The Darkest Hour

The Darkest Hour Maya Banks




Resenhas - The Darkest Hour


9 encontrados | exibindo 1 a 9


Flaviana 07/10/2012

A Hora Sombria- Série KGI 01 - MB
Nesse 1º livro da série encontraremos um homem atormentado pela morte de sua esposa, que não se perdoa pelos erros que cometeu com ela e lá no fundo reza por uma segunda chance para recuperar sua esposa... seu amor... seu casamento. E, contra todas as probabilidades, a segunda chance surge com a chegada de uma carta com pistas sobre a localização de sua esposa. Daí segue-se uma acirrada busca e resgate de Rachel.

Finalmente com Rachel em casa — mas não sem graves sequelas de seu sequestro — os dois terão muitas dificuldades para superar.

Durante minha leitura fiquei muito curiosa de saber como a autora iria descrever o 'enlace' entre o casal (toda a readaptação conjugal), considerando que eles estavam passando por uma fase tão delicada, a Rachel estava fragilizada de todas as formas possíveis, e o pobre do Ethan estava pisando em ovos ao redor dela, o coitado não tinha nem coragem de dar um beijo sequer nela. Mas no final as coisas saíram da forma mais natural possível. De forma tão romântica e apaixonada que foi perfeito!

É uma estória muito romântica, super fofa... que mostra que a força do amor pode renovar todas as coisas! Não sem muita dificuldade, sofrimento, angustia e dor. Mas o AMOR pode TUDO!! SUPERA TUDO...

Minhas músicas para playlist desse livro:
1 - Anberlin - Art Of War
2 - VonRay - Inside Out
3 - Jack Johnson - Sitting, Waiting, Wishing
4 - James Blunt - You're Beautiful (Radio Edit)
5 - Belle Histoire - We'll Never Learn
6 - LeAnn Rimes – Strong
7 - Eric Saade - Break of Down
comentários(0)comente



Cristine 14/12/2011

essa autora adora uma famlia cheia de homens fortes e protetores, aqui temos nada mais que 6 deles - forças armadas, marines, seals - tem para todo gosto.
o livro começa com o Ethan descobrindo que a mulher que ele acreditava morta a um ano está viva e prisioneira de um cartel na Colômbia. Assim ele e os irmãos partem para resgata-la, mas a história na verdade é toda sobre segundas chances. o Ethan passou um ano se torturando pelas besteiras que ele fez e por toda dor que causou a esposa, então quando descobre que ela está viva e desmemoriada fica eufórico e apavorado. Eufórico pelo chance de fazer tudo diferente, de acertar sua vida, e apavorado de que ela se lembre de tudo que ele fez, que ao lembrar do sofrimento que ele causou ela o deixe.
esse é um livro para pessoas que adoram ver um mocinho sofrendo e fazendo tudo para se redimir - e se for do tipo emotivo é bom ter um ou dois pares de lenços do lado.
Cris Paiva 14/12/2011minha estante
Ai que lindo!!!!! O livro parece maravilhoso, mas com certeza tem uma série escondida nele.


Cristine 15/12/2011minha estante
com certeza - eu imagino que deva ter no minimo um livro para cada irmão.




P@ty 29/08/2012

Nunca tinha lido nada da Ma.B principalmente porque a temática de alguns livros dela não é meu estilo , mais esse livro realmente me surpreendeu e muito de forma muito boa, adorei a historia, a narrativa os personagens.
O livro fala segundas oportunidades de forma surpreendente que prende atenção do leitor e não da vontade de parar de ler ate o final, o livro e recheado de homens lindos, protetores , fortes, ação, família, relacionamento e claro o componente principal o amor.
Ethan perdeu sua mulher Rachel há um ano, numa viagem a Colômbia de serviço humanitário quando avião ao voltar caiu.
Com sua morte ele não consegue superar a dor, por vários motivos, pela perda da mulher amada e por não ter dado valor aquilo que ele mais tinha de precioso em sua vida, vivendo num estado de auto destruição desde que recebeu a noticia de sua morte.
Ethan vive em casa sozinho e bebendo sem parar isolado de todos durante um ano, quando no aniversario da morte de Rachel ele recebe uma correspondência anonima dizendo que ela está viva, e dando localização de seu cativeiro, Ethan a principio duvida e pensa que nada passa mais do que uma cruel brincadeira, mais logo ele percebe que não e resolve pedir ajuda para seus irmão que são donos de uma empresa chamada KGI(a KGI e uma empresa privada que faz serviço de resgate que o governo não consegue)com ajuda dos seus irmãos e da KGI ele consegue resgatar Rachel de um cartel de drogas na Colômbia.
Ao mesmo tempo que destino de lhe dar uma nova oportunidade também lhe da uma prova, ao encontrar Rachel, desmemoriada e viciada em drogas ( que foi forçada usar pelo seus sequestradores)então Ethan vai ter a maior luta de sua vida, conseguir restaurar o seu casamento e ajudar sua mulher a passar pela abstinência das drogas e ajuda-la a recuperar a memoria,e sava-la dos assassinos que ainda a rondam.
A historia e emociante, teve momentos que chorei outros que rir, os personagens são intensos, a cada dor a cada riso eu conseguir sentir e rir e chorar, nos momentos das crises de abstinência da Rachel nos momentos que Ethan a abraçava durante as crises após, nas cenas de amor nas cenas engraçadas da família tudo.
Não vou contar tudo, mais pode ter certeza e emocionante o livro.
Amei. Super Recomendo.
comentários(0)comente



Layssa Costa 21/09/2016

Irresistível...
KGI 01

Eu amo os livros da Maya Banks, ela continua me surpreendendo a cada livro que eu leio e claro, com esse não foi diferente.

Bom, eu estou adorando a família Kelly (principalmente os 6 irmãos), a Marlene é uma mãezona com jeito de vó (sempre resolvendo tudo com comida, rs) e Frank é um paizão, e nessa família sempre tem lugar para mais um.

Eu confesso que já tinha esses livros no meu iBook há um tempo, mas é que eu sou apaixonada por romances históricos (tanto Medieval, como da era da Regência) e a minha lista de leituras é muito longa e, eu não paro de adicionar livros, rs. Mas eu decidi que iria ler toda a série da KGI essa semana.

Eu meio que não estava tão empolgada pra ler, a sinopse não me chamou tanta atenção. E quando eu comecei a ler não prendeu logo nas primeiras páginas, mas após alguns capítulos eu não conseguia parar de ler, começou a ficar muito emocionante, havia muita ação, tristeza, a família tentando seguir em frente depois da morte da Rachel, homens lindos e musculosos, momentos entre irmãos, mistério, risadas, romance...

Te envolve de uma maneira gostosa e você começa a torce pela pobre Rachel pra que depois de tudo que ela passou ela encontre um final feliz com Ethan.

Ethan é casado com Rachel, mas após meses tentando afastá-la, tratando ela muito mal e culpando ela por suas frustrações, ele pede o divórcio, pede não, "exige", assim que ela voltar da viagem pra América do Sul em ação humanitária e, ela o deixa achando que ele a odeia e que seu casamento está acabado.

Mas Ethan está arrependido e está disposto a implorar seu perdão assim que ela voltar de viagem, mas ele nunca vai ter essa chance, pois recebe a noticia que sua esposa morreu no acidente de avião quando retornava pra casa.

Após um ano da morte de sua esposa, Ethan não consegue superar, nem tenta seguir em frente, pois está se remoendo de culpa por ter sido um bastardo e não ter tido a chance de se desculpar e implorar o seu perdão. Até que ele recebe um pacote contendo informações de que sua esposa está viva e que está sendo mantida prisioneira na Colômbia por um cartel de drogas. E a única coisa que ele pensa é que suas preces foram atendidas que, se realmente for ela, ele terá sua segunda chance e fará de tudo para não perdê-la novamente.

Rachel sofreu durante um ano no cativeiro, a única linha que a mantém ligada à sanidade e, que a mantém por um fio do esquecimento total é o seu nome e, um anjo que ela vê em seus sonhos e que não sabe seu nome, apenas que é alto, musculoso e muito bonito. Ela sonha que ele virá salvá-la.

Quando Ethan e seus irmãos a salvam, ela pensa que o pior enfim passou, mas está apenas começando.

#SuperRecomendo
comentários(0)comente



Keila 02/07/2012


A história é maravilhosa e os irmãos Kelly são verdadeiros heróis alfa! O suspense está na medida e a ação é de tirar o fôlego!!!

Um thriller de mistério, perseguição - tudo isso misturado ao romance.

Li o livro em um dia, vidrada pela narrativa - não conseguia parar de ler, a cada pagina uma supresa...

Lindo, lindo, lindo!

Recomendo.
comentários(0)comente



Camille 10/08/2014

Às vezes, tudo que a gente precisa é uma segunda chance. - Beletristas.com
Ethan está devastado. Faz um ano que ele perdeu a única mulher que amou, e ele continua tão perdido quanto antes.

A dor da perda não estava sozinha, para piorar. A culpa das decisões do passado também o perseguiam, junto à saudade e ao desejo de ter uma segunda chance.

É nesse mesmo dia que ele descobre que pode ser o cara mais sortudo do planeta: um envelope com uma série de informações e um recado que muda tudo. "Sua mulher está viva", diz ele.

Se essa é uma chance, que louco seria Ethan se não a aproveitasse? Com a ajuda de quem mais confia, seus irmãos, ele é a KGI vão à procura de Rachel, a mulher que transformou a vida de todos.

Maya Banks é incrível, então seria impossível seu livro ser diferente. The Darkest Hour definitivamente não é e logo nas primeiras páginas me convenceu a ler, ainda que não tivesse gostado muito da sinopse.

Suas personagens são críveis, cometem erros e fazem o necessário para repará-los. Gosto, particularmente, de como ela desenvolveu Rachel, que tinha tudo para ser chata e acabou surpreendendo ao não se ver como uma princesa em apuros.

Claro, sua situação não era simples, então mais que justo que ela tivesse seus momentos. Em todo o livro, Maya faz perguntas que nós prendem à série, fazendo com que queiramos ler o próximo naquele instante.

Acontece que tenho uma queda por livros com personagens militares, mas a autora conseguiu me convencer que nunca veio para ser mais do mesmo.

The Darkest Hour é tudo que um livro precisa ser para conquistar o leitor.

site: http://beletristas.com/resenha-the-darkest-hour-maya-banks
comentários(0)comente



Lady Dea 27/06/2012

Maravilhosooooooo ...
eu amoo esse tipo de historia... aaffffffffff...
Que familia Sensacionalll... só faltou um cachorro...kkk.. adoro cachorros...kkkk
Os pais do Mocinho são os SOGROS que toda mocinha sonha ter...kkkk por sinal essa familia é a familia que todo mundo sonha ter.... ou melhor, sonha fazer parte...kkkk
Mal vejo a hora de ler toda essa serie... jpa tô me coçando todaaa... ahh..logicamente já comecei a ler o 2º livro da serie....kkkk ....
Aiiii... que homens maravilhossss... não sei qual o meu preferido ainda... acho que é o Van... ou o Garret... ou o sam... ahh.. sei lá.... aaffffffffff
comentários(0)comente



Bruna Britti 03/05/2012

www.supremeromance.blogspot.com

***

Certo, boa parte das leitoras de romances femininos provavelmente já ouviram esse nome antes. Conheci a autora justamente pelo bafafá que gerou (e ainda gera) a respeito do livro “Colter’s Woman”, uma das obras mais famosas da autora. Juro, qualquer dia desses ainda tomo coragem para resenhar o livrinho polêmico aqui no blog.

The Darkest Hour trata-se do primeiro livro de outra série, com um rumo diferente. Entramos no velho mundo dos espiões, dos SEAL’s, agentes secretos, e por que não na própria agência secreta que os personagens criaram? A KGI é um grupo de espiões altamente qualificados, com a diferença que tudo é feito em família. São seis irmãos fortes, lindos, charmosos, prontos para saírem por aí atirando e resgatando inocentes de selvas de grupos e chefões do tráfico.

A exceção de Ethan. Ele perdeu sua mulher há um ano, quando ela partiu em uma missão humanitária e nunca mais voltou. Desde então, o mocinho da trama se afundava na lama, ou melhor, na bebida e seu sofá. Há tanta depressão emanando de seus poros que, metaforicamente, ela é quase palpável para o leitor em apenas poucas páginas.

A mudança ocorre quando ele recebe uma correspondência anônima, com fotos de sua mulher, prisioneira, em algum lugar na selva. O até então guerreiro adormecido desperta, tornando-se um homem que faria de tudo para recuperar sua esposa. E para isso, ele precisaria da ajuda de seus irmãos.

O livro possuí vários pontos fundamentais para uma boa trama (ou pelo menos, para o que eu considero ser uma). Seis irmãos juntos em um mesmo livros, óbvio que transborda testosterona alfa para todos os cantos da página. Ao mesmo tempo, quando seis “machos”, prontos para matar, estão na frente de seus pais, transformam-se em verdadeiras ovelhinhas mimadas e obedientes. Isso quebra o clima mais tenso do livro, tornando em alguns pontos, delicioso e descontraído.

A mocinha é uma guerreira, mas mostra-se bem frágil. Rachel sofreu vários traumas e não se lembra de seu passado, portanto, Ethan precisa ganhar a confiança e o antigo amor dela a cada dia. Mas há algo que ele esconde, e Ethan acaba tendo que pagar alguns pecados também. É tocante, fofo, com muito amor de sobra. Um casal que, mesmo com todo sofrimento, logo de cara mostrou uma ótima química.

Li o livro em três dias, vidrada pela narrativa. Quase um thriller de mistério, perseguição e um toque a la 007, tudo isso misturado ao romance. Lindo, lindo, lindo! Algo que eu curto na Maya Banks é o melodrama. Não o melodrama negativo, mas aqueles que mexe com os sentimentos dos personagens até que eles transbordem e atingem você. Vale choradeira, vale cenas de amor fortes, vale tiros, sequestros, sem reservas! Eu adoro quando uma autora consegue me atingir desse jeito. Ainda espero que alguma editora acorde, perceba o talento dessa autora e a publique no Brasil. Enquanto isso, só resta esperar.

5 estrelas e mais algumas, com certeza!
comentários(0)comente



Clara 06/06/2013

KGI 01-A Hora Sombria
Já tinha lido alguns livros históricos da nossa querida Maya Banks(Sou apaixonada por históricos diga-se de passagem!!!rsrsrsrsrs) ,e por ter gostado muito do estilo da autora resolvi me aventurar em seus.contemporâneos..
Eis que inicia a serie KGI, tchan, tchan, tchan...
O primeiro livro logo de cara nos apresenta um homem atormentado,cheio de culpa e arrependimentos...Ethan Kelly é o seu nome!...
Ethan vem de uma família muito unida com 5 irmãos(Super gatos TDB )e pais maravilhosos...(Ponto positivo pra autora que a todo momento valoriza a relação familiar e que apesar de muita testosterona junta(ui) eles cuidam uns dos outros e se amam muito)
Os "Kellys" tem uma Agencia chamada KGI- Kelly Group International : um negócio familiar de super soldados de elite, ultra secreto.

Ethan está arrasado pq perde sua amada Rachel antes de pedir perdão por seus erros e no aniversário de 1 ano de sua morte ele tem uma grande surpresa!!!(dãaa, ela não esta muerta)e sim presa nos confins da Colômbia por um cartel de drogas...
A partir desta descoberta Ethan sai em busca de ajuda de seus amados irmãos para o resgate de Rachel...
Me deu uma pena da Rachel gente, coitada além de viver um inferno longe de casa, viciaram ela em cocaína e se não bastasse perde a memoria por conta do uso excessivo de drogas...Dá uma vontade de chorar...
Depois de muitos tiros pra lá, tiros pra cá, resgatam a moça...
Aí realmente começa o legal do livro...a MB acertou em cheio em retratar o sentimento dos personagens (ela fala de toda família Kelly e seus agregados) como é possível a superação dos problemas,o perdão pelos erros passados, a confiança restaurada a redescoberta do amor e as segundas chances que a vida nos dá. Muito bom!!!...Não me arrependi de ler esse livro nem um pouquinho... Os outros livros prometem!!!
comentários(0)comente



9 encontrados | exibindo 1 a 9