração ( um tipo de idolatria ) “

Muito pertinente esse tema, pois vejo claramente muitas meninas se anulando completamente por causa de uma paixão, é justamente o que acontece com Angelina.

Quanto às minhas discordâncias, são unicamente às apresentações dos versículos, alguns fora de contexto e outros trazendo uma interpretação pessoal para a personagem. Mas como se trata de ficção, “releva-se”.
Quero destacar a simpatia da Lycia, que me respondeu com muito carinho a todas as criticas que fiz... no email que mandei fui bem chatinha, reconheço, mas pudemos esclarecer algumas questões, e quero agradecer a prontidão em responder. Obrigada Lycia XD
“A bandeja” é o primeiro livro da Coleção Despertares, que terá (a princípio) 5 livros. Não seguirá a linha de séries ou trilogias, pois será sempre sobre personagens diferentes que se cruzam, ou seja, personagens do livro “A Bandeja” serão protagonistas dos próximos livros. Cada livro abordará um tema específico da vida dos jovens como, por exemplo: escolhas, sexo, drogas, preconceito, problemas familiares etc. Já adianto que o lançamento do segundo será em Junho desse ano [2011]. Com certeza vou conferir.

Mais resenhas? http://livrosdapris.blogspot.com/
comentários(0)comente



Leitora Viciada 22/08/2014

Conheci o trabalho da Lycia através de sua indicação ao Codex de Ouro 2011 e assisti a alguns vídeos em seu canal no Youtube. Me interessei pelo livro, e depois de ver a simpatia da Lycia em pessoa na XV Bienal do Livro, minha vontade em ler A Bandeja cresceu. Tanto que só tinha dinheiro para comprar mais um livro e era exatamente o valor dele! Comprei autografado e ontem a noite iniciei minha leitura. Devorei o livro com tanta empolgação e só parei porque tinha de dormir. Acordei hoje e logo que pude,li o finalzinho.
O livro mexeu muito comigo. Não sei explicar. Me emocionei tanto que ao término quase chorei.
Não apenas pela emoção que a Lycia transmite de ponta a ponta, mas foi um momento de reflexão pessoal. Em vários sentidos, eu me lembrei de erros cometidos no passado muito parecidos com os de Angelina, a protagonista. Eu perdi a meus pais antes de me tornar adulta, estando desamparada e perdida, mergulhando num relacionamento amargo, aonde estive cega. Estive afundada em desespero. Hoje, superei tudo e graças a Deus que me enviou uma pessoa especial, me deu forças e iluminou minha vida.
A mensagem principal da Lycia para mim é de que não importa o quanto você tenha errado, não importa o quão grave tenha sido o seu erro, se você se arrepende e perdoa, você aprende e supera. Tenha fé em Deus.
Sim, este livro é cristão e sua mensagem é de fé e de bons valores. Coisas que acho que falta ao mundo. A sociedade deveria amar mais ao próximo e respeitar a Deus.

Para ler toda a resenha acesse o Leitora Viciada.
Faço isso para me proteger de plágios, pois lá o texto não pode ser copiado devido a proteção no script. Obrigada pela compreensão.

site: http://www.leitoraviciada.com/2011/10/bandeja-qual-pecado-te-seduz-de-lycia.html


Iris Figueiredo 27/09/2011

Mais resenhas em: www.literalmentefalando.com.br
Acho muito difícil encontrar livros de ficção cristã, pois a maioria dos livros em livrarias evangélicas são sobre "como agir em determinado momento". E eu não tenho muita paciência para livros-manuais, prefiro ficção. Quando comecei a ver resenhas sobre "A Bandeja", fiquei curiosa! Ficção cristã nacional? Queria conferir. E fui isso que fiz.
A história de "A Bandeja" acompanha Angelina, uma jovem que foi criada na igreja e veio de uma família cristã. Angelina cresceu em Petrópolis, sempre aos cuidados da família amorosa e protetora. Mas agora é hora dela traçar novos caminhos, entre eles a Universidade. Após ser aprovada no vestibular para Letras na UFRJ, Angelina vai morar em uma república no Rio de Janeiro, longe dos seus pais e em um mundo completamente novo. Ao chegar na universidade, Angelina se deslumbra com as possibilidades e conhece Rico, um professor maravilhoso e que tem muito a oferecer a ela. Um mundo aparentemente maravilhoso, servido em bandeja de prata. Mas qual caminho Angelina escolhe seguir?

Existe um "ditado" na igreja que diz que "filho de crente, crentinho não é", que quer dizer, mais ou menos, que cada pessoa é responsável pela sua própria fé - ninguém pode acreditar por você. Angelina foi criada na igreja, mas seu compromisso nunca foi forte. Para quem nasceu na igreja, sabe o quanto certas coisas são "difíceis" e "diferentes". A Universidade é um dos maiores obstáculos para o jovem cristão permanecer na fé, porque geralmente significa um lugar diferente, com pessoas diferentes e dizer o que você pensa muitas vezes é complicado. Por Angelina nunca ter tido esse compromisso sério com religião, ela acaba deixando a sua fé em segundo plano para aproveitar as outras coisas que aparecem.
Alguns conceitos de fé parecem um pouco abstratos para quem não segue uma religião, mas consegui enxergar na história de Angelina pontos relacionados à minha vida e pessoas que conheço. Essa identificação foi um ponto essencial durante a leitura. Angelina faz muita coisa que não deve, que ela sabe que está errado... De vez em quando, dá vontade de sacudir e apontar para ela as coisas certas, mas é impossível criar antipatia pela personagem, porque ela é muito humana. A não ser quando ela insiste no mesmo erro uma, duas, três vezes... Dá raiva sim e vontade de dizer: "não acredito que você está fazendo isso!".
Lycia fala sobre religião, escolhas, amor e outras coisas de uma forma muito fácil de assimilar, que não soa como uma "pregação". Acho que a autora fala também sobre cotidiano, a vida de todo mundo, mas possui uma mensagem cristã ao fundo. É uma característica da personagem, portanto, não há como ignorar. Se você não tem religião ou tem outra fé, isso não o impede de ler o livro. É para todos os tipos de pessoa.
A trama tem reviravoltas, romance, mocinho, "vilão" e cotidiano. O livro também fala sobre muitas coisas que todo mundo se depara - além de escolhas certas ou erradas que a gente toma, independentemente de nossa fé.
Vocês vão se apaixonar pelo Dante - se bem que tem quem ame o Rico, vai entender! -, se comover com alguns personagens e querer saber mais sobre eles. Estou doida para conhecer, por exemplo, a história da Desirée. Me diz que vai ter livro sobre ela, Lycia!
A escrita de Lycia é bem gostosa, a única coisa que me incomodou foi que em alguns momentos a personagem principal não fala como uma menina de sua idade, mas usa palavras como se fosse alguém mais velho. Além disso, alguns comentários da narradora são colocados em parênteses entre as falas de outro personagem, mas isso é o de menos. A leitura é, sem dúvidas, recomendada.
Me chamou atenção o grupo missionário da história, que prega nas universidades. Me pareceu inspirado no Alfa e Ômega, um projeto cristão que existe em universidades ao redor do país. São reuniões de oração que acontecem algum dia da semana e ótimos lugares para conhecer pessoas com a mesma fé que você. Na UFRJ, universidade que Angelina estuda - e eu também -, existe o Alfa e Ômega. Tanto no campus do Fundão (onde fica a faculdade de Letras) quanto na Praia Vermelha (onde fica a Escola de Comunicação e eu estudo). Em outras universidades também existem. Caso você não conheça e queira saber mais, me pergunte que eu farei o possível para pesquisar pra vocês sobre o assunto! (E se quiser saber sobre o Alfa e Ômega Praia Vermelha, me perguntem que eu repasso para a galera que cuida do grupo).
Apesar da capa ter muito a ver com a trama e com os sonhos da protagonista, acho que o livro merecia algo muito mais bonito, que ajudasse a chamar mais atenção ao livro. Mantendo a mesma ideia, mas uma arte um pouco mais legal. O livro merecia! Em relação à revisão, nenhum erro que eu tenha reparado, o texto está bem cuidado.
O que pode incomodar a algumas pessoas que não estão acostumadas a ler a Bíblia são os versículos bíblicos no meio da história, mas para mim isso foi um plus! Só acho que poderiam ter usado alguma versão menos "robusta" do texto bíblico, para cativar aqueles que ainda não estão acostumados com a linguagem de versões mais sérias da Bíblia. A tradução em Nova Versão Internacional ou Nova Tradução na Linguagem de Hoje tem uma linguagem mais "prática" que serviria ao mesmo propósito no livro, mas isso não me incomodou. Afinal de contas, é ótimo as pessoas irem se acostumando com uma linguagem mais incrementada, aumentando o vocabulário - e a Bíblia é um excelente livro para isso. Além do que, algumas coisas em traduções mais "simplórias" acabam desviando do significado real da frase. Mas é bom destacar esses pontos para quem vier a ler o livro no futuro.
Se você não é cristão e está com o pé atrás, é só jogar o nome do livro no Google e ver opiniões de outras pessoas que não tem religião e leram o livro. Eu recomendo fazer isso, quem sabe você não se interessa mais ainda?
Assim que terminei, já peguei o segundo volume da coleção, "Entre A Mente e O Coração"! A série é composta de "companion books". São livros que se passam no mesmo universo e alguns personagens em comum, mas nenhum deles é narrado pelo mesmo narrador.
comentários(0)comente



Joseane 22/01/2013

A Bandeja - Qual pecado te seduz?
Preciso respirar fundo para falar sobre esse livro... Um romance envolvente e arrebatador. Deus, sendo mostrado em todas as suas formas de agir em nossa vida. O verdadeiro sentido do amor, de amar e ser amado. Como Deus é misericordioso e nos ama incondicionalmente e sempre age em nosso favor, mesmo sem que mereçamos. Como a nossa vida realmete depende das nossas escolhas.
Enfim... Me emocionei muito com a história de Angelina, apesar de ter apenas 18 anos, ela viveu uma experiência que com certeza vai levar para sua vida toda. E como me identifiquei com ela! Ao final do livro, parece que a autora (Lycia Barros) é uma grande amiga sua e você fica com vontade de pegar o telefone e ligar para ela para conversar sobre Angelina e todos os personagens maravilhosos que encontramos no livro. Mais uma autora nacional que merece todo o meu respeito e admiração.
Um romance daqueles que faz a gente suspirar, chorar, roer as unhas, com direito a "príncipe encantado" e tudo! haha Mas sempre nos revelando o poder, o propósito e o amor de Deus para conosco. Também nos fala de outros tipos de amor, como amizade e familia. Aprendemos como o "bom exemplo" pode dar frutos maravilhosos, às vezes, onde menos esperamos.

Durante seu envolvimento com o professor Alderico - ou Rico - Angelina tinha uns sonhos que a incomodavam... Seria uma mensagem? Obras de sua imaginação? Ou revelações? No decorrer da trama, podemos entender junto com ela os significados destes sonhos e no final do livro a grande revelação. E prepare-se por que estes sonhos também irão mexer com você.

Então deixo um conselho, reserve um tempo especial e leia este livro, sabendo que Deus falará grandemente ao seu coração, independente de sua religião, do que acredita ou deixe de acreditar... Irá se apaixonar pelo final surpreendente!

"Se este livro está em suas mãos agora, Deus quer falar com você. Simplesmente, ouça."
(Lycia Barros)
comentários(0)comente



Ligia Paulino 05/03/2011


Hoje estou feliz com o resultado que a leitura desse livro me proporcionou. Agradeço a Lycia por todo o carinho. E será com suas palavras Lycia que inicio a minha Resenha." (...)E, finalmente, este livro é dedicado a todos os jovens que pretendem de alguma forma influenciar esta geração e resgatar valores eternos, que provem do coração de Deus. Contando essa história, espero poupá-los de grandes sofrimentos. Se este livro está em suas mãos agora, Deus quer falar com você. Simplesmente, ouça." (inicio do livro nos agradecimentos). Obrigada, Pois eu ouvi.

Minha nossa gente, assim que li o primeiro capitulo fiquei mais ansiosa pela continuação. As esperiencias que Angelina passa, tanto negativas como positivas, me fez refletir bastante sobre as minhas escolhas e o rumo que minha vida irá tomar.

O Livro é da nossa Literatura Nacional e confesso ele me surpreendeu.

Além do romantismo, o livro no passa uma bela lição de vida.Pessoal eu amo livros de romance e ainda mais aqueles que nos passam uma lição de vida, que nos fazem refletir com a mensagem que nos é passada através da palavras, e esse livro tem essas duas caracteristicas ( uma coisa que adorei), só que a Lycia ainda melhorou ainda mais esse enredo acrescentando uma boa pitada sobre o quesito religião, uma coisa na qual gostei bastante porque as vezes vejo que a juventude de hoje não se interessa tanto por esse assunto, e com tudo isso a Lycia mistura o que toda(o) jovem ama, romance, com questões que devemos refletir no nosso dia - dia. Então com a junção de todas essas caracteristicas, você já parou para pensar no resultado que deu? Não? Isso mesmo, tudo isso resultou em uma ótima história, que nos envolve do começo ao fim.

O Livro me surpreendeu a cada momento que eu avançava para a página seguinte, hora eu imaginava que iria ser uma coisa quando via era outra que nem passou pela minha cabeça, e isso não aconteceu em apenas um momento do livro e sim nele todo isso foi um ponto positivo.

Ele é de uma leitura leve, que flui facilmente ao decorrer da história e quando você se dá conta chegou ao fim. Mais para alegria de todos ( e a minha também) esse é o primeiro volume da Coleção Despertares, publicada pela Editora Danprewan, com o selo Atitude, em seu blog a Lycia nos passou a seguinte informação:

"...Este será o primeiro livro da Coleção Despertares, que terá (a princípio) 5 livros. Não seguirá a linha de séries ou trilogias pois será sempre sobre personagens diferentes que se cruzam, ou seja, personagens do livro “A Bandeja” serão protagonistas dos próximos livros. Cada livro abordará um tema específico da vida dos jovens como por exemplo: escolhas, sexo, drogas, preconceito, problemas familiares etc…"

beijocas ;**
comentários(0)comente



Natália 07/12/2011

http://www.vireapagina.com
Como vocês podem ver, esse livro da Lycia é um pouco mais adulto do que o outro resenhado aqui, pois além da idade dos personagens, o ambiente é completamente outro. Como vocês sabem, nas Universidades brasileiras, a galera anda bem soltinha, então rola maconha, sexo, enfim... Mas em A Bandeja, estamos lidando com uma personagem cristã, logo não esperamos nada de muito ousado por parte de Angelina. Bem, a questão é que ela está apaixonada por um cara não-cristão, completamente "desvirtuado". Assim, Angelina começa a ir totalmente contra seus princípios e fazer coisas das quais nem seus pais nem ela se orgulhariam. Mas, no momento, nada mais importa além de Rico.

Bom, se tem uma coisa da qual gostei nesse livro foi, como da outra vez, a escrita. Lycia escreve muito bem, é clara em suas narrações e esse é um quesito em falta atualmente. Além disso, a história se passa em um ambiente conhecido por nós, brasileiros, e principalmente por mim, carioca. Já disse algumas vezes o quanto sinto falta do Brasil na literatura infanto-juvenil. Parece que estamos tão impregnados de cultura americana a ponto de nem nossos próprios autores escreverem sobre nosso país. Admiro isso em Lycia.

Apesar disso tudo, A Bandeja não me conquistou. Em Tortura Cor-de-Rosa, já tinha me sentido incomodada com a religião presente na vida dos personagens, mas o foco da história não era esse e sim o bullying. Aqui não. Nesse livro, a intenção é mostrar como a religião muda a vida das pessoas e talvez seja até uma forma de evangelizar os jovens. Há constantes conflitos de Angelina com sua postura perante Deus e muitas citações bíblicas. Isso me irritou bastante. Continuei lendo o livro porque a relação do casal era extremamente conturbada e coisa de louco mesmo. Aliás, Lycia explora um tipo de relacionamento bastante comum: quando o homem ou a mulher passa a viver somente em função do outro. Todo mundo sabe o quanto isso é prejudicial, tóxico até. E nesse ponto, concordo com ela. Um namoro sadio é aquele que te traz paz e felicidade e não o que te faz sofrer, te deixa maluca, paranoica, fora de si.

Talvez, se não tivesse toda essa questão religiosa envolvida, a trama não teria sustento, pois é tudo sobre como Deus ajudou Angelina a superar seu sofrimento (e acreditem, a garota sofre, coitada! E não falo de forma irônica. Se estivesse no lugar dela, provavelmente reagiria da mesma forma).

Se estiver passando por problemas amorosos do tipo meu-namorado-é-canalha-e-não-consigo-esquecê-lo, pode ser que te ajude a seguir em frente, porque apesar de Deus ser a solução para os problemas de Angelina, há muitas passagens com as quais eu concordo. Como essa duas:

"Se você acredita que alguém é perfeito, você está em idolatria. Pode ser pelo seu trabalho, por um hobbie, por uma pessoa. Tudo o que consome todo o seu ser de um jeito nocivo e tóxico. Quando você não tem tempo nem disposição para nada além daquilo, abandona seus sonhos, seus afazeres, seus amigos, sua família..."

"Sei que os jovens preferem colocar uma arma na boca ao invés de pedir conselhos sobre sua vida amorosa, principalmente para os pais, mas a verdade é que quem está de fora desse romance “totalitário e avassalador” tem condições de ver as coisas melhores do que os envolvidos."

Se você é ateu, não vai gostar desse livro. Se não tem saco pra religião, também vai odiar.


Melian 15/08/2011

Resenha - Blog Mell Books
O livro é otimo!!!
No inicio ouvi uns comentáriozinhos sobre o fato do livro ter um fundo religioso, porque a protagonista é evangélica e tem seus principios e justamente eles são o apíce dos conflitos do livro!
Eu sou uma pessoa de mente aberta para leitura e já estou acostumado com filmes e novelas de epoca onde sempre tem os padres metidos e tals, então achei que esse fundo religioso não me afetaria, até porque a minha formação é evangéica tbm, não frequento igreja, não sou batizada em nenhuma religião, mas sou mais evangelica do que de qualquer outra doutrina.
Mas vamos ao que interessa.
A histíoria gira em torno de Angelina uma menina do "interior",criada numa familia evangelica e com amigos criados da mesma forma ao seu redor.
quando ela faz seus 18 anos se inscreve na faculdade e ao passar no vestibular vai para uma republica.
ela está muito feliz afinal, é a realização de um sonho e uma chance de independencia, uma nova vida!
Logo no inicio conhece Rico, um professor encantador e ela se sente imensamente atraida por ele, mas ele é mais velho, aparenta ter um estilo de vida mais alto e além de tudo é seu professor tbm.
Mas ela se envolve, vive com eles grandes momentos, bons e ruins.
E é nos momentos ruins que tudo rui ao seu redor, Angelina passou por cima de todos os seus princípios e dos ensinamentos que recebeu em nome de Rico e não recebeu nada bom em troca, e em cima dessas desilusões e conflitos que o livro gira.
O livro é uma delicia, não tem nada a ver com pura religião, qualquer pessoa que crê em Deus ou que já leu a biblia não vai se incomodar com a linguagem, nem com as sitações fitas no livro.
Angelina é uma personagem cativante! Apesar que ela tem um pouco de Bella Swan, lendo vc não imagina Angelina uma menina tão encantadora, bonita e com tal magnetismo pessoal p/ ter atraido os homens q atraiu na história, o que me levou a crer que ou ela é realmente muito diferente das demais ou ela é realmente meio Bella e pronto! kkkkk
é muito gostoso ver a mudança dos personagens o livro, como alguns eram chatos e depois se tornaram interessantes e como alguns q mal foram citados logo se tornam principais.
O livro corre super bem, a escrita é uma delicia, a capa é linda!!! E a descrição do romance é arrebatador, vc praticamente perde o ar junto com ela! rs
Super recomendo gostei mesmo do livro!!!

leia resenha completa aqui: http://mellbooks.blogspot.com/2010/12/resenha-bandeja-qual-pecado-te-seduz.html
comentários(0)comente



Midiã Fontes 03/09/2014

Agradável surpresa
Sou evangélica, mas nunca gostei de literatura cristã, ainda mais um romance desse tipo, conheci essa autora por acaso e amei no primeiro instante que começaram a falar de sua obra.

A bandeja é um livro maravilhoso, não tem como não ser tocado por sua narrativa, pois ele te provoca euforia, amor, ódio, decepção e vitória. Angelina, Rico, Dante e os demais personagens mexem com todos os que leem esse livro, você vai se sentir parte da história, sendo cristão ou não. Simplesmente maravilhosooooo
comentários(0)comente



Jeane 10/07/2015

amei
nossa uns dos melhores livros que ja li, ele te estiga a continuar capítulo por capítulo li em 1 dia simplesmente amei conhecer a Angelina vc entra literalmente na história.
comentários(0)comente



Tânia Gonzales 08/08/2011

Um alerta
No finalzinho dos agradecimentos a autora diz:

"Contando esta história, espero poupá-los de grandes sofrimentos."

Eu também espero que muitos jovens possam refletir antes de tomar qualquer decisão em suas vidas.
Dizem que devemos aprender com os nossos próprios erros, mas se você aprender com os erros dos outros vai evitar muitos sofrimentos.
Então, aprenda com os erros de Angelina, Michele, Desirée, Rico...

Que a história que Lycia criou seja um alerta para todos os jovens e para os pais também. Devemos a cada dia prestar mais atenção neles. O diálogo não pode faltar e a compreensão também.

Gostei do título do livro e gostei mais ainda por se tratar de um livro com uma mensagem edificante, principalmente para os jovens, só acho que os sonhos não precisavam de muita explicação. A mensagem já estava bem clara. Usar Apocalipse é complicado por ser um livro de muitos simbolismos. Dando um significado para cada detalhe de um sonho, por exemplo, corre-se o risco de dar uma interpretação fora do contexto.
comentários(0)comente



Carol 09/12/2014

A Bandeja
Não gosto muito de literatura nacional. Mas quando peguei esse livro pra ler não imaginei q essa autora era tão boa, li ele em apenas 2 dias. Nossa que lição de vida e que delicia poder ler cada parte desse livro. A história é encantadora. Senti Deus falar comigo em vários momentos. Não estou passando pelas coisas nas quais são citadas no livro, mas os versículos da bíblia serviram demais pra mim por causa de outras situações. Amei e recomendo demais para pessoas cristãs ou não, vale muito a pena conferir.
comentários(0)comente



Daniele Nhasser 24/07/2012

A bandeja - Qual pecado te seduz ?
Esse livro me abriu os olhos para muita coisa , coisas que talvez eu demorasse a cair a ficha , coisas que talvez continuaria a cometer se não tivesse sido alertada !
Quantas vezes afastamos de pessoas especiais de toda uma vida por causa de alguem que chegou de repente , do nada ?
Quantas vezes esquecemos de Deus ? Muitas vezes deixamos de rezar para fazer outra coisa , inventamos desculpas , fugimos de todas as formas de conversar com nosso pai lá de cima e mesmo assim Ele esta presente , esta de bracos abertos para nos acolher , nas nossas desgraças , desgraças essas , que nós mesmos causamos por escolhas erradas !
Angelina uma jovem de 19 anos , religiosa afasta de tudo depois que conhece Rico .
Rico um ser humano sem fé , sem rumo na vida !
Más companhias rondam a republica onde nossa protagonista mora !
Sonhos revelam coisas que a pobre no inicio não sabe decifrar , decepçoes são causadas por sua idolatria ao professor Rico !

Uma historia encantadora que nos ensina liçoes para toda situaçao do seu dia !
Com passagens da Biblia você será indicado a ser melhor , a entender melhor o que Deus tem de bom reservado a voce !
Personagens com uma dosagem de fofura irão encantar você !!
comentários(0)comente



143 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |