Através do Espelho

Através do Espelho

3.83818 3745




Resenhas - Através do Espelho


81 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Janaína 25/07/2016

Linda história!
O livro começa no dia 24 de Dezembro, véspera de Natal. Cecília está doente e não pode sair da cama para ajudar nos preparativos para a Ceia ou para arrumar a árvore e colocar os presentes debaixo dela.

Do seu quarto, no segundo andar, ela pode apenas adivinhar o que está acontecendo na sala. Os cheiros e sons que chegam até ela a ajudam a identificar os acontecimentos.

Cecília está doente, mas não quer falar sobre sua doença. Ela quer ficar boa para estrear os novos esquis para neve que ganhara.

Nesta mesma noite ela recebe a visita de Ariel. E é com a ajuda dele que Cecília começa a entender algumas coisas e anotá-las no seu caderninho chinês, que guarda debaixo da sua cama.

É uma história suave e doce, que nos faz viajar na cabeça da pequena Cecília e em seus pensamentos.
comentários(0)comente



Rogério 15/07/2016

Uma história sobre a morte e sobre a vida, onde uma menina, Cecília, que está no limiar e transição entre estas, recebe conforto e apredizagens. Algo que a faz transpassar o sofrimento, ansiedades e dúvidas do momento, descobrindo o valor que se expressa em pequenas coisas perceptiveis às nossas sensações e experimentações, como em um deslumbramento frente à criação (ilustrativo do que vemos no espelho). Cecília, integrada a essa criação, percebeu coisas preciosas, ainda que tenha sido breve sua jornada. Assim, parte para um segundo momento com expectativas de contemplações, experimentações e descobertas (o outro lado do espelho) no que poderia inundar seu coração de tristeza. Ela descobriu Deus em sua criação (como já anunciava o Salmo 19) e isso lhe trouxe esperanças. O mesmo estará também do "outro lado" oportunizando outras experiências. O anjo Ariel coloca-se em paralelo com ela e vem daí suas descobertas (o capítulo sobre a percepção dos sentidos na visão do anjo é um dos pontos altos do livro).

Valorizemos e abramos os olhos para a beleza da vida, descoberta de Cecília em minha conclusão sobre o livro. Diga-se de passagem, Cecília etmologicamente significa cega, mas isso ficou apenas em seu nome.

Um registro final que faço da obra está na caracterização que o autor deu ao anjo, colocando nele um desejo de experimentação de nossas oportunidades. Biblicamente há um desejo neles sim: de que as coisas de Deus se cumpram, como a proclamação do Evangelho, que temos oportunidade de conhecer e anunciar (como se registra em 1 Pedro 1:12).
comentários(0)comente



Lucas André 15/03/2016

"Há tanta gente que sofre tanto que talvez eles morressem de tanto sofrer se não tivessem também uns sonhos bons no meio de toda a tristeza."
comentários(0)comente



Marcela.Andrade 24/01/2016


É natal e Cecília adora o natal. Diz que tem cheiro, gosto e está ansiosa para saber se os seus pedidos de natal serão atendidos. Doente e sem poder sair de casa, passa maior parte do tempo no seu quarto. Entre os descansos e as visitas dos parentes ela faz anotações no seu caderninho chinês sobre suas reflexões e lembranças. Ariel é o seu mais novo amiguinho e conversas com ele a fazem refletir de forma bastante suave, intrigante e empolgante sobre como enxergar a vida, os seres, o passado, o presente e o futuro.
Através das divergentes teorias do criacionismo, evolucionismo, pansmermia... Jostein Gaarder nos apresenta uma linda e leve história sobre o todo.
É um livro fácil e bom de ler, mesmo aparecendo ideais teoricamente opostas e momentos tristes.
Ele fala sobre a morte? Sim e não só.
Sim, a morte está presente na história, mas mesmo sendo um tema triste é tratado de forma suave. Não só a morte, mais que isso. Percebi na história o amor nas grandes ações e nos detalhes mais sutis. Me levou a uma viagem curiosa através dos 5 sentidos e concluí que temos apenas 1 sentido, o ser. A maneira como as teorias do início da vida aparecem me fez por alguns instantes achar que cada uma foi a que verdadeiramente deu origem a tudo.
Tão cheio de possibilidades reais, fantásticas e fantasiosas que em poucas páginas tanto pode nos levar a grandes reflexões, como só à sensação gostosa de uma linda história.
Mais uma vez tive a sensação de que quando dizem que não podemos esquecer a criança que existe dentro de nós, isto está relacionado com a curiosidade, a vontade de descobrir, com o se permitir imaginar, não ter medo de arriscar, não achar que já sabe tudo, ter mais leveza...

Cecilia.Martins 04/02/2016minha estante
E tu nem me diz, né? ?


Cecilia.Martins 04/02/2016minha estante
Agora eu vi atitude! Rsrs ???


Marcela.Andrade 22/02/2016minha estante
?


Cecilia.Martins 26/03/2016minha estante
De postar a resenha, rapá! ;)


Marcela.Andrade 27/03/2016minha estante
Ahhh
:)))




Gi 30/12/2015

Através do Espelho
Para esse desafio, o anjinho Ariel não saía da minha mente! Como todo livro de Jostein Gaarder, nos faz refletir sobre o modo de encarar a vida até seus mínimos detalhes e mostra maravilhas que esquecemos de enxergar. Recomendo muito!
Sinopse:
Essa é a história de Cecília Skotbu, uma menina que vive intensamente. As coisas que vai aprendendo ela anota num caderninho. Ali ela escreveu, por exemplo: "Nós enxergamos tudo num espelho, obscuramente. Às vezes conseguimos espiar através do espelho e ter uma visão de como são as coisas do outro lado. Se conseguíssemos polir mais esse espelho, veríamos muito mais coisas. Porém não enxergaríamos mais a nós mesmos". Cecília passa quase o tempo todo em seu quarto, deitada na cama. Ela está morrendo. Sua história é uma preparação para a morte e por isso é também um mergulho na vida. Ela morre como quem viaja, prestando atenção em tudo. Através de seu olhar profundo, o outro lado do espelho se torna um pouco mais claro para nós."

site: https://www.instagram.com/p/sYPkOPyt60/?taken-by=monlivre
comentários(0)comente



marcela.barbi.1 07/09/2015

Mais ou menos
Gostei do livro mas não é daqueles livros, AMEI! Achei ele bem confuso. Ele conta a história de uma menininha que sofre de uma doença , que não é revelada no livro mas que eu julguei ser câncer. Um anjo a ajuda a entender o outro lado do espelho, ou seja, a vida do outro lado. Que a vida não acaba quando morremos. O final é bem triste.
Não foi um livro que gostei tanto não.
comentários(0)comente



Fogui 27/08/2015

Através do Espelho - Jostein Gaarder
Título original: I Et Speil, I En Gate
Título: Através do Espelho
Autor: Jostein Gaarder
Tradução: Isa Mara Lando
Editora: Companhia das Letras
Ano: 1998
Comprar: Nos seguintes sites: Amazon, Americanas, Submarino, Livraria Saraiva, Livraria Cultura e Livraria Folha


Resenha:

Não creio que tenho as palavras certas para descrever a beleza deste livro. Há muita profundidade e a sensibilidade no texto ao tocar num assunto tão difícil como a morte...

Quer ler a resenha completa e muito mais, visite o blog Momentos da Fogui:

site: http://foguiii.blogspot.com.br/2015/08/atraves-do-espelho-jostein-gaarder.html
comentários(0)comente



Ana Paula 03/07/2015

Achei a história emocionante. Um conto de fadas moderno, apesar de não ter um típico final de contos de fadas.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Fer Kaczynski 03/03/2015

Encantador e mágico!
Um livro que pela capa eu não esperava nada, mas ao decorrer das suas páginas me encantei profundamente com sua história delicada e muito fofa.

Cecília está muito doente, e sua família se desdobra para ela ter uma boa qualidade de vida em meio a medicação e seu tratamento já esperando pelo pior, então ela começa a receber a visita de um anjo, chamado Ariel.

site: http://dailyofbooks.blogspot.com.br/2015/02/resenha-atraves-do-espelho-jostein.html
comentários(0)comente



Lys Coimbra 27/02/2015

Uma experiência breve, mas deliciosa!
Jostein Gaarder é impressionante!
O livro traz questões filosóficas abordadas de uma maneira leve e simples entre uma criança, doente terminal, e um anjo da guarda.
O desfecho é um pouquinho previsível, mas isso não compromete a grandeza da obra, que apresenta a filosofia em linguagem acessível a todos.
comentários(0)comente



Johnny 06/02/2015

Filosofia Contemporânea de Ótima Qualidade!
Não gosto de ler livros com poucas páginas, porque eu sempre acho que o autor não conseguirá criar um clima favorável em seu breve conto. Ter um início, um meio e um fim bons, coerentes e que nos puxam para a história é difícil com um pouco mais de 130 páginas. Mas Jostein Gaarder é diferente ele não quer nos conquistar com o ínicio, o meio ou o fim, ele quer nos conquistar com a mensagem total, sua parábola moderna ... O final é previsível, toda via, não se lê o livro para se saber o seu final, mas sim para aprender um pouco mais com o "Anjo" enviado por Deus em cada página que se passa! Através do Espelho é uma história filosófica que nos faz refletir sobre cada instante da vida que vivemos ... E suas 130 e poucas páginas que voam, nos ensinam a todo instante, que viver é esplêndido.
comentários(0)comente



Mel 20/11/2014

É uma história bonita, porém breve. Acho que poderia ser bem mais explorada essa questão da preparação para a morte, que é o tema central.
Cecilia é uma menina já acamada, que reflete sobre vários assuntos enquanto aguarda o seu destino, e recebe sempre a visita de um anjo que a ajuda nesta preparação.
comentários(0)comente



Tati 14/10/2014

através do espelho
História sobre anjos e que envolve
drama de vidas, principalmente
sobre estado de saúde sempre
choca e comove qualquer público!
O anjo Ariel e a personagem
principal Cecília são fofos e
diferente de tudo que já vi, não
tem como não adorar os diálogos
frutíferos e suas comparações sobre
Deus e todas suas criações, e o por
quê disso e daquilo.
A parte dramática, é que Cecy,
assim eu a chamo, é que ela tem
câncer e acha que vai se sair
dessa, bem sua família torce por
isso... Todos estão em clima de
Natal, cai neve lá fora, Cecy adora
neve. Cecy adora Natal. Sua família
ama ela. Mas somente quando ela
fica só, Ariel vem consolá-la, vem
lhe dar companhia.
Ariel, seu anjo querido aparece pra
ela pra ajudá-la no seu destino.
Que claro só saberás lendo.
Segurem as emoções, o final é
lindo. Super recomendo!
comentários(0)comente



Bruno Eleres 19/01/2014

Un Café à Clichy
"A curiosidade e energia de Cecília permeiam o enredo todo, e fazem com que sua pequena jornada filosófica com o anjo Ariel não seja apenas melancólica, mas bela e compreensível, até o momento em que ela atravessa o espelho."

Resenha completa em: Un Café à Clichy

site: http://www.un-cafe-a-clichy.blogspot.com.br/2014/01/atraves-do-espelho.html
comentários(0)comente



81 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6